Web

ACORDO ENTRE TELEBRAS E VIASAT ESTÁ LIBERADO, MAS AINDA PRECISA DE ADEQUAÇÕES

O acordo celebrado entre a Telebras e a americana Viasat para exploração da banda Ka do satélite geoestacionário de defesa e de comunicações estratégicas (SGDC) foi aprovado pelo TCU, que constatou o cumprimento das determinações feitas pelo tribunal.

Em acórdão anterior, o tribunal havia ordenado a adequação do contrato em vários itens, entre eles o equilíbrio financeiro e a adequação do Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE).

28 05 TELEBRÁS X VIASAT

No acórdão julgado na última sessão, o tribunal recomendou à Telebras que avalie excluir a margem de lucro adicional conferida à Viasat, de 9,3%, incidente sobre o fornecimento e a instalação de equipamentos. Essa remuneração já estaria abarcada em outras rubricas do plano de negócios.

 

Foto: BR 040 Fernando Primo / Tribuna de Minas
                                                                                                                     Foto: BR 040 Fernando Primo / Tribuna de Minas

PEDÁGIO DA BR-040 TERÁ QUE SER REVISTO PELA ANTT

O TCU considerou irregular o aumento do pedágio cobrado pela concessionária que explora a BR-040 (DF, GO e MG). De acordo com o Tribunal, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) não apresentou fundamentação técnica que justifique a primeira revisão extraordinária da tarifa. Além disso, o cálculo apresentado pela agência não fornece estimativa correta dos custos de investimentos. A corte determinou que sejam suprimidos da tarifa básica de pedágio os valores referentes aos custos de investimentos em retornos que ainda não foram implantados.

Por Simone Caldas / Secom-TCU

Postado por Marcos Lima Mochila

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar