Nas eleições municipais de 2020 tanto o prefeito Miguel Coelho (MDB), quanto seu grupo político não quiseram falar sobre uma possível disputa para o cargo de governador de Pernambuco, pois, embora fosse amplo favorito, não era garantido um triunfo dele nas urnas.
 
 Passada as eleições obtendo larga vitória diante de seus principais adversários ainda no primeiro turno, todas as atenções agora estão unicamente voltadas e concentradas na disputa para o governo estadual.
 
 Já tem gente dizendo por aí que o “Galeguinho” de Petrolina não tem estrutura o suficiente para governar Pernambuco, e que no máximo pode ser um bom nome para vice-governador. Estariam duvidando da capacidade dele?
 
 Jamais podemos se esquecer de alguns fatores que podem pesar a favor de uma eventual vitória de Miguel em 2022:
 
 1º Em 2014 Fernando Bezerra Coelho (MDB), pai de Miguel, foi eleito senador em primeiro lugar, quando nem era cogitado se quer para ganhar, ou seja, Fernando irá se esforçar muito para acontecer o mesmo com o filho;
 
 2º Miguel tem sido avaliado como um dos melhores prefeitos dentro do estado pelo trabalho realizado em Petrolina;
 
 3º É um grupo político que sabe se articular e sempre está aberto ao diálogo;
 
 4º O pai Fernando é atualmente senador, e os irmãos Fernando Filho (DEM) e Antônio Coelho (DEM), são respectivamente deputado federal e estadual.

Fonte Lagoa Grande destaque
 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar