Posts da Categoria: Obras

19 05 SALGUEIRO TAPA BURACO

Postado por Marcos Lima Mochila

 

A Prefeitura Municipal através da Secretaria de Obras em convênio com a Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA, iniciaram a Operação Tapa-Buraco em diversos pontos do município visando a melhoria nas condições de tráfego em importantes vias. Além disso, outros reparos como drenagem também serão feitos de acordo com a necessidade de cada local.

A execução deste serviços é resultado de um planejamento que apresenta benefícios a curto e longo prazo, conservando o pavimento e contribuindo para melhoria da qualidade de vida da população.

19 05 SALGUEIRO TAPA BURACOSVários trechos já contaram com os serviços, a exemplo: Rua Barbosa Lima; Rua Sebastião Ferreira; Rua Antônio Filgueira Soares; Rua Lourival Sampaio e Rua José Novíssimo da Silva.

“A manutenção das ruas reduz o risco de acidentes e possibilita uma maior mobilidade dentro da cidade. Temos uma equipe empenhada trabalhando sem cessar afim de trazer maior comodidade no ir e vir do cidadão”, enfatizou o prefeito do município, Clebel Cordeiro.

19 05 MALHA RODOVIÁRIA Postado por Marcos Lima Mochila

 

O governador Paulo Câmara lança, nesta segunda-feira (20.05), no Palácio do Campo das Princesas, o Programa Caminhos de Pernambuco, o maior programa de reestruturação da malha viária estadual, com investimento de R$ 505 milhões até 2022. A ação vai requalificar, já no primeiro ano, cerca de dois mil quilômetros de rodovias.

O programa visa a otimizar a gestão da manutenção do pavimento para a garantia da trafegabilidade nas estradas, além de maior durabilidade, com foco nos serviços de capinação, desobstrução dos dispositivos de drenagem, requalificação asfáltica e sinalização. Ao longo de dois meses, cerca de 5019 05 BR-232 profissionais percorreram todos os 5.554,5 km de estradas pavimentadas em Pernambuco para fazer o diagnóstico.

As ações já começam na segunda-feira, pela BR-232, com 200 profissionais atuando simultaneamente nos 130 km que compreendem o trecho Recife – Caruaru, nos dois sentidos. Em menos de um mês, haverá frentes de trabalho em todas as regiões, totalizando 24 equipes, num total de 1.248 profissionais e um conjunto de 638 máquinas.

Intervenções no valor de R$ 72 milhões beneficiam 35 ruas em Olinda e iniciativa social leva cidadania para o Paulista

18 05 PV VISTORIAS

Postado por Marcos Lima Mochila

 

Em programação na Região Metropolitana do Recife, o governador Paulo Câmara iniciou a manhã deste sábado (18.05) vistoriando as obras de urbanização que estão sendo realizadas em Peixinhos, bairro de Olinda, nas Unidades de Esgotamento 11 e 12. O chefe do Executivo estava acompanhado da vice-governadora Luciana Santos, do prefeito de Olinda Professor Lupércio, do secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação Marcelo Bruto e do diretor-presidente da Cehab Bruno Lisboa.

Com um aporte de R$ 72 milhões, as intervenções contemplam diversos serviços, como terraplenagem, pavimentação, drenagem e esgotamento sanitário em 35 ruas, sendo três avenidas, neste bairro. A iniciativa integra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal e é executada pela Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Paulo Câmara exaltou a importância da intervenção do Governo de Pernambuco para a melhoria da qualidade de vida da população do bairro de Peixinhos, em Olinda. “São mais de R$ 70 milhões investidos. Vamos fazer toda a área de saneamento e vamos recuperar mais de 35 ruas, podendo chegar até a 40. Isso é fruto de um esforço, de um planejamento, mas acima de tudo, de dar dignidade, qualidade de vida às pessoas que moram na Região Metropolitana. É uma ação importante em favor da vida, em favor de Olinda, em favor realmente da população de Pernambuco”, afirmou o governador.

A iniciativa busca dar mais tranquilidade à população, principalmente no período das chuvas. Grande parte dos moradores dessas ruas relata problemas com alagamento das vias. A previsão da entrega da obra é outubro de 2020.

Os moradores da rua També, uma das beneficiadas, estão animados com a via já em processo de finalização. É o caso de dona Zenilda Bonfim, que vive ali há 26 anos. “A obra é maravilhosa, gostei muito. A gente não tinha esgoto, agora tem. E vai melhorar muito, porque também não vai ter mais poeira e a rua vai ficar mais movimentada”, afirmou a moradora. Sara Tavares, de 29 anos, sempre morou na mesma rua e acrescenta: “depois que calçou, ficou bem melhor, melhor para as crianças brincarem”.

Na avenida Jardim Brasília, Lucivânia dos Santos vive há mais de 30 anos, e está ansiosa para ver o desfecho da intervenção. “Desde que eu moro aqui nunca vi isso. As ruas transversais estão ficando bonitas e, se Deus quiser, aqui vai ficar também”, comemorou.

13 05 SALGUEIRO 10

Postado por Marcos Lima Mochila

 

 

Início das obras, em outubro/2018
Início das obras, em outubro/2018

Poeira e lama não são mais problemas para quem mora ou passa pela Avenida Elisa Patriota. Com muita força de vontade e trabalho da gestão, a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Obras possibilitou à população mais progresso e desenvolvimento urbano. O ato contou com a presença de várias entidades políticas, civis, além dos moradores do bairro e da população em geral.

Essa infraestrutura garante que, durante o inverno, as águas da chuva sejam escoadas de forma correta, evitando transtornos aos motoristas, como alagamentos, e garantindo maior durabilidade ao pavimento. Além disso, as obras de pavimentação irão garantir mais qualidade de vida para a população.

13 05 SALGUEIRO 11

“A pavimentação das vias era uma reivindicação antiga dos moradores, que reclamavam das condições precárias de tráfego e dos transtornos provocados por poeira e lama. E hoje, como muito orgulho, entregamos essa avenida pavimentada. Esta é mais uma conquista do povo”, pontuou o prefeito do município, Clebel Cordeiro.

 

09 04 SALGUEIRO OBRA 1

Postada por Marcos Lima Mochila

 

 

09 04 SALGUEIRO OBRA 3A Prefeitura Municipal de Salgueiro, através da Secretaria de Obras, em convênio com a FUNASA,  assinou nesta semana a Ordem de Serviço referente à construção de melhorias sanitárias no município. As áreas beneficiadas contarão com a construção de 30 banheiros com vaso sanitário, lavatório, chuveiro, reservatório elevado, tanque de lavar roupa, tanque séptico e sumidouro. A ação será realizada através do Governo Federal e Governo Municipal no total de R$ 235.819, 12 (duzentos e trinta e cinco mil, oitocentos e dezenove reais e doze centavos).09 04 SALGUEIRO OBRA 5

O objetivo da ação é a garantia aos beneficiados implantação de soluções individuais; Contribuir para a redução dos índices de morbimortalidade provocados pela falta ou inadequação das condições de saneamento domiciliar; Dotar os domicílios de melhorias sanitárias necessárias à proteção das famílias e à promoção de hábitos higiênicos além de fomentar a implantação de oficina municipal de saneamento.

A obra está prevista para ser entregue no mês de setembro do presente ano.

09 04 SALGUEIRO OBRA 4

Governo do Distrito Federal diz que despesas da Novacap se devem principalmente à prestação de serviços à comunidade, como o SOS-DF, um programa emergencial para recuperar as cidades, que estavam com sérios problemas de infraestrutura

Tratores expostos no lançamento do SOS DF: programa visa fazer reparos emergenciais, como recapeamento asfáltico (Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Tratores expostos no lançamento do SOS DF: programa visa fazer reparos emergenciais, como recapeamento asfáltico (Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Correio Braziliense

Postado por Marcos Lima Mochila

 

 

 

Dos R$ 8,2 milhões empenhados pelo GDF no primeiro trimestre de 2018 para o pagamento de passagens, diárias e gastos com locomoção, mais da metade (R$ 4,8 milhões) foram destinados a bancar fretes, locação de veículos e transportes de servidores para obras e projetos do governo, como o SOS DF. Os dados são do Portal da Transparência, que une sob o mesmo guarda-chuva tanto os valores despendidos para custear viagens quanto os destinados para a prestação de serviços.

Do valor total destinado a fretes, locação e transportes de servidores, apenas R$ 1,3 milhão foi efetivamente pago até agora. Isso porque os R$ 4,8 milhões se referem a valores empenhados, ou seja, podem ser previsão do que órgãos pretendem gastar com determinados setores ou se referir a contratos cuja efetivação dos serviços ainda está em andamento.

Órgão com maior valor na lista de despesas do tipo, de acordo com o Portal da Transparência, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) é um dos casos em que os gastos foram destinados primordialmente para o pagamento de fretes, locação de veículos e transporte dos servidores.

Em resposta à reportagem do Correio, o Palácio do Buriti destacou “o estado de abandono de todas as cidades do Distrito Federal que o atual governo encontrou foi o principal responsável pelas despesas de R$ 8,2 milhões, devidamente registradas no Portal da Transparência do GDF e que foram expostas em matéria deste jornal, na edição de ontem”. O programa de recuperação de equipamentos públicos e de ações emergenciais – o SOS-DF — realizou mais de 42 mil intervenções em todo o DF nos três primeiros meses da atual gestão.

Para o secretário-chefe da Casa Civil, Eumar Novacki, os dados que constam da reportagem apresentam uma leitura superficial dos dados do Portal da Transparência. “A Novacap lidera o volume de gastos exatamente pelo trabalho emergencial que estamos fazendo, recuperando uma cidade que estava inteiramente abandonada”, afirma.

Recuperação

Mesmo com toda dificuldade financeira — o governo passado deixou um passivo que supera os R$ 8 bilhões, segundo o Palácio do Buriti —, o GDF entendeu que era necessária uma ação de recuperação imediata das cidades. “Quando assumimos a cidade estava mergulhada no caos. Havia áreas impróprias para que as famílias pudessem ter um mínimo de dignidade. Só de lixo e entulho recolhemos o equivalente a 15 mil caminhões cheios”, diz o secretário.

O presidente da Novacap, Daclimar Castro, afirma que os R$ 2.428.635,00 investidos nestes dois primeiros meses de governo podem ser aferidos nas planilhas de custo da empresa. Foram usados nas obras que estão sendo feitas em toda a cidade e foram fundamentais para que o Distrito Federal batesse o recorde de produção de massa asfáltica usada para recuperar pistas e para asfaltar trechos em praticamente todo o DF, afirma no do GDF.

Somente em janeiro, foram produzidas mais de 5 mil toneladas do produto nas usinas da Novacap e do DER. “A Novacap é o órgão executor de praticamente todas as ações do Governo do Distrito Federal. Em paralelo às atividades realizadas de forma rotineira, a Novacap tem participação em mais de 70% das mais de 42 mil intervenções já efetuadas pelo Programa SOS DF. Para atender todo o Distrito Federal, a companhia contratou, nos três primeiros meses de 2019, 60 equipamentos (caminhões e máquinas) para atendimento das necessidades mais urgentes da população”, afirma o presidente.

Segundo Daclimar Castro, os veículos ficam à disposição das administrações regionais para operações de limpeza, remoção de entulhos, podas de árvores, operação tapa-buraco, remoção de invasões, além de apoio a órgãos do GDF. “Os valores empenhados e executado dizem respeito exclusivamente a atividades realizadas no Distrito Federal, não havendo despesas de viagens”.

Locação

Os contratos de locação englobam mão de obra, manutenção corretiva e preventiva, e nos contratos da patrulha mecanizada, o combustível também é por conta da contratada. “A locação representa uma grande economia em manutenção, tributos trabalhistas e previdenciários e na própria disponibilização do equipamento, pois em caso de quebra, a contratada tem que substituir em 24h, o que é impossível com a frota própria”, afirma.

De acordo com o GDF, a Novacap dispõe de 118 veículos, 35 máquinas e equipamentos, e 18 carros leves, com uma idade média da frota de caminhões e máquinas superior a 20 anos de uso. Ainda assim, os veículos fazem os mais variados serviços. Desde a desobstrução de redes de águas pluviais, tapa-buracos, jardinagem, recuperação de estradas rurais, podas e cortes de árvores, recuperação de estruturas prediais, transportes de materiais diversos, suporte em ações da Agefis, Seops, Adasa e outros.

Estadias

Os números também revelam que foram gastos R$ 7.737,03 em uma viagem da secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, a Portugal. Foi uma viagem de trabalho, ressalta Novacki, e que rendeu frutos à sociedade não apenas de Brasília, mas de todos os estados do Centro-Oeste, uma vez que os destinos do sistema stopover, que oferece uma estada maior ao turista, vai alcançar o Pantanal, o Jalapão, em Tocantins, e cidades históricas de Goiás, por exemplo.

“Em momento nenhum foi informado que o governador Ibaneis Rocha arcou com as próprias despesas e de seu pessoal de gabinete. Não houve qualquer custo para o erário, embora ele estivesse trabalhando pela economia do DF e da região”, reagiu o chefe da Casa Civil.

A secretária Vanessa Mendonça afirma que o acordo fechado com a empresa aérea TAP vai beneficiar muitos destinos próximos. “Queremos que os turistas de Brasília também visitem as belezas naturais de outras cidades próximas. Além das atrações arquitetônicas, cívicas, gastronômicas e ecológicas que oferecemos, a nossa capital está rodeada de lugares históricos e com belezas naturais que encantam os europeus que têm, por característica, viajar para vivenciar novas experiências e culturas”, afirmou, depois de se reunir com prefeitos de cidades vizinhas.

Eumar Novacki, secretário
Eumar Novacki, chefe da Casa Civil (DF)

Novacki destaca que não há espaço para desperdício no governo. “O exemplo vem do governador, que usa o próprio carro, paga o combustível e continua morando em sua casa, dispensando o aparato e as mordomias palacianas. Tudo é feito para ter mais eficiência, este é o espírito do governo nesses primeiros dias e que será mantido em todo o mandato”, afirma.

O chefe da Casa Civil ainda lembra que há uma redução de 30% no número de cargos comissionados, além de contratos que estão sendo revistos para otimizar os gastos e “evitar desperdícios e do esforço que estamos fazendo para incrementar a economia da cidade, trazendo novas empresas, ampliando a participação de outras e criando áreas de desenvolvimento”, acrescenta o secretário.

Eumar Novacki, secretário-chefe da Casa Civil DF

Resumo

Quantidade de intervenções efetuadas pelo Programa SOS DF: 42 mil

Número de equipamentos (caminhões e máquinas) locados pela Novacap para atendimentos urgentes: 60

Fechar