Representantes da associação do Assentamento Santo Antônio, localizado em Gravatá, foram recebidos nesta quinta-feira (11) pelo presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), Henrique Queiroz, a quem solicitaram apoio para fins de regularização fundiária, por meio do Programa Propriedade Legal.
Na ocasião, estiveram presentes o presidente da associação, Ricardo Crasto; a vice-presidente Edilene Araújo; a conselheira fiscal Cilene Gomes e o advogado Edilson Santana. “Fomos muito bem recebidos por Dr. Henrique Queiroz e agora estamos confiantes de que finalmente nosso assentamento será regularizado nesta nova gestão. Esperamos que o Governo do Estado, através do Iterpe, nos contemple com a escritura definitiva de nossas terras”, pontuou Ricardo Crasto.
Atualmente, 32 famílias estão assentadas em Santo Antônio, vivendo de plantio e da criação de animais. No local, existe ainda uma casa de costura para as mulheres do assentamento.
Propriedade Legal – A regularização fundiária é uma política agrária que garante aos agricultores familiares, ocupantes de terras estaduais devolutas, a permanência e a propriedade da terra com a emissão do título de propriedade, resultando na segurança social e jurídica. As ações fazem parte do Propriedade Legal, programa do Governo de Pernambuco que visa emitir 65 mil títulos de propriedade para habitações urbanas e rurais em todo o Estado.

blog pondo de vista

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar