Ex-vice-prefeito conta com o apoio de nomes como Fernando Dueire, Jarbas Filho, Raul Henry e Iza Arruda. Ato de filiação deve acontecer nas próximas semanas

Após recentes e intensas movimentações no cenário político, desde o rompimento do vice-prefeito Délio Júnior até o anúncio da migração para o campo de oposição à prefeita Nadegi Queiroz (Republicanos) de cinco vereadores de Camaragibe, há quem defenda a tese de que o candidato da gestora à sucessão vai ser o atual secretário de Serviços Públicos, Diego Cabral, que deu início às movimentações em torno de alianças para o pleito de 2024.

Já por parte da oposição, crescem as especulações ao redor do presidente da Câmara Municipal, Renê Cabral (UB); do ex-prefeito Jorge Alexandre; e do ex-deputado estadual Beto Acyoly.

No entanto, há um nome que pode se apresentar como fato novo nas eleições do próximo ano e que chega na disputa com o apoio de lideranças como o senador Fernando Dueire (MDB) e o deputado estadual Jarbas Filho (MDB): Bosco Silva.

É dado como certo nos bastidores que Bosco poderia está de malas prontas para o MDB e que, de antemão, contaria com o aval de todas as correntes do partido, representadas por Dueire, Jarbas Filho e o presidente estadual da sigla, Raul Henry, ex-deputado federal e ex-governador de Pernambuco, além da deputada federal Iza Arruda.

Com essa movimentação, Bosco entra no cenário político de Camaragibe com um peso bastante relevante, e conta a seu favor com o apoio de uma legenda que lhe garantiria as condições necessárias para se viabilizar para disputar o Executivo Municipal. Além disso, há chances de contar com o aval da governadora Raquel Lyra (PSDB), tendo em vista que o MDB figura na base de apoio ao Palácio do Campo das Princesas.

Agora é aguardar as cenas dos próximos capítulos nos bastidores de uma eleição que caminha para ser uma das mais acirradas na Região Metropolitana do Recife.

Fonte:Fala PE

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar