Posts da Categoria: Blog

 PARLAMEN TO JOVEM

Após o lançamento do edital da 9ª edição do Parlamento Jovem do Recife, alguns candidatos alegaram problemas para participar do projeto no legislativo municipal. Segundo um dos candidatos, a comissão que avalia o processo seletivo teria invalidado algumas candidaturas no ato da inscrição ao não apresentarem, segundo a própria comissão, os documentos exigidos na forma prevista no regulamento. De acordo com o edital, as inscrições consideradas inválidas teriam prazo regimental para serem reavaliadas – o que não foi feito.

 

Ainda segundo relatos de alguns candidatos, a comissão avaliadora exigiu que o comprovante de residência estivesse no nome dos candidatos, motivo que desclassificou diversas inscrições. Porém o edital exige apenas um comprovante simples, não especificando a nominalidade. Eles entraram com recurso sobre o caso, adicionando comprovantes de residências e atendendo, assim, as solicitações da listagem preliminar, mas não obtiveram resposta da comissão, permanecendo indeferidos.

O Estatuto da Juventude, Lei Federal 12.852 de 5 de agosto de 2013, deixa explícito no capítulo II dos direitos dos jovens, seção I, do direito à cidadania, à participação social e à representação juvenil, no seu artigo 4, que o jovem tem direito à participação social e política e na formulação, execução e avaliação das políticas públicas de juventude. O que vem acontecendo no processo de escolhas no projeto Parlamento Jovem do Recife é totalmente o contrário a tudo isso que é previsto em lei.

ENTENDA

Identificado como advogado (sem OAB), ex-vereador jovem, que participou do projeto em 2017, Brivaldo Jatobá, sentou à mesa durante a sessão que executaria a eleição com os candidatos e a comissão, no dia 10 de maio. Dizendo “aqui não é lugar de quem não tem acesso à informação”, ele apreciou juridicamente a resolução do parlamento e proferiu entendimentos quanto ao edital. Brivaldo Jatobá apoiou Wanderson Florêncio para deputado estadual em 2018 e hoje está como  vice-presidente do PODEMOS, querendo agora ter o apoio de Wanderson para realizar o sonho de ser vereador do Recife. Vale lembrar que o irmão de Wanderson, Wéberson Florêncio, é o atual presidente da sigla.

Às vésperas da sessão que iria definir os eleitos, circulava por alguns blogs locais e nas redes sociais que o ex-vereador, autor do requerimento no período que puxou o projeto, hoje deputado estadual, Wanderson Florêncio, manteve de forma ilegal as fichas de inscrição (que deveriam estar na Câmara Municipal) em seu gabinete. Na Assembleia Legislativa de Pernambuco – ALEPE, integrantes da comissão trabalham para Wanderson Florêncio e, de forma parcial, tentam montar palco político para eleger seu irmão vereador do Recife.

Em nenhum momento, o deputado estadual Wanderson Florêncio e a Comissão eleitoral da 9ª edição do Parlamento Jovem do Recife se pronunciaram a respeito, contemplando daí a plena e absoluta omissão e consentimento aos fatos.

IMG-20190519-WA0086

Produzidas há mais de 25 anos, as comidas típicas já viraram tradição no período de São João. Em Caruaru, são as Comidas Gigantes atraem os turistas que visitam a cidade durante o todo o mês de junho. Este ano, serão preparadas mais de 40 pratos. O cardápio junino já começa a ser servido a partir do próximo dia 22 de maio. Já no dia 1° de junho, iniciando os festejos, será feito os maiores chocolate quente e cozido de milho na manteiga de garrafa, na Praça Geraldo Borba, no bairro de Petrópolis.

Um calendário oficial foi montado unificando as atividades das entidades União dos Criadores das Comidas Gigantes, Associação dos Idealizadores das Comidas Gigantes e Movimento dos Idealizadores das Comidas Gigantes, que realizam o evento em parceria com a prefeitura.

Confira o calendário completo abaixo

22 de maio

Dia Municipal das Comidas Gigantes

Indianópolis, às 19h.
1º de Junho

Maior Chocolate Quente

São João da Escócia, às 18h.
1º de Junho

Maior Cozido de Milho na Manteiga de Garrafa

Praça Geraldo Borba, Petrópolis, às 20h.
02 de Junho

Tareco e Mariola

Vassoural, às 15h.
03 de Junho

Festa da Batata Doce

Vila do Jacaré, Gonçalves Ferreira, às 19h.
08 de Junho

Maior Quentão

Cidade Alta, às 18h.
09 de Junho

Maior Cuscuz do Mundo

Av. Leão Dourado, entrada da Vila do Aeroporto, às 13h.
11 de Junho

Maior Caldinho

São João da Escócia, às 18.
13 de Junho

Bolo de Milho Gigante

Indianópolis, às 18h.
13 de Junho

Maior Dobradinha

Boa Vista 2, às 20h.
14 de Junho

Arraiá do Pão Doce

Salgado, às 20h.
14 de Junho

O Maior Queijo de Coalho Assado do Mundo

Vila Andorinha, às 18h.
14 de Junho

Maior Pé de Moleque

Rendeiras, próximo ao Parque Ambiental, às 18h.
15 de Junho

Festa da Polenta

Bairro São Francisco, às 20h.
15 de Junho

Maior Bolo de Rolo

Salgado, às 20h.
15 de Junho

Maior Tapioca

Rendeiras, às 18h.
16 de Junho

Maior Assado de Milho

Santa Rosa, às 16h.
16 de Junho

Festa da Macaxeira

Onde? Vila Campos/Distrito Industrial, às 16h.
18 de Junho

Maior Pipoca

Rendeiras, às 18h.
18 de junho

Maior Arrumadinho de Charque

São Francisco, às 18h.
19 de junho

Maior Bolo de Tapioca

Salgado, às 18h.
20 de Junho

Maior Bolo de Saia

Cidade Jardim, às 18h.
22 de Junho

Bolo Barra Branca

Salgado, às 19h.
23 de Junho

Mesa Junina

Onde? Sítio Lajes, às 16h.
23 de Junho

Maior Cuscuz Temperado

São João da Escócia, às 15h.
24 de Junho

Maior Broa de Milho

Divinópolis, às 20h.
24 de Junho

Maior Festa do Beiju

Condomínio Residencial Luiza Bezerra Torres, às 15h.
27 de Junho

Maior Bolo de Macaxeira

Divinópolis, às 18h.
28 de Junho

Festival do Milho

Sítio Murici, às 18h.
28 de Junho

Salgadinho Gigante

Salgado, às 20h.
29 de Junho

Maior Quarenta

Onde? Santa Rosa, às 16h.
29 de Junho

Festa do Munguzá

14 de julho, Centro, às 15h.
29 de Junho

Mata Fome Gigante

São João da Escócia, às 19h.
29 de Junho

Pela Jegue

Salgado, às 15h.
30 de Junho

Maior Cozido de Milho

Indianópolis (parte alta), às 16h.
30 de Junho

Festa da Paçoca

Jardim Panorama, às 15h.
30 de Junho

Maior Bolo de Trigo do Mundo

Rendeiras, às 15h.
1º de julho

Maior Pamonhada do Mundo

Bairro Petrópolis, às 19h.
06 de julho

Maior Caldinho de Feijão Preto

São João da Escócia, às 19h.
06 de julho

Maior Munguzá do Sertão

São João das Escócia, às 19h.
13 de Julho

Maior Canjica

Sítio Peladas, às 18h.
14 de Julho

Xerém com Galinha

Vila do Rafael, às 15h.

Fonte: Diário de Pernambuco

IMG-20190519-WA0084
O STF ainda tem na pauta quatro ações que podem gerar gastos extras para o governo de R$ 140 bilhões.

Elas envolvem discussões sobre o Fundef (fixação de valor mínimo nacional), LRF (repartição de receita), TR x inflação (precatórios) e Filantrópicas (benefícios fiscais).

Na quinta-feira, o STF decidiu pela constitucionalidade da URV (atualização monetária), evitando um prejuízo de R$ 2,4 bilhões para a União.

IMG-20190519-WA0083

O governador Paulo Câmara lança, nesta segunda-feira (20.05), no Palácio do Campo das Princesas, o Programa Caminhos de Pernambuco, o maior Programa de Reestruturação da Malha Viária Estadual já proposto. Com o objetivo de garantir segurança e conforto à população, a iniciativa conta com um investimento de R$ 505 milhões até 2022, e já no primeiro ano de atuação vai requalificar cerca de dois mil quilômetros de rodovias.

O Programa busca otimizar a gestão da manutenção do pavimento, priorizando ações de manutenção corretiva e preventiva, voltadas para a garantia da trafegabilidade nas estradas, além de maior durabilidade ao pavimento. O foco está nos serviços de capinação, desobstrução dos dispositivos de drenagem, requalificação asfáltica, além de sinalização vertical e horizontal. Ao longo de dois meses, cerca de 50 profissionais percorreram todos os 5.554,5 km das estradas pavimentadas do Estado para fazer o diagnóstico a partir do levantamento das necessidades de cada rodovia.

As ações começam nesta segunda-feira pela BR-232, com 200 profissionais atuando simultaneamente nos 130km que compreendem o trecho Recife – Caruaru nos dois sentidos. Em menos de um mês, haverá frentes de trabalho em todas as regiões, totalizando 24 equipes. A mobilização envolverá, anualmente, o trabalho de 1.248 profissionais, além de um conjunto de 638 máquinas, como escavadeiras, patrols, caminhões basculantes, entre outros.

As ações propostas foram resultado de análises técnicas que indicaram o tipo de material e intervenção necessárias para cada situação identificada nas estradas. Para otimizar os serviços, as rotas foram traçadas de acordo com a logística de cada região, levando em conta o escoamento de produção, rota turística e, inclusive, fatores climáticos, para a definição do calendário de execução das obras.

IMG-20190518-WA0014

Pouco mais de R$ 620 milhões será o montante referente  2º decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) a ser dividido pelos 5.568 Entes locais. O crédito será realizado na próxima segunda-feira, 20 de maio, e já é levado em consideração o desconto de 20% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, sem o desconto do Fundeb, o montante chegará a R$ 775 milhões.

A área de Estudos Técnicos da Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que no 2º decêndio, a base de cálculo é dos dias 1 a 10 do mês corrente. Esse decêndio geralmente é o menor do mês e representa em torno do 20% do valor esperado para o mês inteiro.

De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), esse 2º decêndio, comparado com mesmo decêndio do ano anterior, apresentou crescimento de 4,90% em termos nominais – valores sem considerar os efeitos da inflação. O acumulado do mês, em relação ao mesmo período do ano anterior, teve crescimento de 7,91%.

Quando o valor do repasse é deflacionado, levando-se em conta a inflação do período, comparado ao mesmo período do ano anterior, o crescimento é de 0,36%. A soma do 1º e 2º decêndio mostra que o fundo está em crescimento de 3,24% dentro do mês, se comparado ao mesmo período de 2018, levando-se em conta a inflação.

Acumulado do ano
Com relação ao acumulado do ano, verifica-se que o valor total do FPM vem apresentando crescimento positivo. O total repassado aos Municípios no período de janeiro até o 2º decêndio de maio de 2019, apresenta crescimento de 9,57% em termos nominais (sem considerar os efeitos da inflação) em relação ao mesmo período de 2018. Ao considerar o comportamento da inflação, observa-se que o FPM acumulado em 2019 registra crescimento de 5,08% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Alerta CNM
O FPM, bem como a maioria das receitas de transferências do País, não apresenta uma distribuição uniforme ao longo do ano. Quando avaliamos mês a mês o comportamento do fundo nos repasses realizados pela Receita Federal, nota-se que ocorrem dois ciclos distintos. No primeiro semestre estão os maiores repasses do FPM (fevereiro e maio), mas no outro ciclo, entre os meses de julho a outubro, os repasses diminuem significativamente, com destaque para setembro e outubro.

Conforme análise da série histórica do FPM, os repasses nos cinco primeiros meses do ano representa uma entrada elevada de recursos nas contas municipais. É importante nestes meses, que os gestores municipais mantenham cautela em suas gestões e fiquem atentos ao gerir os recursos municipais. A Confederação ressalta que é preciso planejamento e reestruturação dos compromissos financeiros das prefeituras para que seja possível o fechamento das contas.

Você, gestor, pode conferir o valor do 2º decêndio que será creditado para seu Município nas tabelas divulgadas pela entidade com informações por coeficientes e por Estado.

Veja aqui o estudo completo e os valores por Município.
Por: Mabilia Souza

Da Agência CNM de Notícias

IMG-20190517-WA0136

Trabalhando incansavelmente pela necessidade de se rever pontos importantes na Reforma da Previdência, o deputado federal Fernando Monteiro (PP) esteve nesta sexta-feira (17) em mais uma audiência pública sobre o tema, desta vez em Araripina, no Sertão do Araripe. O parlamentar tem se mostrado um dos mais atuantes nas discussões sobre o assunto, sendo enfático sobre sua posição contrária ao modelo proposto.

Afrânio, João Alfredo, Jupi, Buíque, Santa Cruz do Capiberibe, Pedra e Petrolina, com entrevistas nas rádios locais e participações em audiências públicas, além de debate em São Paulo realizado pelo Movimento Política Viva, são as agendas mais recentes em uma lista grande de suas participações em discussões sobre o tema.

Em seus pronunciamentos semanais na Comissão de Finanças e Tributação (CFT), onde o deputado é titular, Fernando Monteiro é taxativo sobre a importância de se debater pontos importantes sobre o modelo de contribuição dos trabalhadores brasileiros. “O Brasil precisa de uma reforma na Previdência Social, mas não esta que se apresenta”, atesta.

Na CFT o parlamentar apresentou requerimento, aprovado pela Comissão na última semana, convocando o ministro da Economia, Paulo Guedes, que deverá apresentar detalhes da proposta em audiência no próximo dia 4. Em caso de convocação, o ministro é obrigado a comparecer

“Precisamos de dados concretos, de esclarecimentos detalhados. Enquanto uma proposta desfavorecer quem mais precisa, ela não é justa. Nosso país precisa de uma reforma para a Previdência que seja mais do que um ajuste para equilíbrio fiscal e que preserve seu caráter de previdência social solidária. Precisamos de equilíbrio social”, defende o pernambucano.

Foto: Juana Carvalho/Divulgação.

IMG-20190517-WA0107

Por Ricardo Antunes

O Jornal O Globo, na sua edição de quarta-feira (15) , tentou ironizar o fato do novo presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, ser sanfoneiro e dono de uma banda de forró eletrônico chamada Brucelose, mas não é bem assim.

Além de sanfoneiro, o novo presidente da empresa brasileira de turismo também é médico veterinário, navegador internacional, pescador, mergulhador, empresário pecuarista,empresário de radiofusão,piloto de avião, produtor de eventos e etc.

Ele colocou no currículo até o nome da sua esposa e do seu filho.Trata-se da “Dra” Sarita Pessoa de Melo, e de Gilson Machado que tem apenas 21 anos.

Confiram aqui o currículo completo que o seu assessor de comunicação Osvaldo Matos, distribuiu depois da nota do colunista Lauro Jardim:

Membro da comissão de transição do Meio Ambiente

Secretário de Florestas do Ministério do Meio Ambiente

• Empresário Turístico em São Miguel Dos Milagres Alagoas (Hotel de Charme) e Porto de Galinhas Pernambuco (Flat)

• Membro do Trade Turístico da Rota dos Milagres.

• Membro do Convention de Maragogi.

Experiência de Viagens:

• Conhece mais de 30 países e Velejou comandando embarcações por vários Mares.

• Piloto Privado pelo aeroclube de Pernambuco.

• Empresário de Comunicação ,Radiodifusão e Eventos.

• Compositor e Músico Profissional.

• Apresenta programa semanal Turismo em Foco nas rádios Maragogi AL e Gravatá PE.

• Diretor executivo do Sindicato Nacional do Coco.

• Produtor Rural em Alagoas e Tocantins.

• Completou ensino fundamental na Concord High School Indiana Usa.

• Fluente em Inglês e Espanhol.

Casado há 21 anos com a Médica Cardiologista Dra Sarita Pessoa de Melo.

Tem um Filho de 21 anos, Gilson Machado estudante de Internacional Businnes na San Diego State University. Religião Cristã.

Empresário Pecuarista no Tocantins.

Empresário de radiodifusão em Pernambuco e Alagoas

Empresário de Agronegócios em Alagoas

Empresário de entretenimento e cultura nacional

Navegador internacional, pescador e mergulhador e Ecoturista habitual.

IMG-20190517-WA0083
O secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, elogiou a nomeação do pernambucano Gilson Machado Neto para a presidência do Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur). O empresário ocupava a chefia da Secretaria de Ecoturismo do Ministério do Meio Ambiente.

“Quero parabenizar Gilson Neto e desejar a ele boa sorte na missão de ajuda a fomentar o Turismo no Brasil. Pernambuco vai trabalhar em conjunto com a Embratur; tenho certeza que faremos muitas parcerias no sentido de desenvolver e interiorizar o Turismo no nosso estado”, destacou Rodrigo Novaes.

IMG-20190517-WA0079

Em pouco mais de quatro meses de governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) indicou o terceiro presidente do Instituto Brasileiro de Turismo, a Embratur. Bolsonaro preferiu uma solução caseira e escolheu o atual secretário de Ecoturismo do Ministério do Meio Ambiente, Gilson Machado Neto, para o cargo.

Empresário pernambucano, Gilson Neto é amigo pessoal do presidente e trabalhou na transição como coordenador do grupo temático de turismo. O nome do pernambucano chegou a ser cotado para assumir o Ministério do Turismo, comandado pelo deputado federal licenciado Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), alvo de investigação sobre supostas candidaturas laranjas.

Nas últimas eleições, o novo presidente da Embratur tentou ser candidato a senador pelo PSL, mas o partido preferiu integrar a coligação encabeçada pelo ex-senador Armando Monteiro Neto (PTB) e sua postulação acabou preterida.
Na última sexta-feira (10), o ex-presidente da Companhia de Turismo do Rio de Janeiro (Turisrio), na gestão do ex-governador Antônio Pezão (MDB), Paulo Senise foi nomeado para a presidência da Embratur. Segundo o Blog de Lauro Jardim, Senise foi pego de surpresa com a anulação da sua nomeação enquanto já despachava no cargo. Ele foi o nome escolhido para substituir a ex-deputada Tetê Bezerra, que comandava a autarquia desde do governo Michel Temer (MDB).

Ela pediu demissão do cargo, que assumiu em maio de 2018, no último dia 28 de março, não informando o motivo da decisão. Em transmissão no Facebook no mesmo dia, Bolsonaro disse que mandou demitir a ex-presidente após tomar conhecimento de um jantar no valor de R$ 290 mil, que seria patrocinado pela Embratur.

 

Fonte: blog do Jamildo

IMG-20190516-WA0125

Os policiais e bombeiros militares de Pernambuco que se encontram na reserva, reformados ou aposentados, podem ganhar data comemorativa. A proposta surgiu após solicitação do presidente da Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), Alberisson Carlos, entregue ao deputado estadual Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB).

A proposta do líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, altera a Lei nº 16.241 de 2017 e inclui no calendário oficial de datas comemorativas do estado o dia do Veterano, que deve ser celebrado em 14 de março.

O veterano, conforme disposição do Projeto de lei complementar, também de autoria do deputado Marco Aurélio, será o termo destinado a tratar exclusivamente dos servidores que integram a Corporação da Polícia e Bombeiros Militares de Pernambuco, que até então foram denominados de inativos, e que durante anos desempenharam diversas atribuições ao estado de Pernambuco.

Para Albérisson Carlos a importância do projeto está na valorização desses profissionais, “embora o projeto não traga nenhuma melhora salarial para o policial e bombeiro militar por estar na condição de veterano, promove o reconhecimento ao servidor que dedicou sua vida durante 30 anos ou até mais. A proposta retira essa taxação de inativo, que remete a alguém inutilizável”, argumentou.

O dia escolhido trata-se de uma homenagem ao ex-policial mais antigo de Pernambuco, que em junho 1936 ingressou na Polícia Militar. Seu Andrelino nasceu em 18 de março de 1914, no município de Cabrobó, no Sertão de São Francisco, Pernambuco.

O líder da oposição na Alepe, Marco Aurélio, acredita que “o termo veterano representa adequadamente os militares e servidores civis que se encontram na reserva, reformados ou aposentados. Por outro lado o termo inativo representa uma pessoa desocupada, lenta ou preguiçoso”.

A proposta está em processo de tramitação na Alepe, passando nas comissões de Constituição, Legislação e Justiça, de Administração Pública e também na de Educação e Cultura, para emitir parecer. Em seguida o Projeto de Lei passará por votação em Plenário.

Fechar