Matheus Lima de Carvalho Lázaro, um dos réus dos atos de 8 de janeiro, foi condenado a 17 anos de prisão pelo STF. Ele também deve pagar R$ 30 milhões de ressarcimento junto a outros envolvidos na depredação das sedes dos Três Poderes.

Matheus, de Apucarana (PR), foi preso na Esplanada dos Ministérios durante os ataques, portando um canivete, e defendeu a intervenção militar. O tribunal considerou que ele cometeu vários crimes, incluindo associação criminosa armada e tentativa de golpe de Estado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar