A maioria dos políticos brasileiros já teve acesso a edições do veículo de Comunicação pernambucano, em Brasília ou em seus próprios Estados

Por Marcos Lima

Prestes a completar 21 anos de circulação, sendo 5 anos a nível nacional, a Revista Total – a revista dos municípios brasileiros – é, atualmente uma das revistas mais conhecidas pelos políticos brasileiros, sobretudos os que circulam por Brasília com mais frequência.

Lançada na Capital Federal no ano de 2018, a convite de um empresário que a conheceu quando Marcelo Mesquita, seu diretor-presidente, lá esteve para cobrir a posse do então ministro José Mucio Monteiro Filho – atual ministro da Defesa do Brasil – como presidente do TCU. O empresário, na oportunidade, quis conhecer Mesquita e, na oportunidade, ressaltou que “uma revista com essas qualidades editoriais e gráficas não pode deixar de ter uma representação aqui no Distrito Federal”.

Dito isso, marcou um encontro com Marcelo para o dia seguinte, quando conseguiu convencer o presidente do Grupo Total a instalar uma sucursal da Revista Total em Brasília, 15 dias depois desse encontro.


Hoje, passados 5 anos desde aquele memorável dia, a Revista Total, que nasceu como “a revista dos municípios pernambucanos”, transformou-se na “revista dos municípios brasileiros”, é conhecida e goza de prestígio não apenas em Pernambuco e em Brasília, mas em quase todo o País, notadamente em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Goiânia, onde Marcelo Mesquita é sempre convidado para proferir palestras, para trabalhar na campanha de algum candidato ou, simplesmente, para desenvolver estudos técnicos para análises de pré-candidatos e candidatos a cargos políticos, a fim de estabelecer prognósticos, sobre a possibilidade ou não de vitória em eleições.


Como acontecia em Pernambuco, desde 2006, geralmente com um alto índice de acertos, nessas ocasiões, a revista e seu presidente se consolidaram nos meios políticos e gozam também de grandioso prestígio entre a classe empresarial, sobretudo agora que Marcelo Mesquita lançou o instituto de pesquisas do Grupo, a empresa INSTITUTO REVISTA TOTAL BRASIL, que vem sendo consultada e chamada para promover pesquisas em várias regiões do País.

Banner indisponível


Na noite desta segunda-feira (15/04), o deputado federal e presidente estadual do Progressistas, Eduardo da Fonte, irá se reunir com jornalistas e cronistas esportivos para discutir sobre os trágicos eventos ocorridos entre os times pernambucanos e a sobrevivência do futebol, que, segundo Eduardo, “é fruto da incompetência da Federação Pernambucana de Futebol, que faliu o esporte no nosso estado”.

Só nos últimos meses, os times pernambucanos protagonizaram diversas cenas de violência. No dia 21 de fevereiro, torcedores do Sport atiraram pedras contra jogadores do time do Fortaleza, o que deixou 6 feridos. Um mês depois, seguranças particulares do Clube Náutico Capibaribe agrediram torcedores do Náutico, inclusive mulheres. A confusão começou ainda no gramado após a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) proibir faixas e adereços que tenham ligação com torcidas organizadas. O último caso, na final do Campeonato Pernambucano entre Sport e Náutico, terminou em briga, dessa vez entre a Polícia Militar e torcedores do Náutico. Ao menos quatro pessoas foram detidas.

Para o jornalista da TV Nova Pedro Paulo, “Nos velhos tempos do futebol, Pernambuco figurava bonito no cenário nacional desportivo”. E ressaltou: “É nessa busca que me disponibilizo a intermediar um papo bom e justo com representantes da imprensa esportiva nesta segunda sobre a situação dos times pernambucanos. Não é sobre a FPF, é sobre a condução e sobretudo a restauração do futebol pernambucano”.

“É urgente discutir a sobrevivência do futebol pernambucano, um esporte que tanto nos alegra, mas que, infelizmente, tem se tornado cenário de violência e precarização. Precisamos de um novo comando na Federação Pernambucana de Futebol, só assim poderemos reconstruir e trazer de volta os tempos de glória do esporte no nosso estado”, finalizou o deputado.

Assessoria de comunicação do deputado Eduardo da Fonte
ascomeduardodafonte@gmail.com
Texto: Ana Alice Barros


Em entrevista exclusiva à Rede Pernambuco de Rádios e ao blog, diretamente de seu gabinete em Brasília, o senador Fernando Dueire (MDB) afirmou que ações da época do governo Jarbas foram essenciais para que hoje a população pernambucana consiga ter a melhoria do abastecimento de água, principalmente agora com as entregas da Adutora do Agreste.

“Quando tivemos no Governo de Pernambuco, nós fomos capazes de realizar muitas transformações como a Adutora do Oeste, que é a fonte de água do Araripe. [Na época] tivemos o aceite da União para que tivéssemos o Ramal Leste, e esse aceite é que permite hoje que nós tenhamos a Adutora do Agreste”, detalha.

Na semana passada, o senador esteve ao lado do presidente Lula inaugurando a Estação Elevatória de Água Bruta de Ipojuca e do trecho Belo Jardim-Caruaru da Adutora do Agreste, em Arcoverde. Dueire aponta que o líder petista lembrou da importância do Ramal Leste, trabalhado pela gestão Jarbas, ao qual o senador emedebista fez parte.

“O presidente Lula inclusive me chamou e disse olha, o Ramal Leste no meu segundo governo, vocês foram muito convincentes e a gente terminou implantando, porque só teríamos o Ramal Norte, e por causa disso hoje a gente tem a adutora do Agreste que traz água do São Francisco, já chega na estação de tratamento de Petrópolis, em Caruaru”, disse.

O senador reforça que agora o trabalho é cuidar da distribuição. “Estamos chegando a 200 litros por segundo e vamos chegar a 2 mil litros por segundo. A Compesa vai ter que trabalhar a rede de distribuição para que a água chegue na casa das pessoas”.

Fernando Dueire confirma que no semestre passado relatou uma autorização no congresso autorizando o empréstimo de R$ 1,1 bilhão para a Compesa, dinheiro que vai exatamente para a melhoria da distribuição da água. “Temos conversado com o presidente da Compesa, Alex Campos, porque hoje ele tem a água e agora, a partir de um esforço nosso, tem recurso para dar uma melhorada no abastecimento. Não resolve tudo, mas melhora, de maneira substantiva, o acesso à água pela população”, pontua.

O Lula participou da inauguração da nova sede da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores – Anfavea, onde celebrou os investimentos recorde de R$ 125 bilhões anunciados pela indústria automotiva até 2033. Ele destacou o compromisso do governo com a inovação e geração de emprego.

Os investimentos se aproveitam do programa Mover, promovendo eficiência energética e reciclagem. Anfavea, fundada em 1956, coordena e defende os interesses das empresas fabricantes de veículos.


A deputada federal Maria Arraes concedeu entrevista ao programa ‘Cidade em Foco’, da Rede Pernambuco de Rádios e ao Blog do Alberes Xavier. Maria, que é filiada ao Solidariedade falou com a reportagem direto da Câmara dos Deputados, em Brasília.

“Costumo dizer que aqui me achei”, disse Maria, ao frisar que acha muito gratificante poder agregar ao seu mandato a parte técnica, que cabe a função de um legislador federa à parte política, que segundo ela, é exercitada diariamente, através de votações importantes e debates que acontecem em torno de temas que são fundamentais para a vida de todos os brasileiros.

Maria afirmou ainda que enxerga com bons olhos o atual momento do governo do presidente Lula, que segundo ela, tem sido presente em Pernambuco, seja através de suas visitas ao estado, onde tem cumprido agendas políticas e administrativas, ou através de ações e programas, como a mais nova etapa do ‘Minha Casa, Minha Vida’, lançada nesta quarta-feira.

Para finalizar, Maria Arraes disse que o seu partido, o Solidariedade, tem trabalhado para se fortalecer com o resultado da eleição, agendada para o próximo dia 6 de outubro. A deputada frisou que a legenda terá mais de 100 candidaturas a prefeitos, espelhadas por todo o estado, além de dezenas de disputas proporcionais, onde o principal objetivo é eleger o maior número possível de vereadores e vereadoras.

A oitava edição da Caravana Federativa em Pernambuco acontecerá nos dias 15 e 16 de abril no Centro de Convenções. O evento busca aproximar o Governo Federal dos municípios e Estados, contando com a presença de 34 Ministérios, 4 Autarquias, 4 Bancos e diversas empresas. A solenidade de abertura será no dia 15/04 às 09h e o encerramento no dia 16/04 às 18h, ambos com a presença de autoridades. O credenciamento pode ser feito através do link

https://bit.ly/caravanafederativa_pe

O presidente Lula vetou parcialmente o projeto de lei que acabaria com a saída temporária de detentos do regime semiaberto, mantendo o benefício, mas exigindo o uso de tornozeleira eletrônica. Condenados por crimes hediondos também não poderão mais usufruir desse benefício. O veto ocorre em meio a pressões políticas e preocupações com segurança pública, sendo uma medida considerada impopular, dada a queda na aprovação de Lula nas pesquisas.


O Projeto de Lei 3974/2015, conhecido como PL da Pensão por crianças acometidas pelo Zika Vírus, aprovado pelo Plenário da Câmara dos Deputados e relatado pelo deputado federal Lula da Fonte (PP/PE), será aprovado no Senado Federal, se depender do ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome e senador licenciado, Wellington Dias. O ministro recebeu o parlamentar nesta quinta (11) e deu o seu aval pessoal para trabalhar a aprovação junto aos senadores.

O PL da Pensão por Zika foi aprovado no Plenário da Câmara em doze de dezembro do ano passado e seguiu para o Senado, onde tramita na Comissão de Assuntos Sociais. Na CAS recebeu parecer favorável da relatora, senadora Zenaide Maia (PSD/RN) nesta quarta (10). Depois da CAS, o projeto será apreciado pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado e de lá, vai direto para votação no Plenário do Senado.

Governador do Piauí por quatro mandatos, Wellington Dias têm excelente trânsito no Senado. Sua vaga é ocupada atualmente pela senadora Jussara Lima (PSD/PI).

O PL 3974/2015 dispõe sobre o direito à indenização por dano moral R$ 50 mil reais e pensão especial, mensal e vitalícia, à pessoa com deficiência permanente por síndrome congênita de microcefalia, associada à infecção pelo vírus Zika ou síndrome Guillain Barré causada também por esse vírus. O valor da pensão será equivalente ao teto do Regime Geral de Previdência Social, correspondente hoje a R$ 7.786,02 reais.

O vereador do Recife Davi Muniz, ex-PSB e agora PSD, realizou nessa quinta-feira (11), no Clube dos Servidores na Caxangá, Zona Oeste da capital, um evento para explicar sua saída do agora ex-partido.

Ele destacou as razões para deixar o PSB e ressaltou ainda sua atuação na segunda maior zona eleitoral do Recife e expressou confiança em sua recepção pela população.

“Juntei meu grupo para dar minha justificativa, para dar satisfação a eles de tudo que aconteceu e o porquê saí do PSB. Foi pela falta de atenção e respeito, e das promessas não cumpridas, a falta de compromisso com a nossa população. A partir de hoje, todos nós somos Daniel Coelho (PSD)”, declarou.

“Eu até me calo, espero, brigo em “silêncio”, mas chega uma hora que a gente sabe que estão só enrolando. Ai a gente precisa abrir a boca e gritar bem alto. Seria mais confortável me calar e continuar minha vida sem me preocupar com a dos outros, mas minha consciência não me deixaria dormir em paz, porque não foi assim que aprendi”,disse Davi nas redes sociais.

Blog Ponto de Vista




Nesta quinta-feira (11), a cidade inicia o esquema de vacinação com as  2400 doses da Qdenga, desenvolvida para combater o mosquito Aedes Aegypti, com distribuição em todas as unidades de saúde e na Policlínica São Lucas, das 8h às 16h. 

Apenas crianças entre 10 e 11 anos são vacinadas, pois esse é o grupo com maior risco de hospitalização por causa da doença. O pai ou responsável que deseja imunizar esse público precisa levar o cartão SUS, CPF e identidade.

É importante destacar que a imunização não estará disponível no Shopping Igarassu, seguindo recomendação do Ministério da Saúde.

Além disso, para reforçar a prevenção, a cidade segue realizando blitz educativas com agentes comunitários de saúde e de combate às endemias, oferecendo panfletos e orientações para a prevenção da dengue desde o início do surto. Nas escolas municipais, a educação sobre o tema é intensificada com atividades lúdicas, como palestras e dinâmicas.

FOTO: Ivonildo Pedro

Banner indisponível

Fechar