No primeiro trimestre de 2024, a Petrobras registrou um lucro líquido de R$ 23,7 bilhões, uma queda de 23% em relação ao mesmo período do ano anterior. Isso foi atribuído à desvalorização cambial e à menor venda de óleo e derivados. Apesar disso, o fluxo de caixa operacional foi de R$ 46,5 bilhões, e o endividamento financeiro teve uma redução de US$ 1,1 bilhão. A empresa mantém seu compromisso com os investimentos previstos e a geração de valor para os acionistas. A produção média de óleo, gás natural liquefeito e gás natural aumentou em 3,7% em comparação com o mesmo período do ano anterior, atingindo 2.776 milhões de barris de óleo equivalente por dia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar