Posts da Categoria: Blog

IMG-20180523-WA0028
Governador inaugurou, nesta segunda-feira, a nova sede da prefeitura municipal, além da quadra poliesportiva da

EREM Miguel Pellegrino e entregou um ônibus para uso escolar

 

A nova sede da Prefeitura Municipal da Jaqueira foi inaugurada em uma solenidade que contou com a participação do governador Paulo Câmara (PSB), o prefeito Marivaldo Andrade (PT) e muitas autoridades políticas e empresariais da cidade, além de grande número de populares. A nova sede da prefeitura foi instalada no prédio do antigo Clube Municipal e contou com um aporte de R$ 603. recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM)

IMG-20180523-WA0026

Na oportunidade, Paulo também deu por inaugurada nova quadra poliesportiva coberta da Escola de Referência em Ensino Médio Miguel Pellegrino, beneficiando cerca de 600 estudantes. Ainda foi entregue um ônibus para uso escolar no município. “Temos a satisfação de inaugurar esse prédio bonito, a nova sede da Prefeitura Municipal, que vai atuar com vários serviços, ajudando muito a vida de quem demanda serviços à prefeitura e quer ter acesso ao seu prefeito. Parabéns ao município pela forma como fizeram esse prédio. Uma obra que contou com recursos do FEM e que, com certeza, vai dar condições melhores para a prefeitura e para toda a população aqui de Jaqueira”.

Paulo ainda fez questão de ratificar seu compromisso em trabalhar por um Pernambuco melhor e mais igual para todas as regiões. “Estamos fazendo o que precisa ser feito. Não tenho dúvidas que Pernambuco vai ser o primeiro Estado a sair dessa crise e vai olhar para a frente, ajudando o seu povo, ajudando os seus prefeitos, as suas prefeitas e, ao mesmo tempo, dando condição, emprego, renda e serviços públicos de qualidade para toda a sua população”.

EDUCAÇÃO – A nova quadra coberta da Escola de Referência em Ensino Médio Miguel Pellegrino, construída através do Programa Quadra Viva, conta com uma área total de 627,00 metros quadrados, com estrutura em arco metálico e dimensões de 19 x 33 metros. O investimento da obra foi na ordem de R$ 223 mil reais. Na ocasião, também foi entregue um ônibus escolar adaptado para atender aos estudantes portadores de necessidades especiais da região.

De acordo com o secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, até o final deste ano, serão entregues um total de 200 quadras em diversas regiões do Estado. “O Programa Quadra Viva tem em seu planejamento a construção de 200 quadras cobertas em escolas. Nós já entregamos mais de 50 quadras, como é o caso da Miguel Pellegrino. Temos ainda, nesse momento, 70 quadras em construção. E até o final do ano, a gente vai finalizar com mais 80 quadras, totalizando esse conjunto de 200 quadras cobertas espalhadas pelas diversas regiões do estado. Um equipamento importante, não só para as práticas esportivas, mas também para atividades culturais da escola e também como um espaço de convivência dos estudantes”, disse.

Representando a população jaqueirense, o prefeito Marivaldo Andrade agradeceu a parceria e o apoio do Governo do Estado. “Eu queria falar da minha alegria, hoje, por estar recebendo esse ônibus, todo equipado, adaptado para deficientes, mas também para outras necessidades das crianças. Ficamos muito felizes também por inaugurar a nova sede, um equipamento inovador, com muitos espaços físicos para atender a população e dar o conforto para que a gente possa continuar com as melhores condições de trabalho, para a nossa população e toda a nossa equipe”.

Participaram do ato o deputado federal João Fernando Coutinho, os deputados estaduais Simone Santana e Aluísio Lessa, os secretários executivos Marcelo Canuto, da Casa Civil, e Adilson Filho, do Planejamento e Gestão, os prefeitos Josibias Cavalcanti, de Catende, Altair Júnior, de Palmares, Marcelo Maranhão, de Ribeirão, Juninho Amorim, de São Benedito do Sul, Agnaldo Inácio, de Jurema, e Luiz Aroldo, de Águas Belas).
Fotos: Aluisio Moreira/SEI

IMG-20180523-WA0027

 

IMG-20180523-WA0025
O empreendedor social Antonio Souza, pré-candidato ao Senado pela Rede, prestigiará a posse do novo diretório estadual do PTC, comandado pelo ex-vereador de Araripina José Reginaldo, o Zé Bolacha. O ato, a ser realizado nesta quinta-feira (24), no RioMar Trade Center, a partir das 15h, contará com a presença do presidente nacional do PTC, Daniel Tourinho.

No encontro, serão debatidos os cenários políticos estadual e federal para 2018, bem como a reforma política e a nova legislação eleitoral. O PTC já declarou apoio oficial à pré-campanha de Antonio Souza, assim como o PPL, PRP, PROS e PMN, além da Rede. Único pré-candidato que tem apresentado propostas, Antonio Souza já conta com seis partidos no seu bloco de forças.

“Faço questão de ir ao ato do PTC parabenizar os amigos Daniel Tourinho e Zé Bolacha, pela grande construção que eles estão comandando à frente do partido em Pernambuco. Vamos percorrer todos os recantos do nosso estado junto com a Rede, PTC e as outras legendas da nossa coligação, levando a nossa mensagem em prol de um Pernambuco melhor para se viver”, afirmou Antonio Souza.

 

IMG-20180523-WA0020
Várias obras estruturadoras para o desenvolvimento socal e econômico da Zona da Mata Sul e muito importantes para a população do município de Ribeirão e imediações foram inauguradas pelo Governo do Estado. Foram entregues a nova unidade da Academia Pernambuco e a requalificação do Parque Esportivo Vila da Cohab.

O governador assinou ainda, a ordem de serviço para as obras de adequação de um campo de futebol e construção de uma quadra poliesportiva no município. Também foi autorizada a licitação para substituição da rede de distribuição de água local, e um convênio para desapropriação de imóvel onde será construído um novo hospital municipal.

Paulo Câmara disse estar satisfeito com as ações. “Hoje, realizamos várias atividades aqui, na Mata Sul, e o intuito era justamente esse: ter a oportunidade de estar presente, conversar com as pessoas, dizer o que o Governo está fazendo. E, ao mesmo tempo, fazer obras que dialogam e vão de acordo com o que a gente quer pro futuro. Vim a Ribeirão e vi que a cidade está no caminho certo. Entregamos a academia, que vai ajudar pessoas a praticar esportes e cuidar da saúde. Vamos iniciar obras de água para que a água chegue em mais casas, e vamos viabilizar a desapropriação do terreno para fazer com o que o hospital daqui seja restaurado e entregue ao município e possa atender as pessoas que aqui moram. Enfim, vamos continuar trabalhando para construir um Pernambuco que queremos, com qualidade, dignidade e cidadania”.

A nova unidade da Academia Pernambuco, situada dentro do Parque Esportivo Vila da Cohab, conta com 25 equipamentos, instalados em uma área de 250 metros². No local, podem ser realizadas atividades como Musculação, Crossfit, Balance, Aeróbica, Step, Hiit, Ginástica Laboral, Abdominais e Alongamento. A equipe de trabalho é composta por quatro pessoas: três professores e um recepcionista. Já o local onde serão implantados o campo de futebol e a quadra poliesportiva está localizado a menos de 2 km do Centro de Ribeirão. A obra possui um terreno de 13.099,74 m², sendo 10.836,03 m² de área para o Campo de Futebol com arquibancada, vestiário iluminação; e 2.263,71 m² para quadra Poliesportiva com vestiários, alambrado e 28 vagas de estacionamento. Para as obras das duas estruturas, será investido cerca de R$ 1 milhão, com prazo de conclusão de seis meses.

Para secretária estadual de Turismo, Esporte e Lazer, Manuela Marinho, as entregas significam mais oportunidades e bem estar para a população. “Hoje é um dia de muita alegria, em que estamos entregando mais um equipamento, mais uma Academia Pernambuco, prova de que a população pede e o Governo de Pernambuco atende. É a oitava Academia Pernambuco que entregamos. E isso é mais saúde, lazer e mais emprego para a população. Também assinamos a Ordem de Serviço da qualificação do campo de futebol, onde terá vestiários, arquibancadas e quadra poliesportiva. Daqui a 6 meses, queremos voltar aqui e inaugurá-lo com vocês”.

O mesmo sentimento foi compartilhado pelo prefeito de Ribeirão, Marcello Maranhão. “Quando fui ao Recife e vi aquela academia pública na praia de Boa Viagem, comecei a sonhar com uma igual aqui para o nosso povo. Um equipamento que as pessoas mais humildes possam usar e praticar seus exercícios em um ambiente de qualidade. E hoje somos contemplados com uma unidade, que já conta com 400 pessoas inscritas”.

FEM – A requalificação do Parque Esportivo Vila da Cohab contou com recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), no valor de R$ 140 mil, através de emenda parlamentar apresentada pelo deputado Pedro Serafim Neto. A intervenção contemplou a reforma das áreas recreativas e implatação uma uma quadra.
SAÚDE – Ainda no município, Paulo anunciou a declaração de interesse público para desapropriação do Hospital Geral Prof. Clóvis de Azevedo Paiva, para futura gestão municipal. Trata-se de um imóvel privado, onde já funcionou um hospital municipal por mais de 40 anos, mas atualmente encontra-se desocupado. No último dia 10 de maio, foi publicado no Diario Oficial o Decreto n. 45.986, de 9 de maio de 2018, assinado pelo governador, declarando a área do antigo hospital como de utilidade pública, para fins de desapropriação. O terreno tem aproximadamente um hectare e fica às margens do KM 81 da BR-101. O objetivo é aumentar e melhorar o atendimento público hospitalar no município com a instalação de um novo hospital municipal no local.
ABASTECIMENTO – Também foi autorizado o início do processo licitatório para as obras de substituição da rede de distribuição do centro da cidade. A intervenção vai contar com um investimento de R$ 96 mil, beneficiando 800 habitantes.

Também prestigiaram as solenidades, o deputado federal Felipe Carreras, o deputado estadual Aluísio Lessa, o prefeito de Cortês, Reginaldo Morais, os secretários Fred Amâncio, da Educação, Iran Costa, da Saúde, Marcelo Canuto, executivo da Casa Civil, Adilson Filho, executivo de Planejamento e Gestão, e Diego Perez, executivo de Esportes, e o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Fotos: Aluisio Moreira/SEI

IMG-20180523-WA0022IMG-20180523-WA0023IMG-20180523-WA0024IMG-20180523-WA0021

IMG-20180522-WA0038

Pré-candidata ao governo de Pernambuco pelo PT, a vereadora do Recife Marília Arraes, que registra 15,5% das intenções de voto, percentual semelhante ao do atual governador Paulo Câmara (PSB) que deseja a reeleição, ganhou força com a decisão de Lula de se lançar candidato ao Planalto; apesar disso, ela corre o risco de ver sua candidatura limada em função da possibilidade de uma aliança nacional entre PT e PSB; presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), já sinalizou que as pendências em Pernambuco sejam resolvidas internamente pelo próprio diretório pernambucano

Pernambuco 247 – Pré-candidata ao governo de Pernambuco pelo PT, a vereadora do Recife Marília Arraes ganhou uma força com a decisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que mesmo estando preso em Curitiba, em fincar o pé e manter-se como pré-candidato à Presidência da República. Esta decisão breca, de certa forma, a composição de alianças estaduais que visam um plano B na disputa pelo Planalto e o reforço dos palanques estaduais. apesar de ter chances reais de disputar um eventual segundo turno com governador Paulo Câmara (PSB), Marília pode acabar fora da disputa em função da possibilidade de uma aliança entre o PSB e o PT em nível nacional.

Prima do ex-governador Eduardo Campos e neta do ex-governador Miguel Arraes, Marília tem 15,5% das intenções de voto, segundo pesquisa do Instituto Múltipla, percentual semelhante ao do atual governador que deseja a reeleição, e à frente do senador Armando Monteiro Neto (PTB), que tem 14,5%. Apesar do desempenho surpreendente, a pré-candidatura de Marília, porém, vem enfrentando resistência de setores internos do próprio PT, especialmente do senador Humberto Costa (PE), que deseja uma aliança com o PSB.

Para a vereadora, o PSB, que vem tentando uma aproximação com o PT, está buscando uma aliança visando ter acesso ao tempo de televisão e a força política que Lula mantém no Estado. “Eles [o PSB] começaram a ficar desesperados para se aliar ao PT e, de quebra, retirar uma candidatura que vai para o segundo turno e ameaça o projeto de poder que eles têm no Estado”, disse Marília ao jornalista Raymundo Costa, do Valor Econômico.

Apesar de se apresentar como a candidata do Lula, e da defesa da militância em torno de sua pré-candidatura, Marília é realista ao avaliar que uma aliança nacional poderá levar ao fim de sua corrida pelo Palácio do Campo das Princesas. “Creio que tem sim uma vontade de fazer uma aliança nacional com o PSB, que o PSB apoie o candidato do PT à Presidência”, disse. “O que a direção nacional nos diz é que temos que agrupar na construção da candidatura própria aqui”, completou.

Para ela, o “objetivo da candidatura da gente é fazer a denúncia do que está acontecendo no Brasil, todas as candidaturas do PT têm como orientação fazer essa denúncia e defender o presidente Lula. Essa será uma campanha mais política do que eleitoral. O eleitoral vai ser consequência do trabalho político que for feito”.

Internamente, em nível nacional, o PT avalia como difícil um possível apoio do PSB, especialmente no primeiro turno. Desta forma, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), já sinalizou que as pendências em Pernambuco sejam resolvidas internamente pelo próprio diretório pernambucano.

O assunto deverá ser resolvido em definitivo até o próximo dia 10 de junho, quando o PT promove um encontro estadual visando bater o martelo em relação às alianças e, também, sobre ter ou não uma candidatura própria ao Governo do Estado.

Fonte Brasil 247

IMG-20180522-WA0010

Também condenado no mensalão, Genu foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) em um processo da Lava Jato. Pena é de 9 anos e 4 meses.

A juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal de Curitiba, determinou a prisão do ex-tesoureiro do PP João Claudio Genu. A TV Globo confirmou que ele se entregou a polícia nesta segunda-feira (21) e está no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para cumprir a pena de 9 anos e 4 meses.

Também condenado no processo do mensalão, Genu foi condenado em outubro do ano passado pelo Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4), responsável pelos processos da Lava Jato em segunda instância.

Inicialmente, o juiz federal Sérgio Moro havia condenado Genu a 8 anos e 8 meses de prisão por corrupção passiva e associação criminosa. O ex-assessor do PP recorreu ao TRF-4, que aumentou a pena.

Genu recorreu, novamente ao TRF-4, mas teve o pedido negado. Com isso, foi decretada a prisão dele. Desde 2016 o Supremo Tribunal Federal (STF) entende que a pena pode começar a ser cumprida após condenação na segunda instância da Justiça.

Suspeitas

Ao condenar o ex-tesoureiro do PP, Sérgio Moro escreveu na sentença que “a propina paga a João Cláudio de Carvalho Genu foi de pelo menos R$ 3.120.000,00″.

A vantagem indevida, acrescentou o juiz, foi acertada em contratos da Petrobras com a diretoria de Abastecimento da Petrobras.

Crimes ‘graves’

Na decisão, a juíza Gabriela Hardt afirma: “Tratando-se de crimes de gravidade, inclusive corrupção e lavagem de dinheiro, com produto do crime não recuperado, a execução após a condenação em segundo grau impõe-se sob pena de dar causa a processos sem fim e a, na prática, impunidade de sérias condutas criminais”.

Em outro trecho da decisão, ela acrescentou que, “como se não bastasse, um dos condenados, recebeu vantagem indevida, com enriquecimento pessoal, enquanto estava sendo julgado pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal na Ação Penal 470, em afronta aquela Corte Suprema e a ilustar a necessidade de iniciar o cumprimento da pena por seu efeito dissuasório”.

Gabriela Hardt conclui a decisão informando que a defesa de Genu já apresentou recursos ao Superior Tribunal de Justiça e ao Supremo Tribunal Federal, o que não têm efeito suspensivo, ou seja, não impede a prisão do ex-tesoureiro do PP.

Na decisão, a magistrada pede que Genu seja transferido para Curitiba.

Fonte: G1

IMG-20180522-WA0009

Pedido de informação está relacionado a inquérito que apura supostas irregularidades em repasses da Odebrecht para Jarbas entre 2009 e 2011

O Ministério Público Federal (MPF) vai pedir ao Senado dados sobre a aplicação das emendas parlamentares do deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB) em 2009, 2010 e 2011, anos em que ele exerceu mandato na Casa. O pedido é relativo a um inquérito que apura supostas irregularidades em repasses da empreiteira Odebrecht para o emedebista. As informações são da revista Época.

O inquérito foi aberto com base nas delações premiada de ex-executivos da Odebrecht, como João Antônio Pacífico, que terá que prestar depoimento. Ele era superintendente regional da empresa no Nordeste e responsável pelas suas operações na Região.

Resposta

Procurada pelo JC, a assessoria de comunicação de Jarbas informou que ele ainda não foi notificado, mas, por iniciativa própria, tem levantado informações sobre as suas emendas parlamentares durante todo o período em que foi senador, para repassar ao MPF. A assessoria afirmou também que todos os repasses das emendas foram feitos dentro das regras previstas no Orçamento Geral da União.

Fonte : Jornal do Comércio

IMG-20180521-WA0122

Os governadores dos Estados do Nordeste e de Minas Gerais debateram e elaboraram uma Carta Aberta endereçada ao presidente da República, Michel Temer, ao Congresso Nacional e à sociedade, mostrando seus posicionamentos contrários ao projeto de privatização da Companhia Hidro-elétrica do São Francisco (CHESF) e apresentando propostas para enfrentamento dos problemas econômicos, sociais e políticos que a Região vem enfrentado, especialmente agravados pelos seis anos de seca que assolou a maioria dos municípios..

Os gestores estão apostando no poder do diálogo e da união na construção de um País mais justo e equilibrado, para defender temas cruciais para o desenvolvimento da região. Sob a coordenação do governador Paulo Câmara (PSB), o “9º Encontro dos Governadores do Nordeste – mandato 2015/2018”, que aconteceu no Palácio do Campo das Princesas,no Recife, apresentou uma carta aberta que contempla, entre outros pontos, a posição do grupo contra a privatização da ELETROBRÁS e da CHESF, além de reivindicações específicas nas áreas sociais, como o Programa de Aquisição de Alimentos e o Sistema Único de Assistência Social.

Paulo Câmara disse que o documento mostra unidade da região nordestina e de Minas Gerais em favor do Brasil, em favor da democracia, mas, principalmente, em favor do debate, da transparência. “Na defesa de modelos sociais e econômicos que nós vimos dar certo em períodos passados e recentes, e que nós gostaríamos muito que fossem retomadas as discussões. Porque a sociedade brasileira exige isso, discussões sérias em melhoria da qualidade dos serviços públicos”, afirmou Paulo Câmara, ressaltando:  “Temos uma posição clara, tanto dos governadores do Nordeste quanto do governador de Minas Gerais, contra a privatização da Eletrobrás e da Chesf. O Rio São Francisc o, que nasce no Estado de Minas Gerais, é o rio da integração”.

Ele fez questão de ressaltar a importância do Rio São Francisco para o Nordeste, pontuando o futuro papel de sua transposição e o impacto que a possibilidade de privatização causará na vida de milhões de nordestinos e brasileiros. “Ele é responsável, hoje, por sistemas econômicos de irrigação em vários locais do Nordeste brasileiro e, ao mesmo, com a obra da conclusão da transposição do rio São Francisco, será um ponto fundamental de equilíbrio hídrico para a nossa região. Esse projeto visa privatizar a vazão do rio São Francisco e fazer com que uma área tão estratégica e que tem uma função social e eco nômica tão fundamental para os nordestinos esteja num processo de discussão sem transparência, acelerado. E nós não podemos permitir. Isso vai encarecer a conta de luz de milhões de brasileiros, e não tem nenhuma contrapartida que vá garantir nenhum tipo de sustentabilidade em relação ao rio”.

DOCUMENTO – Na carta, os governadores lembram que  a criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública – mediante Medida Provisória – “ocorreu sem prévia discussão com os Estados e atende, em parte, aos anseios do povo, mas cabe ressaltar que sua eficácia se encontra na estrita dependência da definição de seu orçamento e da extensão de suas ações em todo o território nacional, sem o que teremos, apenas, mais uma estrutura burocrática na Capital Federal.”

O texto diz ainda que as administrações estaduais seguem “aguardando, ainda, a definição dos critérios da Linha de Financiamento da ordem de R$ 42 bilhões, prometida no último dia 9 de março, em reunião ocorrida no Palácio do Planalto, sem que nenhum dos Estados da Federação tenha logrado êxito no acesso a esses recursos, mesmo já transcorridos mais de 60 dias desde seu anúncio.”

Paulo Câmara acentuou ainda que governadores têm a responsabilidade de lutar por esse debate, na busca de que valores democráticos federativos estejam garantidos diante de um quadro de muita preocupação por que passa o nosso País. questões tributárias e financeiras no âmbito federativo também foram questionadas durante a reunião. “Fizemos um debate importante sobre o financiamento da Saúde, que também está presente nas pautas de todos os Estados e municípios brasileiros. Falamos sobre o contingenciamento de recursos do Sistema Único de Assistência Social, que tem atingido a classe mais vulnerável da população. Tratamos também de questões federativas que estão nos preocupando, principalmente a forma de repartição dos impostos, que está sendo feito, no nosso entendimento, de maneira incorreta”.

Ao final do encontro, o chefe do Executivo estadual defendeu que as medidas tratadas são essenciais para a retomada do crescimento econômico da região, assim como para a melhoria dos serviços públicos prestados.

Participaram da reunião os governadores Wellington Dias, do Piauí, Camilo Santana, do Ceará, Rui Costa, da Bahia, Ricardo Coutinho, da Paraíba, Robinson Faria, do Rio Grande do Norte, e Fernando Pimentel, de Minas Gerais. Prestigiaram o encontro, o senador Humberto Costa, os deputados federais André de Paula, Luciana Santos, Danilo Cabral e Tadeu Alencar; os deputados estaduais Guilherme Uchoa (presidente da Assembleia), Isaltino Nascimento (líder do Governo) e Lucas Ramos; e secretários estaduais.

 

IMG-20180520-WA0093

Evento foi realizado em apoio à pré-candidatura de Marília Arraes ao governo. Petistas afirmam que Humberto tem trabalhado a favor da aliança com o PSB.

Defensor da aliança entre PT e PSB em Pernambuco, o senador Humberto Costa foi vaiado no evento em apoio à pré-candidatura da vereadora do Recife Marília Arraes, na capital, neste domingo (20). As vaias foram durante o discurso do secretário nacional de cultura do PT, Marcos Tavares, que citou uma entrevista do parlamentar em que ele advoga pelo apoio aos socialistas no Estado.

Se o partido decidir pela aliança, Humberto Costa pode ter espaço na chapa majoritária de Paulo Câmara para disputar a reeleição ao Senado. A outra vaga deve ser de Jarbas Vasconcelos (MDB), opositor histórico do PT.

O partido marcou para 10 de junho um congresso para decidir se haverá candidatura própria ou aliança. Trezentos delegados vão votar. Além de Marília, se colocaram como pré-candidatos o deputado estadual Odacy Amorim e o militante petista José de Oliveira.

Resposta

Em resposta as vaias ao seu nome durante o evento, Humberto afirmou que é um movimento normal. “Em muitos encontros do PT, muita gente já recebeu vaia, isso é normal, isso reflete o acirramento que tem nessa discussão, não vejo nenhum problema”, minimizou. “Além do mais, é uma parte da militância que estava lá, outra parte não estava e não agiria dessa maneira”.

Humberto Costa é um dos defensores da aliança entre PT e PSB. As vaias foram durante o discurso do secretário nacional de cultura do PT, Marcos Tavares, que citou uma entrevista do parlamentar em que ele advoga pelo apoio aos socialistas no Estado.

Marília Arraes afirmou que não ouviu a frase que provocou as vaias e não poderia opinar. “Tentamos conduzir a militância para o respeito à opinião divergente”, disse, no entanto. A vereadora também negou que o PT esteja dividido. “O que há é uma divergência de opinião em relação à melhor tática a ser utilizada”, explicou.

Fonte blog do Jamildo

IMG-20180520-WA0092
Os pré-candidatos ao Senado pela Rede Sustentabilidade, Antônio Souza e Pastor Jairinho, reuniram-se, neste domingo (20), no Recife, para traçar os próximos passos da pré-campanha de ambos.

“Estamos alinhados no rumo do desenvolvimento de Pernambuco. As adesões à pré-campanha da Rede mostram que estamos no caminho certo. Vamos seguir juntos neste caminho”, destacou Antonio Souza.

IMG-20180520-WA0075

Com caravanas vindas dos mais diversos municípios do estado, apoiadores das candidaturas de Lula à presidência e Marília Arraes ao Governo do Estado lotam o Clube Internacional, no Recife, na manhã deste domingo (20).

Com discursos inflamados correligionários e simpatizantes  da candidatura da petista à governadora não pouparam críticas àqueles que defendem uma aliança com o PSB.

Um dos momentos que marcou o evento foi quando o nome do senador pernambucano Humberto Costa foi citado. Em tom de reprovação a multidão levantou vaias e gritos de protestos dando um sinal claro de que a atitude do senador petista em levar o PT para uma aliança com o PSB é reprovada pelos militantes do partido.

Escrito por Wellington Ribeiro

Fechar