Por Marcos Lima Mochila

.

            Dizem que a mulher é parte fraca / Nisso é que eu não posso acreditar… Assim se inicia a letra da música Gosto Que Me Enrosco, do compositor José Barbosa da Silva, mais conhecido como Sinhô, que foi gravada por Mário Reis, em 1928.

            Há quase um século atrás, Sinhô decerto veria o quanto sua música é real se tivesse a honra de conhecer a atual prefeita de Lagoa do Carro, município da Região da Mata Norte pernambucana, conhecida como a “Terra dos Tapetes”, distante a 60km da capital. De família humilde, mulher e negra, Judite Botafogo, como tantas outras meninas, poderia simplesmente completar seus estudos, arranjar – quem sabe -, um emprego como professora de uma escola municipal, casar, ter filhos e seguir a sua vida, sem maiores preocupações.

            Várias meninas, aliás, de Lagoa do Carro, seguiram esta linha de vida e tantas outras vão fazer o mesmo.

            Mas Judite não queria apenas isso. Queria ser mãe, sim, mas não apenas de alguns filhos, queria ser mãe da população de uma cidade de aproximadamente 20 mil habitantes, sobretudo dos mais carentes, dos mais necessitados. E, ousada, inventou de enveredar pela política. O resultado foi a vitória nas eleições de 2008, quando se candidatou a prefeita e venceu a sua 1ª eleição. Com a vitória, quebrou muitos paradigmas: foi 1ª negra a se eleger prefeita em Pernambuco e a 1ª mulher a assumir a Prefeitura de Lagoa dos Carros.

            Ela se acostumou com essas quebras e quebrou mais um paradigma, 8 anos depois, novamente se elegendo prefeita de sua cidade e, agora, em 2020, nas últimas eleições, mais um, ao ser reeleita para mais 4 anos comandando os destinos da cidade e do povo lagoense do carro. 

            “Quebramos uma série de paradigmas. Primeiro, ao eleger duas mulheres (a vice de Judite, Cristiane Chagas, que é do PSB). A gente sofre discriminação por ser mulher, por ser negra, por ser mãe, por ser dona de casa. Mas nossa luta é pelas mulheres, pela sua alfabetização, pela garantia de alternativas de renda. Não podemos negar, no entanto, que os homens também ajudaram a nos eleger.”, declarou Judite Botafogo, tão logo se encerrou a contagem das urnas, em que ela foi confirmada como vencedora.

            O PSDB considera Judite um quadro de grande destaque, inclusive em nível nacional. O partido tem apostado muito nas mulheres e tem nela uma das maiores expressões psdbistas.

            Esta reeleição teve muitos significados. O principal dele foi mostrar que mais da metade da população aprovou o 2º mandato de Judite. Também o fato de enfrentar 3 candidatos homens e vencer, vencendo também a soberba, a prepotência e a arrogância, sobretudo daqueles que a apontavam como perdedora. Mas ela foi em frente e se saiu vitoriosa no embate contra 3 opositores: Jailson do Armazém (Republicanos), que teve a sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral.  E foi substituído por Tota Barreto (PP), que foi o 1º prefeito da cidade (fundada em 01 de outubro de 1991) que, segundo os entendidos em política, políticos e até blogueiros, afirmavam categoricamente que, com a união da oposição, assumiu o favoritismo na disputa majoritária, além de Zé Luiz (PSC).

            Uma mulher abnegada, uma amiga de todas as horas, uma excelente professora, uma conselheira, um exemplo de mãe de família, dedicada – não só para seus filhos, mas principalmente para o povo – e, somando-se a tudo isso, uma grande administradora, Judite nasceu e se criou em Lagoa do Carro, conhece de perto as necessidades de sua gente. Também de origem pobre, cresceu com um coração generoso e um sentimento humano enorme para com os mais carentes.

De mulher pra mulher. Duas mulheres, duas forças políticas do nosso Estado: a vice-governadora Luciana Santos e Judite Botafogo

            Judite Botafogo é uma prefeita presente na vida da população de Lagoa do Carro 24 horas por dia. Sua casa é uma extensão da casa do povo. Todos os dias, incansavelmente e com uma grande dose de carinho, os acolhe em sua casa: recebe, escuta, senta à mesa, come junto, anota tudo – sempre atenta às reivindicações mais urgentes e parte como uma leoa, com esse coração de mãezona – que é sua marca maior -, em busca das soluções dos problemas de sua gente. Também é comum encontrá-la visitando as famílias em suas casas, sempre levando um sorriso, um afago, uma resposta às suas solicitações.

Escola Jorge Camelo dá início à Jogos Escolares em Lagoa do Carro
Projeto Soletrando é realizado em escola de
Lagoa do Carro

            As futuras gerações terão muito o que lembrar dessa mulher que, com galhardia, muito trabalho, muita dedicação e predestinada a mudar a realidade e oferecer dignidade às pessoas, que fez história e deixará o seu nome escrito com letras douradas na história da cidade.

            Esta lembrança não será privilégio apenas dos filhos de Lagoa do Carro porque, além dos lagoenses do carro, que conhecem a sua prefeita e sabem o quanto ela se entrega à melhoria da qualidade de vida da população e à estruturação da cidade, em toda a região a opinião é uma unanimidade: Judite Botafogo é uma as melhores gestoras da Região da Zona da Mata Norte.

            Por sentir a realidade de todos estes sentimentos, que afloram da população e lhe penetram o fundo do coração, lógico que isso é motivo pra uma grande emoção, como ela mesma traduz:

            “Eu me emociono muito quando me vejo eleita prefeita pela 3ª vez, na cidade onde nasci e me criei. Isso tem um significado muito grande: a 1ª mulher a ser prefeita da minha cidade e, agora, o ser pela 3ª vez. O significado é de que, como educadora, tantos jovens, tantas pessoas que já passaram pelas minhas mãos, como professora dessa cidade e essas mesmas pessoas, que acompanharam a minha história, e os ensinamentos que eu pude compartilhar com todas elas, transformaram-se num grande elo de confiança, respeito e reconhecimento. Este é o sentimento que eu tenho, de que a cidade tem me dado como resposta a gratidão pelas mãos que estendi para minha cidade, para minha gente, para transformar tantas vidas pela educação”, ressalta emocionada a prefeita tricampeã de sua cidade.

Prefeita Judite Botafogo com a equipe da Revista Total

Entendo que a educação é a ponte. A maioria absoluta dos meus aliados foram meus alunos, que conhecem a minha história e que estão retribuindo aquilo que eu compartilhei com eles. É emocionante, sem dúvida, além de ser muito gratificante”.

.

Nota da Redação: Que estes sentimentos se eternizem, prefeita, gerando ainda mais doação à população lagoense do carro!

Estes são os votos de todos que fazem a Revista Total e o Blog Revista Total.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar