A Maersk, por meio de sua subsidiária APM Terminals, planeja investir R$ 5,2 bilhões em terminais no Brasil até 2026. Isso inclui a destinação de até R$ 2,2 bilhões para expansão e modernização do Brasil Terminal Portuário (BTP) em Santos, com negociações para prorrogar o contrato por mais 20 anos. Além disso, está prevista a construção de um novo terminal em Suape, Pernambuco, com um investimento estimado de R$ 1,6 bilhão.

Esses investimentos visam aumentar a capacidade operacional e melhorar a infraestrutura portuária, além de impulsionar o desenvolvimento das regiões Nordeste e Sudeste. A APM também prioriza práticas sustentáveis, como eletrificação de equipamentos e redução de emissões de CO2, alinhando-se com princípios ESG.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar