Por André Beltrão

Postado por Marcos Lima Mochila

.

Dono de um discurso afiado de combate à corrupção, à velha política, às desigualdades sociais e pela defesa dos valores da família tradicional, pastor Jairinho (PTC), 44 anos, pré-candidato a prefeito do Recife, promete abrir a caixa preta da prefeitura em 2021, caso chegue a sentar na cadeira do nono andar do Palácio Capibaribe.

Com argumentos nacionalistas, ele afirma que o Brasil vive “os bons ventos da mudança” com Bolsonaro, e que o Recife passa por um momento de rupturas, que vão redefinir para melhor o escopo social das próximas gerações.

“2020 é o ano em que vamos romper com a velha prática política no Recife, que já dura duas décadas. O Recife não é a ilha da fantasia do PT e do PSB. O povo vai ter uma agradável surpresa na capital, que vai se expandir por todo o Nordeste, num projeto iniciado pelo presidente Bolsonaro no país”, disparou.

Pastor Jairinho é formado em Teologia pela Landmark Baptist Theological Seminary, Texas – EUA, e pré-candidato a prefeito do Recife e t traz consigo a experiência de conhecer mais de 36 países, identificando a realidade das cidades com suas vocações e potencialidades, reunindo informações e expertises dos grandes centros urbanos ou cidades mais modestas.

“A construção das ideias desse projeto passa por 3 eixos: retomada da economia com geração de emprego e renda; ampliação e melhoria na oferta de saúde inclusiva e educação sem ideologia”, destacou.

O pré-candidato enfrenta uma batalha interna para viabilizar sua candidatura pela legenda.

“As querelas partidárias são parte do processo de maturidade para um projeto de mudança com inclusão social. É um discernimento importante a todos. Temos pessoas de bem e grandes amigos no PTC que trarão a tranquilidade e a segurança que o povo precisa”, amenizou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar