Posts de Revista Total

IMG-20180801-WA0162

Com apoio total da Prefeitura de Ouricuri através da Coordenadoria de esportes, a Seleção de Vôlei de Ouricuri se apresenta pela primeira vez em uma competição realizada na cidade de Belém do São Francisco, competição que reuniu Equipes de várias regiões de Pernambuco e Estados vizinhos, com o resultado que levou ao TERCEIRO lugar, todos que fazem parte da seleção, estão otimistas e sonham ir mais longe. O Coordenador Paulo Amando, fala que: o esporte de Ouricuri está dimensionando muito e garante que o que for possível para alavancarmos o nosso esporte não vai medir esforços.

“Esses resultados são frutos de um trabalho sério e de muita dedicação por parte da equipe da Coordenadoria de Esporte, com total apoio da Administração Municipal, onde o Prefeito Ricardo Ramos não mede esforços para todas as modalidades. Parabéns a todos da comissão técnica e também, mais especialmente ainda, às atletas pelo ótimo desempenho demonstrado durante toda a Copa de Voleibol Feminino”, destaca o Coordenador.

IMG-20180801-WA0161

A Prefeitura de Ouricuri – PE iniciou o estudo de Trânsito para melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas que residem ou estão de passagem pelo Município.

Elementos como acessibilidade, ciclovias, ciclofaixas, transportes públicos e complementares, regulamentação das vias, calçadas, conscientização de pedestres e motoristas, entre outras questões relativas à circulação de pessoas, veículos e cargas, poderão ser contempladas no estudo.

A etapa inicial consiste na coleta de informações do maior número possível de pessoas por meio de pesquisas públicas. Haverá duas maneiras de realizar o levantamento: presencial e online através do site da Prefeitura Municipal (www.ouricuri.pe.gov.br). Pessoalmente, alguns funcionários da Secretaria de Transporte farão a pesquisa com munícipes de diversos bairros.

As perguntas são relacionadas ao cotidiano dos cidadãos em relação ao trânsito, transporte utilizado e sobre o sentimento da população para com a mobilidade urbana. Após a realização do levantamento das informações, a Prefeitura irá promover ações de melhorias no tráfego, com campanhas educativas e de sensibilizações. Contamos com a ajuda de todos para que possamos fazer um trânsito melhor. Afinal, NÓS SOMOS O TRÂNSITO, então pare e dê atenção à vida!

IMG-20180801-WA00863º Seminário de Comunicação da AIP discute

Avanços Tecnológicos na Comunicação

Com o objetivo de promover encontros com profissionais das várias áreas da comunicação para trocar experiências e conhecimentos sobre as mudanças e os avanços tecnológicos dos meios de comunicação, a Associação da Imprensa de Pernambuco – AIP, realiza no dia 25 de agosto, o 3º Seminário AIP – A Comunicação Contemporânea e os Desafios das Novas Tecnologias, no Hotel Intercity Suape Costa Dourada, no município do Cabo de Santo Agostinho.

O evento contará com nomes como o presidente da Empresa Pernambuco de Comunicação/TVPE Gustavo Almeida, o jornalista e apresentador na Rede Globo Nordeste Marcio Bonfim, a jornalista e apresentadora da TV e Rádio Jornal Graça Araújo, o assessor de imprensa da Policia Federal em Recife Giovani Santoro, o desembargador do TRE/PE Delmiro Campos, entre outros.

De acordo com a diretora de comunicação da AIP, a jornalista e coach de comunicação Andréa de Carvalho: “com os avanços tecnológicos e com a globalização, estamos sendo desafiados a entender e participar dessa realidade, da notícia em tempo real e mudar nossos comportamentos, visualizando novas estratégias, novas formas de planejar e otimizar ao máximo os recursos de maximização da produtividade”.

Para o presidente da entidade Múcio Aguiar, o evento além de promover o encontro com profissionais de comunicação para trocar experiências e conhecimentos, a Associação da Imprensa de Pernambuco também quer identificar as necessidades desses profissionais para uma ação mais efetiva do trabalho que a AIP vem realizando no interior do estado.

Para encerrar o evento o comunicador Geraldo Freira vai contar um pouco da sua trajetória no rádio e fará o lançamento do seu livro “O que eu disse e o que me disseram”.

O evento é gratuito e aberto ao público. Faça já a sua inscrição.

Data: 25 de agosto de 2018

Local: Hotel Intercity Suape Costa Dourada / Cabo de Santo Agostinho

Horário: Das 8h às 20h

PROGRAMAÇÃO

8h – Credenciamento

9h – Abertura

9h30 – 1ª mesa: A TV e a Comunicação Interativa

Gustavo Almeida (EPC / TV Pernambuco)

Márcio Bonfim (TV Globo Nordeste)

Edson Fly (Caranguejo Uça)

12h00 – Intervalo (Almoço)

13h00 – 2ª mesa: Jornalismo Contemporâneo e o Futuro da Imprensa

Graça Araújo (TV e Rádio Jornal)

Arnaldo Carvalho(Jornal do Commercio)

Jacques Barcia (Futuring.Today)

15h15 – Intervalo (Coffee Break)

15h45 – 3ª mesa: Fake News: como combater essa realidade nas redes sociais

Delmiro Campos (Desembargador Eleitoral / TRE-PE)

Giovani Santoro (Policia Federal em Recife)

Maria Luiza Borges (Sistema Jornal do Commercio)

18h- Encerramento – Geraldo Freire fala sobre carreira no rádio.

19h – Lançamento do Livro “O que eu disse e o que me disseram” do comunicador Geraldo Freire

 

 

IMG-20180801-WA0083Em um momento político bastante difícil para o nosso país, onde a democracia tem sido cada dia mais ferida pelos processos antidemocráticos. Assistimos em Pernambuco o circo dos horrores patrocinado pelo PSB, que dar ao povo de Pernambuco um mau exemplo de gestão da segurança pública, da gestão das nossas estradas a exemplo da PE-45, entre Vitória de Santo Antão e Escada, como a falta de compromisso com os professores da rede pública estadual, entre outras incongruências deste governo.
É triste vermos uma pessoa da envergadura política da vereadora Marília Arraes, ser rifada por seu próprio partido, que voltou a cena após as sua postulação, e ser agora o algoz de sua não candidatura. É inadmissível que partidos que não conseguem andar com as suas próprias pernas tenham que chantagear outros partidos, para se manterem vivos em seus projeto de poder, como verdadeiros zumbis da política Brasileira. O PSB de Pernambuco e o PT Nacional dão um mau exemplo para democracia brasileira, ao negociarem pelas costas a retirada de duas candidaturas competitivas, como a do ex-prefeito Márcio Lacerda (em Minas), e a da vereadora Marília Arraes (em Pernambuco), por negociatas frias, sujas, e truculentas.
Como pernambucanos temos que dar um grande Não! A esses que querem se manter no poder a todo custo, por terem medo de ir para o voto, isso por não haver fôlego eleitoral suficiente em si próprio, ou por se sentirem ameaçados em perder o poder.
Quem não tem medo de cair, não anda!
Aos pré-candidatos toda a solidariedade, que independente de alinhamento político, ou filiação partidária, devemos ter para com o outro, em um país onde a democracia deve ser plena, plural e para todos!
Força Marília! Vale a luta pela democracia!
Sãnnchyllys Oliveira da Silva – Professor, Jornalista, e Porta Voz da Rede Sustentabilidade em Escada-PE

IMG-20180801-WA0076O Partido dos Trabalhadores, por meio de resolução do Diretório Nacional de dezembro de 2017, decidiu conferir prioridade absoluta à candidatura do companheiro Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República.

A primazia do projeto nacional nas eleições de 2018 foi reiterada em sucessivas resoluções do Diretório Nacional e da Comissão Executiva Nacional, orientando e vinculando a este projeto as alianças nos estados.

Com o objetivo de fortalecer a unidade do campo popular em torno da candidatura Lula, e na perspectiva de construir as condições políticas para que uma aliança progressista governe o país a partir de janeiro de 2019, a direção do PT desenvolveu intenso diálogo com outros partidos, prioritariamente PSB e PCdoB, com os quais temos vínculos históricos.

PSB e PCdoB estão entre os cinco partidos que assinaram conosco, por meio das fundações partidárias, o manifesto programático Unidade para Reconstruir o Brasil. Nestas eleições, já estamos juntos na Bahia, Acre, Ceará e Maranhão, e trabalhando para constituir alianças no maior número possível de estados.

O PT entende que a unidade do campo popular é necessária para superarmos a profunda crise do país, reverter a agenda do golpe e retomar o projeto de desenvolvimento com inclusão, onde o povo e os trabalhadores voltem a ser o centro das ações de governo.

Nessa perspectiva, o PT decide incorporar-se às campanhas em que esses aliados históricos disputam governos estaduais, criando as condições para ampliar nacionalmente o apoio à candidatura Lula.

Diante disso, a Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores, com base no Artigo 159 do Estatuto do PT e cumprindo as resoluções do Diretório Nacional sobre a candidatura do companheiro Lula à Presidência da República, resolve, como diretriz estabelecida por esta instância:

Apoiar, nos estados do Amazonas, Amapá, Paraíba e Pernambuco, os candidatos a governador do PSB, assim como já apoiamos a candidatura do PCdoB no Maranhão;
Formalizar este apoio por meio da integração do PT às respectivas coligações majoritárias;
Formalizar o convite ao PROS para integrar a coligação nacional em torno da candidatura Lula.
Brasília, 1º. de agosto de 2018

Comissão Executiva Nacional do PT

Posição do Solidariedade é indicativo de que Luciana Santos não será a vice de Paulo Câmara

IMG-20180801-WA0078

Após reunião dos mandatários do Solidariedade com o governador e pré-candidato à reeleição pelo PSB, Paulo Câmara, na tarde desta quarta-feira (1), o partido anuncia oficialmente que integra a Frente Popular no pleito de 2018. O grupo jamais saiu da base do governo de Pernambuco e democraticamente defendeu o seu espaço na atual administração, afim de afinar as coligações necessárias e proteger seus mandatos e candidatos. A comunicação entre as partes foi garantida, de forma a superar todas as questões colocadas.
De acordo com o deputado federal, pré-candidato à reeleição e líder do Solidariedade em Pernambuco, Augusto Coutinho, é importante destacar que em hora alguma o partido esteve fora do governo. “Houve muita especulação, mas o trabalho que realizamos foi o de escuta ativa para que pudéssemos alinhas expectativas e espaços sempre tendo em mente o que é melhor para o estado – e foi pensando no que acreditamos ser o melhor para a população que investimos nessa união”, declarou. No início da noite desta quarta-feira, o parlamentar declinou os convites realizados pelo grupo de oposição, cumprimentando o pré-candidato Armando Monteiro Neto.
O Solidariedade conta atualmente com dois deputados federais, um estadual, três prefeitos, cinco vice-prefeitos e 57 vereadores em Pernambuco, e pretende aumentar a participação em todas as esferas a partir de 2019. A convenção que oficializará os nomes que concorrerão às eleições deste ano será realizada no sábado (4), às 11h, na sede do partido, na Rua da Saudade, no Recife.

Blog ponto de vista

‘Ainda temos algum tempo’, afirmou candidata sobre hipótese de união dos partidos de esquerda ainda no primeiro turno. ‘Se surgir alguma novidade nesse sentido, seguimos entusiastas’, disse.

O PCdoB confirmou nesta quarta-feira (1º) a candidatura de Manuela D’Ávila à Presidência da República durante convenção do partido na Câmara dos Deputados, em Brasília. Ex-deputada federal e ex-vereadora, Manuela D’Ávila é deputada estadual no Rio Grande do Sul.

Em discurso durante a convenção, Manuela D’Ávila, defendeu a unidade dos candidatos considerados de esquerda. Depois, em entrevista, foi indagada sobre a hipótese de figurar como vice em uma chapa encabeçada por candidato de outro partido.

“A nossa candidatura, desde que foi colocada em 18 de novembro, sempre defendeu a unidade do nosso campo político. Fizemos um conjunto de apelos públicos e ainda temos algum tempo. Se surgir alguma novidade nesse sentido, seguimos entusiastas”, afirmou.

Nas últimas sete eleições presidenciais, desde 1989, o PCdoB integrou a coligação encabeçada pelo PT e apoiou como candidatos os petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Ela criticou a prisão do ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva, que classificou como parte de uma perseguição.

Todos os candidatos oficializados a presidente da República
“De toda essa perseguição o ponto mais alto é a prisão do presidente Lula. Lula está preso porque lidera as pesquisas. Lula está preso porque, solto, venceria as eleições. Nossa candidatura sempre carregou o Lula Livre, porque não queremos só a liberdade dele, queremos fazer valer a Constituição”, discursou.

Lula da Silva foi preso em 7 de abril, depois de ser condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP). Lula se diz inocente.

“Eu sou candidata porque nós acreditamos na necessidade de, durante os próximos 60 dias, não baixarmos a bandeira da defesa da liberdade de Lula, preso injustamente por esse estado de exceção”, afirmou.

Sobre um vice, Manuela afirmou que deve esperar até o fim do prazo para a definição. “O vice também estamos discutindo internamente. Vamos esperar o limite”, disse.

A candidata lembrou que esta é a terceira vez que a legenda disputa a eleição para a Presidência em quase 100 anos de existência. Afirmou que essa candidatura é “a construção da saída para a grave crise que o país enfrenta”.

“Nossa candidatura é a construção da saída da grave crise que nosso país enfrenta. Seremos aqueles que dialogaremos com as mulheres e homens e diremos que é inadmissível abrir mão do nosso país e deixar de votar”, afirmou.

IMG-20180801-WA0073

Propostas
Entre as propostas que apresentou durante o discurso, a candidata do PCdoB manifestou intenção de:

Realizar referendo com objetivo de revogar a reforma trabalhista;
Realizar reforma tributária que isente os mais pobres de pagar tantos impostos;
Onerar atividade especulativa, taxar juros e dividendos;
Realizar reforma da segurança pública;
Fazer valer o Plano Nacional de Educação aprovado pelo Congresso;
Retomar o crescimento da economia de maneira sustentável;
Preservar e fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS);
Trajetória
Manuela D’Ávila é jornalista e deputada estadual pelo Rio Grande do Sul desde 2015. Antes, ela foi deputada federal pelo Rio Grande do Sul por dois mandatos consecutivos, de 2007 a 2015. Foi ainda vereadora de Porto Alegre, de 2005 a 2008.

Ela disputou ainda duas vezes a Prefeitura de Porto Alegre, mas não foi eleita. Em 2012, ficou em segundo lugar. Em 2008, obteve 121.232 votos e ficou em terceiro lugar.

Ingressou no PCdoB em 2001 e, em 2013, foi eleita presidente estadual do partido. Manuela também integrou a União da Juventude Socialista (UJS) e a União Nacional dos Estudantes (UNE).

Fonte G1

IMG-20180801-WA0058

O deputado tem 20% das intenções de voto, mas é o tucano que tem somado 1 ponto percentual por mês à sua taxa
São Paulo – Pesquisa divulgada nesta quarta-feira (1) pelo DataPoder360 mostra que sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa eleitoral, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) é quem lidera a preferência do eleitorado para a presidência.

De acordo com o levantamento, que ouviu três mil pessoas por telefone entre os dias 25 e 28 de julho, o parlamentar tem 20% das intenções de voto, mas enfrenta rejeição de 65% dos brasileiros.
Depois de Bolsonaro, vêm Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB), com 13% e 9% das intenções de voto, respectivamente.

Apesar de se manter na liderança, a intenção de voto do deputado federal do PSL oscilou para baixo nos últimos meses. Na sondagem realizada em maio, por exemplo, ele tinha 25%.
[1/8 12:44] Marcelo Tim: O DataPoder360 destaca que a principal concorrência de Bolsonaro hoje é Alckmin (PSDB), que desde maio somou 1 ponto percentual por mês à sua taxa de intenção de voto: em maio, o tucano tinha 7%, passou a 8% em junho e foi a 9% em julho.

Em tempo: Uma pesquisa divulgada ontem pelo Paraná Pesquisas mostra um cenário diferente. Segundo o Instituto, Marina Silva e Ciro Gomes, tecnicamente empatados em segundo lugar, disputariam uma vaga para o segundo turno em uma disputa contra Bolsonaro Veja o desempenho dos candidatos
Candidato Intenção de Voto
Jair Bolsonaro 20%
Ciro Gomes 13%
Geraldo Alckmin 9%
Marina Silva 6%
Fernando Haddad 5%
Alvaro Dias 4%
Branco/nulo 33%
Não sabe/não respondeu 10%
A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O registro da pesquisa no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-09828/2018

IMG-20180731-WA0097
​O profissional de Marketing Lucas Sales está sendo escolhido para fazer parte da equipe que fará a campanha política do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), na disputa pela Presidência da República. Lucas Sales é um profissional de grande qualidade técnica e no ano passado, foi homenageado pela Revista TOTAL como Destaque do Ano, como profissional de Marketing.
​Lucas Sales tem excelente formação profissional tendo se formado na Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo, em Marketing e Publicidade, tendo estudado ainda no SENAI SP, onde formou-se em Tecnologia da Informação, com especialização em Tecnologia para Internet, e na Escola Técnica estadual de São Paulo. Como profissional, trabalhou na LBA Shop e na Focus Telecom Brasil.
​Em entrevista exclusiva ao Blog Revista TOTAL, Lucas disse ter ficado lisonjeado com o convite para fazer parte da equipe que vai conduzir a campanha do presidenciável, adiantando que existem muitos profissionais qualificados no País. Adiantou que terá muito trabalho, pois a próxima campanha ao Palácio do Planalto será acirrada, tendo em vista o grande número de candidatos que estão sendo lançados pelos partidos políticos.
​Avaliou que Jair Bolsonaro é um político que já tem grande experiência no Congresso Nacional e que vem sendo motivo de intensa polêmica por conta de seus posicionamentos diretos e sem subterfúgios. “Esperamos conseguir êxito em nosso trabalho”, asseverou.

​O diretor presidente da TOTAL, Marcelo Mesquita, disse que Lucas Sales é um profissional de altíssimo e lembrou que ele é o único profissional especializado em campanhas eleitorais, que derrotou o ex-governador Eduardo Campos ao eleger duas vezes Júlio Lóssio prefeito de Petrolina, derrotando ainda o clã dos Coelhos, inclusive Fernando Bezerra Coelho, à época ministro de Estado.

IMG_20180731_194915

Por Marcio Maia

IMG-20180801-WA0008“Percebemos que deveríamos entrar no mercado brasileiro com uma proposta abrangente que compreenderia não somente motores, mas foguetes e planos de modernização de cosmódromo. Algum tempo atrás, foi realizada uma rodada de negociações. Agora a bola está no campo brasileiro. Eles pegaram um tempo para pensar”, assinalou Abruzov.

Ele frisou que as conversações abrangeram foguetes das classes leve e média.
Arbuzov recordou que até hoje os dois países fecharam uma série de protocolos e memorandos, inclusive documentos no que toca à participação da Rússia no desenvolvimento do centro de lançamento de Alcântara.

Em 1984, o Brasil iniciou o desenvolvimento do foguete leve VLS-1, mas os dois primeiros lançamentos acabaram por falhar, sendo seguidos por um terceiro lançamento no qual o foguete deu partida antecipada, causando a morte de 21 especialistas devido à explosão.

Em 2003, o Brasil e a Ucrânia fecharam um acordo de cooperação que previa o lançamento comercial de satélites através de foguete de classe média Cyclon. Contudo, os atrasos nos prazos e as capacidades tecnologias insuficientes fizeram com que o governo brasileiro interrompesse a parceria com a Ucrânia em 2015.

Fechar