edição_106

 

O prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos (PSDB), vem realizando um excelente trabalho que tem alcançado ampla repercussão, não só no município, mas em toda a região do Sertão do Araripe. Ele conseguiu equilibrar as finanças da municipalidade, efetuar os pagamentos do funcionalismo e fornecedores em dia e realizar uma série de obras na sede e na zona rural. Por conta disso, está sendo apontado como Prefeito Destaque Nota 10 e está com sua reeleição garantida.
Essa semana, o prefeito esteve na cidade de Petrolina, onde participou de um evento com a presença do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que lhe adiantou a liberação de R$ 2,1 milhões para realização de diversas obras no Instituto Federal de educação (IF Sertão-PE), localizado em seu município. “A informação passada pelo ministro Abraham nos deixou muito satisfeitos, pois os recursos vão melhorar as condições de funcionamento do Instituto”.
Para driblar a crise que atinge a maioria das prefeituras, Ricardo Ramos vem fazendo uma gestão com ênfase para o controle financeiro e o planejamento. “Ouricuri é uma cidade que vem se destacando por conta das diversas obras já inauguradas e outras em andamento, apesar de todas as dificuldades. Implantamos o programa Obra da Semana. É um programa inédito e consiste na entrega a cada semana, de pelo menos uma obra nova à população do município”
Ele disse que exige de todos os secretários e servidores responsabilidade e muita cautela com as despesas públicas. “Estamos fazendo um malabarismo muito grande para equilibrar o orçamento. Estamos fazendo uma gestão eficiente, respeitando o dinheiro público para que as contas se mantenham em ordem de acordo com a legislação em vigor. Ouricuri está crescendo muito e estamos trabalhando em todos os setores”.
O prefeito adiantou que, além das obras estruturais, como calçamento de ruas e avenidas, melhoramentos em praças públicas e na iluminação pública, também está trabalhando para melhorar o astral da população, acentuando a conclusão das obras do Centro de Artes e Esportes Unificados e da arquibancada do Estádio Municipal.
Ele garante que está realizando o maior plano de pavimentação da história de Ouricuri. “Obras não faltam em todos os bairros da cidade e na zona rural”, concluiu o prefeito Ricardo Ramos, que evita falar sobre as próximas eleição, embora as previsões feitas pela equipe da Revista TOTAL indiquem que ele está com sua reeleição garantida, por conta do apoio de alguns dos mais importantes líderes políticos, empresariais e comunitários do Município, que aprovam sua administração.

edição_1062

 

O prefeito Marcelo Maranhão (PSB) vem realizando uma gestão que vem alcançando apoio da maior parte da população da cidade e dos distritos. O seu nome já é apontado pela maioria das lideranças políticas, empresariais e dos trabalhadores como o principal candidato para as próximas eleições em 2020, com reeleição garantida.
Tem se preocupado em organizar a estrutura da Prefeitura Municipal e realizar obras estruturadoras, além de trabalhar para levar indústrias para o Distrito Industrial, o que gera emprego e renda para a população.
Para conseguir os recursos necessários para a realização das obras, o gestor tem se esforçado para firmar convênios com o Governo do Estado, recendo total apoio do governador Paulo Câmara (PSB), e conseguir a liberação das verbas do Governo Federal. Tem melhorado as condições de funcionamento dos Postos de Saúde, com a contratação de servidores e das escolas Municipais, que foram revitalizadas. A merenda escolar tem recebido especial atenção do prefeito, por reconhecer a importância para a frequência dos alunos.
Dentro das melhorias do funcionamento dos órgãos municipais, criou a Nota Fiscal Eletrônica, que tem sido fundamental para que a Municipalidade tenha os recursos necessários para a realização das obras. Muitas ruas receberam asfaltos e outras foram calçadas e receberam nova iluminação pública. Também esforçou-se para a conclusão das obras de centenas de residências no bairro de Vila Rica, dentro do programa Minha casa minha vida.
Na área da Educação, tem incentivado os professores e estudantes a melhorarem o aprendizado. Recentemente, realizou o 9º Concurso de Incentivo à Leitura, do qual participaram centenas de alunos da rede pública municipal.
Os moradores da Zona Rural também tiveram suas vidas melhoradas com a perfuração de poços, limpeza de açudes, incentivo à piscicultura, manutenção permanente das estradas e capacitação de homens e mulheres do campo, objetivando otimizar suas atividades e a consequente produção.
Como a cidade está em uma área onde ocorrem chuvas torrenciais, que provocam alagamentos e desmoronamentos de barreiras, Marcelo Maranhão implantou um importante serviço de recolhimento de entulhos, que é um passo importante para a diminuição das consequências das chuvas, como acabar com as enchentes e as doenças contagiosas e respiratórias.
Essas ações estão repercutindo positivamente, em todos os setores da população o que faz com que sua popularidade cresça a cada dia.

IMG-20190619-WA0156
Em resposta ao ofício enviado pela Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS/PE), a Secretaria de Defesa Social (SDS/PE) esclareceu, no último dia 5 de junho, que os Militares que estiverem aptos, poderão compor a lista para a promoção. A solicitação foi realizada através de Albérisson Carlos, Presidente da ACS/PE, na qual versa a promoção imediata e automática para os Militares Estaduais, prevista na lei n• 320/15, que regulamenta o Plano de Cargos e Carreiras.

O documento assinado pelo Secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, justifica que “o Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Pernambuco cumpriu a primeira etapa do processo, com a convocação para a Inspeção de Saúde de 1.477 (Hum Mil quatrocentos e setenta e sete) Policiais Militares que preenchem os requisitos exigidos na legislação em vigor e que ao término desta fase, os considerados aptos poderão figurar na lista para promoção”, diz parte do texto.

Procurado pelo Portal de Prefeitura, Albérisson Carlos enalteceu o espírito de cordialidade e gentileza por parte do Secretário Antônio de Pádua. “Esse retorno é muito importante para se estabelecer um diálogo entre a categoria e o Estado”, pontuou.

O pedido da ACS foi encaminhado aos órgãos do governo do estado no início do mês de maio, através de ofícios solicitando o cumprimento da Lei Complementar 320/2015 que autoriza e define o Plano de Cargos e Carreiras para Policiais e Bombeiros Militares por tempo de serviço, conhecida como “promoção automática decenal”.

“Os requisitos para promoção por antiguidade nas Corporações Militares do Estado, seria realizado através do critério decenal, com início das aplicações a partir do dia 06 de março de 2018, independente da ocorrência de vagas no posto ou graduação e de maneira automática”, explica associação.

WhatsApp Image 2019-06-19 at 13.10.15

WhatsApp Image 2019-06-19 at 13.10.15(1)

WhatsApp Image 2019-06-19 at 13.10.15(2)

WhatsApp Image 2019-06-19 at 13.10.15(4)

WhatsApp Image 2019-06-19 at 13.10.16

WhatsApp Image 2019-06-19 at 13.10.16(1)

WhatsApp Image 2019-06-19 at 13.10.16(2)\

 

O Estado da Flórida é o preferido pelos pernambucanos quando vão passear ou mesmo trabalhar nos Estados Unidos. As opções de hospedagem são imensas, mas o Residence Inn Miami Sunny Isles Beach é o mais procurado pela maioria dos turistas de Pernambuco e dos demais Estados do Nordeste. A localização estratégica, o atendimento, com funcionários que falam português ou espanhol, e as diversas opções de lazer e entretenimento são apontados como os pontos fortes do estabelecimento. A chegada pode ser feita através dos aeroportos de Miami e de Fort Lauderdale.
O Hotel oferece seis opções de apartamentos, o que atende a todas as exigências e preferências dos hóspedes. Está localizado na Sunny Isles Beach, bem próximo à praia, restaurantes com culinárias diversas, estabelecimentos comerciais, como joalherias e lojas de souvenirs, e de parques, como o Town Center Park.
Henrique Timóteo explicou que a preferência dos pernambucanos pelo Residence Inn é motivada principalmente pelo atendimento. “Os pernambucanos sentem-se em casa e podem aproveitar todas as opções de lazer, inclusive a praia bem próxima ao hotel, embora todos estejam acostumados com a beleza e a água quente das praias de Boa Viagem e Porto de Galinhas. Estamos a postos para recebe-los e fazer tudo para que tenham uma ótima estadia”.

IMG-20190619-WA0025
Mais de dois terços dos crimes de homicídios praticados em maio passado têm relação com o tráfico de drogas, acertos de conta ou outras atividades criminosas. Em números absolutos, correspondem a 206 casos, ou 68,9% do total de crimes contra a vida no mês. Nos cinco primeiros meses de 2019, o perfil dos homicídios se assemelha: 1.039 homicídios tiveram essas causas, o que equivale a 69% das ocorrências do período. Quanto à situação das vítimas perante a Justiça, 66% não tinham sido submetidas ao sistema de jurisdição criminal, proporção que passa para 68% no conjunto de janeiro a maio de 2019.

Durante o mês de maio passado, foi registrada uma redução de 16 por cento no número de homicídios em todo o Estado de Pernambuco se comparado como mesmo período do ano de 2018. Foi o 18º mês consecutivo de queda nos Crimes Violentos Letais Intencionais em Pernambuco (CVLIs). Essa sequência de declínios, iniciada em dezembro de 2017, só havia sido alcançada uma vez em toda a série histórica de 12 anos do Pacto pela Vida, no período entre 2009 e 2011. Em maio passado, ocorreram 299 homicídios, enquanto no mesmo mês do ano passado, foram registrados 356. Quando se analisa os cinco primeiros meses deste ano com o intervalo de janeiro a maio de 2018, a regressão chega a 22,7% (caiu de 1.948 para 1.505).

O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, relatou os último números. “Nos últimos 18 meses de quedas sucessivas, tivemos um total de 6.073 homicídios, contra 7.847 ocorridos no mesmo período antecedente (dezembro de 2016 a maio de 2018). Ou seja, temos um quantitativo significativo de 1.774 mortes a menos ou vidas salvas. Ter resultados compatíveis aos obtidos em uma época de pleno emprego e maior capacidade de investimento por parte do Estado é algo que motiva as forças de segurança e órgãos que integram o Pacto pela Vida. Consolida um planejamento bem executado e um trabalho integrado e dedicado, mas principalmente reduz as perdas do bem mais precioso: a vida. Ainda temos um patamar elevado de mortes e é preciso, dia após dia, reforçar, expandir e reinventar formas de conter e reprimir a criminalidade”.
TODAS AS REGIÕES – Pádua acentuou que mais uma vez, as ações de descentralização da segurança pública fizeram com que o declínio na criminalidade fosse sentido em todo o Estado. “No mês passado, o destaque ficou com o Agreste, onde se observou um recuo de 29,9% nos homicídios. De 97, em maio de 2018, caiu para 68 casos, no mesmo mês de 2019. A Zona da Mata vem logo em seguida, com -25%. Nesse território, ocorreram 54 mortes em maio último, contra 72 no mesmo período do ano passado. O Sertão, que atingiu 8% de queda (37 para 34), e a Região Metropolitana do Recife (exceto a Capital), com -3,9% (101 para 97), fecham a lista”.

Os números indicam que, na soma dos cinco primeiros meses, o Agreste lidera a contenção dos CVLIs juntamente com o Sertão, ambos tendo freado esse tipo de crime em 26%. No primeiro, foram 518 notificações entre janeiro e maio de 2018, contra 380 no mesmo período deste ano, enquanto o segundo terminou com 223 casos no ano passado, contra 165 nos cinco primeiros meses deste ano. A Região Metropolitana segue logo abaixo, com 26% de decréscimo: foram 576 crimes contra a vida em 2018, contra 440 no ano atual. Por fim, nos municípios da Mata, cuja redução ficou em 19%, houve 368 homicídios no ano passado, contra 296, em 2019.

Na Capital, a queda dos crimes contra a vida nos cinco primeiros meses de 2019 chega a 14,8%. Ao todo, foram 224 ocorrências registradas neste ano, contra 263 no mesmo período do ano passado. Quando levado em consideração apenas o mês de maio, o recuo dos homicídios chega a 6%, saindo de 49 mortes em 2018 para 46 no ano corrente. Ainda no Recife, destaque para a Área Integrada de Segurança 01 (AIS 01), que tem sede em Santo Amaro e reúne 11 bairros do Centro. Com uma morte, a área teve o menor número mensal de homicídios em mais de quatro anos, só perdendo para março de 2015.

ZERO CRIME – Entre os meses de janeiro e maio passados, em nada menos de 35 municípios pernambucanos, não aconteceram homicídios. No distrito de Fernando de Noronha, também não foi registrado assassinatos no ano de 2019.

Veja a relação dessas cidades mais pacatas do Estado:

Alagoinha, Bodocó, Brejão, Brejinho, Cabrobó, Calçado, Cedro, Cumaru, Dormentes, Fernando de Noronha, Granito, Iguaraci, Ingazeira, Ibubi, Itacuruba, Itapetim, Jupi, Moreilândia, Palmeirina, Paranatama, Parnamirim, Petrolândia, Quixaba, Salgadinho, Saloá, Santa Cruz, Santa Filomena, Santa Terezinha, São Benedito do Sul, Serrita, Teresinha, Triunfo, Tupanatinga, Tuparetama, Vertente do Lério e Xexéu.

IMG-20190619-WA0023
O Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE) intensificou as ações definidas pela “Operação São João”, que foi iniciada no início do mês. O coronel Manoel Cunha, comandante geral, explicou que a chegada das chuvas mais fortes fez com que as diversas unidades da corporação localizadas na Região Metropolitana, Zona da Mata e Agreste passassem a atuar em ações específicas.
O coronel Cunha disse que o trabalho dos bombeiros começou de forma preventiva e de fiscalização. “Começamos fiscalizando as barracas de vendas de fogos, para impedir que fossem instaladas em locais inadequados ou em condições precárias, oferecendo perigo aos compradores e também às pessoas e estabelecimentos das proximidades”.
O oficial adiantou que também foram iniciadas as vistorias nos locais públicos e privados onde estão acontecendo as festas e apresentações de artistas e músicos. “Todos os responsáveis por esses eventos são obrigados a elaborar os projetos onde estão definidas as condições determinadas pelo Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico (COSCIP)”.
Os palcos, arquibancadas e camarotes, além dos restaurantes, bares e barracas de venda de comidas e bebidas típicas, instalados em logradouros públicos são vistoriados previamente e devem estar de acordo com a legislação.
“Estamos trabalhando intensamente com o objetivo de proporcionar aos milhões de turistas e forrozeiros todas as condições para que possam aproveitar as inúmeras atrações culturais que estão sendo promovidas em todas as regiões do Estado. Nos últimos dez anos, nenhum acidente de maior gravidade aconteceu por conta do trabalho preventivo, e esperamos que esse ano, tudo aconteça na maior tranquilidade”, concluiu o coronel Manoel Cunha.

IMG-20190618-WA0055

Na próxima quarta-feira, 19 de junho, será creditado nos cofres municipais o 2º decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor total a ser dividido entre os 5.568 Municípios brasileiros soma R$ 1.333.202.247,97, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb). Em valores brutos, ou seja, incluindo o Fundeb, o montante totaliza R$ 1.666.502.809,96.

+ Uso de simulador para obtenção de CNH será facultativo

+ Menino de 9 anos foi decapitado vivo pela mãe e companheira

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) disponibiliza estudo com os valores que serão creditados por coeficientes e por Estado. No 2º decêndio, a base de cálculo compreende entre os dias 01 a 10 do mês corrente. O valor representa em torno de 20% do valor esperado para o mês inteiro.

De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o 2º decêndio de junho de 2019, comparado com mesmo decêndio do ano anterior, apresentou uma queda de 5,17% em termos nominais, que são os valores sem considerar os efeitos da inflação. O acumulado do mês, em relação ao mesmo período do ano anterior, teve queda de 8,15%.

Já com relação ao acumulado do ano, os números do STN mostram que o valor total do FPM vem apresentando crescimento positivo. O total repassado aos Municípios no período de janeiro até o 2º decêndio de junho de 2019, apresenta crescimento de 7,72% em termos nominais, que não consideram os efeitos da inflação, em relação ao mesmo período de 2018.

Fechamento das Contas

A CNM reforça aos gestores municipais para que mantenham cautela nas gestões e fiquem atentos no gerenciamento dos recursos municipais. Para a entidade, o bom planejamento e a boa reestruturação dos compromissos financeiros das prefeituras é que garantem o fechamento das contas.

Fonte: CNM

IMG-20190618-WA0032

Por Márcio Maia

O advogado e político Antônio Campos prometeu o apoio da Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ) aos municípios pernambucanos. Para ele, os gestores públicos municipais precisam receber apoio para conseguirem elaborar projetos que sejam importantes para a realização de eventos culturais ligados às raízes pernambucanas.
Em entrevista, ele anunciou que na primeira quinzena de julho, deverá ter concluído os estudos sobre a estrutura da entidade. “Até o mês de julho, deveremos ter definido os eixos básicos da gestão, com a conclusão dos estudos sobre os custos e o tempo a ser gasto para implantação de nossas idéias”.
Ele anunciou também que vai utilizar os recursos oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FHDE) para concretizar os projetos que serão elaborados pelo corpo técnico da fundação. “Temos certeza que receberem o apoio financeiro necessário do Ministério da Educação para a liberação das verbas necessárias”.
Antônio Campos afirmou que a FUNDAJ terá como focos principais o incremento da Pesquisa, a Cultura, a Memória e a Educação. “A entidade foi criada com o objetivo de estudar a cultura popular pernambucana, que é riquíssima e que precisamos incentivar a juventude para que conheça nossas raízes e que passe a utilizá-la”.
O novo presidente de entidade lembrou o pensamento de Joaquim Nabuco, o idealizador da fundação. “A Educação é o novo nome da abolição no século XXI. É ela que tem a força da transformação na economia no comportamento, na ecologia. A força de transformar a vida das pessoas”.
Em seu discurso, Antônio Campos citou a mãe, Ana Arraes, vice-presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), e o irmão, o ex-governador Eduardo Campos, e disse que conheceu a FUNDAJ, através do pai, o escritor Maximiano Campos. “Andei, quando criança, com meu pai pelas salas e corredores desta casa. A FUNDAJ é um presente, com seu trabalho de pesquisa, cultura e memória. Gilberto Freyre nos ensinou que presente, passado e futuro estão entrelaçados”.
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse estar feliz por Antônio Campos ter aceito o desafio de presidir a fundação e prometeu apoiar as ações do novo presidente, enquanto o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) adiantou ter tido muita sorte em indicar o nome de Campos. “Tenho certeza que ele fará um trabalho extraordinário”.
A solenidade de posse foi prestigiada por inúmeras personalidades, como Anísio Brasileiro, reitor da UFPE, Margarida Cantarelli, presidente da Academia Pernambucana de Letras, Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, e os artistas populares Walmir Chagas e Lia de Itamaracá

 

Roberto Tavares, pres. da Compesa e Roberval Tavares de Souza, pres. da Abes, com Fernando Monteiro
Roberto Tavares, pres. da Compesa e Roberval Tavares de Souza, pres. da Abes, com Fernando Monteiro

Postado por Marcos Lima Mochila

 

A convite da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, o deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) participou, nesta segunda-feira (18), em Natal, de debate com sócios e presidentes das 27 seções da ABES no Brasil, além dos principais líderes do setor.

Roberto Tavares, Fernando Monteiro, governador Paulo Câmara e Fernanda Batista, secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Estado
Roberto Tavares, Fernando Monteiro, governador Paulo Câmara e Fernanda Batista, secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Estado

Autor do projeto para um novo marco regulatório do saneamento, que tramita no Congresso Nacional paralelamente à proposta já aprovada no Senado, de autoria do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), Fernando Monteiro disse que não briga pela “paternidade” da lei, mas pelo futuro das gerações. “Não quero ser o “pai” do projeto, mas quero que nossos filhos tenham sempre condições de ter água e saneamento de qualidade em casa”, afirmou. “Estou aqui para aprender com quem realmente entende de saneamento no Brasil”, disse o deputado.

O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, também esteve no debate, conduzido pelo presidente nacional da ABES, Roberval Tavares de Souza. O evento é parte da programação do 30° Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, que também recebeu, nesta terça-feira (18), o governador Paulo Câmara para falar da experiência da parceria público-privada no saneamento de Pernambuco.

 

18 06 SALGUEIRO 1

Postado por Marcos Lima Mochila

 

Dando continuidade aos serviços de recuperação de várias ruas, a Prefeitura de Salgueiro, através da Secretaria de Obras, realizou uma força-tarefa para reparos na passagem molhada que liga o bairro Imperador ao bairro da 18 06 SALGUEIROCohab, visando melhorar o trânsito de veículos, oferecendo um aperfeiçoamento ao acesso do transporte escolar, além de trazer mais segurança para os pedestres durante todo o trajeto.

O objetivo da ação foi de proporcionar melhor condição de tráfego, além de reduzir a possibilidade de alagamentos entre outros riscos que a chuva proporciona.

A Secretaria de Obras afirma que está seguindo um cronograma de ações que buscam melhorar as condições das vias da cidade para assim proporcionar mais qualidade de vida à população.

“As obras de infraestrutura visam maior segurança e fluidez do trânsito, além de dar uma cara nova para a nossa cidade”, concluiu o Prefeito do Município, Clebel Cordeiro.

Fechar