Posts da Categoria: Blog

FB_IMG_1511744540887
Dois carros se chocaram por volta das 19h40 deste domingo, no cruzamento da Rua Cônego Barata com a Estrada do Arraial, no bairro da Tamarineira. Em um dos carros estavam duas mulheres e duas crianças. No outro veículo – que, de acordo com testemunhas, estava em alta velocidade – apenas um homem. As duas mulheres morreram e as crianças foram socorridas para o Hospital da Restauração. Ainda não há informação sobre o estado de saúde delas. O homem teve ferimentos leves e foi levado para a UPA da Caxangá.

IMG-20171126-WA0028

A redução das geleiras se acelera rapidamente em diferentes partes do mundo por causa do aquecimento global, o que representa uma grave ameaça de inundações e desastres naturais, além da perda de espécies e do acesso à água natural.

Em uma cadeia de nevados tropicais, como a Cordilheira Branca do Peru, a diminuição foi de 22% entre 1970 e 2003, e no mar de Amundsen, a oeste da Antártida, a perda anual foi de 83 bilhões de toneladas de gelo desde 1992.

As montanhas ocupam 24% da superfície terrestre e abrigam 1,2 bilhão de pessoas a seus pés.

IMG-20171126-WA0058

Metade da população assentada nas regiões montanhosas dos países em desenvolvimento sofre de fome crônica e a maioria vive em extrema pobreza, o que agrava a situação social causada pelo degelo das geleiras, explicou à Agência Efe a porta-voz do programa “Homem e Biosfera” da Unesco, María Rosa Cárdenas.

“A montanha é um regulador do clima, é um regulador das correntes de vento, dos fluxos de água, e pode dar certa proteção contra os riscos naturais”, comentou Cárdenas.

IMG-20171126-WA0061

“A situação em outras partes do mundo é semelhante a que se vê na América Latina, uma diminuição das geleiras e perda da massa, o que está contribuindo muito para um dos principais problemas, que é a aparição de lagos de origem geleira”, acrescentou Cárdenas.

Estes lagos têm um grande volume de água, originada de uma geleira derretida, mas em um lugar instável e que rapidamente transborda e pode gerar “danos enormes” nas povoações, como inundações repentinas, exemplificou a especialista.

Este programa da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura apresentou em Lima, durante a Conferência sobre Mudança Climática das Nações Unidas (COP20), uma exposição de imagens de satélite sobre o estado das geleiras no mundo em consequência da mudança climática.

A exposição “Os impactos da mudança climática nas regiões montanhosas do mundo” mostra 23 imagens da Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial, a Agência Espacial Europeia e o Serviço Geológico dos Estados Unidos em painéis instalados na prefeitura de Lima.

Cárdenas assinalou que só em uma das 23 geleiras analisadas, situada na Noruega, houve retrocesso na diminuição da massa geleira.

“Há geleiras que em 10 anos retrocederam um ou dois quilômetros, mas em outras geleiras podemos ver um retrocesso muito maior em 50 anos”, disse.

“É um pouco difícil falar do que está se passando em nível mundial, de quantos quilômetros estão retrocedendo porque nem em nível mundial nem regional podemos dar um número exato”, acrescentou.

IMG-20171126-WA0059

No caso das geleiras tropicais, o monitoramento registrou retrocessos importantes, como o nevado Quellcaya, na região peruana de Cuzco, onde sua principal geleira, Kori Kari, retrocedeu 1,2 quilômetro em 1978 e em 2008.

O terreno que rodeia as geleiras costuma ter rochas soltas e esta instabilidade piora quando há sismos, como no Peru.

Nos povoados da Cordilheira Branca pelo menos 30 mil pessoas morreram em 30 catástrofes naturais ocorridas entre 1941 e 2005, de acordo com os estudos divulgados pela Unesco.

Já em uma zona da Antártida, o ritmo de derretimento das geleiras triplicou na última década, segundo um estudo da Universidade da Califórnia em Irvin e do Jet Propulsion Laboratory, da Nasa.

As geleiras no mar de Amundsen, ao oeste da Antártida, perderam 83 bilhões de toneladas anuais desde 1992, e o ritmo de derretimento subiu para 16,3 bilhões de toneladas anuais desde 2003, apontou a pesquisa divulgada em Lima.

Parte das consequências da perda das geleiras é a necessidade de readaptação da quantidade de água que poderemos contar para beber ou usar na agricultura, assim como para gerar energia.

“Racismo é crime e já estamos tomando as devidas providências perante a lei”, escreveu a atriz

A atriz Giovanna Ewbank agradeceu o apoio recebido pelas redes sociais e respondeu ao vídeo compartilhado por Day McCarthy. A blogueira, que se autointitula socialite, chama Titi, 4 anos, filha de Giovanna e Bruno Gagliasso, de “macaca”. “A menina é preta. Tem o cabelo horrível de pico de palha. Tem o nariz de preto horrível. E o povo fala que a menina é linda”, diz Day na gravação.

O vídeo causou tumulto na internet. Sobre o caso, Giovanna respondeu: “Bom domingo com amor e a pureza de uma criança a todos que tem nos mandado mensagens sobre o acontecido, racismo é crime, e já estamos tomando as devidas providências perante a lei.”

Bruno Gagliasso também se manifestou com uma frase de Angela Davis. “Numa sociedade racista, não baste não ser racista. É necessário ser antirracista.”

Ao que tudo indica, a “socialite” decidiu chamar a atenção ao alfinetar crianças. Este ano, ela foi cortada do Instagram ao publicar uma montagem comparando Rafa Justus, filha de Ticiane Pinheiro e Roberto Justus, ao boneco de terror Chuck. Em outro vídeo, ela continuava a agredir verbalmente a menina, dizendo que a garota teria uma doença, pois os pais tinham uma grande diferença de idade.

Triatleta desaparece no mar durante prova no Ceará

IMG-20171126-WA0054

Folhapress

O atleta deveria ter saído da água para iniciar parte da prova com bicicleta, mas isso não aconteceu

Um atleta de triatlo desapareceu no mar do litoral cearense neste domingo (26), durante uma prova em Fortaleza, informou a secretaria de segurança pública do Estado.
De acordo com a pasta, o corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 9h da manhã para buscar o atleta, que não teve a saída da água identificada pela organização do Ironman, uma tradicional competição de triatlo -esporte que envolve, além de natação, corrida e ciclismo.

Equipes da Marinha, da Guarda Municipal e de um centro de operações aéreas também foram acionadas para realizar a busca. Um helicóptero sobrevoou a praia da Formosa em busca do homem. O atleta deveria ter saído da água para iniciar a parte da prova com bicicleta, mas isso não aconteceu.

Veja a nota oficial divulgada pela secretaria de segurança pública do Ceará:

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que equipes da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará foram acionadas, por volta das 9 horas deste domingo (26), para realizar buscas no intuito de localizar um competidor do Ironman que desapareceu durante a prova de natação. O acionamento das equipes ocorreu após os organizadores do evento notarem a ausência do atleta. Equipes da Marinha e Guarda Municipal também participam da operação.

A ação é fruto de parceria da Secretaria de Turismo de Pernambuco, da Prefeitura do Recife, do Catamaran Tours e do Centro Escola Mangue e foi realizada por 35 crianças da comunidade de Brasília Teimosa

IMG-20171126-WA0016

Recife, 24 de novembro de 2017 –

A cidade do Recife é conhecida mundialmente por suas pontes, mangues e rios que são seus principais cartões postais. Pensando na preservação do meio ambiente que abriga a capital pernambucana, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco – por meio da Empetur – promoveu mais uma edição do projeto Horizonte Cultural, em celebração ao Dia Mundial do Rio. Esta edição contou com a parceria do Centro Escola Mangue, da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife e do Catamaran Tours. A ação aconteceu nesta sexta-feira (24), no Catamaran Tours, no bairro de São José.

IMG-20171126-WA0015

A ação foi realizada durante num cortejo pelas águas do Rio Capibaribe, com um plantio de mil mudas de mangue vermelho, preto e branco, nas margens do bairro do Cabanga. O percurso foi realizado em um barco disponibilizado pelo Catamaran Tours com apresentação do Maracatu Nação Estrela do Mar, além de alunos-atletas de Remo, todos participantes do projeto Remangue (Centro Escola Mangue), da comunidade de Brasília Teimosa. Ainda houve a participação de monitores bilíngues da Prefeitura do Recife que informaram aos participantes sobre a necessidade da preservação do Rio – principal fonte de renda de muitas famílias e abrigo de diversas espécies de animais.

IMG-20171126-WA0018

“Esta edição do projeto Horizonte Cultural não poderia ter um tema mais adequado que o da celebração do Dia Mundial do Rio. As águas do Capibaribe e do Beberibe moldaram a região que serviu de berçário para o Recife e nossa cultura brotou do mangue em abundância. Promover a conscientização da preservação deste meio ambiente é um dever de todos e o setor do Turismo é diretamente afetado por ele”, comenta o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.

CENTRO ESCOLA MANGUE – O Centro Escola Mangue é uma associação civil, sem fins lucrativos, fundada em 2003. E tem como objetivo desenvolver uma Escola Ambiental que tenha a cultura como eixo pedagógico e que valorize o saber ancestral das comunidades, conectado-o aos saberes acadêmicos, na perspectiva da promoção da sustentabilidade do meio ambiente. As ações são voltadas para crianças; adolescentes; jovens; mulheres, pescadores; marisqueiras, estudantes e professores em geral. Entre as atividades estão: Pesquisas e diagnósticos dos mangues; Educação ambiental e cultural; Moda mangue; Produção e plantio de mudas; Cinemangue; minicursos e oficinas; ações de dança e música, além de Ecoturismo de base comunitária.

IMG-20171126-WA0017

CATAMARAN TOURS – Pioneira no segmento de passeios náuticos em Pernambuco, é uma empresa que se destaca no cenário turístico local por todos os avanços conquistados durante os seus anos de atuação, 20 deles em pleno coração da capital pernambucana. Foi a empresa, comandada pela família Britto, que tornou a navegação turística pelos rios que cortam o centro do Recife em um dos programas mais procurados por locais e turistas, provando, a exemplo de outras cidades brasileiras e estrangeiras, que é possível reinventar a relação entre população e os afluxos de águas. A empresa começou suas atividades com apenas um tipo de tour e atualmente conta com sete passeios fixos na programação, com horários de embarque variados. Cinco deles mantidos no Recife (Catamaran Assombrado, Ilha De Deus, Piratas do Capibaribe, Recife e seus Bairros e Recife e suas Pontes) e dois nas praias de Carneiros e Suape, duas das mais deslumbrantes praias pernambucanas. A sede da empresa conta Restaurante Catamaran com iguarias pernambucanas e cardápio assinado pelo chef Tallys Bastos, abriga ainda conta com diversos espaços internos e externos para a realização de eventos de negócios, festivos e culturais, com vista privilegiada.

ferrovia-1

Folha de S.Paulo – Julio Wiziac

Uma das maiores empresas ferroviárias do mundo, a CRCC (China Railway Construction Corporation) estuda liderar um consórcio para construir a Fiol (Ferrovia de Integração Oeste-Leste) e integrá-la ao porto de Ilhéus (BA). Hoje, a ferrovia tem um pequeno trecho em operação.

A intenção dos chineses é clara: escoar soja (segundo principal produto que eles compram no país, atrás do minério de ferro) do Centro-Oeste até o porto baiano.

Mas também há um interesse geopolítico. Eles querem criar alternativas ao canal do Panamá, obra bancada pelos EUA no século passado e que os asiáticos veem ainda hoje sob controle dos americanos.

Para criar essa alternativa, a Fiol terá cerca de 1.500 quilômetros e cruzará com a FNS (Ferrovia Norte-Sul).

Hoje, os grãos precisam seguir de caminhões até o porto de Santos (SP) ou ser transportados até um entroncamento da Ferrovia Norte-Sul rumo ao porto de Itaqui, no Maranhão. No entanto, existem dificuldades de passagem no trecho controlado pela mineradora Vale, único ponto de acesso até o porto do Nordeste.

O plano dos chineses inclui outro braço ferroviário, a partir da Ferrovia Norte-Sul, que seguirá de Campinorte (GO) até Lucas do Rio Verde (MT) e, de lá, até Porto Velho (RO). Essa linha continuará rumo ao Peru até um porto no oceano Pacífico.

O projeto foi apresentado pelo grupo chinês a representantes do governo brasileiro durante a viagem do presidente Michel Temer à China, no fim de agosto.

Desde então, o governo da Bahia já contratou a consultoria Accenture para desenvolver o projeto.

Como a Fiol já é uma ferrovia prioritária da União, o governo baiano se comprometeu a transferir o projeto para o PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) assim que estiver pronto.

A expectativa é que isso ocorra até o início do próximo ano para que a ferrovia seja licitada ainda no governo Temer. Pelas conversas iniciais, os chineses teriam de entrar no leilão, embora tenham manifestado a intenção de realizar a obra por conta própria desde que o governo desse autorização.

O apetite dos chineses não termina aí. Três outros grupos também se apresentaram para formar um consórcio e construir os 934 quilômetros da Ferrogrão, entre Sinop (MT) e Miritituba (PA).

O projeto está em consulta pública e deverá consumir cerca de R$ 12 bilhões.

Dois são os motivos que levam as empresas chinesas a destinar recursos para infraestrutura no Brasil.

Nas conversas, o governo chinês deixou claro para os brasileiros seu interesse em ter a segurança de fornecimento de energia e ali- mentos. Por isso, não mede esforços nem recursos para investir em infraestrutura.

De janeiro a outubro, os chineses compraram US$ 19 bilhões em soja do Brasil, origem de 59% de todo o grão importado pelos asiáticos.

No mesmo período, o país importou US$ 5,5 bilhões em petróleo do Brasil.

Outra explicação é que o projeto permitiria à China uma alternativa ao canal do Panamá, que, segundo eles, é “controlado” pelos EUA.

VENEZUELA

O apetite chinês pelo Brasil vem aumentando especialmente depois da crise na Venezuela De janeiro a outubro, o país recebeu US$ 10,8 bilhões do gigante asiático, como já mostrou a Folha.

A maior parte desses recursos foi destinada a fusões e aquisições especialmente na área de energia e transporte.

Entre os exemplos, estão a compra de 45,36% da CPFL Energia pela State Grid Corp of China, por US$ 3,7 bilhões, e da hidrelétrica de São Simão, por US$ 2,26 bilhões, pela State Power Investment Corporation.

O interesse chinês também levou Pequim a fechar um acordo com o Brasil e criar, em maio, um fundo de investimento de US$ 20 bilhões destinado a financiar projetos de infraestrutura no país que sejam considerados relevantes para ambas as partes.

IMG-20171126-WA0007

Por: Rebeca Silva

Depois da pressão dos movimentos sociais contra a posse do PP na Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, o governador Paulo Câmara (PSB) retirou das mãos dos progressistas o poder de decisão de temas ligados aos Direitos Humanos. Por meio de decreto, a Executiva de Segmentos Sociais, que integrava a pasta, foi transferida para a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, comanda por Pedro Eurico (PSDB).

Indicado pela cúpula do PP, Clóvis Benevides, foi investido ontem na função, em cerimônia no Palácio das Princesas. Contudo, chamou atenção a ausência de lideranças do PSB na solenidade expondo o imbróglio causado dentro do Executivo com a ampliação do espaço do aliado. O governador adiantou ainda que na próxima semana irá anunciar as demais trocas no secretariado, inclusive na Administração de Fernando de Noronha.

Embora tenha reduzido o corpo da pasta que o PP agora comanda, Paulo Câmara pregou a paz e a integração entre as secretarias. Ele destacou ainda que as preocupações levantadas pelas instituições estão supridas com ida da Executiva de Segmentos Sociais para a secretaria de Pedro Eurico. Junto com ela foram as coordenadorias LGBT, a de Igualdade Racial, Articulação de Movimentos Sociais da Região Metropolitana e do interior e a Superintendência de Defesa e Promoção de Direitos da Pessoa Idosa. Ontem, 18 comissionados foram exonerados da de Desenvolvimento Social e nomeados na de Justiça.

Embora não vá mais tratar diretamente do assunto, Clóvis Benevides pregou o diálogo com as entidades sociais e saiu em defesa do partido. “Meu compromisso é estabelecer todos os diálogos possíveis para que as pontes construídas derrubem eventuais muros que nascem dos equívocos interpretativos de quem não conhecem ainda nosso trabalho”, afirmou. Filiado ao PP e do segmento evangélico, Clóvis tem uma relação histórica com o deputado estadual Cleiton Collins e a vereadora Michele Collins. Os três tem forte atuação no combate às drogas.

Depois de novas conversas com o presidente estadual do PP, o deputado Eduardo da Fonte, o ainda governador vai definir o espaço da legenda na Executiva de Recursos Hídricos e fechar questão sobre a troca de comando em Noronha. O parlamentar, por sua vez, afirmou que espera que as suas indicações sejam respeitadas e que sirvam para unir a Frente Popular.

tulio-gadelha-posa-ao-lado-de-fatima-bernardes-788426

“O sonho é que leva a gente para a frente”, escreveu Túlio

Caras.com

Túlio Gadêlha usou as redes sociais neste sábado (25) para postar uma foto ao lado da namorada, a jornalista e apresentadora Fátima Bernardes.

“O sonho é que leva a gente para a frente. Se a gente for seguir a razão, fica aquietado, acomodado”. Suassuna, A”, escreveu ele na legenda da imagem.

Nos comentários, os fãs elogiaram o casal: “Eles combinam demais”, “Amo os dois”, “Deus abençoe sempre vocês”, “O casal que você respeita”, “Lindos demais”.

luciano_huck
POR PAINEL-Folha de São Paulo

Lata velha? Embora em banho-maria, uma ala do PT defende que a eventual candidatura de Luciano Huck à Presidência não deve ser subestimada. Lembram da eleição de 1989: Fernando Collor era desprezado, mas venceu.

Mora o perigo Essa ala se preocupa com o apelo de Huck como “o paizão dos pobres”, por causa das atrações que ele exibe na TV, com reformas de casas e carros.

 IMG-20171125-WA0107

FONTE : TERRA

Lutando contra o rebaixamento, o Sport conquistou grande resultado diante de um desinteressado Fluminense no Maracanã. Carrasco dos tricolores, o atacante André marcou dois ainda no primeiro tempo e Marcos Junior, em uma das poucas chances, descontou com um golaço de bicicleta. O resultado fez os rubro-negros respirarem na tabela e os tricolores protestarem mais uma vez contra a diretoria com gritos de ‘time sem vergonha’.
[25/11 18:10] Marcelo Tim: Debaixo de sol forte no Rio de Janeiro, o jogo começou morno, do jeito que o Sport queria. Afinal, para os rubro-negros, o duelo podia definir a permanência ou não na elite em 2018. Do lado tricolor, já livre do perigo do rebaixamento, Abel Braga prometera um time aguerrido, com ‘postura de guerreiro’ para buscar uma vaga na Sul-Americana. Mas não foi o que aconteceu.
[25/11 18:11] Marcelo Tim: Nos primeiros dez minutos, o Tricolor apenas se defendeu. Não conseguia nem sair jogando e a desatenção tomava conta da equipe. O Sport aproveitou: em falha de marcação da defesa, Marquinhos cruzou rasteiro e André, na pequena área, se antecipou a Lucas e Chaves e abriu o placar. Mais um gol do carrasco do Fluminense, que já havia marcado no primeiro turno e em outras ocasiões.

Antes mesmo dos 20 minutos, os tricolores já demonstravam impaciência no Maracanã. A postura não mudou. E de novo, André aproveitou bobeira da defesa em cobrança de escanteio e fez mais um: 2 a 0 para o Sport. Para irritar de vez a torcida do Fluminense, que cantou ‘time sem vergonha’ e ‘queremos jogador’, além de hostilizar o presidente Pedro Abad.

Com dois de André, Sport vence o Flu no Maracanã e dorme fora da zona
[25/11 18:12] Marcelo Tim: Por incrível que pareça, o resultado parecia definido antes mesmo dos 30 minutos de bola rolando. A chance perdida por Marlon cara a cara com Magrão mostrava que o time de Abel não estava no mesmo ritmo do adversário. Mas, como dizem, futebol é momento. E em um momento de esperteza, Marcos Júnior aproveitou a bola rebatida na área e emendou uma bicicleta – isso mesmo – no cantinho. De uma hora para outra, o clima mudou.

Na volta do intervalo, Abelão arriscou uma nova forma de jogar: sacou Marlon Freitas e Sornoza para a entrada dos velozes Matheus Alessandro e Wendel. A reação, porém, era fogo de palha. André e Diego Souza tiveram calma e experiência para controlar a posse de bola no ataque e o Sport esfriou a partida até os minutos finais.

A torcida pegou no pé do desinteressado elenco tricolor. Gustavo Scarpa, mais uma vez, saiu vaiado de campo. Festa da tímida torcida pernambucana que ainda viu o artilheiro André quase marcar por duas vezes no fim. O apito final veio como um alívio para ambos: o Sport respira na primeira divisão e o Fluminense só tem mais um jogo de sofrimento até o ano que vem. FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1X2 SPORT
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 25/11/2017 – 17h
Árbitro: Dewson Fernandes Freitas da Silva (SP)
Público/renda: 12.819 presentes// 10.660 pagantes// R$219.540,00
Cartões amarelos: Marcos Júnior (FLU); Anselmo (SPO)
Cartões vermelhos: –
Gols: André (11’/1ºT – 0x1), André (22’/1ºT – 0x2), Marcos Júnior (37’/1ºT – 1×2)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Marlon; Marlon Freitas (Matheus Alessandro, intervalo), Douglas, Sornoza (Wendel, intervalo) e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior e Henrique Dourado – Técnico: Abel Braga.

SPORT : Magrão, Raul Prata, Henríquez, Durval e Sander; Anselmo, Patrick, Marquinhos, Diego Souza, Mena; André – Técnico: Daniel Paulista.

Fechar