Posts de Revista Total


Nesta segunda-feira (14), começa a valer um novo Plano de Convivência com a Covid-19 em Pernambuco. Nele, o Governo do Estado flexibilizou as medidas restritivas mais rígidas para diversas atividades econômicas em várias regiões, entre elas, a do Agreste Setentrional. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a flexibilização para algumas regionais ocorreu por conta da diminuição da solicitação de leitos para internação em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), porém, o cenário ainda requer cuidados e protocolos sanitários.

Com a flexibilização, o comércio atacadista e varejista de Limoeiro, que esteve de portas fechadas durante mais de vinte dias, volta a funcionar de segunda a sexta, das 5h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados, das 6h às 18h. Com relação aos bares, restaurantes, lanchonetes e similares, o plano determina que o funcionamento seja das 5h às 18h durante os dias de semana, e das 9h às 17h ou das 10h às 18h nos fins de semana. Os estabelecimentos devem seguir com todas as normas sanitárias estabelecidas pelos órgãos de vigilância.

Sobre o funcionamento das academias e similares, o Governo do Estado também autorizou a retomada das atividades, porém, dentro do período das 05h às 18h todos os dias da semana. Clubes sociais, esportivos e agremiações, além de salões de beleza também devem respeitar o este mesmo horário. Já para os escritórios comerciais e estabelecimentos de prestação de serviço, o documento permite o funcionamento de segunda a sexta, das 5h às 18h, e das 6h às 18h nos fins de semana. Para as igrejas e atividades religiosas, o Governo do Estado estabeleceu horário único para todos os dias da semana: 5h às 18h.

Com relação às aulas presenciais nas escolas, cursos e faculdades, a Prefeitura de Limoeiro determinou que na Rede Municipal de Ensino permanecem suspensas durante o mês de junho. As demais unidades de ensino ficam autorizadas a decidirem sobre o retorno presencial ou não. O novo Plano de Convivência permite que os alunos voltem às salas de aula. Apesar da autorização para retomada das atividades, as medidas preventivas seguem obrigatórias, como uso da máscara, disponibilidade de álcool 70 nos estabelecimentos públicos e privados e distanciamento social. Confira abaixo o plano completo:

A invasão da Capital Federal está sendo realizada pela exposição de outdoors pelos seus 4 cantos  

Por Marcos Lima Mochila 

.

            A Revista Total, comemorando os 3 anos de inauguração de seu escritório na Capital Federal, invadiu Brasília com exposição de outdoors pelos 4 cantos da cidade.

            Na realidade, paralelamente à comemoração dos 3 anos com escritório no Distrito Federal, a veiculação dos outdoors se dá também pelo plano de expansão da Revista Total e todos os seus veículos das redes sociais (blog, portal, Instagram, Facebook etc) que está sendo implementado pelo diretor-presidente do Grupo Total, Marcelo Mesquita.

            Assim como um filho querido que, ao completar os 18 anos, migra para novos centros, a Revista Total também está desenvolvendo essa migração porém, longe de se dispersar, está buscando unir o país de Norte a Sul, de Leste a Oeste, com um veículo que tem, como principais foco e missão, mostrar o Brasil através das ilustres personalidades que compõem a sua população.

            Por conseguinte, diferentemente de quando a revista iniciou suas atividades, no final de 2003, sendo direcionada apenas para assuntos de política, sua universalização agora se dá focando tudo que é notícia, de todo e qualquer segmento.

            Segundo o pensamento de um autor desconhecido “Crescer não é evoluir, crescer é ficar maior. Evoluir é ficar melhor”.

            E é baseando-se neste pensamento, que a Revista Total e todos os veículos que a compõem, estão ‘crescendo e evoluindo’.

            É, portanto, com muito trabalho e, sobretudo, com muita fé em Deus, de que tudo isso logo vai passar, que estamos imbuídos em promover o crescimento e a evolução da Revista Total, a “revista do Brasil”, para este divino momento.


O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Fábio Aragão (PP), esteve nesta sexta-feira (11), participando do programa Cidade em Foco, através da Rede Pernambuco de Rádios. Na pauta, cinco meses de gestão, ações na saúde para o combate a pandemia, caso da ligação clandestina de energia elétrica na secretaria de Mobilidade Urbana, administração pública e arrecadação municipal, ações para o segundo semestre, relação com o governador Paulo Câmara e os deputados Eduardo da Fonte e Diogo Moraes.

Fábio Aragão iniciou falando algumas ações no início de sua gestão. “Implantamos o calendário de pagamentos dos servidores, reabrirmos o Hospital de Campanha, temos o centro de vacinação, a ponte antiga foi liberada, fizemos a descentralização do Cadúnico, vamos entregar o cartão do Auxílio Municipal Emergencial, demos ordem de serviço para reformas em escolas, estamos adquirindo veículos, são ações que beneficiam a população”, contou o prefeito.

Sobre a saúde pública, Fábio contou como pegou o município e suas principais ações. “A gente tem um problema de saúde aqui em Santa Cruz crônico que vem de muito tempo e que estamos resolvendo. Pegamos uma gestão zerada de licitação, estamos com um hospital de campanha com atendimento excelente, implantamos uma central de vacinação, a UPA e os postos de saúde estão funcionando, ainda não está como a gente quer, porém estamos melhorando para avançar muito mais”, destacou o gestor.

“Não tivemos culpa nenhuma nesse episódio envolvendo a secretaria de Mobilidade Urbana. Júnior Lino não estava em seu horário de trabalho quando fez aquela ligação de energia, ele atendeu um pedido do proprietário do prédio, porém aconteceu um fato e como gestor, temos que tomar atitudes, por isso responsabilizamos quem estava envolvido. Infelizmente têm erros que precisam ser corrigidos”, pontou o prefeito.

Sobre os recursos arrecadados, o Fábio Aragão falou como têm administrado o que entra nos cofres públicos da cidade. “Temos uma despesa muito alta que passa dos 13 milhões reais por mês, só na saúde gastamos mais de 5 milhões, temos uma folha de pagamentos que gira na casa de 53% do que arrecadamos, estamos fazendo caixa para pagar o décimo terceiro dos funcionários. Os recursos são investidos por pastas, isso serve para o planejamento desse ano e para todo o mandato”, contou Fábio.

O prefeito também falou sobre seus planos para o segundo semestre de 2021. “Pretendemos fazer os esgotos dos bairros Jaçanã e Rio Verde, faremos um parque ambiental no Rio Verde e finalizar a quadra de Poço Fundo. Isso não depende só de nós, mas também de questões burocráticas, tudo está no nosso plano de governo”, pontou o prefeito.

Fábio finalizou contando seu alinhamento político com o governador Paulo Câmara e os deputados Eduardo da Fonte e Diogo Moraes. “O governador tem sempre me atendido, pedimos para colocar as feiras para às 5 horas da manhã, ele nos atendeu, a ponte velha estava fechada a dois anos, recentemente foi liberada, ganhamos concentradores de oxigênios que aliviou bastante a nossa demanda. Já sobre o ano que vem, eu tenho Eduardo da Fonte como Deputado Federal, Diogo Moraes como Deputado Estadual e estou aliado com o governador para as próximas eleições, porém não estou pensando em eleição, agora é hora de trabalhar”, arrematou o prefeito.


É com profundo sentimento e pesar que a diretoria da Amupe lamenta a morte de Marco Maciel. Ele foi vice-presidente da República, Governador de Pernambuco, Senador e presidente da Câmara dos Deputados. Marco Maciel deixa um grande legado na política, como cidadão e inúmeras lições de honradez no serviço público. Aos seus familiares o lamento pela sua perda.

O sepultamento deve ocorrer ainda neste sábado, 12, às 16 horas, no Cemitério Campo da Esperança, Asa Sul da Capital Federal

(Foto: Geraldo Magela/Senado)

.Por Marcos Lima Mochila

.

O ex-vice-presidente do Brasil, Marco Maciel, morreu aos 80 anos, na madrugada deste sábado (12/6), em um hospital em Brasília. A morte foi em decorrência do mal de Alzheimer, do qual sofria há 7 anos.

Além disso, em março deste ano, ele também foi diagnosticado com Covid-19.

Maciel, que será velado no Salão Negro do Senado, com a entrada no local devendo se restringir apenas a parentes e amigos devido à pandemia, deixa esposa e três filhos. Quanto ao sepultamento, ele deve ocorrer ainda neste sábado, 12, às 16 horas, no Cemitério Campo da Esperança, Asa Sul da Capital Federal.

Um político grandioso como Pernambuco

Marco Maciel foi vice de Fernando Henrique Cardoso por dois mandatos. Várias vezes ele assumiu a presidência mas sempre se manteve discreto, sem jamais se aproveitar da titularidade do cargo para nenhum ato.

Ao longo de sua trajetória política, Marco Maciel assumiu diversos cargos públicos:

  • deputado estadual (1967-1971) por Pernambuco
  • deputado federal (1971-1979) por Pernambuco
  • presidente da Câmara dos deputados (1977-1979)
  • governador de Pernambuco (1979-1982)ministro da Educação (1985-1986)
  • ministro da Casa Civil (1986-1987)
  • senador (2003-2011) e
  • vice-presidente da república (1995-2003).

Bolsonaro, que está em São Paulo, foi informado da morte de Marco Maciel pelo ministro da Cidadania, João Roma. O presidente lamentou a perda e pediu para o ministro transmitir condolências à família.

Os amigos e mesmo aqueles que conviveram por alguns momentos com Marco Maciel, além de todos que o conheciam, mesmo de longe, estão entristecidos com a perda desse grande pernambucano.

“Marco Maciel foi o ser humano menos imperfeito que conheci”, declarou o ex-governador Gustavo Krause, que conviveu com ele por mais de 50 anos.

“Pouca gente foi tão dedicada, tão atenciosa, tão competente quanto Marco Maciel, nos anos todos em que trabalhamos juntos no Senado e, sobretudo, quando ele foi vice-presidente da República. Na prática, nós dividimos o trabalho”, disse o ex-presidente.

“É uma lástima. A política brasileira hoje perde um dos maiores exemplos de homem público. Descanse em paz”, comentou João Albuquerque, leitor do Blog.

Marco Maciel era um político que tratava a todos pelo nome e estava sempre atento ao que se passava ao seu redor. Quando, por força de uma transferência para o Rio de Janeiro, tive que me afastar da TV Universitária, ele me perguntou porque eu não estava mais na emissora, ao receber meu cumprimento no aeroporto, numa das muitas vezes que nos encontramos. Pernambuco, com certeza, jamais o esquecerá.

Nosso diretor-presidente Marcelo Mesquita, em nome de todos nós que fazemos parte do Grupo Total, se solidariza com a dor dos seus familiares, desejando-lhes que Deus os conforte e que reserve um bom lugar para nosso eterno governador.

DIRETO DE BRASÍLIA – O prefeito de São Joaquim do Monte, Duguinha Lins (PSDB), esteve em Brasília para uma agenda de visitas e encontros pela busca de recursos para investimentos em São Joaquim do Monte.

Duguinha foi recebido no gabinete do deputado André Ferreira (PSC), e destacou que a parceria com o deputado resulta em participações importantes para o desenvolvimento do município. “André destinou 500 mil que a gente vai fazer o asfalto que liga ao santuário de Frei Damião, está vindo 1 milhão para a agricultura, ambulância, já destinou 200 mil para o MAC (Assistência Ambulatorial de Médio e Alto Custo), e 500 mil em repasse direto para o município”, pontuou. “Isso é só o começo, tenho certeza que vai contribuir muito mais”, afirmou ao Blog do Alberes Xavier.

O prefeito destaca que iniciou a gestão e recebeu o município bem organizado e com as contas enxutas. Ele relata que tem encontrado dificuldades na saúde por conta da pandemia, e com o aumento dos casos da covid-19, vem fazendo o possível para conduzir as ações. “Estamos tocando o município nas condições que a gente tem”, revelou.

As pesquisas que chegaram nas mãos do governador Ibaneis Rocha não estão nada animadoras. A sua rejeição está pior do que seu antecessor Rodrigo Rollemberg.

Hoje, a reeleição de Ibaneis está praticamente inviável.

Os distritais aliados também tiveram acesso aos números.

Informações do Rádio Corredor / Odir Ribeiro
Foto – Divulgação

A Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e Sustentabilidade, realizou, na quinta-feira (10) e nesta sexta-feira (11), o plantio de 1.500 árvores em áreas verdes no município. A ação finaliza o calendário de programas da Semana Municipal do Meio Ambiente, iniciado no último sábado (5), Dia Mundial do Meio Ambiente.

Os bairros contemplados foram Maria Auxiliadora, Fernando Lyra e Vila Kennedy. Na ocasião, funcionários da Prefeitura realizaram o plantio e ficarão responsáveis pelo monitoramento do desenvolvimento das mudas. As espécies plantadas são de árvores nativas, como ipê rosa, trapiá, angico branco e pau-brasil.

A ação é parte integrante do convênio da Prefeitura de Caruaru com o Ministério do Meio Ambiente, através do Fundo Nacional do Meio Ambiente. “Nosso principal objetivo é a recuperação de mata ciliar e ampliação das áreas verdes no município”, explica o secretário executivo de Sustentabilidade, Ramon Abelenda.

Para o secretário de Serviços Públicos e Sustentabilidade, Ytalo Farias, o investimento na pauta ambiental e ecológica é fundamental para o crescimento qualitativo da cidade. “Os benefícios de plantios como esse refletem, a médio e longo prazo, na beleza, bem-estar, saúde e temperatura do município”, afirma.

Foto: Janaina Pepeu

Apenas pequenos ajustes de horários serão definidos no município

O Governo do Estado anunciou a volta integral de diversos segmentos econômicos no plano de convivência apresentado nesta quinta-feira (10), para diversas regiões, inclusive Garanhuns e os municípios da V Regional de Saúde.

A Prefeitura de Garanhuns irá publicar novo decreto nesta sexta-feira (11) para vigência a partir de segunda-feira, contudo acompanhando as medidas do estado. Segundo o prefeito Sivaldo Albino, as decisões tomadas pela Secretaria Estadual de Saúde levaram em consideração a melhora nos números em nosso município. “Tivemos um bom resultado com o último decreto, um esforço da sociedade em evitar aglomerações e consequentemente a proliferação do vírus. Vamos flexibilizar e autorizar a partir da próxima segunda-feira (14) o retorno das atividades, com algumas poucas observações, e monitorar até o final deste mês para evitar que a pandemia saia do controle” – afirmou o gestor municipal.  

NOVO DECRETO MUNICIPAL

Garanhuns acompanha o novo decreto estadual com poucas alterações. O município irá restringir horários de funcionamentos; supermercados só poderão funcionar até às 22h e conveniências até às 20h. A Operação Feira Livre Segura volta a acontecer em todas as feiras do município, a partir da quinta-feira (17), e segue até o final do mês.

No Plano de Convivência apresentado pelo Governo do Estado, as escolas e faculdades podem funcionar com aulas presenciais até às 18h, assim como clubes, academias, bares, restaurantes, comércios, entre outros. A partir da segunda-feira (14) as vans regionais voltam a circular normalmente assim como as vendas de bebidas alcoólicas.

Eventos corporativos, sociais, culturais e desportivos, a exemplo do futebol, permanecem proibidos.

Maiores informações poderão ser obtidas nos decretos quando publicados.

Com trabalho, responsabilidade e transparência, a Prefeitura de Bezerros pagou 100% dos salários de dezembro de 2020 e quitou, em seis meses, uma dívida de mais de R$ 5 milhões com a folha salarial dos servidores, inativos e pensionistas. O planejamento, realizado pela Secretaria de Administração e Finanças, possibilitou ao município antecipar, em um mês, a previsão de encerramento total da dívida, quitando o montante deixado pela gestão anterior.

Importante destacar que, além de quitar uma dívida de mais de R$ 5.000.000,00, o município manteve os salários de 2021 pagos em dia, repassou o duodécimo para a Câmara de Vereadores, instituiu o Programa de Regularização Fiscal – Refis e prorrogou o prazo final para pagamento do IPTU 2021 para 31 de agosto, entre outras medidas. Enquanto muitas prefeituras do interior pernambucano fizeram o parcelamento das dívidas deixadas por outras gestões em até 40 vezes, a Prefeitura de Bezerros conseguiu antecipar duas parcelas da educação e reduziu para quatro vezes o parcelamento total dos débitos da folha salarial de dezembro do ano passado. Ao todo, foram 1.080 servidores que tiveram seus salários quitados.TEXTO: Gabriel Galvão / Izaias Néu.

FOTOS: Thiago Agnes.ARTE: Vinícius Miranda.

Fechar