Se a eleição fosse hoje, a candidata a prefeita de Trindade, Helbinha de Rodrigues, do PSL, venceria o pleito. Segundo pesquisa do Instituto Opinião, feita para este blog, ela teria 57,6% dos votos, abrindo vantagem de 27 pontos sobre o principal oponente, Zé Capacete (PP), que aparece com 30,6%. João Andrade, do PSC, pontuou apenas 2,9%. Brancos e nulos chegam a 2,9% e os indecisos são 6%.
Na pesquisa espontânea, em que o entrevistado precisa lembrar o nome do prefeiturável sem o auxílio do disco com todos os nomes, Helbinha também lidera com grande vantagem: ela tem 54,3% contra 27,7% de Zé Capacete, uma diferença de 26,6 pontos. Já João Andrade foi citado por 0,6%. Brancos e nulos somam 1,4% e os indecisos registram 16%.
No quesito rejeição, Zé Capacete surge na frente e não seria votado por 34,6%, enquanto Helbinha de Rodrigues é rejeitada por 15,4%. João Andrade tem a rejeição de 14,3%. Dos consultados, 33,1% não rejeitam nenhum candidato e 2,6% rejeitam todos.
A consulta do Instituto Opinião, de Campina Grande (PB), foi a campo entre os dias 28 e 29 de outubro, com a aplicação de 350 questionários. A margem de erro é de 5,2 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança de 95%. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação.
A pesquisa é representativa dos eleitores da área pesquisada (o município de Trindade) e foi feita da seguinte forma: primeiro na aleatorização da amostra em quatro estágios (bairro/localização, rua, domicílio e entrevistado) e depois em um controle das variáveis (sexo e faixa etária), ponderado de acordo com os dados obtidos junto ao TSE e TRE-PE. A consulta está registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo PE-09380/2020.
Quando o levantamento é estratificado, Helbinha tem seus maiores índices entre os eleitores da faixa etária entre 35 e 44 anos (65,6%), entre os eleitores com grau de instrução médio (60,9%) e entre os eleitores com renda familiar de até dois salários (58%). Por sexo, tem a preferência de 57,9% das mulheres e de 57,5% dos homens.
Zé Capacete, por sua vez, tem os melhores índices entre o eleitorado jovem (38,8%), entre o eleitorado com grau de instrução superior (33,3%) e entre o eleitorado com renda acima de dois salários (32,1%). Por sexo, 33,9% são mulheres e 26,9% são homens.
AVALIAÇÃO DE GESTÃO
O Instituto Opinião também sondou os entrevistados sobre o grau de satisfação com os três níveis de poder – federal, estadual e municipal. A administração do prefeito Doutor Everton Costa (PSB) é desaprovada por 68% e aprovada por apenas 23,1%. Dos entrevistados, 8,9% não responderam.
O governador Paulo Câmara (PSB) é desaprovado por 44,6% e tem aprovação de 33,7%. Já o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) possui aprovação de 44,6% e desaprovação de 30,3%.

blog do Magno Martins

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar