Posts da Categoria: Ações do Governador

O governador Paulo Câmara cumpriu vários compromissos na semana passada, num ritmo tão dinâmico que não demonstra que sua segunda gestão está apenas começando

Postado por Marcos Lima Mochila

12 07 PC E JUCÁ 1

Paulo Câmara recebe futuro presidente da Facepe, Fernando Jucá

Na quinta-feira (11.07), o governador Paulo Câmara recebeu, no Palácio do Campo das Princesas, o futuro presidente da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), José Fernando Jucá, e o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa.

Atualmente professor do Departamento de Engenharias Civil e Ambiental da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Jucá trabalha na área de infraestrutura urbana, resíduos, energia e bioenergia. Também foi presidente do Instituto Tecnológico do Estado de Pernambuco (ITEP) entre 1995 e 1998; e de 2005 a 2010 foi Diretor do Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (CETENE), vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

12 07 PC GRUPO DE TRABALHO 4

Paulo Câmara recebe representantes de Movimentos Sociais de Habitação

Entre outras ações, durante reunião, governador assinou decreto que cria um Grupo de Trabalho para acompanhar reintegrações de posse

Na tarde de sexta-feira (12.07), o governador Paulo Câmara recebeu,  ao lado dos secretários Marcelo Bruto (Desenvolvimento Urbano e Habitação) e Sileno Guedes (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude) e o presidente da Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), Bruno Lisboa, representantes de três movimentos nacionais aos quais estão vinculados, também, mais de 15 movimentos de nível local. Na ocasião, Paulo Câmara assinou decreto que cria um Grupo de Trabalho de negociação das reintegrações de posse e despejos.

Após a leitura dos pontos da reunião, os representantes dos movimentos nacionais usaram a palavra para agradecer o espaço de diálogo com o Governo do Estado e criticar a condução dessa pauta pelo Governo Federal. Em seu discurso, o governador reafirmou o compromisso com aqueles que mais precisam e destacou ações sociais que norteiam este seu segundo mandato.

“Estamos recebendo todos aqui, dentro de um olhar que nós temos buscado cada vez mais impor no nosso trabalho, que é estar sempre presente e buscando conversar permanentemente com os movimentos sociais, nas várias áreas. E buscar soluções também para os desafios que são muitos. São reuniões como essa que vão fazer a diferença naquilo que a gente acredita. Estamos vivendo um momento muito difícil, no Estado brasileiro, estamos vivendo um ano de retrocessos. Dizem que Pernambuco está na contramão do que está acontecendo no Brasil. Pernambuco está no caminho certo, quem está na contramão e fazendo o errado é o Governo Federal”, afirmou Paulo Câmara.

O secretário Marcelo Bruto classificou a reunião como um momento de fortalecimento dos laços de diálogo entre o Governo do Estado e os movimentos. “Foram recebidos nove itens de pauta, dos quais a maior parte recebeu encaminhamento imediato. O maior exemplo foi a criação, já de imediato, por decreto, de um grupo de trabalho que vai tratar do acompanhamento e da mediação de conflitos fundiários, de reintegração de posse, entre outros itens”, explicou Bruto.

Outros pontos também foram encaminhados, como a criação do Conselho Estadual de Habitação, que vai ser submetido à Assembleia Legislativa; a criação de um Grupo de Trabalho para receber os movimentos e tratar de pautas individuais, o apoio do Fundo Estadual de Habitação e a pauta dos movimentos populares.

12 07 PC COM BISPO

GOVERNADOR RECEBE BISPO DE PESQUEIRA, DOM JOSÉ LUIZ FERREIRA

Acompanhado da secretária executiva da Cáritas, Neilda Pereira, religioso convidou Paulo Câmara para as comemorações do Dia do Agricultor

Na tarde da sexta-feira (12.07), o governador Paulo Câmara também recebeu o Bispo de Pesqueira, Dom José Luiz Ferreira Salles, acompanhado da secretária executiva da Cáritas Diocesana de Pesqueira, Neilda Pereira. Ele recebeu das mãos do Bispo o convite para participar das comemorações do Dia do Agricultor, festa que há 6 anos celebra a agricultura familiar, com a participação de 5 mil trabalhadores, e que acontece entre os dias 25 e 26 deste mês. A Cáritas, organização católica internacional, atua na Diocese de Pesqueira, que reúne 13 municípios, e está à frente dessa celebração.

De acordo com o Bispo José Luiz, a festa é um momento de celebração e de fortalecimento da luta do homem do campo. “É uma festa no bom sentido, de alegria, de partilha, porque, no momento em que a gente faz a festa, a gente amplia o desejo do homem do campo de continuar sua luta, seus desafios, que são tantos”, afirmou, acrescentando que a comemoração é também um momento de dar visibilidade à produção da agricultura familiar, que muitas vezes passa despercebida.

O Bispo acrescentou que a festa permite ainda uma troca de experiências e técnicas entre agricultores de várias regiões, em questões como plantio, irrigação e outros assuntos da área. Uma troca de ideias que permite vencer dificuldades no trabalho.

Fotos: Heudes Regis/SEI Diego Nigro/SEI

 

Fechar