Carlos Antônio Vieira Fernandes, indicado por Arthur Lira, assume a vaga de Rita Serrano na presidência da Caixa

Carlos Antônio Vieira Fernandes foi confirmado pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como sucessor de Rita Serrano na presidência da Caixa Econômica. O anúncio da troca ocorreu nesta quarta-feira (25/10).

Formado em economia e estudos sociais na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Guarabira (Fafig), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Fernandes é servidor de carreira na Caixa e consultor interno desde 1989, cargo no qual ensina cursos de formação para novos gestores. Ele tem MBA em Estratégias Empresariais e Comércio Externo.

O novo apontado para a presidência do banco serviu também como ministro interino das Cidades e Integração, no governo de Dilma Rousseff (PT). Atuou como diretor operacional da área financeira do BRB e diretor-presidente da Fundação dos Economiários Federais (Funcef).

O nome de Fernandes é ligado ao do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), com quem trabalhou em 2012 no Ministério da Integração Nacional. Aguinaldo é aliado do presidente da Câmara, Arthur Lira, que desejava a troca na gestão da Caixa.

A demissão de Rita Serrano ocorre após meses de pressão do presidente da Câmara e de outros líderes do Centrão para comandar o banco público.

Rita foi dispensada em uma reunião de cerca de 50 minutos no começo desta tarde. O ministro da Casa Civil, Rui Costa, participou de parte da conversa, segundo apurou o colunista Igor Gadelha, do Metrópoles.

Em nota, o Planalto confirmou a demissão e disse que, na reunião, Lula agradeceu o “trabalho” e “dedicação” de Rita Serrano no comando da Caixa Econômica.

Segundo 0 governo, Carlos Fernandes assumirá o comando da Caixa, “dando continuidade” ao trabalho do banco na oferta de crédito e na execução de políticas públicas nas áreas sociais, culturais e esportivas.

Fonte: Metrópoles.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar