A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que foram confirmados cinco óbitos por Covid-19 nesta quinta-feira (20), em Garanhuns. Quatro ocorreram em unidade da rede pública, nos dias 16/05 e 17/05; sendo de pacientes com 52, 67, 72 e 91 anos de idade. Outro óbito ocorreu em unidade da rede particular, no dia 14/05, sendo de um paciente com 60 anos.
 
A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que foram notificados 58 casos positivos da Covid-19. Mais 67 casos que se encontravam em investigação pela Vigilância Epidemiológica, junto às unidades notificantes, foram inseridos no sistema de informação. Mais 48 pessoas estão recuperadas, após cumprir o período de isolamento, e não apresentar mais sintomas da doença.
 
Outros 38 óbitos estão em investigação. Ao final do processo, os casos podem ser acrescentados ao boletim, se forem de pacientes que residiam em Garanhuns e confirmados para Covid-19; ou encaminhados para registro pelos seus municípios de origem, e/ou descartados.
 
Até hoje, 26706 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 12581 pessoas foram vacinadas com a segunda dose contra a Covid-19. Além dos grupos que aguardam a segunda dose, a vacinação segue para população com 60 anos ou mais, povos tradicionais quilombolas, trabalhadores da saúde e profissionais das forças de segurança e salvamento, gestantes e puérperas, pessoas com comorbidades, e com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).
 
Ao todo, já foram confirmados 10491 casos da Covid-19 em Garanhuns. Deste total, 183 pessoas vieram a óbito, 8909 estão recuperadas após cumprir o período de isolamento domiciliar e não apresentar mais sintomas; e 583 pessoas que foram confirmadas com a Covid-19 estão em monitoramento. Já foram realizados 13950 testes pela rede municipal.
 
Atualmente, o município dispõe de 40 leitos clínicos, sendo 22 destes na Unidade de Tratamento Covid-19 e outros 18 na Unidade Covid-19 Palmira Sales. A taxa de ocupação dos leitos clínicos de enfermaria municipais encontra-se em 95%. O percentual não inclui o número de pacientes graves, internados em leitos de UTI. A taxa de ocupação dos leitos de UTI da Unidade de Tratamento Covid-19 encontra-se em 100%.
 
Arte: Lucas Monteiro

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar