Primeira mulher eleita prefeita na história de Serra Talhada, Márcia foi uma das melhores secretárias do governo de Luciano Duque. Eleita em 2020 com 64,5% dos votos válidos do município, em seu 1º ano de mandato, em dezembro de 2021, num levantamento da situação dos prefeitos das 184 cidades do Estado ela já recebeu 85% de aprovação da população.

Atualmente, após pouco mais de 2 anos de mandato, a gestora já conta com a aprovação de mais de 90% dos munícipes, comprovando que tem qualidades de sobra para sonhar mais alto no campo político pernambucano.

Em se tratando de uma gestora mulher, de uma cidade do Sertão de Pernambuco, num momento de crise mundial, financeira e em face de ter assumido a prefeitura serratalhadense no pico de uma epidemia, podemos considerar que esses números são um fenômeno e também demonstram que, em 2024 as cidadãs e cidadãos de Serra vão querer a sua continuidade à sua gestão até 2028.

Depois disso, ela pode pensar em voar mais alto e, com certeza, contará com o apoio de sua cidade e de todo o Estado, como contou no mês de fevereiro passado, quando prefeitas e prefeitos de Pernambuco a elegeram, por unanimidade, a nova presidente da Amupe – Associação dos Municípios de Pernambuco.

“Acompanho a trajetória dessa jovem odontóloga que foi, sem dúvida, uma das melhores secretárias do governo de Luciano Duque, em Serra Talhada, e para mim não é nenhuma surpresa o que ela vem demonstrando, como gestora”, ressalta Marcelo Mesquita, diretor-presidente da Revista Total.

Marcelo fez esta afirmação na Amupe, no dia 27/02, durante a eleição de Márcia Conrado como presidente da associação, ao mesmo tempo em que informou que a prefeita serratalhadense foi um dos nomes indicados a receber o Troféu Leão do Norte – Brasil GESTÃO TOTAL, justamente pela grande relevância de sua gestão no comando da Prefeitura de Serra Talhada.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar