Dió Filho (Republicanos), prefeito de Riacho das Almas, falou sobre a atuação da governadora Raquel Lyra (PSDB) nesses primeiros cinco meses de mandato. Em entrevista concedida ao programa Cidade em Foco, da Rede Pernambuco de Rádios e ao Blog do Alberes Xavier, ele saiu em defesa da gestora afirmando que Raquel foi eleita para comandar Pernambuco durante 4 anos e não seis meses. A tucana tem sido muito criticada por oposicionistas neste início da administração devido a embrolhos burocráticos em áreas importantes, como a educação.

Dioclécio foi um dos primeiros prefeitos a declararem apoio a Raquel Lyra, ainda no período de pré-campanha. A cidade de Riacho das Almas deu a segunda maior votação proporcional do estado a governadora eleita e isso tem se transformado em atenção por parte do Governo do Estado.

“A gente sabe que ela foi eleita para um mandato de 4 anos e não de seis meses. Não dá para a gente medir uma gestão em 6 meses, mas sim ao longo desses quatro anos. Todos os gestos que ela vem fazendo é no sentido de acolher nossos pedidos e entender aquilo que a gente tem com prioridade no município”, disse o prefeito.

Segundo Dioclécio, nas gestões do PSB a cidade não recebia a atenção necessária. “As obras estavam paralisadas e não andavam em Riacho das Almas em virtude da má vontade que o PSB tinha com o nosso município. Uma má vontade que, diga-se de passagem, sem razão. Até porque, quem quer o bem do povo faz pelo povo e não vê com quem. Agora a gente tem tido atenção por parte de Raquel”, comemorou.

O prefeito ainda destacou o trabalho que o deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos) tem feito pela cidade. De acordo com o gestor, só o parlamentar já destinou mais de R$ 20 milhões nesses últimos 3 anos. Desse total, cerca de R$ 10 milhões já estão sendo executados por meio de obras estruturadoras e veículos. “Silvinho é um político promissor em Pernambuco. Ele não vai para como deputado federal e vai ser muito mais. Talvez um senador, talvez até mais que isso. O trabalho que ele vem fazendo é para isso”, falou Dió.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar