O IBRARABE
Antônio Campos está fundando o IBRARABE no sentido de fomentar as relações comerciais e culturais do Brasil, especialmente do Nordeste, com o mundo árabe.
2.Arraes e o mundo árabe
Seu avô, Miguel Arraes, viveu 14 anos, na Argélia, país da África árabe, quando foi exilado. Foi 10 anos Presidente do Instituto Miguel Arraes, quando teve muitos contatos com lideranças e embaixadores árabes. Há uma avenida, em Argel, capital da Argélia com o nome Miguel Arraes.
Antônio Campos chegou a visitar seu avô, na Argélia, terra de origem também do escritor franco-argelino Albert Camus, que esteve em Recife, inclusive proferindo uma palestra na Faculdade de Direito do Recife. Tem uma foto em Tipassa, ruínas romanas, na Argélia, no mediterrâneo, onde tem um monolito com uma frase do escritor: ‘’aqui eu conheci a dor de viver e a glória de amar’’.
Na biografia que está escrevendo sobre seu avô Arraes, começa com ele no exterior, em Argel, recebendo pessoas da América do Sul que foram denunciar contemporaneamente a Operação Condor, no sentido de ele avisar a diversas lideranças, que estavam sob ameaça.
3.A Arábia Saudita, a nova China e investimentos
Além dos Emirados Árabes, a Arábia Saudita é a nova China, em investimentos. Já é o principal parceiro comercial árabe do Brasil. A Lide está abrindo um escritório em Riad, na Arábia Saudita e, recentemente, houve um Fórum Brasil-Arábia Saudita, feito pela FIESP. O Banco BTG também fez uma semana em torno dos investimentos da Arábia-Saudita, que está se abrindo mais para o mundo, com grandes projetos de investimentos internos e externos.
O IBRARABE também está em contato com lideranças ligadas a Arábia Saudita.
4.Os Arraes e o Líbano
Antônio Campos tem muitos amigos na comunidade libanesa, em São Paulo, que possui uma forte presença em São Paulo.
Segundo estudos que fez a família Arraes tem uma ascendência de um tronco que dá na cidade de Zahleh, no Líbano, cuja capital é Beirute, a Paris do Oriente, mesmo bastante sofrida.
5.Edição de biografia de Gibran
Editou uma biografia sobre Gibran, por uma editora de São Paulo, de um dos maiores conhecedores da vida do escritor libanês, de um autor de origem libanesa, que vive no Brasil, que é Assaad Zaidan.
6.Um livro importante para compreender a cabeça do árabe
Diz que um dos principais livros para conhecer a cabeça do árabe é os Sete Pilares da Sabedoria do escritor T.E Lawrence, que inspirou o filme Lawrence da Arábia, que é o filme predileto de Steven Spielberg.
7.Visitas programadas
Ainda, em outubro, Antônio Campos estará visitando 3 embaixadores árabes em Brasília, além de contatos com as câmaras de comércios árabes.
O Instituto começará inicialmente digitalmente e em breve terá uma sede, para fomentar as relações comerciais e culturais entre esses dois mundos.

IBRARABE – Instituto SocioCultural e Comercial Brasil Árabe.
Antônio Campos
04 de outubro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar