Após ter sido alvo prefeita de Casinhas, Juliana de Chaparral (DEM), divulgou um vídeo nesse domingo (1) para manifestar seu repúdio contra a atitude desrespeitosa de um apoiador do ex-prefeito João Camêlo (PSB), que por meio de uma rede social fez menção à chefe do Executivo Municipal chamando-a de “lixo” e “vagabunda”. A reação nas redes sociais foi imediata, da parte dos apoiadores de Juliana e até mesmo de adversários, por entenderem que tal ato não pode fazer parte da política e de uma sociedade democrática.
“Hoje quem está falando pra vocês não é só a Juliana prefeita, mas a Juliana mulher, a professora, a esposa, a mãe de Maria Luísa e Clébia Vitória, aquela que foi escolhida democraticamente pela maioria dos casinhenses para governar esta terra tão querida. Ontem, fui alvo de difamação nas redes sociais. Algumas pessoas que ainda não se acostumaram com o fato de eu ter sido escolhida pela maioria do povo, foram às redes sociais para me agredir”, disse a prefeita.
“Nós sabemos que a Lei Maria da Penha não se enquadra apenas para agressões físicas, mas também para agressões verbais. Já tomamos todas as medidas legais para que todos os culpados, quem postou, quem compartilhou e quem estava presente no momento, sejam punidos perante à lei. Agradeço a todas as mensagens, ligações e manifestações de apoio e solidariedade das pessoas de Casinhas e das cidades circunvizinhas, sobretudo as mulheres. Somos unidas, somos uma corrente. Quando mexe com uma, mexe com todas”, pontuou.

Fonte blog Mais Casinhas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar