Como alternativa de enfrentamento dos efeitos provocados pela crise sanitária com a covid-19, empreendedores do segmento turístico piauiense agora contam com uma nova linha de crédito disponibilizada pelo Banco do Nordeste. Somente no Estado, R$ 34 milhões, disponibilizados pelo Ministério do Turismo, por meio do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), estão à disposição para operacionalização.

O montante, destinado a operações que englobam toda a cadeia produtiva do turismo, poderá abranger financiamentos voltados tanto a projetos de investimento quanto à aquisição isolada de bens e capital de giro. “O Banco do Nordeste tradicionalmente viabiliza contratações para o turismo por intermédio de recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). O aporte adicional do Fungetur, que, semelhante ao FNE, traz vantagens como prazos elásticos e carência, vem contribuir com a retomada das atividades do trade turístico em nossa região, sempre que os protocolos permitirem. Temos ciência da dificuldade que o setor enfrenta, uma dos mais impactados no último ano”, frisou o superintendente do Banco do Nordeste no Estado, Diogo Martins.

No Piauí, as vinte agências do BNB estão disponíveis para a operacionalização do recurso. Mais informações sobre a linha de crédito podem ser obtidas em bnb.gov.br/fungetur ou no 0800-728-3030. Considerando a área de atuação da instituição financeira – Nordeste e norte dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, o montante viabilizado com o Fundo Geral do Turismo perfaz R$ 500 milhões.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar