Posts da Categoria: Blog

agricultordia19

Por Márcio Maia

Os pernambucanos, especialmente os agricultores e criadores do Sertão e do Agreste, acreditam que o dia 19 de março, dia consagrado pela Igreja Católica a São José, é fundamental para a definição sobre o futuro da produtividade. A ampla maioria acredita que, se chover nesse dia, o inverno será bom.
Sendo assim, todos estão ansiosos pela chegada do dia 19 para terem uma idéia sobre como será o período chuvoso. Os fieis fervorosos do santo estão fazendo suas promessas e orações para que tudo dê certo.
Felizmente, esse ano, os primeiros meses estão sendo considerados bons. Chuvas até bastante fortes já caíram em diversos pontos do Interior do Estado e uma porção de barragens e barreiros já recebeu boa quantidade de água. Alguns até já sangraram.
Se chover, com certeza as produções de milho e feijão estarão garantidas e com certeza, muitos agricultores irão ganhar uma boa grana. Com o milho em grande quantidade e com boa qualidade, os festejos juninos serão bem mais animados.
Os estudiosos do assunto entendem que os agricultores têm razão em considerar o dia 19, como fundamental para a definição do clima nos próximos meses. É que no dia 21, estará se iniciando uma nova estação climática. É o começo o do outono.
No Sertão, o período chuvoso começa em novembro e termina no próximo mês de abril. Os pastos para os caprinos e bovinos já estão bastante verdinhos. Resta a esperança de cair mais um pouco dágua, para garantir os próximos seis meses sem chuva.
No Agreste, é justamente o início do período chuvoso que vai até o mês de setembro.
As previsões dos meteorologistas indicam que por conta do fenômeno El Nino, as chuvas serão abaixo da média, mas vamos torcer que a crença de nosso povo seja superior às análises dos teóricos..

IMG-20190318-WA0183
TERESINA (PI) – As associações municipalistas que representam os prefeitos dos nove estados da região elaboraram a “Carta do Nordeste”, documento com as prioridades a serem apresentadas ao presidente Jair Bolsonaro, provavelmente na Marcha dos Prefeitos, a ser realizada de 8 a 11 de abril, em Brasília. Os presidentes dessas entidades se reuniram durante todo o dia de hoje (18), em Teresina (PI), onde debateram os pontos da carta. A sugestão para o encontro partiu do presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota.

De acordo com Patriota, entre os pontos que integram o documento estão questões relacionadas à água, Transposição do Rio São Francisco, saneamento, coleta de resíduos. “A grande maioria das cidades do Nordeste faz a coleta de seus dejetos e não há tratamento. Colocamos isso porque, ao invés de correr água limpa nos rios, corre esgoto. É uma vergonha nacional!”, pontuou. Outro assunto, segundo o presidente, foi energia renovável. “Essa riqueza precisa ser mais distributiva. Não só as empresas investirem, mas os pequenos produtores. Proprietários também podem ser geradores e essa energia, vendida a preço de mercado. O que faria a vida de muitas pessoas dar um salto, gerando renda e ajudando, também, a economia do Nordeste”, afirmou.

Outro reivindicação foi um robusto programa de moradia popular. “A construção civil também ajuda muito. Se as pessoas não tiverem empregadas, não tiverem renda, elas não vão comprar. Toda a economia ganha quando o povo tem renda”, argumentou Patriota. “A conclusão da Transnordestina; a questão dos salários; o fortalecimento dos órgãos regionais de desenvolvimento como o Banco do Nordeste, BNDES, DNOCS, Codevasf e Sudene. Esses órgãos precisam ser reestruturados e fortalecidos. E não dizimados. Também fazemos uma referência aos salários dos estados”, concluiu Patriota.

Saúde e Educação, logicamente, figuram na lista. Também participaram do encontro o governador do Piauí, Wellington Dias, o presidente da Confederação Nacional Municipalista (CNM), Glademir Aroldi, senadores, deputados federais e prefeitos dos municípios do Piauí. O documento formulado hoje será detalhado posteriormente junto à representantes do Governo Federal.

IMG-20190317-WA0109

 

Dois lados da mesma moeda
Por Arthur Cunha
Em 1987, a banda gaúcha Engenheiros do Hawaii lançou seu segundo álbum: “A Revolta dos Dândis”, um clássico do Rock brasileiro, estilo cuja representatividade da época era o equivalente ao Sertanejo ou ao Funk dos dias de hoje. Sob forte influência das obras de Albert Camus e Jean-Paul Sartre, e de um mundo ainda dominado pela Guerra Fria, Humberto Gessinger escreveu, entre tantas músicas marcantes para os fãs, como eu, a letra de “A Revolta dos Dândis II”, que fala, na minha opinião, da dicotomia Direita versus Esquerda, fruto daquele conflito. Passados mais de 30 anos do lançamento da canção, seu conceito ainda continua sendo muito atual para traduzirmos a guerra de egos que se tornou a disputa entre bolsonaristas e lulopetistas.

Diz um trecho da letra: “Pensei que houvesse um muro entre o lado claro e o lado escuro. Pensei que houvesse diferença entre gritos e sussurros. Mas foi engano; foi tudo em vão. Já não há mais diferença entre a raiva e a razão”. Ouvindo a música, ontem, eu só enxergava um jogo de imagens na minha mente intercalando a figura de Olavo de Carvalho, guru do presidente da República, destilando ódio contra os esquerdistas via redes sociais do seu computador iMac de última geração, bem confortável em um escritório na Virgínia (EUA); com a do ator José de Abreu, uma das vozes controversas do petismo, zombando sem nenhum respeito da dor do povo venezuelano ao se “autoproclamar” presidente da República com o único objetivo de criticar Bolsonaro e seus seguidores.

Além de duas criaturas bisonhas em busca de reconhecimento e “likes”, Olavo e Zé de Abreu têm em comum a mesquinhez de uma visão turva do processo de poder, que caracteriza, em pleno 2019, o debate entre as duas correntes de pensamento e ação política no cenário brasileiro. O embate Direita versus Esquerda por aqui é grotesco. Seus argumentos são elementares, preconceituosos e cruéis – dos dois lados! Descambou para uma troca de acusações mais demente que a discussão sobre futebol, ou mesmo sobre religião (esse tema merece outra coluna, e terá). Parecem crianças birrentas sem reconhecer seus próprios erros e as qualidades do outro.

Enquanto isso, o país está parado, administrado por um governo de Direita (?), que, se fosse de Esquerda, estaria, com certeza, adotando a mesma postura excludente – vide a recente era do PT. Economia com parca recuperação, povo sem emprego, reformas de base à espera e um presidente falastrão mais preocupado com questões menores. É Jair Bolsonaro, mas poderia ser Dilma Rousseff ou Lula. Por isso, volto à canção de Gessinger para terminar este comentário, infelizmente, lembrando o óbvio. “Tudo é igual quando se pensa em como tudo poderia ser. Há tantos sonhos para sonhar, há muitas vidas para viver. Nossos sonhos são os mesmos há muito tempo. Mas não há mais muito tempo para sonhar”.
IMG-20190317-WA0110

“Os três patetas…” – Ainda na vibe de “A Revolta dos Dândis II”, outra imagem desse final de semana, coincidentemente, se encaixa na música escrita por Humberto Gessinger há mais de 30 anos. Estou falando da foto publicada por Rodrigo Maia de um almoço onde, entre outros, estavam presentes Jair Bolsonaro e Davi Alcolumbre, representantes de setores conservadores, e Dias Toffoli, ex-advogado do PT. “Esquerda & Direita; Direitos & Deveres. Os três patetas, os três poderes”.

“… os três poderes” – Ironias (merecidas) à parte, que esses senhores, chefes dos nossos poderes constituídos, se iluminem e trabalhem unidos pelo Brasil. Rodrigo Maia fala na postagem que o “espírito do encontro” foi fazer com que haja um melhor diálogo e um pacto da “relação de governabilidade do Brasil”. Antevendo algo, o presidente da Câmara, faz tempo, já se posiciona como uma espécie de moderador entre a institucionalidade e a opinião pública. Está, com certeza, vendo uma oportunidade. Afinal, como diria Gessinger: “ascensão e queda são dois lados da mesma moeda”.

Mandando recado – No melhor estilo Trump, Olavo de Carvalho está usando sua influência nas redes sociais e fora delas para mandar recados. Falando para uma plateia de cerca de 100 fãs e representantes da Direita americana, no Trump Internacional Hotel, em Washington, o guru do Bolsonarismo disse que, se continuar como está, o Governo Bolsonaro acaba em seis meses. Lembrando que o núcleo ideológico da gestão, ligado ao guru, está perdendo a quebra de braço para os militares. Olavo tem usado sua visibilidade para centrar fogo nos “milicos”.
IMG-20190317-WA0111

Aniversário – Ontem (17), a Lava Jato completou cinco anos. Nesse período, além de inúmeras polêmicas e uma exposição monumental, a operação somou 2.294 anos de penas aplicadas e 159 condenados em primeira instância. Desbaratou um grande esquema de corrupção na Petrobras e em outros órgãos públicos. Um total de 47 pessoas permanecem presas pela Lava Jato, entre elas o ex-presidente Lula. O balanço ainda registra 426 denunciados, 269 mandados de prisão e 183 delações. Apesar dos números favoráveis, a operação ainda é alvo de muitas críticas por supostos exageros.

Curtas

ASSASSINATO – Ainda permanece sem a motivação conhecida o assassinato do vereador de Floresta, Beto Souza, morto a tiros por dois homens, ontem, na Fazenda Tabuado, zona rural do município. O parlamentar, que tinha 52 anos, presidiu a Câmara Municipal entre 2017 e 2018. Ele havia perdido um irmão nas mesmas condições.

REPRESENTAÇÃO – Representante do Grupo Ferreira Souza na reunião da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Alepe, Edésio Medeiros avaliou como positivo o encontro, mas lamentou a ausência de representantes de entidades e empresários do Sertão. “Especialmente do Araripe, a exemplo do setor gesseiro, da mandiocultura e da bacia leiteira de Bodocó. Precisamos ficar atentos e nos organizar para participar”, pontuou.

HOMENAGEM – O presidente da Câmara Municipal do Recife, vereador Eduardo Marques, foi o homenageado do bloco Galo Doido, nesse domingo. A folia pós-carnaval atraiu aproximadamente duas mil pessoas no bairro da Iputinga, na capital pernambucana.

Perguntar não ofende: E você, é mais para Olavo ou para Zé de Abreu? Resposta no (81) 999198-0838.

IMG-20190317-WA0040

O vereador Beto Souza (PSDB), da cidade de Floresta, Sertão de Pernambuco, foi morto a tiros no início da tarde deste domingo (17). O político sofreu uma emboscada na Fazenda Tabuado, na zona rural da cidade, onde o irmão dele. Beto Souza tinha 51 anos e era vereador do município há 18 anos, sendo duas vezes presidente do legislativo. Desde o final do ano passado, ele era tido como pré-candidato a prefeito da cidade. A esposa dele faleceu de câncer há cerca de um mês.

Segundo informações preliminares, por volta das 13h, a vítima teria descido do veículo dele para falar com populares quando um carro modelo Toyota Corolla, de cor preta, encostou ao lado e dois suspeitos atiraram várias vezes contra o vereador. Beto chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Floresta ainda respirando, mas faleceu no local. Um amigo de Beto, conhecido como Duda, também foi atingido e morreu.

Em 2017, Beto descobriu um plano para matá-lo. Ele seria vítima de uma emboscada quando se fosse votar na eleição para presidente da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), em Bonito, mas conseguiu escapar ileso.

Briga entre famílias causou várias mortes
Há mais de 100 anos, a cidade de Floresta é palco de confrontos envolvendo famílias rivais. As famílias Ferraz e Novaes disputam o poder no município desde 1913. Muitas mortes e episódios de violência marcam a rixa entre os dois clãs. A situação chegou ao ponto em que a Justiça proibiu os motociclistas de usarem capacetes na cidade, para que evitar que criminosos pudessem cometer crimes sem serem identificados.

A última vítima da guerra entre as famílias foi o ex-secretário de Administração da cidade, Fernando Cavalcanti Ribeiro. Ele foi assassinado no dia 22 de dezembro de 2017, no bairro da Madalena, na Zona Oeste do Recife. Fernando foi morto a tiros na Rua Lopes de Carvalho, a cerca de 10 metros do prédio onde morava. A vítima atravessava a rua quando foi surpreendida por dois homens de moto, que efetuaram vários disparos. Ele teria ligações com a família Novaes.

 

Blog do Edmar Lyra

FB_IMG_1552853089617

 

Uma das ações prioritárias da atual gestão, tem sido a de garantir educação da melhor qualidade para as crianças e adolescentes do município, oferecendo ainda mais conforto e segurança para os alunos atendidos pela rede de ensino. Com esse objetivo, uma série de reformas e adequações nas estruturas das Unidades de Educação Municipal vem acontecendo e trazendo melhorias que beneficiarão cerca de 20 mil estudantes matriculados entre o 1º e o 9º ano do ensino fundamental neste ano de 2019.

As primeiras escolas reformadas entregues serão: Escola Municipal Pedro Ribeiro (Matriz); Escola Municipal 3 de Agosto (Livramento); Escola Municipal Jornalista Júlio Augusto Siqueira (Lot. Conceição); Escola Municipal Djalma Eusébio Simões (Alto José Leal) e Escola Municipal Cônego Pedro de Souza Leão (Distrito de Pacas). Entre os serviços realizados, estão a revisão geral dos telhados, troca das calhas, instalações elétricas, pintura geral interna e externa, limpeza de fachadas, recuperação de banheiros e a instalação de cerca de 900 ventiladores nas salas de aula.

Após a conclusão desta primeira etapa de serviços, outras unidades de ensino também estarão recebendo intervenções de melhorias ainda este ano. Vale ressaltar que apesar das dificuldades encontradas no início de 2017, a atual gestão sempre esteve realizando ações de manutenção e pintura em todas as unidades de ensino do município, além da revisão de instalações elétricas, hidráulicas e outros serviços necessários.

FB_IMG_1552853077873

FB_IMG_1552853087592

IMG-20190316-WA0002

 

Gestão reconhecida
Por Arthur Cunha
Após recuperar a Prefeitura de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana, a gestão do prefeito Bruno Pereira ganha fôlego. Com obras espalhadas pela cidade, além do apoio de 11 dos 15 vereadores que formam a Câmara Municipal, inclusive do presidente da Casa, Cícero Pinheiro, Bruno deslanchou e já vem ganhando forças para 2020.

No setor de Infraestrutura, o chefe do Executivo vem investindo em pavimentações de ruas; reforma do Centro Social Urbano; construção de uma moderna Clínica de Fisioterapia; reforma do Ginásio José Pereira (Pereirão) e da Academia das Cidades. Na Assistência Social, o Governo Municipal também cadastrou milhares de famílias que irão morar nos Residências Dona Lindu e São Lourenço da Mata I, II e III, que, juntos, oferecerão 1.476 moradias populares.

Já na área da Saúde, Bruno vem ampliando os serviços como a reabertura do bloco cirúrgico do Hospital e Maternidade Municipal Petronila Campos (HPC); reforma da maternidade; aumento do número de procedimentos em exames do laboratório e abertura da emergência odontológica, além de exames como eletrocardiograma e ultrassonografia.

No Centro de Especialidades Médicas do município, aumentou para 14 o número de especialistas, que, juntos, oferecem mais de 1400 atendimentos por mês. Mas não para por aí! Com uma equipe de secretários extremamente preparados, o prefeito Bruno Pereira conseguiu implantar no município o Procon, além de trazer diversos cursos de qualificação profissional, que são oferecidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

IMG-20190316-WA0000

Empregos em São Lourenço – O prefeito Bruno Pereira vem se articulando não apenas no meio político. O chefe do Executivo conseguiu trazer para São Lourenço da Mata a indústria MOR, que irá gerar mais de 800 empregos. Com isso, o gestor, em tempos de crise, assegurou postos de trabalho para os cidadãos de São Lourenço.

Municipalização – A gestão de São Lourenço da Mata também está implantando a municipalização do trânsito, um desejo antigo dos moradores, que permitirá à prefeitura gerir o segmento de modo a assegurar mais qualidade para os usuários. E em breve, o prefeito também abrirá concurso para a Guarda Municipal, que ajudará na gestão do trânsito.

Poder Legislativo – Além do aliado, vereador Cícero Pinheiro, presidente da Câmara Municipal, Bruno Pereira também conta com o apoio do deputado estadual Guilherme Uchoa Júnior (PSC), na Assembleia Legislativa. O lastro forte que o prefeito montou o ajudará não apenas na gestão, mas na política – 2020 é logo ali.

 

IMG-20190316-WA0001

Todos bem! – Aos amigos preocupados, o deputado federal Danilo Cabral explicou que seu acidente, ontem, não passou de um grande susto. O carro com o parlamentar bateu em uma boiada que atravessava a pista, em Betânia. “Graças a Deus, apesar da gravidade do acidente, ninguém sofreu nada. Para os que têm fé, como eu, foi um livramento divino”. Amém!

Curtas

ESTOCADOS – Um sucesso a audiência pública promovida pelo vereador Alcides Teixeira Neto, ontem, na Câmara do Recife, para tratar da climatização dos ônibus que circulam na capital pernambucana. Durante o ato, foi revelado que 60 ônibus com ar-condicionado encontram-se estocados nas garagens da empresas. E por que essa turma não os bota pra rodar? Que mesquinhez!

ENTROSAMENTO – Dando aula de entrosamento em inúmeras ocasiões, os governadores do Nordeste se uniram em prol de um “manifesto” contra as propostas do Bolsonaro. O grupo, por exemplo, ataca pontos da reforma da Previdência, embora considere o debate “necessário”, e defende o controle de armas.

MARIELLE – Em Caruaru, a avenida que dá acesso à Universidade Federal de Pernambuco passou a se chamar vereadora Marielle Franco. Daniel Finizola foi o autor da proposição .

Perguntar não ofende: E Luciano Bivar, está mergulhado ainda?

IMG-20190315-WA0083

O deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) assumiu como titular, esta semana, duas importantes comissões temáticas na Câmara: a de Finanças e Tributação (CFT) e a de Esportes. O parlamentar também vai integrar a suplência da Comissão de Integração Nacional de Desenvolvimento Regional e da Amazônia, importante fórum para debater propostas para o Nordeste e, em especial, para Pernambuco.

Em uma de suas participações na CFT, uma das mais almejadas na Casa e onde já atuou, por onde passam as principais decisões econômicas, destaca-se o Projeto de Lei de sua autoria, aprovado pelo plenário da Câmara e sancionado pela Presidência da República, que garantiu à Caixa Econômica Federal recursos para a continuidade de programas sociais como o Bolsa Família, obras do PAC e o Minha Casa, Minha Vida. Na legislatura passada, Fernando Monteiro teve grande atuação nessa comissão, sendo, inclusive, coordenador da bancada do seu partido.

Em seu primeiro mandato, o deputado federal também fez parte da Comissão de Esportes, onde foi relator da CPI do Futebol. “Os avanços vêm ocorrendo dia após dia nessa jornada que me foi entregue pelos pernambucanos. Continuarei a representar o meu Estado mostrando trabalho e levando as suas necessidades para a Casa para a qual fui eleito”, afirma Fernando Monteiro.

IMG-20190315-WA0082
Quinta feira 14/03/2019 o PASTOR EURICO foi recebido pelo novo Presidente Nacional da EBSERH em Brasília-DF, General OSWALDO FERREIRA e seu Vice Coronel EDUARDO VIEIRA.
Como o deputado é um grande defensor desse modelo de Administração dos Hospitais Universitários, o mesmo não mede esforços em prol do bom desempenho dessa empresa em favor da população.
Como grande apoiador dos hospitais de uma forma geral para onde são destinadas o maior percentual de suas emendas parlamentar, o PASTOR EURICO elogia os brilhantes serviços prestados à sociedade pelos Hospitais Universitários em todo Brasil.
Quando a EBSERH foi criada em dezembro de 2011, muita gente não entendeu e até se posicionaram contra, mas com o passar do tempo, está provado que essa modalidade administrativa só traz resultados positivos.
Como sempre o faz, há poucos dias o deputado visitou o Hospital das Clínicas de
PERNAMBUCO, visando junto à competente administração da EBSERH local do Dr FREDERICO e equipe, ver algumas demandas para que na condição de parlamentar possa empreender esforços junto ao Governo Federal e MInistério da Educação, por mais investimentos nos Hospitais Universitários.
O PASTOR EURICO, como deputado ligado à base do Presidente BOLSONARO, diz acreditar que com a nova visão de desenvolvimento que está sendo implantado pelo Presidente da República, os resultados positivos estarão acontecendo em todos os aspectos e instâncias da sociedade.
Concluiu o deputado parabenizando a nova Presidência Nacional da EBSERH,
pela maestria, seriedade e competência na atual gestão.
(Assessoria de Imprensa
ZAP do deputado
81 9 9968 4784)

IMG-20190315-WA0079
Os sete governadores dos Estados do Nordeste criaram um consórcio que visa consolidar ações conjuntas para todos os Estados da Região. O documento que cria a entidade foi assinado durante encontro no Palácio dos Leões, em São Luiz, sede do governo maranhense, o segundo realizado este ano.
O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), entende que a consolidação das ações para o Nordeste é um passo importante, que permitirá aos Estados atuarem com mais inteligência em temas fundamentais para o desenvolvimento social, econômico e para a garantia do meio ambiente da Região.
Câmara disse que o Consórcio Nordeste vai proporcionar a todos os gestores mais celeridade, economicidade, eficiência e gestão no trato dos recursos públicos. “”Não vamos deixar de discutir o fundamental, que é o futuro da nossa Região, do nosso país, diante de tanta instabilidade que vem ocorrendo nos últimos anos, e que continua a se perpetuar. Temos muitas discussões nacionais a serem enfrentadas, e o Nordeste quer contribuir, como sempre contribuiu, para a melhoria do Brasil. É preciso se fazer a verdadeira discussão sobre o Pacto Federativo, e não é simplesmente propondo desvinculação de orçamentos que se vai rediscutir de verdade a relação entre Governo Federal, Estados e municípios””.
De acordo com o gestor pernambucano, a questão das compras compartilhadas será facilitada e vai baratear custos para os Estados nordestinos. “”A escala nos mostra isso: quando se faz compras maiores e se tem uma amplitude de previsibilidade, um planejamento adequado, ganha todo mundo””.
Durante o encontro os governadores também fincaram posição contrária à flexibilização do Estatuto do Desarmamento.
O governador da Bahia, Rui Costa (PT), escolhido como o primeiro presidente do Consórcio Nordeste, com mandato de um ano, ressaltou a relevância da entidade. ““Esse consórcio será uma grande ferramenta de gestão e compartilhamento de projetos e ideias, de apoios mútuos, como recentemente fizemos no Ceará. Uma grande ferramenta de redução de custos para cada Estado”. Vai ser possível fazer licitações em várias áreas para compra conjunta de itens comuns a todos os Estados, o que garante a redução dos preços.
REFORMA DA PREVIDÊNCIA – Além do Consórcio Nordeste, outro tema delicado da pauta nacional discutido pelos governadores nordestinos foi a Reforma da Previdência. “
Paulo analisou o assunto que está sendo tratado no Congresso Nacional, ressaltando que se precisa aprofundar as discussões. “Tem questões relacionadas à aposentadoria do trabalhador rural e ao BPC (Benefício de Proteção Continuada) que vão contra o interesse da população mais pobre. Isso precisa ser discutido, porque as regras têm que estar maduras e é preciso olhar o Brasil como um todo. Não dá para ver apenas um sentido, como se tudo fosse igual e não tivéssemos um País tão grande, com tantas regiões e com tanta desigualdade””.
O governador adiantou que existem diversos pontos a serem analisados e discutidos para serem apresentados aos congressistas, listando dois pontos do texto questionados pelos gestores nordestinos: a capitalização e a desconstitucionalização” da reforma.

IMG-20190315-WA0077

IMG-20190315-WA0052
O prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Associação Municipalista de Pernambuco, José Patriota, articulou um encontro dos prefeitos e representantes de diversos segmentos da economia do estado com a bancada federal pernambucana – o evento acontecerá na sede da Amupe, com data ainda a ser confirmada. O dirigente foi ao município de Bom Conselho, nesta quinta (14), participar, junto com os prefeitos da região, de uma reunião de trabalho onde foram apresentados os principais problemas do segmento responsável pela principal cadeia produtiva local, os produtores de leite. A meta de Patriota é envolver os parlamentes e outros agentes políticos na luta para reerguer esse e outros setores.

“Os produtores rurais fizeram um resumo do sofrimento, da agonia, da caminhada. Eu fico pensando como é difícil trabalhar os sete dias da semana – quem é produtor tem que cuidar todo dia. Apesar da seca, apesar do leite importado, apesar dos incentivos fiscais, apesar da falta de incentivo, vocês são uns heróis, uns guerreiros. Parabéns aos produtores e produtoras que estão de pé! O desafio é grande, o movimento está bonito, mas tem que manter a organização permanente. Essa discussão tem que ser constante”, pontuou José Patriota.

O presidente da Amupe explicou que não há emprego de incentivo mais barato que o do campo, cujo retorno do investimento por parte dos governos é mais garantido. “E o caráter distributivo, vários produtores, várias propriedades, várias famílias, vários municípios beneficiados. A gente precisa rever para estruturar uma política institucional, regional e estadual (de incentivos). Precisa de organização permanente. Essa força não pode ser no momento do aperto; tem que ficar permanentemente mobilizado; assessorado tecnicamente com argumentos fortes. É preciso ter sempre essa vigilância. O produtor precisa continuar se modernizando, aperfeiçoando e se juntando para fazer aquilo que é preciso”, defendeu Patriota.

IMG-20190315-WA0054

Também participaram do encontro os prefeitos Dannilo Godoy (Bom Conselho), Débora Almeida (São Bento do Una/secretária da Mulher da Amupe), Luiz Aroldo (Águas Belas/conselheiro fiscal da Amupe), Osório Filho (Pedra), Walmir do Leite (Paranatama), Nogueira (Calçados), Ednaldo Peixoto (Jucati), Marcelo Neves (Palmerina), Tonho de Lula (Iati), Douglas Duarte (Angelim), Cristiano Martins (Quipapá), Neide Reino (Capoeiras) e Ulias Leal (Alagoinha); além dos ex-prefeitos Sandoval Cadengue (Brejão) e João Mendonça (Belo Jardim) e do secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto. O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos, Hugo Wanderley, foi à Bom Conselho especialmente para o ato, junto com outros prefeitos do estado.

Fechar