IMG-20180607-WA0222

No cenário que envolve os três principais nomes que disputam a preferência do eleitorado para as eleições deste ano, o governador Paulo Câmara tem vantagem, com 26% das intenções de voto, seguido por Marília Arraes (PT) e Armando Monteiro (PTB), empatados tecnicamente com 17% e 16,16%, respectivamente.

É o que indica a nova pesquisa do Instituto Múltipla divulgada nesta quinta-feira (7), contratada pelo próprio e registrada no TRE-PE e no Tribunal Superior Eleitoral, revelando que continua embolada a intenção de voto do eleitorado para as eleições deste ano. Em suma, todos oscilaram dentro da margem de erro, de 4,1%, comparando ao levantamento anterior.
O Instituto realizou 600 entrevistas entre os dias 02 e 06 de junho, em todas as regiões do Estado, seguindo a estratificação do IBGE. A pesquisa foi registrada sob os números PE 02707/2018 e BR 04235/2018.

Na pesquisa anterior, feita entre 27 de abril e 01 de maio, Paulo Câmara tinha 24% contra 21,5% da petista e 17,3% do petebista. A pesquisa é estimulada, ou seja, o entrevistador cita o nome dos candidatos e pergunta ao eleitor em quem ele votaria. Todos tiveram variação dentro da margem de erro.

No cenário 2, envolvendo todos os pré-candidatos, Paulo Câmara (PSB) tem 22,83%, Marília Arraes (PT) 15%, Armando 15%, Coronel Meira tem 3,5%, Júlio Lóssio, 2,16% e Daniele Portela, 1,16%. Brancos e nulos somam 31%. Indecisos, 6,83%. Não sabem ou não opinaram 2,5%.fez mais dois cenários considerando os principais cabos eleitorais e mais uma vez, o ex-presidente Lula tem o maior peso. Quando Paulo Câmara é “colado” a ele, chega a 46% das intenções de voto. Marília Arraes vai a 41,66%.

A amostra foi composta por 600 entrevistas aplicadas na população que tenha título de eleitor, more e vote no estado de Pernambuco e distribuída da seguinte forma: Capital 18,0%, Região Metropolitana 24,2%, Zona da Mata 14,6%, Agreste 25,2% e Sertão 18,0%. O intervalo de confiança estimado é de 95% para uma margem de erro para mais ou para menos de 4,1%.

Sistema interno de controle e verificação: Para realização da pesquisa, utiliza-se uma equipe de entrevistadores e supervisores, contratados pelo Instituto. Todos devidamente treinados para execução do trabalho. Após a coleta das informações, 20% dos questionários aplicados foram submetidos à verificação de critérios, quanto a sua aplicação e adequação dos entrevistados ás variáveis das cotas amostrais.

 

Fonte: Blog Edmar Lira

 

IMG-20180607-WA0052
O pré-candidato ao Senado Antonio Souza (Rede) recebeu mais dois importantes apoios nesta quarta-feira (6). Trata-se do ex-candidato a prefeito de Araripina, Aluísio Coelho, que vai concorrer a deputado estadual, e do vereador Divona.

Os novos apoios juntam-se ao vários partidos, lideranças dos meios político e empresarial, personalidades e artistas. Antonio Souza é o pré-candidato que tem apresentado seus compromissos com o povo.

“Essa aliança foi feita pelo bem de Araripina, do Sertão e de todo Pernambuco. Nosso objetivo é assegurar o crescimento da nossa região melhorando a vida do povo”, destacou Antonio Souza, que tem sido procurado todos os dias por nomes interessados em aderir à sua pré-campanha.

IMG-20180607-WA0051

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, realizará cinco leilões para venda de 330 animais, sendo 80 bovinos leiteiros e 250 caprinos leiteiros e ovinos de corte.

O pesquisador do IPA, Sebastião Guido, afirmou que a aquisição dos animais através do leilão é muito importante para melhoria dos rebanhos. “São animais de linhagens adaptadas as condições climáticas da região, desenvolvidas pelos trabalhos de pesquisa do IPA em produção animal”.

Outro ponto positivo são os preços diferenciados, permitindo que os produtores tenham acesso a um rebanho de alta qualidade genética.

A compra poderá ser efetuada por meio de Carta Proposta, com lances acima do valor mínimo de avaliação de cada lote. O pagamento poderá ser feito em três parcelas, com entrada de 40% e o restante dividido para 30 e 60 dias. À vista, haverá um desconto de 5% sobre o valor total.

 

O primeiro será o Leilão de Bovinos Girolando, no próximo dia 27, na Estação Experimental de Arcoverde.

O segundo será o Leilão de Caprinos e Ovinos será realizado dia 28, na Estação Experimental de Sertânia.

No dia 29, é a vez do Leilão de Bovinos Guzerá , na Estação Experimental de Serra Talhada.

Na Estação Experimental de São Bento do Una, acontecerá no dia 30, o Leilão de Bovinos Holandeses.

O Leilão de Bovinos Girolando e Ovinos encerra o circuito de arremates, no próximo dia 4 de julho, na Estação Experimental de Itambé.

IMG-20180607-WA0050

O 10º Congresso Estadual dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares (CETTR) está discutindo a importância dos agricultores e da agricultura familiar em Pernambuco e a necessidade de mais recursos para aprimoramento da produção. O congresso está sendo realizado em homenagem ao ex-deputado estadual e líder histórico do Movimento Sindical Rural, Manoel Santos.

O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Wellington Batista (PDT), representou o governador Paulo Câmara (PSB) e reafirmou a disposição do Governo do Estado de apoiar o trabalho da agricultura familiar. “O governador Paulo Câmara reconhece a importância dos serviços prestados pelos agricultores familiares e tem tomado as devidas providências para melhorar as condições estruturais de trabalho. Aproveitamos para parabenizar Cícera Nunes, que assumiu a presidência da FETAPE”.

O 10 º Congresso é promovido pela FETAPE (Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco) e seus Sindicatos filiados em Gravatá e visa promover, para o Movimento Sindical Rural, o debate sobre a atual conjuntura, incluindo a garantia, defesa e ampliação de direitos dos homens e mulheres do campo, fortalecimento da agricultura familiar no estado e o posicionamento do Movimento nas eleições de 2018.

Na programação ainda ocorrerá a apresentação de um documento com os Eixos Políticos para um Mandato Popular defendido pelo Movimento Sindical Rural, o lançamento de um livro sobre o início da organização sindical rural na Zona da Mata pernambucana, o debate e votação das Diretrizes e Planos de Luta para o período 2018/2022, e ainda uma série de agendas relacionadas à organização do MSTTR. Destaque para a confraternização que marcará as comemorações do aniversário de 56 anos da FETAPE, um momento de celebrar as lutas e conquistas para os trabalhadores rurais.

O Congresso reúne mais de 600 delegados e delegadas de sindicatos de todo o Estado.

 

Estiveram presentes, representando a SARA e acompanhando o secretário de agricultura, Wellington Batista, o secretário executivo da Secretaria de Agricultura Familiar, José Cláudio; o presidente do ProRural, Fábio Fiorenzano; o secretário executivo da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, Álvaro Jordão; Formando a mesa várias autoridades como o presidente da FETAPE, Doriel Barros; o vice-presidente da FETAPE, Paulo Roberto; o deputado federal, Wolney Queiroz; a deputada estadual, Teresa Leitão, assim como diversos vereadores e prefeitos do estado, todos os diretores e coordenadores da FETAPE, representantes de organizações não governamentais (ONGs) e movimentos sociais

IMG-20180606-WA0182

A candidatura de Aglaíson Victor (PSB) a uma vaga na Assembleia Legislativa a cada dia, recebe apoios importantes de diversas lideranças o que vai garantir uma vaga do vitoriense, como um dos mais votados. Já se comenta que ele deverá receber mais de 70 mil votos figurando entre os oito mais votados. Ele faz parte da quarta geração de políticos da família Querálvares, que tem muitos serviços prestados não só ao município de Vitória de Santo Antão, mas a dezenas de cidades.
A maioria dos vereadores de Vitória já confirmou seu apoio a Aglaílson por entender a importância de Vitória ter mais um representante na ALEPE. Dezenas de suplentes e ex-vereadores também já mostraram disposição de trabalhar por sua eleição. Muitas lideranças sindicais e comunitárias estão sendo contactadas e, por reconhecerem o trabalho que José Aglaílson e Aglaílson Junior realizaram, estão dispostas a apoiá-lo.

IMG-20180606-WA0196

Outros apoios de muita relevância que o candidato deverá receber são o de sua madrinha, Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos, e de João Campos, com quem fará dobradinha em Vitória e outros municípios.
Nada menos de dez prefeitos e oito ex-prefeitos de municípios de municípios importantes já manifestaram seu apoio à candidatura, entre eles o prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, que é presidente da Associação Municipalista (AMUPE), Adelmo Moura, de Itapetim, Dr. Marcos, de Pombos, e Raimundinho Saraiva, de Exu.
IMG-20180606-WA0195

A bebida alcoólica está relacionada ao maior número de óbito de jovens do que todas as drogas ilegais juntas, diz Christiana Brito Caribé da Costa Pinto, juíza da Infância de Jaboatão, em artigo para a Coluna Sucesso

IMG-20180606-WA0019

Christiana Brito Caribé da Costa Pinto, juíza da Vara da Infância e Juventude de Jaboatão dos Guararapes, é a convidada desta quarta-feira (6) da coluna Sucesso, uma parceria do Portal FolhaPE com o Sucesso.site, de Felipe, Eduarda e Camila Haeckel.

Tenho tomado conhecimento de festas para adolescentes regadas a bebida alcoólica. Está-se criando na mente do adolescente a ideia de que festa para ser boa, para “bombar”, tem que ser regada a etanol, com um “open bar” destinado aos adolescentes. Festas sem álcool é “mico”.

Estes, por sua vez, se sentem mais motivados a ir para uma festa pelo que o aniversariante tem a oferecer (especialmente a bebida alcoólica), do que para se confraternizar com os amigos e amigas. A exemplo, as festas de 15 anos, tão desejadas pela maioria das meninas, têm se tornado um grande palco desta irresponsável inversão de valores, fazendo com que a aniversariante passe para uma posição de coadjuvante.

É corriqueiro ouvirmos comentários sobre a insistência das debutantes em convencer os pais de que “sem bebida alcoólica a festa não bomba” e a negativa dos pais em ceder a este “pedido” leva à desistência da comemoração. Outras tantas, conseguem “ditar a ordem”, recebendo a conivência dos pais, que cedem aos apelos da filha, sem se importar com a mensagem implícita neste ato de ceder a algo que é ilegal e prejudica a saúde e o desenvolvimento de sua própria filha e dos convidados desta.

Esse comportamento diz muito sobre a nossa cultura de desrespeito às normas. Cobra-se tanto dos políticos e de outras autoridades! Há tantos reclamos por um País mais sério e mais justo! Porém, somos nós que o fazemos assim. É cada um de nós o responsável pela criação e educação dos futuros políticos, magistrados, promotores, médicos, empresários, professores, etc. E nós estamos educando muito mal, invertendo ordens, hierarquia e valores.

Quem está ditando a regra do jogo são os nossos filhos e, talvez, a razão esteja no nosso desejo inconsciente ou consciente de compensar nossa ausência, excesso de trabalho e/ou compromissos sociais. Além disso, outra razão pode estar relacionada ao desejo de que nossos filhos sejam aceitos e inseridos em determinados grupos, dos chamados “populares”.

Por outro lado, quem mantém os princípios morais, éticos e jurídicos é visto como “careta”, como uma pessoa rígida e inflexível, incapaz de acompanhar as péssimas transformações de valores que estamos vivendo!!! A corrupção está começando dentro de nossas casas. Já dizia Mahatma Gandhi “sejamos nós a mudança que queremos ver no mundo”.

O uso de bebidas alcoólicas, além de ilegal, oferece riscos à sociedade e à saúde do indivíduo. Os riscos são potencializados nos menores de idade. As condutas de vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar, ainda que gratuitamente, de qualquer forma, a criança ou a adolescente, bebida alcoólica ou, sem justa causa, outros produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, estão previstas como crime no artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente.

A pena é de detenção de dois a quatro anos, e multa, se o fato não constitui crime mais grave, como o óbito, por exemplo, que poderá ser enquadrado como homicídio. Além da responsabilização criminal do agente ativo da conduta, há ainda sanções administrativas para o estabelecimento comercial, que estará sujeito a pena de multa e interdição do estabelecimento.

Apesar de todas essas circunstâncias, os paisestão sendo os principais incentivadores do uso prematuro de bebidas alcoólicas pelos filhos e os amigos destes. Vale lembrar, que a bebida alcoólica, embora socialmente aceita, é a porta de entrada para outras drogas. Os adolescentes, ao terem contato com o etanol, estarão mais vulneráveis a aceitar ofertas de outros entorpecentes, bem como a se colorarem em inúmeras outras situações de risco, como até mesmo o abuso sexual.

As condutas tipificadas no artigo 243 do ECA são ilegais justamente porque ciente o legislador dos seus sérios riscos. São inúmeros os malesdecorrentes para a sociedade e para o indivíduo. Um dos exemplos são os números alarmantes das mortes no trânsito, causadas por condutores alcoolizados. As taxas de acidentes onde houve o uso de álcool são maiores na faixa etária entre de 16 a 20 anos do que nos motoristas maiores de 21 anos. Lembremos, ainda, do alto índice de crimes contra a integridade física, incluindo violência doméstica, abusos sexuais e homicídios, praticados por indivíduos sob efeito de bebida alcoólica, o que, obviamente, não exclui o crime.

No que tange à saúde, os adolescentes são extremamente vulneráveis aos danos cerebrais causados pelo etanol, o que pode contribuir para o fraco desempenho escolar, além de aumentar a chance de desenvolver uso abusivo e dependência alcoólica, sem falar em outras doenças como a depressão, transtorno de ansiedade, etc.

Os que começam a beber no início da adolescência apresentam predisposição quatro vezes maior de desenvolver dependência dessa substância do que aqueles que fizeram seu primeiro uso aos 20 anos ou mais de idade. A bebida alcoólica está relacionada ao maior número de óbito de jovens do que todas as drogas ilegais juntas, ou seja, é a substância que causa maior número de mortes de jovens. Está também relacionado com gestação indesejada e sexo sem prevenção. Ademais, a relação familiar sofrerá forte abalo, com possível quebra ou enfraquecimento dos vínculos parentais.

Precisamos resgatar a nossa posição, como genitores responsáveis pela manutenção das regras da família. Devemos compensar nossas eventuais culpas com amor, diálogo e momentos de lazer. Estudos sugerem que o uso prematuro de álcool está associado ao desejo de pertencer a um determinado grupo e, nós, pais, estamos reforçando negativamente esse desejo, ao ceder às pressões dos nossos filhos e filhas, acreditando que terão maior valor e serão mais bem aceitos se usarem bebidas e outras drogas.

Fica o alerta de quem trabalha para resgatar famílias, destruídas pelo uso abusivo de álcool e outras drogas e pela incapacidade de impor limites aos filhos.

PERFIL
Pernambucana, filha do Procurador da República Carlos Caribé e da dona de casa Iranice Caribé, sempre se sentiu vocacionada para a área social. Desde a adolescência, tinha interesse em ajudar crianças e adolescentes acolhidos e em situação de mendicância e vivência de rua. Dividida entre os cursos de Direito, Psicologia e Assistência Social, optou por Direito, por influência da família, muito voltada para a área jurídica.

Em 1994, ingressou na Faculdade de Direito do Recife. Em 1996 trancou a faculdade por um semestre, a fim de estudar na Inglaterra. Retornando ao Brasil, foi aprovada para estágio no Ministério Público de Pernambuco, quando teve a oportunidade de estagiar na área da infância e juventude. Concluiu o curso de Direito em 1999, passando a exercer a advocacia com seus irmãos Paulo e Luciano Caribé. Em 2002 concluiu o Curso de Preparação à Magistratura e Aperfeiçoamento Jurídico.

Em 2004 concluiu Mestrado em Direito das Relações Sociais pela PUC/SP. Em 2005 ingressou na Magistratura de Pernambuco, exercendo o cargo em Cidades do Sertão, Agreste e Zona da Mata Pernambucana. Desde 2015 é Juíza Titular da Vara da Infância e Juventude do Jaboatão dos Guararapes, criando o Programa de Apadrinhamento Anjo da Guarda, que busca promover o Direito à convivência familiar e comunitária às crianças e adolescentes que vivem em Instituições de Acolhimento, proporcionando, ainda, atividades de reforço escolar, esportes e cursos profissionalizantes, com o objetivo de prepará-los para uma vida autônoma.

 

Fonte: diário de Pernambuco

IMG-20180605-WA0234

A primeira etapa para implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário no município de Santa Cruz do Capibaribe, foi iniciada pelo Governo do Estado, através da Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA). A obra vai exigir investimentos na ordem de R$ 100 milhões. O principal objetivo da primeira fase do projeto é reduzir significativamente o lançamento de esgoto direto no Rio Capibaribe, que banha a cidade.

As intervenções começam com a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), localizada no bairro Oscarzão, à margem do Rio Capibaribe, a qual terá a capacidade de tratar o volume de 355 litros por segundo, alcançando o tratamento de cerca de 1 bilhão de litros de esgoto por mês.

O presidente da COMPESA, Roberto Tavares, explicou que os recursos são oriundos do Projeto de Sustentabilidade da Bacia do Capibaribe (PSH), obtidos pelo Estado de Pernambuco através de financiamento junto ao Banco Mundial. A Estação vai beneficiar mais de 100 mil pessoas e vai garantir o atendimento da cidade até o ano de 2038, cuja previsão populacional é de quase 200 mil moradores.

Tavares adiantou que o alto investimento mostra a preocupação do governador Paulo Câmara (PSB) com a área do saneamento que é primordial para a melhoria das condições de vida da população. “O PSH tem como finalidade desenvolver projetos e ampliar sistemas de esgotamento sanitário nos municípios cortados pelo Rio Capibaribe, contribuindo assim para a despoluição do mais importante rio do Estado”.

Além da ETE, a primeira etapa do sistema prevê a implantação de quatro estações de bombeamento e de oito interceptores, que correspondem a 18 quilômetros de tubulações que farão a coleta do esgoto gerado na cidade, ao longo das margens do Capibaribe. Também serão construídos 184 poços de visitas, que farão a função de interligar o sistema já existente na cidade aos interceptores e mais cinco emissários (tubulações que transportarão o esgoto das estações de bombeamento até a ETE). A primeira deverá estar em funcionamento em setembro de 2019.

O projeto da segunda fase do empreendimento está em fase de elaboração e vai contemplar toda a área urbana da cidade com rede coletora de esgoto e instalações domiciliares, inclusive nas áreas em expansão.

IMG-20180531-WA0113

Em coletiva concedida à Imprensa, no início da noite, governador ressaltou que mais de 650 caminhões deixaram o Complexo de Suape para abastecer com combustíveis e gás de cozinha a todas as regiões pernambucanas. Ação pacífica das forças policiais asseguraram a dispersão da manifestação de caminhoneiros, que durou oito dias em todo o País
Depois da normalização da distribuição da gasolina e óleo diesel na Região Metropolitana, o governador Paulo Câmara começou a tomar as providências para a distribuição do gás de cozinha. Ontem, mais de 650 caminhões-tanques saíram do Complexo Portuário de Suape, para abastecer o Estado com combustível e gás. O governador destacou, em entrevista coletiva de Imprensa, que o Governo de Pernambuco vai trabalhar para garantir a brevidade necessária para assegurar a volta da normalidade em todo território pernambucano. Na madrugada de hoje, o governador coordenou a operação que encerrou de forma pacífica as interdições das vias federais e estaduais, devido à manifestação nacional dos caminhoneiros contra a política de preços adotada pela Petrobras.

Paulo Câmara ressaltou que, agora, o Estado conta com apenas um ponto de bloqueio, no município de Ouricuri. Esses bloqueios chegaram a 29 no ponto alto da manifestação. “Vamos buscar celeridade para que combustíveis e gás de cozinha cheguem a todos os municípios, para que a normalidade seja restabelecida já nos próximos dias. Terminamos o dia de hoje de maneira muito melhor do que iniciamos, e isso mostra que, no que depender do escoamento interno de Pernambuco, não teremos nenhum tipo de problema para que as mercadorias e os insumos cheguem aos pernambucanos”.

O governador registrou a importância do planejamento realizado pelo Gabinete de Crise, que foi instituído para o enfrentamento da situação, e pelas forças policiais foi responsável para que a dispersão do movimento paredista ocorresse de forma rápida e tranquila, garantindo a integridade dos envolvidos e o sucesso da ação. “Uma operação muito complexa que não se faz do dia para noite. Pelo contrário: já estava na nossa organização desde o início do nosso Gabinete de Crise.  Foi feito de maneira profissional, de maneira que resultou no seu objetivo, que era desbloquear uma via fundamental para o escoamento da produção e aconteceu de maneira pacífica. Então, quero parabenizar também todos os esforços das nossas polícias em reestabelecer o ir e vir das pessoas”.

Com relação aos serviços públicos prestados à população pernambucana, Paulo reforçou que esses continuam garantidos. “As escolas estão funcionando normalmente. Desde o inicio dessa crise, não fechamos nenhuma. Na saúde, estamos dando atenção necessária a todos os municípios que precisem de transporte para trazer pacientes. A demanda caiu expressivamente, mas não tivemos nenhum relato de falta de atendimento que tenha resultado em agravamento de situação de doentes em Pernambuco”, registrou.

O governador reforçou, ainda, que, desde segunda-feira, o Governo do Estado manteve o transporte público nas ruas para atender à população. “E vamos ter condições de atender cada vez melhor agora em virtude da regularização do abastecimento”, destacou. Com relação aos produtos alimentícios do Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa), Paulo detalhou que, hoje, o abastecimento chegou a 50% do normal. “Então, temos uma expectativa de que, no máximo, até segunda-feira essa questão também chegue à normalidade”.

O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, explicou que a operação realizada na madrugada da quarta-feira passada já vinha sendo estudada e debatida pelo Governo do Estado. “Debatemos o melhor momento e a melhor maneira de se realizar essa operação e, hoje, efetivamente, fizemos a operação na hora oportuna, com os meios adequados e com o mínimo de problemas que uma operação tão complexa como essa pode ter. O Governo do Estado já está atuando para que o único ponto de bloqueio em Pernambuco, no município de Ouricuri, seja desfeito”.

O comandante da Polícia Militar, Vanildo Maranhão, destacou que todo o planejamento do Governo de Pernambuco resultou em um ato pacífico. “A operação foi realizada com sucesso total, sem nenhum confronto, nenhum disparo, nem uso de gás. Realizamos essa operação durante a madrugada e a refinaria foi devolvida ao Estado de Pernambuco para que pudesse servir, como é a sua finalidade, à toda a sociedade pernambucana”, disse.

Para o Chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle, o trabalho foi eficiente. “A atuação da polícia foi cirúrgica, rápida e não deu margem a qualquer tipo de reação. Não houve a necessidade de nenhum confronto, portanto, não gerou nenhum incidente que viesse a necessitar de uma autuação em flagrante de quem quer que seja”.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Manoel Cunha, disse que a corporação atendeu a todos os chamados feitos pela população. “Conseguimos equalizar o funcionamento de todos os grupamentos tanto na Capital quanto no Interior. Administramos o volume de combustível que havia estocado em nossas viaturas e todos os pedidos de socorro feitos foram atendidos com presteza”.
Fotos: Aluisio Moreira/SEI

IMG-20180531-WA0111

O vereador do Recife e presidente estadual do Patriota, Davi Muniz, está entusiasmado com os entendimentos que estão sendo mantidos para a composição das chapas para as disputas a vagas na Câmara Federal e Assembleia Legislativa. Ele adiantou que está definido que o partido não fará coligações na disputa proporcional e que a decisão sobre o posicionamento em relação às chapas majoritárias.

Davi Muniz, que concorre a uma vaga na Câmara Alta, entende que o partido está muito bem representado na maioria dos colégios eleitorais e conta com a apoio de muitas lideranças políticas, empresariais e, principalmente, comunitárias. “Também já contamos com diversas entidades sindicais. Já recebemos a confirmação do apoio da Nova Central, que conta com 48 importantes sindicatos”.
Ressaltou também o apoio demonstrado pelo Sindicato dos Transportes Complementares. “Fomos procurados pelos dirigentes da entidade que reconhecem nosso trabalho e já nos dispusemos a apoiar as ações da entidade para regulamentar o funcionamento do serviço em todo o Estado. Os sindicatos, cooperativas e associações estão dispostos a apoiar nossas candidaturas”.
Ele lembrou também que sua candidatura em particular, conta com o apoio da maioria dos conselheiros tutelares do Estado. Ele lembrou que foi eleito conselheiro tutelar em 2009, com 1.375 votos e três anos depois, foi reeleito com mais de 4.700 votos principalmente dos moradores dos bairros da Várzea, Caxangá e Iputinga, que conhecem muito bem o trabalho social que ele presta.

​Em 2102, Davi Muniz foi eleito para a Câmara de Vereador do Recife e, quatro anos depois, foi reeleito, triplicando sua votação. Sua importância e o seu trabalho, fez com que fosse eleito presidente estadual do seu partido, o PEN, agora, transformado em Patriota.
Sobre a quantidade de deputados federais a serem eleitos pelo partido, o presidente da entidade não quis fazer previsões mas disse não ter dúvidas de que pelos menos dois deputados federais serão eleitos pelo Patriota. “Nós estamos organizando um partido que tem como principal objetivo defender os interesses dos trabalhadores organizados e também das comunidades mais carentes na Região Metropolitana e, no Interior, é conseguir melhores condições de vida e de trabalho para os agricultores e criadores”.

 

IMG-20180530-WA0278

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (ADAGRO), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária anuncia aos criadores que a primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa será prorrogada até o dia 15 de junho para a compra da vacina e até o dia 30 do mesmo mês para declarar o rebanho.

O motivo da prorrogação visa atender às centenas de criadores que não tiveram condições de concluir o processo de comprovação da vacinação por conta da greve dos caminhoneiros. Muitos informaram que fizeram as vacinações das reses mas não conseguiram encaminhar a documentação por falta de combustível ou de ônibus para a ADAGRO.

O Estado de Pernambuco e vários municípios decretaram Estado de Emergência devido ao desabastecimento de combustível. Com a paralisação dos caminhoneiros se prolongando, a distribuição de vacinas foi afetada e muitas localidades estão sem o produto para revender. O deslocamento dos produtores até os escritórios da ADAGRO também foi afetado, sendo mais prudente prorrogar o prazo para que nenhum produtor seja penalizado.

Até o momento, cerca de 50% do rebanho já foi declarado nos escritórios da Agência e cerca de 59 mil produtores ainda devem imunizar seus animais contra a doença. A Regional de Petrolina apresenta a menor cobertura vacinal 30%, já a Regional de Sertânia imunizou 67% do plantel.

O prazo estabelecido anteriormente, terminaria no dia 31 de maio, com a prorrogação o produtor tem mais 15 dias para realizar a vacinação e declarar o rebanho.

Fechar