Por Márcio Maia

O Estado de Pernambuco tem uma enorme tradição de criatividade e singularidade. Nossos artesãos são os melhores do Mundo não só pela qualidade de seus produtos, como pela diversidade.
Nossa cultura artesanal começa bem antes da chegada dos portugueses. Os integrantes das tribos dos Caetés, Camarás, Xucurus, Fulni-ôs e tantos outros tinham uma enorme habilidade que é mantida até hoje.
Com a chegada dos escravos africanos, a diversidade se ampliou. Nosso artesanato em madeira, couro, barro e metais apresenta uma qualidade extraordinária.
Não podemos esquecer os Fuxicos, Crochê, Rendas, Bordados e as maravilhosas redes de Caraibeiras, em Tacaratu, à margem do São Francisco.
Então, hoje, no Dia do Artesão, só nos resta parabenizar os seguidores do Mestre Vitalino, nosso artesão maior que fez o barro conquistar o Mundo.
Obrigado, Mestres.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar