Representantes da Prefeitura do Ipojuca, por meio das secretarias de Turismo, Assistência Social, Defesa Social e Gabinete, receberam, nesta segunda-feira (09), a visita institucional da equipe do Consulado Argentino no Recife. O encontro teve como objetivo estreitar relações com essas secretarias para auxiliar turistas e residentes argentinos em estado de vulnerabilidade que chegam até o município. A reunião contou com a participação do secretário de Turismo, Mário Pilar, a chefe de gabinete da Prefeitura, Ana Paula Guimarães, da cônsul da Argentina no Recife, Julieta Grande e da cônsul adjunta, Lucila Caviglia.

Na pauta também foram tratados outros assuntos, entre eles a solicitação de um espaço para que o consulado possa utilizar como escritório, a exemplo do Centro de Informação ao Turismo (CAT) ou outro espaço com disponibilização da Prefeitura. “Porto de Galinhas é um dos locais em que nós recebemos mais argentinos na inscrição do consulado. Temos argentinos que vêm a passeio e os que moram aqui, então para eles é difícil se deslocar até o Recife onde fica nosso escritório. Sempre viemos pelo menos uma vez no ano para o CAT, mas precisamos de um local fixo para realizar consultas e resolver trâmites. Estamos tentando ver uma forma de diminuir essa distância”, falou a cônsul adjunta, Lucila Caviglia.

Sabendo da importância da visita e o estreitamento entre o consulado, o secretário de Turismo do Ipojuca, Mário Pilar, frisou que a Argentina é um dos principais parceiros. “É sempre importante estreitar relações com o consulado e com a embaixada. Esperamos este ano receber até 100 mil argentinos. Aproveitando a visita, estamos mostrando a segurança de Porto com as câmeras de monitoramento e a sala de monitoramento, afirmando assim, que a nossa praia é uma das mais seguras do Brasil”, disse. Após o encontro no gabinete, os participantes conheceram o funcionamento da Central de Monitoramento da Secretaria de Defesa Social do Ipojuca.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar