O acervo contém dezenas de documentos depositados em mapotecas, com imagens estáticas datadas dos anos setenta e oitenta do século passado. Toda a documentação será digitalizada

A Equipe de Arquivologia da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Tecnologia e Meio Ambiente (SEDURTMA) da Prefeitura de Paulista encontrou, recentemente, um tesouro para a memória do município. Em buscas realizadas na Diretoria de Controle Urbano (DCU), funcionários da pasta acharam um rico acervo contendo dezenas de documentos depositados em mapotecas, com imagens estáticas datadas dos anos setenta e oitenta do século passado. Os arquivos evidenciam a evolução gradual do município.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, Tecnologia e Meio Ambiente, Cláudio Nunes, o acervo, por ser datado de décadas passadas e conter informações únicas e raras, é uma fonte histórica de grande importância para a Cidade do Paulista. Com o objetivo de promover o tombamento, os registros serão encaminhados para a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE). O processo está em fase de elaboração.

Para democratizar o acesso, a SEDURTMA vai digitalizar toda a documentação. Isso contribuirá para a preservação dos registros e, consequentemente, de parte da memória histórica de Paulista e do Estado de Pernambuco. Além disso, a digitalização vai viabilizar a divulgação de histórias ainda pouco conhecidas pelo público.

Equipe de Arquivologia

A Equipe de Arquivologia, subordinada à Diretoria Administrativa, acaba de ser criada pela SEDURTMA. A iniciativa pioneira tem o desafio de resgatar a história de Paulista. Cynthia Barreto, profissional de larga experiência nas áreas de museologia, historiografia e arquivologia, está à frente do setor.

De acordo com Cláudio Nunes, esse trabalho vai proporcionar à população o entendimento de como a Cidade do Paulista foi crescendo ao longo das décadas. Para isso, há previsão da criação de uma “Sala da Memória”, espaço no qual o público em geral, estudantes e professores terão acesso a esses arquivos através de visitas individuais e coletivas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar