A Prefeitura do Recife, por meio da prefeita em exercício Isabella de Roldão, regulamentou o “Protocolo Violeta” para enfrentar a importunação sexual e a violência contra as mulheres nos espaços de lazer noturnos. Este protocolo visa à criação de uma rede de apoio e acolhimento, com a formação de funcionários dos estabelecimentos para lidar com casos de violência.

Baseado no “Protocolo No Callem” de Barcelona, o objetivo é tornar tais locais mais seguros para as mulheres. Além disso, a cidade já oferece outros serviços, como o Centro de Referência Clarice Lispector, que acolhe mulheres em situação de violência doméstica e sexista, fornecendo atendimento multidisciplinar e espaços lúdicos para crianças. Outros serviços regionais e salas da mulher nos Compaz também oferecem suporte e encaminhamentos necessários.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar