IMG-20190703-WA0074

Os bastidores da política estão fervilhando com a chapa oposicionista que se desenha à Prefeitura do Recife. A informação é que a deputada federal Marília Arraes vem candidata com o colega de Câmara e novo melhor amigo Túlio Gadêlha, na vice. O plano é que, se vitoriosa, Marília renuncie em 2022 para disputar o Governo do Estado, abrindo espaço para o aliado tocar a PCR por dois anos e tentar a reeleição.

Para se viabilizar, contudo, Marília precisa deixar o PT, partido que deve fechar com João Campos, candidato do PSB. Cogita-se que Marília vá para o PTB com o aval do ex-senador Armando Monteiro; já que o PT não deve, nem de longe, optar pela neta de Arraes na disputa no Recife.

A afinação entre Marília e Túlio é nítida. Do lado do pedetista, porém, o problema é que o namorado de Fátima Bernardes não tem a simpatia dos Queiroz de Caruaru, que comandam a legenda no Estado. Tanto Túlio quanto Marília têm questões para resolver antes da corrida eleitoral. As cartas estão na mesa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar