Por Márcio Maia

O outono começou e as informações prestadas pelos órgãos que estudam o clima tem deixado as autoridades governamentais e a população bastante preocupadas. É que os estudos indicam que nos próximos três meses, vai chover em Pernambuco, menos que a média.
A maioria das principais barragens está com pouco acúmulo dágua. Por conta disso, nas cidades com maiores populações, está acontecendo rodízio no abastecimento.
Tapacurá, a maior barragem da Região Metropolitana, está com apenas 27,9 por cento de sua capacidade. A segunda, Pirapama, tem 30,6.
A presidente da COMPESA, Manoela Marinho, mostrou preocupação com a situação e disse que, sem a participação da população, será muito difícil resolver a questão, apesar dos muitos investimentos que estão sendo feitos pelo Governo do Estado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar