O empresário Robson Ferreira, assumiu a presidência municipal do PP em Santa Cruz do Capibaribe e concretizou sua pré-candidatura à prefeito da cidade. O pré-candidato mostrou que tem viabilidade eleitoral quando somou mais de 30 mil votos para deputado federal em 2022. A aliança com os líderes do PP, Eduardo e Lula da Fonte, configura um novo cenário político na cidade de Santa Cruz do Capibaribe.

“Assumo hoje a presidência municipal do PP em Santa Cruz do Capibaribe com uma grande missão. Agradeço a confiança do deputado Eduardo da Fonte e comprometo-me a trabalhar com determinação e lealdade para construir uma nova história junto aos filiados do partido. Vamos juntos superar desafios e contribuir para o desenvolvimento de nossa cidade”, disse o pré-candidato Robson Ferreira.

A construção política de Santa Cruz do Capibaribe será feita pessoalmente pelo presidente nacional dos Progressistas, senador Ciro Nogueira, que irá tratar de Santa Cruz com toda a atenção. Ciro Nogueira foi ministro-chefe da Casa Civil do governo Bolsonaro.

Banner indisponível


Em entrevista ao Programa Cidade em Foco, da Rede Pernambuco de Rádios, e ao Blog do Alberes Xavier, o deputado estadual e presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, defendeu um possível apoio do partido ao deputado estadual Lula Cabral na disputa pela prefeitura do Cabo de Santo Agostinho nas eleições deste ano. Durante a conversa, Sileno ressaltou que o processo eleitoral passado provocou uma mistura nas correntes partidárias do município, o que tem exigido uma reorganização.

Segundo ele, “o que está faltando é a gente concluir as conversas”, evidenciando um processo de diálogo em andamento para a definição de estratégias políticas no Cabo de Santo Agostinho.

O presidente do PSB em Pernambuco expressou sua opinião pessoal ao afirmar que defende uma construção junto com o deputado Lula Cabral, destacando a capacidade de trabalho e as qualidades do parlamentar para a gestão municipal. “Eu sei da sua capacidade de trabalho e sei o que ele pode apresentar para o Cabo”, afirmou.

No entanto, o dirigente partidário ressaltou que a decisão sobre o apoio a Lula Cabral não é isolada, mas sim uma decisão conjunta. “Isso não é uma decisão isolada minha, tem que ser a decisão de um partido político”, enfatizou. Ele destacou ainda que sua opinião é apenas um testemunho pessoal e que a decisão final depende do posicionamento coletivo do PSB.

“Isso não é uma decisão isolada minha, tem que ser a decisão de um partido político. Aqui eu estou falando apenas uma opinião pessoal, um testemunho que eu dou da capacidade do deputado Lula de voltar a fazer um belo trabalho no Cabo. Agora isso é uma decisão partidária, não depende apenas da minha opinião, eu sou apenas um voto dentro do partido”, falou.

Por Marcos Lima

.

No próximo dia 15, a Revista Total estará realizando o I TOTALizando o BRASIL, evento em que várias personalidades, de diversos segmentos, entre políticos, empresários, artistas e autoridades dos poderes executivos, legislativos e judiciários, são homenageadas.

O evento se realizará no Hotel Transamérica Prestige Recife, na Avenida Boa Viagem, quando serão homenageadas 35 personalidades, em que algumas das quais irão receber mais de um troféu, para si e para a instituição/empresa a que pertence. Na mesma ocasião, também serão homenageados, pela primeira vez, 30 prefeitos pernambucanos.

Os homenageados são agraciados com troféus, em três modalidades;

  • Troféu Leão do Norte Brasil (com citação do ano ao final): destinado a personalidades que se destacam em suas diversas atuações;
  • Troféu Águia Dourada (também com o ano no final): destinado, geralmente, a empresas ou instituições relevantes, que transformam o lugar onde são sediadas e a influência na melhoria da qualidade de vida das pessoas;
  • Troféu Embaixadores da Paz: destinados a pessoas que, de alguma forma, contribuem para o desencadeamento da paz no mundo.
  • Medalha Amigo da Revista Total: destinada a homenagear e prestar gratidão àqueles que apoiaram – desde o início da criação da revista – e apoiam a Revista Total.

Todos esses troféus são agraciados a personalidades de todo o País.

Agora, com a criação do Instituto Revista Total Brasil, empresa especializada em Consultoria de Marketing, Inteligência e Apoio aos Municípios Brasileiros e seus Políticos, também foi criado o Certificado do Prefeito com a Gestão Aprovada pela População, sempre se baseando nas obras e realizações dos gestores no ano anterior à concessão da condecoração.

As pesquisas são feitas através de consulta à população, e o prefeito fará jus à concessão sempre que essa aprovação atingir índice superior a 60% de aprovação.

Neste I TOTALizando o BRASIL de 2024, serão agraciados 30 prefeitos, cuja relação será conhecida na próxima quarta-feira (06/01), quando se comemorará a Data Magna de Pernambuco. Por este motivo, os primeiros 30 gestores homenageados serão todos de Pernambuco, no entanto, em cada evento realizado neste ano, serão escolhidos os prefeitos dos Estados em que o mesmo se realize.

Na ocasião, serão entregues 30 troféus Leão do Norte – Brasil 2024, 20 troféus Águia Dourada e 10 medalhas Amigos da Revista Total, além dos certificados aos 30 prefeitos.

Diferentemente dos eventos anteriores, dessa feita as comendas não serão entregues por chamada de 1 a 1, porém por grupos, a fim de não se tornar um evento muito cansativo.


Serão utilizadas 116,7 mil mudas para cobrir toda a área. Desde 2011, mais de mil hectares de áreas degradadas estão em processo de recuperação

O Programa de Restauração Florestal de Suape inicia, nesta sexta-feira (1º/3), o plantio de 70 hectares de Mata Atlântica no Engenho Setúbal, localizado no município do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. A ação é parte do compromisso assumido pela estatal ao aderir ao Pacto pela Restauração do bioma. Desde 2011, mais de mil hectares de áreas degradadas estão em processo de recuperação na Zona de Preservação Ecológica (ZEPC), que ocupa 59% dos 17,3 mil hectares do território da estatal portuária.


Na ação, serão utilizadas 120 mil mudas exclusivamente de espécies nativas da Mata Atlântica, cultivadas no Viveiro Florestal de Suape, onde são cultivadas 80 espécies distintas. As mudas são destinadas ao projeto de restauração florestal da ZPEC, que compreende a parcela de terras com características ambientais diversas, delimitada como área de proteção para fins de preservação ecológica.

“Com mais um plantio de mudas da Mata Atlântica, almejamos acelerar o retorno da floresta em uma área onde a vegetação nativa foi suprimida ou impactada por ações humanas, como derrubadas e queimadas. A restauração florestal surge como alternativa que pretende buscar a condição original, ou o mais próximo possível, promovendo a reconstrução gradual da floresta, resgatando sua biodiversidade e sua função ecológica”, explica Carlos Cavalcanti, diretor de Sustentabilidade de Suape.


A metodologia predominante a ser utilizada nessa etapa será o plantio total da área. Para essa ação, Suape investirá cerca de R$ 250 mil. Parte dessas áreas de restauração está localizada na Unidade de Conservação Estação Ecológica de Bita e Utinga, reforçando a importância da criação desses ambientes protegidos, alinhada aos objetivos da Década das Nações Unidas da Restauração de Ecossistemas da Organização das Nações Unidas – ONU.

PREMIAÇÃO

A restauração de ambientes degradados é um compromisso estabelecido por leis e normas na busca por compensar impactos sobre a vegetação, bem como auxiliar na captura do carbono atmosférico e mitigação das mudanças climáticas. O compromisso contínuo com a restauração florestal se destaca no trabalho diário de manutenção dessas áreas em processo de recuperação, um esforço reconhecido, em 2021, com o Prêmio Lighthouse Awards Program AAPA na categoria de Mitigação concedido ao Complexo Industrial Portuário de Suape.


Estive na estreia, no ano passado, do espetáculo Paixão de Cristo de Nova Jerusalém. Sempre é uma grande emoção assistir ao espetáculo da Paixão de Cristo e ver o sonho de Plínio e Diva Pacheco, que fizeram o maior teatro ao ar livre do mundo, com 70 torres de 7 metros cada e 3.500 metros de muralhas de pedra, a cada ano se repetir.

Encontrar Robinson Pacheco, Coordenador Geral da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, já na companhia de um filho, que já vem treinando, é motivo de muita alegria.

Comentei com ele a minha admiração pela história de José do Egito, que teve 2 filhos, Manassés e Efraim. Era um intérprete de sonhos. Manassés significa o perdão das aflições na casa do Pai, porque Deus lhe fez esquecer o mal que o fizeram e o fez um homem novo. Seguindo a tradição de Abraão, Isaac, Jacó e José, a benção maior não foi ao primogênito, mas ao segundo filho, tendo Efraim feito uma das maiores tribos de Israel. No Código de Deus, a gratidão e o perdão vêm antes da graça.

A amizade do meu tio e pediatra Flávio Campos e de sua esposa Maria Lúcia com o casal Plínio e Diva era grande e longeva. Flávio chegou a ter uma casa, em Fazenda Nova. Irmão mais velho do meu pai e meu padrinho. Fez o verdadeiro juramento de São Lucas. No final da vida, foi morar, em Fazenda Nova, onde consultava as crianças de forma pro bono. Essa amizade, alargou-se ao meu pai, Maximiano Campos, que teve grandes conversas com Plínio Pacheco, homem de grande cultura, autor da peça Jesus, que é a base do espetáculo.

Vi a alegria da família Pacheco e o espetáculo cheio, quando se celebra 54 anos da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém e a segunda temporada após 2 anos de pausa, ante a pandemia, que gerou muitos prejuízos ao espetáculo, que resistiu.

Na pousada da Paixão, onde estão sepultados Plínio e Diva, extremamente bem cuidada, tem um memorial que mostra a vida desses 2 grandes criadores, que deixaram um legado. Tinha 37 hóspedes interativos, entre outros, que ficam hospedados e também participam do espetáculo como figurantes.

Outro sonho de Plínio que precisa ser ainda finalizado é a conclusão do Parque das Esculturas. Teve o mestre Zé Cotó, que criou escola e deixou muitos discípulos. Um Aleijadinho do Granito.

Miguel Falabella tem um belo artigo sobre Plínio, que foi publicado no Jornal O Globo, que diz que ‘’Seu Plínio furou o mundo. E, agora, penso, parte dele dorme em Jerusalém’’.

A Paixão de Cristo de Nova Jerusalém é um patrimônio do Brasil. Um sonho de pedra, que conta a maior das paixões.

Olinda, 01 de março de 2024.

Antônio Campos
Advogado, escritor e membro da Academia Pernambucana de Letras.


Educação e empreendedorismo foram principais temas da conversa

Nesta semana, o Projeto Desenvolve PE conversou com a prefeita de Lagoa do Carro, Judite Botafogo. Na entrevista, ela fala sobre o impacto provocado pela implementação da matéria educação empreendedora na grade da rede municipal de ensino e como isso tem contribuído para o desenvolvimento sociocultural dos cidadãos que vivem e trabalham no município da Mata Norte Pernambucana.

Formada em letras, especialista em ensino de língua portuguesa, Judite Botafogo já atuou como professora universitária e na rede estadual de ensino. Ela possui mestrado e Doutorado em Teoria Literária pela UFPE. Foi três vezes eleita para o cargo de prefeita de Lagoa do Carro nos anos de 2009; 2016; e em 2020. Atualmente Judite também exerce a função de secretária da mulher da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe).

Desenvolve PE – Sra. Prefeita, de que maneira e a partir de quando as instituições de ensino do município de Lagoa do Carro começaram a integraram a educação empreendedora no processo de ensino/aprendizagem dos seus alunos?

JB – Sou professora de formação. No nosso governo a educação é o pilar central, é a mola propulsora para o desenvolvimento. Quando assumimos em 2017, nós começamos a pensar a situação econômica do município. Tudo partiu de um projeto de educação integrada ao desenvolvimento econômico, às práticas ambientais e a todos os vieses da educação.

Pensando no desenvolvimento econômico, o nosso primeiro passo foi: como fazer nossos alunos crescerem sendo criativos, produtivos, resolutivos e tomando iniciativas para que possam chegar no mercado de trabalho conscientes do que são capazes de fazer para evoluir? Isso nos provocou, pois somos uma cidade pobre, com pessoas que vêm do meio rural e com um grande número de jovens que deixaram de estudar para conseguir meios de sobrevivência. Então nós começamos a entender que dar autonomia para essa juventude dá, na verdade, perspectiva de futuro. E um ponto distinto seria aprender a empreender. A Educação empreendedora no município de Lagoa do Carro foi integrada em nossa grade curricular no ano de 2017.

Desenvolve PE – Qual a relevância da parceria com o Sebrae/PE? na implementação desse projeto?

JB – Desde o início o Sebrae tem sido a mola propulsora dessa cultura de educação empreendedora. O Sebrae abriu as portas para nós em 2017, disponibilizou os livros que seriam utilizados pelos alunos e capacitou toda a nossa rede municipal de professores, ninguém ficou de fora. Do professor da creche ao dos anos finais, todos foram capacitados e, a partir daí, eles conseguiam replicar esse conhecimento em sala de aula.

Desenvolve PE – Quando foi criada a Lei da educação empreendedora no município?

JB – Em determinado momento percebemos que apenas aulas ou palestras não eram suficientes para amadurecer essa ideia. Foi daí que, em 2018, foi sancionada a Lei que oficializou a educação empreendedora dentro do nosso currículo escolar, tornando obrigatória a disciplina de empreendedorismo nas escolas do município.

Desenvolve PE – Lagoa do Carro é uma cidade tradicionalmente conhecida pela tapeçaria, mas, a partir das ações de incentivo aos micros e pequenos empreendedores desenvolvidas pelo município, quais outras atividades econômicas têm se destacado?

JB – Em Lagoa do Carro temos pessoas que todos os dias estão lutando e se reinventando para garantir a sua autonomia financeira. A partir das nossas ações, chegamos hoje a um número grande de empreendedores individuais que saíram da informalidade. Muito disso parte das mulheres, por isso nossa Secretaria Municipal das Mulheres é um aliado tão importante. Nosso artesanato era conhecido apenas pela tapeçaria, mas hoje temos também a cestaria; produção de bonecas de pano; crochê; tricô, a renascença…

A área da gastronomia também surgiu com mais um viés do desenvolvimento, a partir da fabricação de bolos, tortas e doces. Durante a pandemia, destacou-se ainda a produção de máscaras de tecido das nossas costureiras. Mas, de fato, a gastronomia tem tomado uma dimensão muito grande nos últimos anos e trazido destaque para o nosso município, inclusive nas grandes feiras como a Fenearte. Ficamos muito lisonjeados por ter motivado essas pessoas a aprenderem a empreender. De sorte que, hoje, em Lagoa do Carro, o empreendedorismo é a nossa marca.

Em dezembro de 2018 a prefeitura de Lagoa do Carro foi destaque no 10° Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, que reconhece prefeitos e administradores regionais que implantam projetos com resultados comprovados focados no desenvolvimento dos pequenos negócios do município. Desde então, o município segue consolidado dentre as cidades como a melhor educação empreendedora do Estado.

Foto: Tiago Acioli


Saulo Maruim, vice-prefeito de Brejão, se filiou hoje, no dia em que o município completa 66 anos, ao PP e lançou sua pré-candidatura a prefeito do município pelo Progressistas, dos deputados Eduardo e Lula da Fonte. O ato, que significa um passo importante para o pré-candidato, consolida uma aliança estratégica com os líderes do PP.

Saulo Maruim traz consigo uma trajetória marcada por êxitos no âmbito municipal. Foi o vereador mais votado de Brejão, por três vezes consecutivas e é o atual vice-prefeito da cidade. A decisão de unir forças com o PP não apenas realça sua ascensão política, mas também sinaliza uma abordagem colaborativa para enfrentar os desafios que Brejão necessita.

“Vamos trabalhar em conjunto para fortalecer essa aliança em prol das transformações que vamos trazer para Brejão. Temos total confiança nessa parceria”, disse o pré-candidato a prefeitura do município, Saulo Maruim.

Os deputados Eduardo e Lula da Fonte e o partido Progressistas destacam que a pré-candidatura traz uma nova dinâmica ao cenário político municipal e desperta a atenção dos eleitores sobre as propostas e diretrizes para Brejão e, aproveitam a ocasião, para parabenizar o município pelo seu aniversário.


Estudantes que são beneficiários do Bolsa Família receberão parcelas mensais de R$ 200,00

O Governo Federal lançou o programa de incentivo para estudantes do Ensino Médio, o Programa Pé-de-Meia. A iniciativa concede incentivos financeiros para estudantes de baixa renda matriculados no Ensino Médio, que mantiverem pelo menos 80% de frequência, forem aprovados e, no 3º ano, participarem do Enem. A seleção dos beneficiários será realizada através dos dados do Cadastro Único, mas não há necessidade de cadastramento ou atualização agora, uma vez que, para esta primeira fase, somente estudantes que fazem parte de famílias beneficiárias do Bolsa Família é que receberão o incentivo.  

O programa é uma espécie de poupança do Ensino Médio que transfere dinheiro para o estudante matriculado nesse nível de ensino. Além de ser beneficiário do Bolsa Família, é necessário ter entre 14 e 24 anos, ser matriculado em escolas da rede pública e possuir CPF. O contemplado receberá oito parcelas de R$ 200,00 ao se matricular até o mês de abril de 2024 em um dos três anos do Ensino Médio, totalizando R$ 1.600,00. A partir do ano que vem serão nove parcelas. O aluno também receberá R$ 1.000,00 quando for aprovado em cada ano e mais R$ 200,00 ao participar do Enem. 

Não é necessário se inscrever já que os requisitos serão verificados automaticamente pelo Ministério da Educação (MEC). Se o estudante cumprir todos os requisitos para participar do programa, a CAIXA abrirá uma conta digital no nome do estudante. Outras informações estão disponíveis na rede local de ensino, especialmente na escola do estudante; pelo telefone 0800 616161 ou nos canais digitais do Ministério da Educação. 

Arte: Anderson Carlos


O público-alvo do projeto são artistas, grupos culturais e empresas, com ou sem experiência, no ramo da cultura e do empreendedorismo. 

Durante a formação, os inscritos vão aprender sobre marketing para redes sociais, elaboração de portfólio, currículo artístico, proposta de venda e  elaboração de projetos com foco nos editais do Funcultura Pernambuco/2024. 

Além disso, cada participante vai ganhar  acesso à consultoria gratuita

Já estão abertas as inscrições para o curso “Empreender na Cultura é um Negócio Viável”, da produtora e consultora Eliz Galvão.  A iniciativa visa capacitar, gratuitamente, trabalhadores, artistas, grupos culturais e empresas que atuam nas atividades das artes visuais, música, literatura, cinema, gastronomia, moda, artesanato, entre outros, ligados à cadeia da economia criativa pernambucana. As vagas são destinadas aos moradores das cidades de Goiana (Zona da Mata Norte) e Caruaru (Agreste), e região. 


As aulas serão realizadas de forma presencial. Os interessados devem realizar inscrição por meio do www.instagram.com/ligacriativa. Ao todo, serão disponibilizadas 25 vagas por cidade. Todos os participantes vão receber apostila e certificado. Mulheres (cis ou trans), pessoas pretas e pardas, terão prioridade nas vagas.  Pessoas com mobilidade reduzida, baixa visão e deficiência motora, além de prioridade nas vagas terão direito a transporte gratuito para chegar na formação. 

Durante a formação, os participantes vão aprender sobre desenvolvimento pessoal, estruturação de negócio, marketing para redes sociais, elaboração de portfólio, currículo artístico, proposta de venda, negociação com cliente e posicionamento no mercado. Além disso,  o público vai receber orientações sobre captação de recursos, noções de elaboração de projetos com foco, por exemplo, nos editais do Funcultura Pernambuco/2024.

A capacitação, realizada com incentivo da Secretaria de Cultura, Fundarpe, Governo de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, também vai garantir a todos os participantes, ao final do curso, uma consultoria online com a facilitadora Eliz Galvão, para sanar dúvidas específicas dos participantes e seus modelos de negócio. 

O projeto também vai proporcionar aos inscritos rodas de diálogos com a presença de produtoras culturais, que atuam no mercado cultural de Pernambuco, que vão explanar sobre suas experiências. “Esta capacitação é aberta a todas as pessoas, com ou sem experiência, que atuam com criatividade, inovação e expressão cultural.  A economia criativa está com projeção de crescimento muito grande no Brasil, e, claro, precisamos estar preparados cada dia mais para as oportunidades. Isso vai nos ajudar a ganhar mais recursos, para potencializar as nossas carreiras artísticas e  negócios criativos ” explica Eliz Galvão, idealizadora do projeto e facilitadora das formações. 

Na cidade de Goiana,  o tema do bate-papo será sobre  Gestão de Projetos, e a convidada é Tayná Nunes, produtora cultural com forte atuação local.  Outro assunto em questão é a Gestão de Carreiras, com a participação da produtora cultural, Lorieli Queiroz, da cidade de Aliança, também na Mata Norte de Pernambuco.  

Em Caruaru,  a conversa será com a cantora e produtora, Riáh Oliveira, dialogando sobre Gestão de Carreiras; e a produtora cultural, Raquel Santana, conversando sobre Gestão de Projetos.

FACILITADORA DA FORMAÇÃO:

Eliz Galvão é empresária, produtora e consultora cultural. É responsável pela Liga Criativa, empresa de instrutoria com formações sobre produção cultural, elaboração, gestão de projetos e empreendedorismo artístico; além de criação de conteúdos sobre estes temas para redes sociais. Atuando desde 2009, já foi responsável por ministrar oficinas e cursos para mais de 70 turmas, alcançando um público superior a 5.000 participantes.

SERVIÇO: 

Polo Goiana

O quê: Formação sobre Empreendedorismo Cultural

Onde: Local: sede da Banda Curica, Rua do Rosário, 03 – Centro, Goiana – PE

Quando: Datas e Horários: 11 a 14/03/2024 (14 às 18h) e 15/03: (09 às 17h).

Inscrições abertas: https://forms.gle/KAFMGVHSPWKpeudd8 


O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu derrubar as atuais regras para distribuição das chamadas sobras eleitorais para cálculo das vagas na Câmara dos Deputados. A maioria dos ministros votou para manter no cargo sete deputados eleitos em 2022, que seriam substituídos por parlamentares que não foram eleitos. A decisão será aplicada somente a partir das próximas eleições.

A Corte analisou as regras de sobras eleitorais para cálculo das cadeiras que devem ser preenchidas por candidatos eleitos nas casas legislativas. Os ministros julgaram ações protocoladas pelos partidos Rede Sustentabilidade, Podemos e PSB para contestar trechos da minirreforma eleitoral de 2021.

A Lei 14.211/2021 reformulou as regras para distribuição das sobras eleitorais. Com a nova lei, somente candidatos que tiveram votos mínimos equivalentes a 20% do quociente eleitoral e os partidos que obtiverem mínimo de 80% desse quociente passam a disputar as vagas oriundas das sobras.

A decisão do Supremo permitirá que todos os partidos e candidatos possam concorrer sem restrições em uma das fases de distribuição das sobras eleitorais.

Banner indisponível

Fechar