A data do primeiro voo e da primeira viagem de ônibus integrada ainda não foi revelada

Executivos do Grupo Itapemirim reuniram-se com o governo mineiro para tratar do hub da empresa no Aeroporto de Confins e integração com ônibus (Matheus Fonseca – Agência Minas)

Por Carlos Martins

Postada por Marcos Lima Mochila

.

A empresa também apresentou às autoridades o dreambus, que é um Double Decker (dois andares) e que tem uma configuração totalmente “executiva”, com apenas 28 assentos, todos que se transformam em cama. A ideia é que este e outros ônibus convencionais sejam integrados ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, o qual já tem, há alguns anos, o plano de estabelecer uma pequena rodoviária.

Com a instalação do hub da ITA Transportes Aéreos no mesmo aeroporto, essa seria uma conexão rápida e prática para muitos passageiros, que hoje têm que desembarcar no longínquo Confins e seguir para a Rodoviária de Belo Horizonte, uma hora de estrada adiante.

A data do primeiro voo e da primeira viagem de ônibus integrada ainda não foi revelada, mas a empresa reafirmou que mantém os planos para voar ainda em março, apesar de não ter recebido ainda seu primeiro jato Airbus A320. Preços e destinos são mantidos em segredo, mas se sabe que o primeiro voo saindo do hub de Belo Horizonte será para Brasília.

Já no Nordeste, uma agência do Recife já está anunciando a integração dos dois modais da companhia, com rotas para São Paulo, Rio, Belo Horizonte, Salvador e Brasília (vide imagem abaixo).

Atualmente a Viação Itapemirim tem rotas de ônibus da capital mineira Belém, Natal e Recife, além das rotas operadas pela Kaissara para Brasília, Vitória, Serra, Guarapari e Campos dos Goytacazes.

Com informações da Agência Minas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar