Juntos, os dois grandes políticos promoverão muito mais transformações em Vitória de Santo Antão nos próximos quatro anos

Por Marcos Lima Mochila

.

Na eleição passada, Henrique Queiroz elegeu o seu filho, Henrique Filho (PR), como deputado estadual, tendo ele, nesta primeira vez em que se candidatou, sido um dos mais votados e hoje ocupa a sua vaga na ALEPE.

Conhecido como um grande articulador e respeitadíssimo pela sua atuação na Alepe – Assembleia Legislativa de Pernambuco, por 10 mandatos, Henrique Queiroz é um nome que soma muito em qualquer eleição de que participe.

Quando Eduardo decidiu indicar Paulo Câmara para concorrer à sua sucessão, Queiroz foi o nome escolhido para realizar os primeiros contatos com os deputados para convencê-los do acerto da escolha. Ele assumiu o compromisso, entregou-se de corpo e alma à determinação do governador – como é do seu feitio -, e convenceu a maioria dos seus companheiros da Assembleia.

Em Vitória de Santo Antão, onde ele também goza de incontestável prestígio, em todas as eleições majoritárias de que participou na cidade, como apoiador de um nome, este nome obteve sempre uma grande vitória.

Pouca gente de fora da cidade tem conhecimento de um fato interessante: Henrique Queiroz e Aglailson Júnior são primos de segundo grau, pois Henrique é neto e Aglaílson é bisneto do coronel José Joaquim da Silva, que comandou a Prefeitura de Vitória ainda no século passado, ambos fazendo parte de uma tradicional família vitoriense, a família Querálvares, que já participa da história da cidade há mais de 60 anos, tendo o Coronel Joaquim sido o parente que deu início a esta trajetória política da família Queralvares.

Aliás, trata-se de uma família que se destaca pela coerência política, tendo sempre transitado no campo progressista e defendido bandeiras levantadas por Miguel Arraes e Eduardo Campos.

Nos estudos técnicos que vinham sendo promovidos pelas equipes da Revista total, na cidade vitoriense, os analistas do grupo notaram que, após a indicação de Henrique Queiroz para vice-prefeito da chapa de Aglailson, os índices de preferência dos eleitores tiveram uma vertiginosa subida e, Aglailson Junior, que já estava sendo considerado como reeleito, teve a confirmação definitiva de sua reeleição. Agora, com os dois grandes caciques de Vitória de Santo Antão juntos, foi sacramentada a união da experiência adquirida por Aglailson Junior – que já trazia em suas veias essa essência política da família –  nesses últimos quatro anos como gestor da cidade, se somará à experiência dos 50 anos de vivência política de Henrique, acontecerá a maior revolução desenvolvimentista neste importante município da Zona da Mata Sul pernambucana

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar