Narrativa trata sobre sustentabilidade a partir do lúdico: figurinos e cenários são feitos a partir de reutilização de matérias primas inusitadas; é a primeira vez da trupe de Afogados da Ingazeira, Cia Brincantes, no festival

Gustavo Oliveira protagoniza o espetáculo com apenas 15 anos de idade. Créditos: @GabrielleAVL / divulgaçãoNo dia 4 de dezembro, os espectadores do 23º Festival de Teatro Infantil de Caruaru terão a oportunidade de conhecer a trupe “Cia Brincantes”, de Afogados da Ingazeira, Sertão do Pajeú: o grupo apresentará “O Menino Chamado Jornal”. É a estreia da companhia no Festival de Teatro Infantil.
“Pra gente é gratificante por sermos um grupo que iniciou em atividades de salas de aula e hoje temos um grupo sólido, que representa o Pajeú e vem avançado em diferentes frentes, como Projetos na Lei Paulo Gustavo ou parcerias com as redes municipais de ensino”, explica Luiz Andrade, diretor da Cia Brincantes. 

Na narrativa, que dura cerca de 40 min, atuarão Luiz e o ator Gustavo Oliveira, de 15 anos. O personagem “Jornal” embarca numa jornada de fantasia e brincadeiras tendo a sustentabilidade e a reciclagem como fios condutores do espetáculo. A apresentação será no Teatro João Lyra Filho, às 16h, com entradas a valor único de R$ 10. Censura livre.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar