Agora é a vez dos dissidentes do PV

Por Marcos Lima Mochila

.

Pássaros em debandada, em busca de melhores condições devida

Conforme os prognósticos levantados através do estudos técnicos que são realizados desde o início deste ano pelas equipes da Revista Total e do Blog Revista Total, que aferem o sentimento da população através de diversos métodos que em nada se compara às pesquisas realizadas pelos institutos de opinião, faltando pouco mais de 30 dias para a realização das eleições municipais do Recife o cenário começa a se mostrar mais preciso.

E este cenário mostra que a candidatura de Mendonça Filho é a melhor para a capital pernambucana que necessita, urgentemente, de um banho de desenvolvimento, modernização, segurança, limpeza, ente outras dezenas de quesitos.

Após o Pastor Jairinho, ter sido preterido pelo seu partido, o PTC – segundo informações pelo motivo de defender o presidente Bolsonaro -, ter declarado seu apoio à chapa do DEM, formada por Mendonça e Priscila Karuse, desta vez é um grupo de aproximadamente 25 candidatos a vereador do PV que estão seguindo o mesmo c caminho.

Nesta quinta-feira, às 14h30, a coligação Recife Acima de Tudo, formada pelos partidos DEM, PTB, PL e PSDB, anuncia, através de coletiva de imprensa virtual, o apoio desses dissidentes do Partido Verde (PV) com a presença do professor Jacques Ribenboim.

A conferência será realizada pela plataforma Zoom e a Assessoria do candidato Mendonça Filho pede a gentileza que os interessados em participar confirmem presença, para que seja enviado o link de acesso instantes antes do início, através dos contatos: Assessoria de Comunicação – Nádia Ferreira – (81) 99242-6904  /  Augusto Freitas – (81) 99610-9640

Jacques Ribemboim

Economista, engenheiro mecânico, engenheiro de petróleo, professor, consultor e escritor, Jacques Ribemboim é Mestre em Economia Ambiental pela University of London e Doutor em Economia pela UFPE, Professor Titular da UFRPE e professor convidado do Brooklyn College (New York, Estados Unidos) e no Institut d’Etudes Politiques (Grenoble, França).

Om uma larga experiência em gestão de empresas, tendo trabalhado na Petrobras como engenheiro de petróleo entre os anos de 1983 e 2000, na chefia de campos de produção no Rio Grande do Norte. Ainda na Petrobras, ocupando os cargos de Chefe do Setor de Inspeção de Equipamentos, Gerente de Manutenção e Operações e Chefe do Setor de Operações do Terminal Marítimo do Norte e Nordeste, em Suape, PE. Dentre suas áreas de especializações em engenharia de petróleo e gás, estão: fluxo multifásico em meio poroso, métodos de elevação artificial e avaliação do nível dinâmico de poços.

Como professor, iniciou com aulas particulares a partir de 1979. Depois, passou a lecionar física, química e matemática em escolas do Recife, como o União Colégio e Curso, o Colégio Contato, o CEPREVE (Centro de Pré-vestibulares) e o Colégio Esuda. A partir de 1998, passou a se dedicar ao ensino superior e à pós-graduação, lecionando alguns anos na Faculdade de Marketing do Recife, na Universidade Federal de Pernambuco, na Universidade Federal Rural de Pernambuco e na Universidade de Pernambuco (FCAP e Poli), havendo ministrado as disciplinas de Econometria, Teoria Econômica, Matemática Financeira, Comércio Internacional, Economia Pesqueira, Economia Rural, Economia Ambiental, Formação Econômica do Nordeste e História do Pensamento Econômico.

Sua produção literária e científica reúne dezenove livros e algumas centenas de ensaios, crônicas, contos, entrevistas e artigos em revistas técnicas ou jornais de grande circulação, abordando as áreas de economia, meio ambiente, judaísmo, política, cultura regional e história de Pernambuco.

Nascido no Recife, Jacques já residiu em Londres, Nova York, Telavive, Grenoble, Salvador, Natal e Brasília. Na capital federal, exerceu a função de Assessor Especial do Ministro do Meio Ambiente e integrou a Comissão Nacional de População e Desenvolvimento da Presidência da República.

De volta ao Recife, dedicou-se ao ativismo socioambiental e cultural, fundando a Civitate, em 2002, uma ONG que tem como objetivo a melhoria da qualidade ambiental urbana, com foco na revitalização do centro da cidade.

Jacques é sócio efetivo do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano; membro da União Brasileira de Escritores e sócio correspondente da Academia Carioca de Letras. É também diretor da Synagoga Israelita do Recife e coordenador do Movimento em Defesa do Livro e do Autor Pernambucanos.

Casado com Maria Helena Urbano Ribenboim, têm dois filhos, Clarice (20) e Bernardo (18). Nas eleições municipais de 2016, candidatou-se a vice-prefeito do Recife, pelo Partido Verde, em chapa majoritária que obteve 0,62% dos votos válidos.

Segundo informações das coxias políticas, repassadas por atores que participam da composição das peças das eleições deste ano de 2020, o próximo a seguir este caminho é o ex-pré-candidato do PDT, Tulio Gadelha, inclusive coma apresentadora Fátima Bernardos a tiracolo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar