IMG-20180218-WA0099 Entre os cinco bancos estatais federais, o BNDES é a instituição que paga a maior remuneração aos seus diretores. Dados obtidos pela Folha por meio da Lei de Acesso à Informação mostram que o salário fixo da diretoria do banco é R$ 80.110,10, e o do presidente, R$ 87,4 mil.

Quando se soma a esse valor a remuneração variável, que depende de metas alcançadas, a renda média por mês é equivalente a R$ 105 mil, valor referente a 2016, último dado disponibilizado pelo banco. Segundo o BNDES, os executivos não tiveram aumento de salário em 2017.

A diretoria também recebe auxílio-alimentação, de R$ 1.613,49, e tem direito a auxílio-moradia, de R$ 1.800 –neste último caso, dois diretores, que não têm residência na cidade, segundo o banco, recebem o benefício.

Os valores, apesar de serem menores do que os dos bancos privados, superam a remuneração das demais instituições financeiras federais.

No Banco do Brasil, por exemplo, essa conta, se forem incluídos pagamento de bônus baseados em ações e remuneração variável, é equivalente a R$ 87,4 mil mensais. Na Caixa, o valor dos salários mais o da remuneração variável é de cerca de R$ 60 mil.

Já os valores provisionados em 2016 pelo Banco da Amazônia e pelo Banco do Nordeste por diretor foram de, respectivamente, R$ 57,4 mil e R$ 78,9 mil por mês, em média, de acordo com informações prestadas à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

A remuneração de funcionários das estatais é tema delicado, segundo especialistas em gestão, já que, se por um lado são instituições públicas, por outro precisam atrair profissionais qualificados.

“É preciso lembrar que as estatais não estão sujeitas à mesma pressão do setor privado”, diz Sandro Cabral, professor do Insper. “Por outro lado, essas empresas precisam atrair bons profissionais.”

BANCOS PRIVADOS

Os altos salários e bônus pagos pelos bancos privados a suas diretorias é um dos principais argumentos do BNDES para justificar a remuneração dos seus dirigentes.

No Bradesco, o salário médio da diretoria superou os R$ 140 mil em 2016. No Itaú, foi de R$ 84 mil. Esses valores chegam ao equivalente a R$ 280 mil e R$ 364 mil mensais, nessa ordem, quando se consideram benefícios como bônus e participações no lucro.

“A remuneração total que pagamos aos nossos dirigentes é a menor entre todos os bancos”, afirma Henrique Rogério Lopes, superintendente das áreas de administração e RH do BNDES.

Segundo ele, o pagamento da remuneração variável é feito em quatro parcelas e totalmente quitado somente após três anos. “Se em determinado exercício o resultado não é positivo, não é pago.”

O BNDES afirma ainda que o valor pago aos seus diretores é o maior entre os bancos estatais porque ele dispõe de apenas nove executivos no alto escalão. Respectivamente, BB e Caixa têm 39 e 33 membros na diretoria. A responsabilidade dos executivos, segundo o BNDES, é maior.

“As estruturas do BB e da Caixa são muito maiores, portanto é claro que esses bancos precisam de um número maior de diretores”, diz Cabral.

Maeli Prado – Folha de S.Paulo

IMG-20180218-WA0089Um dos grandes legados do Partido dos Trabalhadores é a sua democracia interna, que o faz um partido conduzido pela força da própria militância, que elege os seus dirigentes e decide a sua política. E essa prática tem permitido ao PT sobreviver de todos os ataques sofridos daqueles que constroem uma agenda conservadora e destruidora da soberania nacional.

Em Pernambuco, a militância do PT respondeu cedo aos que trabalham para destruir o partido. No nosso caso, leia-se PSB de Paulo Câmara e PMDB de Jarbas Vasconcelos. Esse ajuntamento que estampou o nosso estado nas manchetes negativas dos grandes jornais do país, tenta, incansavelmente, destruir o Partido dos Trabalhadores e cravar na opinião pública uma imagem distorcida daquilo que ele representa; mas não conseguem abalar a militância petista que decidiu por unanimidade, em todos os seus fóruns, fazer oposição sem trégua aos que apoiaram o golpe contra a democracia do nosso país.

IMG-20180218-WA0088

Foi nessa tricheira de resistência que apareceu o nome da vereadora do Recife, Marília Arraes. Com legitimidade, Marília elevou o nome do nosso partido e resgatou a esperança das pessoas que desejam ver Pernambuco voltar a ser protagonista da própria história, trouxe de volta o sentimento de mobilização que estava se perdendo em diversos segmentos dos movimentos populares, sobretudo, quando se tratava de disputas eleitorais. E esse movimento está crescendo e tomando os corações e mentes do nosso povo.

Mas, há ainda quem queira intervir no PT como faziam os coronéis. Gente que apoiou e patrocinou o golpe, feito o governador Paulo Câmara, responsável por levar Pernambuco ao caos, agora quer fazer de uma foto, um fato. Aliás, uma foto típica de uma quarta-feira de cinzas. Com o seu tradicional modus operandi, de plantar falsas notícias e criar factoides para tentar desconstruir os adversários, o PSB que se aliou a Michel Temer desde o inicio do planejamento do golpe, agora quer a imagem de Lula e o sepultamento do PT.

E para assegurarem um desfecho apoteótico para o plano de liquidar o Partido dos Trabalhadores, resolveram esquecer o que eles mesmos diziam do PT até o Natal. Agora, em clima de carnaval e fantasiados de falsos democratas, os neo-coronelistas esqueceram tudo que vomitaram contra o PT ao longo dos últimos quatro anos. Foram ataques sorrateiros e sórdidos, liderados por um governador eleito, mas que parece nunca ter tomado posse, tamanho é o desastre do seu governo.

IMG-20180218-WA0087

Mas estão encontrando resistência. No PT ninguém vai aceitar murro na mesa e nem dedo na cara, não vamos defender um palanque de oportunistas nem de coronéis. Quem quiser aliar-se ao desastre que tornou-se o PSB, vista-se de papangu, bote sua máscara e junte-se ao bloco da insegurança pública, das falsas promessas para a educação, do desmonte na saúde, da falta de políticas para a juventude, mas deixem o PT seguir o seu próprio caminho.

IMG-20180218-WA0086

Nas eleições que estão se aproximando, vamos marchar fortes para eleger Lula presidente do Brasil e Marília Arraes governadora de Pernambuco. O petistas não aceitam e não patrocinam golpistas. O PT pernambucano não admite intervenção, tal qual faz o governo usurpador de Michel Temer. Qualquer movimento contrário ao que decidiu a nossa militância terá uma única marca: GOLPE!

Lula merece todo o nosso apoio e a nossa luta e terá em nós soldados combativos para fazer a sua defesa e a defesa da democracia. Mas não contem com a nossa tropa para servir de trampolim para golpistas. Estamos firmes com aqueles e aquelas que querem ver Pernambuco mudar e voltar a ser respeitado em nosso país. Estamos com Marília Arraes para que o nosso povo volte a ter esperança de dias melhores.

Lula vale a luta, e Pernambuco merece um governo democrático e popular com Marília Arraes governadora e povo com voz e vez!

 

 

IMG-20180215-WA0063Os moradores do Loteamento Campo Alegre, em Glória do Goitá, podem contar com mais água de qualidade nas torneiras de suas casas, a partir da inauguração do Sistema de Abastecimento de Água (SAA). A obra contou com recursos na ordem de R$ 100 mil para a implantação de 5 quilômetros de rede de distribuição, que atenderá aproximadamente 2 mil pessoas.

O governador Paulo Câmara (PSB) disse que a iniciativa ratifica a determinação do Governo de Pernambuco em promover a melhoria da qualidade de vida dos pernambucanos em todas as regiões. “Estamos aqui, entregando água para Campo Alegre e, até o final do mês de fevereiro, vai estar tudo pronto, restabelecido. Os problemas que podem ter ainda nessa fase de teste, a gente corrige este mês. Com essa entrega, a gente dá uma condição de abastecimento de água em Glória do Goitá importante e que dialoga com o futuro que queremos”.

A ação é uma parceria entre a Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA), que realiza o fornecimento dos materiais e executa os serviços especializados, e a Prefeitura de Glória do Goitá, que realizou as escavações e o reaterro de valas.

A prefeita Adriana Paes disse que a parceria foi fundamental para a concretização da obra. “Eu quero ver o povo sorrindo novamente. Água é vida! A gente tinha carros-pipa aqui, e era complicado atender todo mundo. Mas hoje não, a população vai abrir sua torneira, seu chuveiro e vai ter água. Isso graças ao apoio do nosso governador”.

O presidente da Compesa, Roberto Tavares, explicou que foi iniciada a fase de testes da rede de distribuição e que os ajustes necessários serão feitos ainda este mês. “Nós já implantamos o sistema e começamos a abastecer cerca de 250 casas. Até o final do mês, a gente vai fazer todos os ajustes necessários e vamos levar água para todas as demais. E na cidade de Glória do Goitá, o abastecimento é diário. Foram investimentos feitos ainda na gestão do governador Eduardo Campos e, agora, a gente tem um abastecimento muito bom em Glória, atendendo 100% da população urbana”..

Antes de entregar o SAA de Campo Alegre, o governador participou da inauguração  da reforma do centro de emergência da Unidade Mista de Saúde Maria Gaião Guerra. Localizada no Centro da cidade, a nova emergência conta, agora, com quatro salas para atendimento ao público: sala vermelha ou de reanimação; nebulização; pequenos procedimentos; e sala de repouso masculina, feminina e pediátrica. O espaço possui, ainda, dois consultórios médicos e posto de enfermagem. Diariamente, são atendidos, em média, 200 pacientes. Dezoito profissionais se revezam, a cada plantão, entre médicos, enfermeiros, técnicos, auxiliares, guardas e motoristas.  A Unidade Mista conta, também, com três ambulâncias.

Acompanharam o governador, o secretário da Casa Civil, Nilton Mota, o deputado federal André de Paula, os deputados estaduais Henrique Queiroz e Joaquim Lira, o diretor Regional da Compesa, Marconi Azevedo o presidente do Serviço de Tecnologia Alternativa, Germano Barros. Também prestigiaram a solenidade, os prefeitos Tarcísio Renovação, de Chã de Alegria, e Reginaldo Moraes, de Cortês, o vice-prefeito de João Alfredo, Zé Martins, e os ex-prefeitos Daniel, de Chã Grande, Marcos da Roça, Chã de Alegria, e Djalma Paes, de Glória do Goitá.
Fotos: Hélia Scheppa/SEI

IMG-20180215-WA0072

IMG-20180215-WA0077O trabalho realizado por micros e pequenos empreendedores nos dias de Carnaval nas cidades do Recife e Olinda foi considerado como a base para um programa nacional a ser implantado nas cidades onde ocorrem eventos semelhantes reunindo grandes multidões. A decisão foi tomada após uma reunião promovida pelo Governo do Estado, através da Agência de Fomento de de Pernambuco (AGEFEPE), com a participação do secretário Especial de Micros e Pequenas Empresas do Governo Federal, José Ricardo Veiga, que veio ao Recife apenas para participar do evento.

Foi aprovada uma parceria entre o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, por meio da Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa, com o Governo de Pernambuco, as Prefeituras do Recife e Olinda e o SEBRAE, para a prática de atuações que visem fortalecer os micro e pequenos empreendedores, como ocorre com os que atuam no Carnaval de Recife e Olinda.

O secretário Ricardo Veiga, informou que em março, será firmado um termo de cooperação do projeto que prevê quatro etapas: mapeamento, sensibilização, capacitação e monitoramento de microempreendedores que atuem como artesãos, ambulantes, guias de turismo, além de profissionais dos setores de transporte e alimentação fora do lar. A expectativa é de que em abril já seja realizada a primeira capacitação com um palestrante nacional.

“Viemos mais uma vez a Pernambuco para combinar o lançamento de um programa que vai nascer aqui e envolve o desenvolvimento do empreendedorismo. Recife e Olinda já são conhecidas pelo Carnaval, pela cultura e belezas naturais e agora também vão ser reconhecidas em todo o Brasil pelo empreendedorismo. O projeto é feito por meio de vários parceiros como o Sebrae, a Agefepe, bancos, as Secretarias de Turismo e a Sempetq. Todos se unem para que os empreendedores se capacitem e recebam instrução para melhorar o o negócio seja gerencialmente ou tecnicamente. Em março, faremos o acordo de cooperação entre os entes e em abril um grande evento para explicar tudo que vem por aí. 2018 será o ano do empreendedorismo em Pernambuco”, explicou o secretário.

Além de participar do programa piloto, as duas cidades pernambucanas também estão cotadas para ser uma das primeiras a receber um selo que ainda será lançado no Brasil: Selo de Município Empreendedor. Além disso, a ideia é que os participantes que concluírem as capacitações sejam contemplados com um selo de Empreendedor Modelo, possibilitando a identificação perante os clientes.

Fernanda Dubeux, secretária executiva de Planejamento, Monitoramento e Captação de Recursos da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação de Pernambuco, disse que o foco do projeto é o Carnaval 2019, porém, como as capacitações iniciam até abril pode-se esperar um reflexo no São João deste ano. “Contemplaremos quem já é MEI e também os potenciais empreendedores. A ideia é fazer durante o programa mutirão de formalização, cursos e estudamos até mesmo parcerias com outras secretarias como a de Educação para atuar junto aqueles que desejarem concluir a educação formal”.

Segundo Fernanda, entre os resultados esperados pelo programa, está o aumento na geração de emprego e renda aos participantes. “Além disso, buscamos fidelizar e atrair novos turistas, organizar os produtos e serviços oferecidos e fortalecer a imagem dos municípios”.

José Ricardo disse ainda que durante o programa, os participantes receberão treinamento técnico (estratégia, inovação, análise de mercado), cultural (tradições e história) e gerencial (diferencial competitivo). “A ideia é que, por exemplo, um ambulante possa não apenas vender o seu produto como dar alguma informação ao turista seja sobre o Carnaval em si ou o patrimônio histórico e cultural pernambucano”.

Também participaram da reunião, a secretária de Turismo do Recife, Ana Paula Vilaça, o secretário de Turismo de Olinda, João Luiz da Silva Junior, a secretária executiva de Emprego, Qualificação e Empreendedorismo do Recife, Cristiane Guedes, a gerente da Unidade de Articulação Institucional do Sebrae-PE, Roberta Correia, e a secretárias executiva da Sempetq, Carolina Soares.

IMG-20180215-WA0076

IMG-20180215-WA0016

Do Diario de Pernambuco – Aline Moura

A Quarta-feira de Cinzas não soou tão ingrata para o palanque do governador Paulo Câmara, que disputa a reeleição. A oposição passou o carnaval sem fechar o nome que vai enfrentá-lo na eleição de 2018, enquanto o governador praticamente selou a chapa majoritária. No sábado de Zé Pereira, Paulo Câmara circulou no Galo da Madrugada ao lado de Jarbas Vasconcelos (MDB) e, no domingo, estava com o ex-prefeito do Recife João Paulo (PT) em Bezerros, numa das principais festas carnavalescas do interior.

Nenhum deles cravou a aliança, mas os adversários foram pegos de surpresa com a proximidade do governador e de João Paulo, que chegaram a entoar, juntos, Madeira que cupim não rói, no camarote montado pelo prefeito de Bezerros, Severino Otávio (PSB), conhecido como Branquinho. A música virou um hino oficial nas campanhas de João Paulo e do exgovernador Eduardo Campos.

Segundo interlocutores presentes na festa, Fernando Bezerra estava no camarote ao lado de umas 15 lideranças políticas, entre eles o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e o vereador do Recife Marco Aurélio (PRTB), quando viu João Paulo. “Eles ficaram meio atordoados. FBC ficou agoniado e ficou aquele climão”, contou um observador.

Paulo Câmara e João Paulo seguiram depois para a casa do prefeito, onde foi servido um almoço regional, incluindo angu, galinha quisada e bode. Os dois conversaram sobre o cenário político e amenidades por mais de uma hora. João Paulo comeu frutas e o governador beliscou comidas da terra. A conversa foi acompanhada pelo deputado federal Fernando Monteiro (PP), um dos principais articuladores políticos do governo.

Paulo Câmara e os aliados fizeram o balanço que o clima político pós-carnaval está mais favorável à campanha do governador, que tem partidos aliados de peso como o PP e o PSD. O ambiente melhorou também após uma entrevista de Lula ao radialista Geraldo Freire, onde ele disse que o PT pode ter candidatura própria, mas alertou para o risco de a legenda continuar “brigando” com um antigo aliado e ficar isolado.

O PSB sabe que ainda precisa amarrar pontas soltas, porque existem socialistas e petistas insatisfeitos com a aproximação de Paulo e João Paulo, que recebeu a bênção de Jarbas Vasconcelos desde janeiro, como antecipou o Diario.

O deputado estadual Lucas Ramos (PSB), por exemplo, considera um erro estratégico a aliança entre socialistas e petistas no primeiro turno, por exemplo, porque as feridas deixadas pela eleição de 2014 ainda não foram curadas. O sentimento é semelhante na base do PT e isso não é tão simples de resolver. Partidos como SD, de Augusto Coutinho, também são favoráveis a um casamento entre PSB e PSDB, mas, nas contas, todos ponderam o cacife de Lula no interior, cada vez mais forte diante da impopularidade do governo Temer.

Se o palanque de Paulo ficou mais entrosado no carnaval, o mesmo não aconteceu com a oposição. O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), fez uma agenda própria. Nomes como o ex-governador João Lyra (PSDB) vêm defendendo a importância de duas candidaturas contra o governador, na hipótese de Marília Arraes (PT) ficar realmente fora da disputa. Os dois palanques seriam encabeçados por Fernando Bezerra (MDB) e Armando Monteiro (PTB), mas ambos teriam dificuldades de montar a chapa para o Senado.

Os dois precisariam escalar quatro nomes competitivos para concorrer ao cargo, mas, nesse grupo, há dois nomes postos: o de André Ferreira (PSC) e o de Silvio Costa (Avante). Estão mais próximos de FBC partidos como PV, PRTB e PSDB, enquanto Armando tem ao seu lado, além do PTB, o PRB, o Podemos e o Avante.

 

 

O marketing político é frequentemente utilizado em períodos eleitorais para atrair o eleitor ao politico em questão.

 

IMG-20180210-WA0190

Quando falamos sobre marketing, logo temos em mente a imagem de pessoas trabalhando sobre a publicidade de produtos e serviços variados, considerando que apenas marcas e empresas de bens de consumo possam trabalhar com serviços de marketing.

Nesse pensamento errôneo, deixamos para trás alguns setores de publicidade que não parecem tão claros à primeira vista, mas que são muito influentes no mercado da propaganda e ocupam tanto tempo destes serviços quanto outros setores de comunicação.

Entre estes segmentos, encontramos o marketing político, que nada mais é do que uma área dentro da comunicação de mercado voltada ao ambiente politico, muito usada para estreitar as relações de determinados grupos de pessoas às questões que envolvem seu cotidiano, materializando imagens de políticos principalmente no período eleitoral.

Esse marketing levanta propostas e projetos, formando uma propaganda politica, assim como a que é exibida em horários eleitorais

Para quem serve o marketing político

IMG-20180210-WA0193IMG-20180210-WA0192IMG-20180210-WA0191

O marketing político é frequentemente utilizado em períodos eleitorais para atrair o eleitor ao politico em questão. Muito usado em horários eleitorais, esse tipo de marketing afeta candidatos a presidência, ministros, prefeitos, vereadores, entre outros, tornando suas imagens publicas e formando propagandas sobre seus feitos, propostas e bens da humanidade.

Servindo como uma alavanca para impulsionar o voto e garantir o sucesso em pesquisas eleitorais, as propagandas desse tipo ajudam a segmentar grupos sociais, desenvolvendo esquemas que exaltam os desejos e anseios da população na sintonia com as propostas dos governantes.

No marketing politico, tudo que é feito visa manter uma bela imagem esperada pelo público-alvo, atribuindo maior prestigio e boas chances de eleição ao candidato em questão.

Na prática, como trabalho o marketing político?

A principal tarefa desse estilo de marketing gira em torno de campanhas eleitorais, onde são feitos estudos aprofundados sobre o interesse publico e todas as competências que o candidato precisa ter em sua imagem ao eleitor.

As campanhas custam dinheiro e trabalho, contando com equipamentos de preparação da publicidade, profissionais especializados nesse tipo de trabalho, estratégias específicas para determinada etapa eleitoral, efeitos na mídia sobre determinada estruturação de campanha, entre outros.

Esse trabalho mostra quem é o candidato e faz um acompanhamento competente sobre sua trajetória politica, esclarecendo ao eleitor sobre suas intenções, experiências e qualificações. No marketing político, apenas grandes profissionais da área de publicidade e propaganda conseguem obter destaque e acompanhar o ritmo de campanhas eleitorais, trazendo uma imagem inteira do personagem em questão para leva-lo à vitória.

IMG-20180210-WA0202IMG-20180210-WA0201IMG-20180210-WA0203IMG-20180210-WA0204IMG-20180210-WA0205

Márcio Maia

 

IMG-20180209-WA0165O Frevo, tão amado pelo povo pernambucano e tão admirado por todos que nos visitam e têm o prazer de nos ver vibrando e curtindo esse ritmo maravilhoso, está comemorando 11 anos de vida comprovada. Por uma feliz coincidência do calendário, o aniversário está sendo comemorado hoje, no dia de nossa querida Sexta-feira Gorda.

Na realidade, o Frevo tem muito mais tempo de vida, no entanto, só no dia 9 de fevereiro de 1907, ele foi batizado e o seu nome saiu publicado no Jornal Pequeno. Ele já era tocado pelas orquestras que acompanhavam os Clubes Vassourinhas, Lenhadores, das Pás e Pão Duro pelas ruas dos bairros de São José, Santo Antônio e na Ilha do Recife Antigo.

Muitos historiadores e pesquisadores têm dado um duro danado para tentar descobrir alguma informação mais precisa sobre o nascimento do Frevo. Quando ele deixou de ser dobrados e marchas militares, para tornar-se a marca mais forte e representativa da Pernambucanidade.

Assim como o Frevo, Pernambucanidade é uma coisa tão nossa, que nem os dicionários dos computadores, que conhecem quase tudo, sabem que o que é isso. É como perguntava cantando o grande João Santiago:

Você sabe lá o que é isso?

Mas, vamos aproveitar esse dia tão especial para iniciarmos, ou continuarmos, para quem é um pernambucano, legítimo descendente dos Caetés, a brincar o melhor Carnaval do Mundo. Vamos acompanhar os Clubes de Frevo, os Blocos Líricos, as Troças, os Maracatus, Caboclinhos, Bois e Ursos.

Quem resiste a esses versos inesquecíveis? A La Ursa quer dinheiro, Quem não der é pirangueiro.

Para todos, um grande e feliz Carnaval.

IMG-20180209-WA0164

IMG-20180208-WA0181

Enquanto Jarbas Vasconcelos era governador do Estado e João Paulo, prefeito do Recife, os dois nutriam relação próxima e estreita, firmaram parcerias. “A gente era criticado no âmbito dos dois partidos, tanto no meu como no dele, pela relação cordial, que a gente procurou estreitar”, recorda Jarbas. Indagado pela coluna se João Paulo seria um nome para estar na chapa majoritária encabeçada por Paulo Câmara, na qual o peemedebista deve ocupar uma das vagas para o Senado, o ex-governador devolve: “Ele reúne todas as condições eleitorais e políticas”. E acrescenta: “É um bom quadro!”.

Jarbas Vasconcelos, que foi crítico ferrenho da gestão petista à frente do Governo Federal, já havia declarado, ainda em agosto, o seguinte: “O PT chegando, eu não vou me incomodar”. Agora, considerando que ele disputará uma das vagas na Casa Alta pela Frente Popular, Jarbas admite a possibilidade de o petista ser seu companheiro de chapa. Faz a análise à coluna um dia depois de o ex-presidente Lula dar entrevista à Rádio Jornal, na qual o citou.

“A coisa mais impossível do mundo era você imaginar Jarbas Vasconcelos e Eduardo Campos competindo em uma eleição juntos e competiram”, sublinhou Lula. Essa declaração gerou surpresa? Jarbas assinala: “Ali, foi um conjunto de coisas, uma reverência. Ele (Lula), no Estado, procurar falar de um adversário e não tecer críticas, retomar um episódio, foi positivo”. Daí, emenda que uma aliança entre PT e PSB em Pernambuco “não será nenhuma novidade, não”. E observa: “Os diversos partidos buscam isso”. Jarbas já chegou a ser cotado por Lula para ser seu vice antes que a relação dos dois acabasse se deteriorando. Lula falou no nome de Jarbas, anteontem, ao defender que o PT possa se aliar ao PMDB, a despeito da conjuntura nacional ter levado os peemedebistas a assumirem o Planalto após o impeachment de Dilma Rousseff. E pregar aliança com o PMDB não deixa de ser uma forma de abrir caminho para uma composição na qual Jarbas deve estar inserido, assim com o ex-governador também já deixou as portas abertas para compor com o PT.

Ex-governador e Lula defendem aliança
Ao defender aliança com o PMDB, Lula emendara: “Vamos fazer acordo programático com forças políticas que quiserem participar conosco sem nenhum trauma”. Jarbas também enaltece a necessidade de aliança. “Ninguém cresce sozinho, isolado. Aliança é importante”, ponderou à coluna.

IMG-20180207-WA0086

A 41ª Escola Técnica Estadual, a ETE Jurandir Bezerra Lins,  foi inaugurada no município de Igarassu, na Região Metropolitana. A solenidade foi presidida pelo governador Paulo Câmara (PSB), durante a abertura do ano letivo na rede estadual de ensino. Ele disse que está reforçando cada vez mais o compromisso do Governo de Pernambuco com a chamada “agenda do futuro”.

Na construção da nova escola, foram investidos cerca de R$ 12 milhões, recursos provenientes do Governo do Estado, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Ministério da Educação (MEC).

Paulo Câmara disse que a nova escola vai beneficiar mais de 1.200 estudantes da região. “Com esse novo equipamento, damos a oportunidade para que os alunos tenham condições de cursarem uma escola de tempo integral com curso técnico que, com com certeza, será muito importante em suas formações profissionais. Continuaremos com o olhar que temos para a educação, buscando melhorar a qualidade de vida da população e preparar melhor a futura geração de pernambucanos para os desafios do mundo”.

IMG-20180207-WA0085

A nova ETE é a 41ª em funcionamento da Rede. Neste primeiro momento, conta com 180 estudantes que participaram de seleção e estão regularmente matriculados no 1° ano do Ensino Médio, com atividades pedagógicas em tempo integral. Eles estudarão nos cursos de Desenvolvimento de Sistemas e Guia de Turismo. Seguindo o padrão estrutural das demais ETEs já implantadas no Estado, a nova escola conta com 12 salas de aula, secretaria, almoxarifado, hall de acesso, diretoria, coordenação, biblioteca, banheiros e sala dos professores. É equipada também com laboratório de informática, laboratório de ciências, laboratório de física/matemática, cozinha, despensa, recreio coberto/refeitório, quadra coberta, além de vestiário e laboratórios especiais.

O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), disse que a importância da experiência positiva que os jovens terão ao adentrar em um espaço educacional que une o ensino de nível médio com a formação técnica. “A partir de hoje, os alunos aproveitarão o espaço magnífico desta Escola Técnica Estadual, que é realmente uma obra muito expressiva e contempla, de forma adequada, a expectativa de toda a população de Igarassu. Especialmente, os jovens que sonhavam com um ambiente educacional melhor e, principalmente, um ambiente em que se pudesse casar a educação de nível médio com a formação técnica, o que vai ser proporcionado, naturalmente, por intermédio deste equipamento de educação”.

IMG-20180207-WA0084

O secretário estadual de Educação, Fred Amancio, destacou o empenho que o Governo de Pernambuco vem tendo para estimular o fortalecimento da educação do Estado. “Como sempre tem sido feito nos últimos anos, o governador Paulo Câmara faz um evento importante no dia de início do ano letivo. Este ano, com inauguração de escola. É a nossa ETE de número 41 e a 14ª inaugurada por Paulo Câmara. Ou seja, o governador, desde o início de sua gestão, vem fortalecendo a nossa rede e contribuindo para ampliar a nossa gama de escolas em tempo integral. Nós agradecemos essa prioridade e vamos seguir avançando mesmo nesse contexto atual de crises e dificuldades”.

Acompanharam o governador na solenidade os secretários estaduais Nilton Mota, da Casa Civil,. Alexandre Valença, de Micro e Pequenas Empresas, e João Campos, Chefe de Gabinete, o  deputado Guilherme Uchôa,presidente da ALEPE, os deputados federais Severino Ninho, Tadeu Alencar e Creuza Pereira. Também prestigiaram a solenidade, os prefeitos Mário Ricardo, de Igarassu,, Joamy, de Araçoiaba, José Bezerra, de Itapissuma, Junior Matuto, de Paulista, e o presidente da Câmara Municipal de Igarassu, vereador Elvis Henrique.

Atualmente, existem na Rede Pública Estadual de Educação, 1.054 escolas distribuídas em todos os municípios do Estado, incluindo Fernando de Noronha. De acordo com dados do censo mais recente, cerca de 622 mil estudantes estão matriculados nas escolas estaduais.

 

IMG-20180207-WA0083

O desembargador Adalberto de Oliveira Lima tomou posse como o novo presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, em solenidade na sede do TJPE, no Recife. O novo presidente estará à frente do Judiciário Pernambucano no período de dois anos, substituindo o colega Leopoldo Raposo. A solenidade foi prestigiada pelas mais importantes personalidades do mundo jurídico, político e empresarial e os dois magistrados foram bastante elogiados e cumprimentados.

A nova Mesa Diretora do TJPE também é integrada pelos desembargadores Cândido Saraiva, 1º vice-presidente, Antenor Cardoso, 2º vice-presidente, e Fernando Cerqueira, corregedor-geral da Justiça.

O presidente Adalberto de Oliveira Melo agradeceu o apoio que recebeu dos colegas e afirmou que o próximo biênio terá como principal meta a procura da celeridade do Poder Judiciário, como forma imprescindível para diminuir a impunidade. O desembargador também destacou a importância da continuidade da integração entre os poderes Executivo e Judiciário como caminho para a solução de vários problemas. “As parcerias com o Executivo continuam”.

Ele também falou sobre a audiência de custódia, que tem sido bastante discutida e até criticada por grande parte da população e até de policiais. “Vamos ter aqui um verdadeiro fórum criminal na Comarca de Recife, para facilitar toda a situação que envolve juízes, detentos e audiência de custódia”. O desembargador também destacou a importância da continuidade da integração entre os poderes Executivo e Judiciário. “As parcerias com o Poder Executivo continuam”, completou.

O governador Paulo Câmara participou da solenidade e aproveitou para dizer que o Governo do Estado continuará com todo esforço para solucionar os problemas. “Vim dar um abraço no novo presidente, Adalberto Lima, e em toda a nova mesa diretora. Aproveito para me despedir e homenagear também o ex-presidente do TJPE, Leopoldo Raposo, que fez um belíssimo trabalho à frente do Tribunal de Justiça. Vamos continuar essa parceria. Pernambuco precisa muito, cada vez mais, de integração entre os poderes. E o Poder Judiciário tem muito a contribuir e a ajudar o Poder Executivo nas suas políticas públicas”.

EXPERIÊNCIA – O novo presidente do TJ tem 66 anos e nasceu na cidade de Caruaru, tendo ocupado diversas funções em outros municípios pernambucanos. Disse que uma de suas metas é a construção do prédio do Fórum Criminal,na BR 101, no Curado, que terá acesso às pessoas com deficiência, e adiantou que deverão ser elevadas para terceira entrância as comarcas de Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Caruaru e Petrolina.
Fotos: Aluisio Moreira/SEI

Fechar