O presidente Jair Bolsonaro já foi avisado por líderes partidários da resistência, no Senado Federal, do nome do advogado André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF).
O principal entrave poderá ser a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, que é presidida por Davi Alcolumbre (DEM-AP), que apoia outro candidato.
André Mendonça, atualmente, é o Advogado Geral da União, cargo que já havia ocupado antes de ser alçado ao cargo de ministro de Justiça e Segurança Pública e é muito amigo de Bolsonaro e da primeira dama, Michele.

Pessoas ligadas ao casal dizem que os dois costumam orar juntos.

É importante ressaltar que o presidente já anunciou que o próximo ministro será “terrivelmente evangélico”.
Além de André Mendonça, estão cotados para assumir a vaga no STF, o juiz da Comarca de Sinop, Mirko Vincenzo Giannotte, o Desembargador do Tribunal Regional Federal, William Douglas e o presidente do STJ, Humberto Martins.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar