A Secretaria de Saúde de Garanhuns vem a público por meio de nota repudiar a postura do vereador Gerson Filho, que nesta terça-feira (18), em ato de sensacionalismo e movido por fins políticos, tumultuou o fluxo de atendimentos e constrangeu servidores que atuam no Centro de Atendimento e Enfrentamento à Covid-19 (Casa Covid). 
A pasta esclarece que a unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 12h às 20h, e recebe pacientes com queixas de sintomas semelhantes aos da Covid-19. Cumprindo assim, com o previsto na portaria nº 1.445, de 29 de maio de 2020, do Ministério da Saúde, que institui os Centros de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19. 
Por ser um local onde há circulação do vírus Sars-Cov-2, a unidade passa diariamente por diversos ciclos de higienização, antes do início e após o término dos atendimentos. Desta forma, a recomendação da Secretaria de Saúde é que os pacientes procurem o serviço durante o horário de funcionamento da unidade. 
Após o episódio, a Secretaria de Saúde formalizou uma denúncia junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE), com o intuito de que os fatos sejam apurados. Considerando que o os servidores em questão foram constrangidos e intimidados pelo referido vereador, em alto que também prejudicou os atendimentos realizados pela equipe. 
A Secretaria de Saúde destaca ainda que reconhece o papel fiscalizatório que compete ao parlamentar. Mas que o mesmo, não deve ser confundido com atitudes desrespeitosas para constranger qualquer servidor público em exercício de sua função.
Secretaria de Saúde de Garanhuns

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar