O presidente Luiz Inácio Lula da Silva enfatizou na última terça-feira (30) que a reunião de presidentes sul-americanos não foi apenas um encontro de amigos, mas uma busca por coordenação regional. Ele respondeu às críticas de líderes como Gabriel Boric e Luis Lacalle Pou, que condenaram a Venezuela por violações de direitos humanos.

Lula defendeu a divulgação da “narrativa” venezuelana e ressaltou a importância do respeito à soberania dos países.

Ele também destacou a pluralidade de opiniões na cúpula e afirmou que cada país é livre para decidir seu modelo político.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar