Posts de Revista Total

IMG-20180424-WA0004

Os protocolos de operação de barragens de contenção de cheias para os próximos meses, quando ocorre o período mais chuvoso no Estado, foram definidos durante reunião entre os diversos órgãos com a coordenação da Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC).

A ação envolve, além da agência, a Secretaria Executiva de Recursos Hídricos (SERH), vinculada à Secretaria de Planejamento e Gestão, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), a Coordenadoria de Defesa Civil (Codecipe), o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER) e o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).

Foram definidos os protocolos de operação para os reservatórios das barragens de Jucazinho, Carpina, Glória do Goitá e Tapacurá, na bacia do Rio Capibaribe; e de Serro Azul, na bacia do Rio Una. Jucazinho é operada pelo DNOCS, enquanto que Carpina e Glória do Goitá, apesar de pertencerem ao Ministério da Integração Nacional, são operadas pela Compesa. Já Serro Azul é operada pela SERH.

Entre os protocolos definidos estão abertura e fechamento de comportas para o controle dos níveis, interdição de estradas, alertas e mobilização das populações ribeirinhas, que serão acionados caso sejam ultrapassadas as cotas pré-estabelecidas pela APAC para cada reservatório.

Ficou definido que compete à APAC, que é o órgão responsável pelo monitoramento dos rios e das chuvas, definir todos os procedimentos operacionais relativos a essas barragens.

O diretor-presidente da APAC, Marcelo Asfora, explicou que as ações preventivas são de grande relevância. “Reunimos representantes desses órgãos para definir todos os protocolos e assim atravessarmos este período chuvoso com a maior segurança possível e mantendo a população sempre bem informada, já que o papel do Estado é deixar as pessoas seguras”.

Além de operar esses reservatórios de modo a controlar ou minimizar uma possível enchente, a definição desses protocolos também tem como objetivo chegar ao fim do período chuvoso com o maior volume possível de água acumulada para que se possa ter conforto em relação ao abastecimento de água. Nos próximos 15 dias, a APAC irá se reunir com a Defesa Civil do Estado e dos municípios para identificação e monitoramento dos pontos críticos dos rios no intuito de minimizar o impacto para as populações locais em caso de inundações.

JUCAZINHO – Durante a reunião, o diretor-geral do DNOCS, Angelo Guerra, anunciou a contratação das empresas que irão realizar a supervisão e as obras de recuperação e melhorias dos vertedouros laterais e da bacia de dissipação da Barragem de Jucazinho, localizada no município de Surubim. Segundo ele, os recursos federais, que somam R$ 39 milhões, já estão assegurados por meio do Programa de Recuperação de Barragens e a obra terá a duração de 12 meses. Essas obras complementam as já realizadas pelo Governo do Estado, através da COMPESA, no corpo da barragem e que já garantem a acumulação segura de água na barragem.

Guerra disse que as obras começarão em breve. “Significa que teremos gente trabalhando no local ao longo de toda esta quadra invernosa, que é justamente o período que se teme o enchimento do reservatório”.

A laje da bacia de dissipação de Jucazinho se rompeu em 2004 durante vertimento e o DNOCS já havia desembolsado R$ 8,9 milhões em ações emergenciais. Agora, será feito um novo vertedouro do tipo “salto esqui” capaz de suportar uma lâmina dágua de até 3 metros e que lançará o escoamento a 90 metros de distância do pé da barragem, dando uma maior segurança à operação.

Fotos: Douglas Fagner/Divulgação

IMG-20180424-WA0003

Está sendo iniciada hoje, a Campanha de Vacinação Contra Gripe, em Pernambuco, onde devem se imunizadas cerca de 2,3 milhões de pessoas, inclusas nos grupos prioritários, formado por: idosos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos a até 45 dias), trabalhador de saúde, professores, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

A campanha também contempla pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais: doença respiratória crônica, cardíaca crônica, renal crônica, hepática crônica, neurológica crônica; diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e portadores de trissomias.

A coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Ana Catarina de Melo, disse que existe a expectativa de vacinar pelo menos cerca de 90 por cento da população. “Este é o vigésimo ano da campanha de vacinação contra a influenza. Precisamos reforçar que, anualmente, a vacina passa por modificações para incluir as mutações dos vírus e, assim, ser efetiva na proteção. Por isso a importância de quem estiver incluso nos grupos prioritários procurar os postos de saúde anualmente e ser imunizado. Isso pode evitar o agravamento da doença, internações e óbitos”.

Como nos anos anteriores, além da Influenza A (H1N1), a vacina também protege contra os vírus da Influenza A (H3N2) e B.

CASOS – Até o dia 31 de março, Pernambuco registrou 232 casos de síndrome respiratória aguda grave (Srag), que é quando há necessidade de internação de pacientes com febre, tosse ou dor de garganta associado à dispneia ou desconforto respiratório. Desses casos, apenas 1 foi confirmado por influenza A(H1N1), vírus que não foi identificado laboratorialmente no Estado em 2017. Esse vírus faz parte da composição da vacina contra a influenza, que começa a ser disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a partir da próxima segunda-feira (23.04) para os grupos considerados de risco de agravamento para a infecção. A campanha segue até o dia 1º de junho, sendo o Dia D em 12.05.

Em doenças agudas febris moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro. As pessoas com história de alergia a ovo, que apresentem apenas urticária após a exposição, podem receber a vacina da influenza mediante adoção de medidas de segurança. A vacina é contra-indicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

A GRIPE – A Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém?contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

Estima-se que uma pessoa infectada seja capaz de transmitir o vírus para até dois contatos não imunes. As crianças com idade entre um e cinco anos são as principais fontes de transmissão dos vírus na família e na comunidade, sendo possível a eliminação do vírus por até três semanas.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em, aproximadamente, 50% nas doenças relacionadas à influenza.

 

IMG-20180424-WA0002

O Governo do Estado, por meio das Secretarias de Cultura/Fundarpe e Turismo, Esportes e Lazer/Empetur, lançou a Convocatória do Ciclo Junino 2018. O edital tem a finalidade de escolher artistas, grupos e agremiações para apoiar os municípios pernambucanos que irão realizar as festividades. O edital é direcionado a Bandas de Pífanos, Bumba-meu-boi, Cavalo-marinho, Ciranda, Coco, Embolada, Grupo de Bacamarteiros, Mamulengo, Mazurca, Quadrilha Junina, Reisado, Repente, São Gonçalo, Viola, Xaxado, Forró pé-de-serra e MPB.

Os interessados em participar da convocatória poderão submeter suas propostas no período de 26 de abril a 9 de maio. As inscrições podem ser feitas na sede da Secult/Fundarpe (Rua da Aurora, 463/469, Boa Vista, Recife), das 8 às 17 horas, ou enviadas via Correios, através de SEDEX (só serão validadas as propostas que tenham sido remetidas até o último dia de inscrição).

Com objetivo de garantir a predominância das músicas e danças da tradição junina, a Convocatória destinará: 30% para a participação de artistas e grupos da categoria de cultura popular; 40% para categoria de música e dança da tradição junina; 10% para os grupos de forró pé-de-serra; e 20% para artistas da música popular brasileira. Ficam limitadas em até três, as apresentações para artistas e grupos das categorias de cultura popular, grupos de forró pé-de-serra e música e dança da tradição junina; e em até duas apresentações para artistas e grupos da categoria de música popular brasileira.

O Secretário Estadual de Cultura, Marcelino Granja, destacou a valorização da cultura pernambucana. “O formato da Convocatória, pactuado com o Conselho Estadual de Política Cultural, é a reafirmação de uma conquista importante dos fazedores de cultura em nosso Estado, além de estar em sintonia com propostas e debates recentes ocorridos em momentos de intensa participação popular, como a IV Conferência Estadual de Cultura”.

A presidente da Fundarpe, Márcia Souto, também ressaltou que o edital é exclusivo à contratação de artistas, grupos e agremiações pernambucanas, como vem acontecendo nos últimos anos, “Graças ao talento e dedicação de nossos artistas, é mantida viva a tradição dos festejos juninos de nosso Estado, que é tão rico e diverso culturalmente”.

O presidente em exercício da Empetur, Ciro Couceiro, enfatizou que os festejos juninos em Pernambuco, são importantes em todos os aspectos, tanto culturais como econômicos. “O São João é um dos principais festejos de Pernambuco e, por isso, estamos sempre trabalhando para promover a festa. Os eventos são voltados para os próprios pernambucanos, atraindo turistas nacionais e estrangeiros. Queremos promover uma festa integrada entre a Cultura e o Turismo”.

PROPOSTAS – As propostas serão analisadas por uma Comissão de Avaliação, formada a partir de uma seleção de profissionais de notório saber nas áreas de música, cultura popular e dança. Os interessados em integrar essa comissão, deverão se inscrever pessoalmente na sede da Secult/Fundarpe, no período de 26 de abril a 7 de maio, das 8 às 17 horas, ou por e-mail comissaosaojoao2018@gmail.com, contendo nome completo do proponente e opção de inscrição (registrar qual o segmento). Só serão validadas as inscrições via internet que sejam realizadas até às 23:59 horas do dia 7 de maio.

IMG-20180424-WA0001

Foi realizado nesse final de semana, no Cabo de Santo Agostinho, o 17º Fórum Empresarial, promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais (LIDE) e que é considerado como um mais importantes eventos corporativos do Brasil, que pela primeira vez, aconteceu em Pernambuco. O evento reuniu cerca de trezentos empresário de grande importância no País, além de muitos políticos, inclusive os presidenciáveis Álvaro Dias (PODEMOS), Flávio Rocha (PRB) e Paulo Rabelo de Castro (PSC). Também participaram do evento, os ministros Carlos Marun, principal defensor do presidente Michel Temer, Alexandre Baldy, das Cidades, Rossieli Soares, da Educação, e Marcos Jorge, da Indústria, Comércio xterior e Serviços.

O evento, que teve como tema principal, “Democracia e Competitividade”, tem o objetivo de promover debates sobre democracia, economia, gestão empresarial, política e responsabilidade social. A programação aconteceu no Sheraton Reserva do Paiva Hotel, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife.

O chair man do LIDE, Luiz Fernando Furlan, disse que a realização do seminário em Pernambuco é decorrente da importância política e econômica do Estado no momento. “Pernambuco vive uma situação inusitada, pois a maioria dos Governos Estaduais, inclusive São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, convive com sérios problemas, Pernambuco apresenta sinais de controle na relação Receita/Despesa”.

O governador Paulo Câmara (PSB) agradeceu a presença de todos em um evento muito importante. “Quero parabenizar todos que fazem o LIDE por essa oportunidade de trazer um debate tão qualificado para Pernambuco, com pessoas de todo o País, que vieram discutir o futuro. O Brasil precisa de muita discussão e reflexão. É preciso discutir o futuro, criticar, ouvir sugestões, e o LIDE faz esse papel, com debates de alto nível, qualificados, chamando importantes setores da sociedade que geram emprego e renda. Tudo isso em um ano importante, de eleição, em que as pessoas precisam realmente discutir e definir estratégias para o futuro. O Brasil precisa de estratégias que não sejam apenas de curto prazo, mas de médio e longo prazo. Então, o LIDE cumpre seu papel de promover essas discussões importantes e fundamentais”.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), ressaltou a importância do evento e disse que a presença de muitos empresários e dos políticos que são apresentados por seus partidos como pré-candidatos à Presidência da República, é uma prova da relevância dos assuntos que foram discutidos.

SEMINÁRIO – Dentro da agenda relacionada à economia, gestão empresarial, política e responsabilidade social, o seminário abordou três painéis: A era reformista; Competitividade e emprego; e Fortalecimento das instituições. Os debates têm como objetivo melhorar as questões primordiais para o Brasil, através da troca de experiências exitosas entre as diversas lideranças presentes, de todas as áreas, atuando como uma importante oportunidade de interação, ponto de discussões e de busca de alternativas de construção para o futuro do País.

O Grupo de Líderes Empresariais é uma organização internacional de caráter privado que tem o objetivo de promover e incentivar as discussões e as relações empresariais. Fundado em 2003, congrega 1.700 empresas em diversos países. Promove debates para o fortalecimento da livre iniciativa, do desenvolvimento econômico e social, assim como a defesa dos princípios éticos de governança corporativa nos setores privado e público.

Atualmente, o Grupo conta com unidades regionais, internacionais e setoriais, totalizando 26 frentes de atuação.
Fotos: Hélia Scheppa/SEI

IMG_20180421_101548

A página da Revista TOTAL no facebook foi invadida por hackers e saiu do ar. Ainda não se sabe os autores ou mandantes da ação criminosa, mas o empresário Marcelo Mesquita, diretor-presidente da publicação, não tem dúvidas de que foi praticada a mando de pessoas interessadas em calar a opinião da TOTAL.
Marcelo Mesquita disse que não se amedronta com as ameaças que estão sendo feitas, adiantando que a TOTAL vai continuar publicar as notícias com isenção e com o firme propósito de defender os interesses do povo pernambucano. Ele afirmou ter conhecimento de que as notícias divulgadas com profundidade causam a ira de pessoas que se sentem prejudicadas.
A página da TOTAL vem alcançando grande destaque nos meios políticos, empresariais e comunitários do Estado e vem sendo acessado por milhares de internautas, com o mínimo de 5 mil acessos por dia e m\is de 20 mil em determinadas ocasiões.
Os integrantes da TOTAL garantem aos seus seguidores que não vão se intimidar e que continuarão com a mesma coragem para informar a todos sobre os mais importantes detalhes da vida política, empresarial e cultural de Pernambuco.

Pedimos pois que entrem neste link e denunciem a pagina.

https://www.facebook.com/blogrevistatotalpe

Por Marcio Maia

 

FB_IMG_1524314929039

​O governador Paulo Câmara (PSB) está formando um grupo político com a participação de nomes muito fortes e com plenas condições de conseguir a vitória nas eleições do mês de outubro. Nas últimas semanas, algumas opções têm sido discutidas pelos principais líderes da coligação Frente Popular de Pernambuco e uma das que mais estão sendo considerados como a ideal é composta por João Paulo, que recentemente deixou o PT filiando-se ao PCdoB, como candidato a vice-governador, Eduardo da Fonte (PP) e André Ferreira (PSC), como candidato ao Senado Federal.
​As lideranças dos partidos que compõem a FPP, que é comandada pelo PSB, não querem comentar a dança dos nomes, com a alegação de que está muito cedo para a discussão dos nomes e adiantando que no momento, a principal preocupação é a elaboração do programa de metas que será apresentado ao eleitorado, durante a campanha. A Frente Popular deverá está formada por mais de 15 partidos, o que dá uma grande chance de ser eleita.
​Nas conversas com os jornalistas, João Paulo tem dito que não definiu a que cargo irá concorrer, com a explicação de que é um soldado do seu partido e que irá disputar onde for determinado pelo comando partidário.
O deputado federal Eduardo da Fonte, por sua vez, já demonstrou disposição de concorrer a um cargo parlamentar majoritário, achando que já tem cacife eleitoral suficiente para enfrentar a grande batalha.

​O deputado André Ferreira, que é presidente estadual de seu partido, tem um enorme cacife eleitoral, fazendo parte de um grupo político encabeçado pelo ex-deputado Manoel Ferreira, com muitos mandatos e com muita força entre o eleitorado evangélico, que tem se mostrado nas últimas eleições, como o mais unido em torno de suas lideranças. Também tem como correligionário, o prefeito Anderson Ferreira, que vem realizando uma administração com intensa repercussão no município de Jaboatão dos Guararapes.
​Com essa chapa, antecipada pelo Blog Revista TOTAL, o governador terá amplas chances de conseguir a reeleição e eleger os dois senadores, como conseguiu nas eleições passadas, o então governador Eduardo Campos (PSB).

P.S  Existe a possibilidade de que Maurício Randz(PROS) ou Antônio Souza (REDE) Compor uma das vagas majoritárias.

 

 

 

 

IMG-20180421-WA0005
Foi realizada no quartel do Comando Geral da PMPE, a solenidade de conclusão do Curso de Formação de Soldados (CFS), do qual participaram 1281 homens e mulheres. Os novos policiais militares irão reforçar de imediato, o policiamento ostensivo nos municípios da Região Metropolitana do Recife, intensificando o Pacto pela Vida. Com a formação dos novos praças, nos últimos dois anos, o Governo Paulo Câmara chega à marca de 3.700 novos PMs, que se somam aos mais de 1.200 profissionais contratados para as Polícias Civil e Científica que atuam na construção de uma cultura de paz no Estado. Nos últimos quatro anos, a PM formou 4.035 praças.

IMG-20180421-WA0006

O governador presidiu a cerimônia e falou da importância do reforço no policiamento. “Isso tudo faz parte de um planejamento que estabelecemos pra obter uma diminuição nos índices de homicídios, assaltos, furtos e roubos em Pernambuco. Os resultados estão acontecendo, e a gente espera que essa diminuição seja permanente. Confiamos muito no trabalho das polícias. Essa nova turma que se forma hoje vem se juntar a isso: ao esse esforço de termos cada vez mais presença policial profissional e determinada em todas as regiões do Estado”.

Os novos policiais cumpriram um total de seis meses de curso com 1.044 horas/aula, onde aprenderam mais de 20 disciplinas, como por exemplo as de Inteligência da Segurança Pública; Direitos Humanos; Ética e Cidadania; Prevenção, Mediação e Resolução de Conflitos; Criminologia Aplicada à Segurança Pública; e Técnica de Policiamento Ostensivo. Dos 1.322 que ingressaram no curso, 1.281 foram aprovados.

IMG-20180421-WA0008

O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, destacou o reforço na segurança que as regiões do Estado terão com a inserção dos novos policiais nas ruas. “O povo pernambucano pode ter a certeza de que estará recebendo profissionais amadurecidos do curso de Habilitação e Formação de Praças da Polícia Militar. Eles têm muita disposição para aplicar o seu conhecimento na busca de garantir a paz da população pernambucana. Junto aos demais órgãos operativos de segurança pública do Estado, esses novos policiais garantirão não só a sensação de segurança, mas a verdadeira segurança de cada cidadão pernambucano. As pessoas se sentirão mais protegidas nas ruas, em seus trabalhos e em suas casas”.

IMG-20180421-WA0009

O comandante-geral da PMPE, coronel Vanildo Maranhão, garantiu que todos os novos homens e mulheres formados estão aptos para desempenhar a função de proteger a população pernambucana. “Esses novos militares estaduais foram submetidos a oito meses de intenso treinamento. Hoje, estão aptos técnica e fisicamente, para exercer a atividade de policial militar em todo o território pernambucano. Cumprindo, com eficiência e eficácia, a nossa missão de bem servir ao povo de Pernambuco, prevenindo e reprimindo a criminalidade em todas as regiões do Estado”.

IMG-20180421-WA0007

A melhor colocada geral no curso de Formação e Habilitação de Praças, a soldado Ozielma Maria Souza falou sobre a emoção de estar representando as FEM’s –  como são conhecidas na corporação as mulheres que atuam na PM. “Fiquei muito feliz e alegre por ter conquistado o primeiro lugar diante de tantas avaliações que tivemos. Nós soldados, agora formados, iremos dar o nosso melhor, até porque a sociedade pernambucana merece o melhor, que é garantir o direito do cidadão de ir e vir com segurança”, ressaltou.

Está previsto ainda para esse ano, um novo concurso público, com a abertura de outras 500 vagas para a PMPE. Além da corporação militar, as Polícias Civil e Científica já receberam incrementos em seu quadro de profissionais neste ano, com a nomeação de 1.214 novos policiais, ao todo.

Seguindo o processo de reforço nos quadros, o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE) também contará com mais 300 homens e mulheres ainda no primeiro semestre de 2018. Outras ações como a instalação do 2º BIESP, em Petrolina; a implantação de um novo batalhão da PM no Litoral Norte; e a instalação de uma nova companhia da PM em Lajedo, no Agreste também estão previstas para serem concluídas em 2018.

PLANO DE SEGURANÇA – Anunciado pelo governador Paulo Câmara em abril de 2017, as medidas do Plano Estadual de Segurança Pública de Pernambuco incluem ações efetivas com objetivo de reduzir os índices de criminalidade do Estado. Entre elas, a renovação da frota das polícias, com 320 novas viaturas, 700 motocicletas e 2 helicópteros. Além disso, 4.500 novos PMs serão nomeados, dos quais 1.500 já atuam efetivamente desde o mês de setembro deste ano. Outros 1.300 já iniciam as atividades no 1º semestre de 2018 e novas turmas serão formadas ao longo dos próximos dois anos.

O CBMPE também foi fortalecido, com o início do Curso de Formação de um turma de 300 novos homens e mulheres que foram aprovados em concurso realizado em maio deste ano. A previsão é que eles comecem a atuar na corporação já em maio de 2018, após o término das aulas.
Fotos: Hélia Scheppa/SEI

IMG-20180421-WA0004
Depois de seis anos de estiagem em quase todo o Estado,  mês de abril trouxe chuvas generosas também para a região do Sertão do Pajeú. As barragens de Nossa Senhora de Lourdes, no município de Solidão, a José Antônio, em Santa Terezinha, e a do Travessão, em Tabira, saíram do colapso e estão com condições de abastecer as duas cidades.

Por conta da volta da água à barragem, a Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) providenciou a volta da distribuição através da rede na cidade de Solidão e já prevê a volta para as residências de Santa Terezinha na próxima semana. Os moradores do Distrito de Borborema, em Tabira, também estão recebendo água nas torneiras, vinda da Barragem do Travessão, que atingiu a capacidade máxima, cerca de 270 mil metros cúbicos.

FESTA – No município de Solidão, que entrou em colapso no mês de fevereiro deste ano, a população festeja a água acumulada na Barragem de Nossa Senhora de Lourdes. O manancial atingiu aproximadamente 40% do volume total, e já está abastecendo os 2,5 mil moradores da cidade.

A Barragem José Antônio, que estava seca desde dezembro de 2016, registra agora 26% da sua capacidade máxima, que é de 2 milhões metros cúbicos de água. A Compesa realiza ajustes operacionais na Estação de Tratamento de Água (ETA) para voltar a abastecer a população de Santa Terezinha, cerca de 12 mil pessoas. Em função do longo período que o sistema ficou desativado, os técnicos farão um acompanhamento do comportamento da rede de distribuição com o retorno da operação.

O sistema de abastecimento da Santa Terezinha ainda recebe contribuição da Barragem do Tigre, que também conseguiu acumular água com as chuvas deste ano. Mas para utilizar água do Tigre, a companhia realiza um serviço de manutenção na adutora que transporta água da barragem até a Estação de Tratamento (ETA).

O gerente da Unidade de Negócios da COMPESA, Gileno Gomes, explicou que as obras que forem necessárias serão realizadas de imediato. “Nas duas cidades e no distrito de Borborema vamos verificar o primeiro ciclo de abastecimento de água e estudar a demanda de cada localidade para depois definir como ficará o calendário”.

IMG-20180421-WA0003

O coronel Manoel Cunha, comandante geral do CBMPE, e o prefeito de Ribeirão, Marcelo Maranhão, assinaram uma Carta de Intenção para instalação de uma Seção de Bombeiros (SB) naquele município. A obra de construção será viabilizada por uma Emenda Parlamentar no valor de R$ 300 mil apresentada pelo deputado estadual Aluísio Lessa (PSB).

O coronel Cunha explicou que, além de atender a população de Ribeirão, a nova unidade dos Bombeiros irá prestar serviços também aos moradores dos municípios de Amaragi, Cortês, Escada, Gameleira e Primavera, tanto no combate a incêndio e resgate de vítimas quanto nas ações preventivas e educativas.

O prefeito Marcelo Maranhão disse que a atuação dos bombeiros é de fundamental importância para a segurança da população de sua cidade. “Estamos muito satisfeitos por ter firmado essa parceria que vai levar para minha cidade um serviço de grande relevância para os moradores de Ribeirão e agradeço ao empenho do deputado Aluísio Lessa para viabilizar a implantação da SB, assim como aos coronéis Cunha e Marcílio Rossini (subcomandante geral), que tomaram todas as providências necessárias”.
O deputado Aluísio Lessa elogiou o trabalho que os bombeiros militares realizam diariamente e acentuou que é muito importante promover a melhoria das condições de segurança e tranquilidade para os moradores de Ribeirão e dos municípios vizinhos. “Os bombeiros estão realizando um expressivo programa de expansão, iniciado no governo de Eduardo Campos, que vem tendo extraordinária repercussão entre a população”

Oficiais do CBMPE já elaboraram um esboço do projeto da SB que será instalada no prédio que fica em um ponto estratégico, onde funcionava o antigo terminal rodoviário de Ribeirão, sob a concessão da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI) da Secretaria Estadual das Cidades.

IMG-20180420-WA0066

Contextualizando no cotidiano da vida de Antônio Souza que diz – “Todo dia ao me levantar digo: não faço o que quero, mas o que Deus  quer que eu faça”, o artigo “O porquê disso tudo” Nizan Guanaes.

Para quê Antônio de Souza, saia de casa todos os dias para empreender, dar empregos a centenas de pessoas, comprar e vender, movimentar a economia o mês todo e no final, mal consegue pagar as despesas, salários e os impostos? Para quê, tanto esforço, se no final a população julga que todos os políticos são corruptos e somente beneficiam a si próprio e aos seus.

IMG-20180420-WA0065

Realmente não faz sentido, mas a alegria que Antônio Souza colhe ao longo do dia, o desafio de conhecer as carências, necessidades e desejos das pessoas, faz pensar na política para construir o futuro e mudar a cidade, o estado, a região e o país, onde seus filhos nasceram, sua família e seus amigos vivem, e não de “mudar de país” como alguns já fizeram e hoje andam dizendo “o que vai fazer e não tem condição de dizer o que já fizeram pelo país”.

A comovente história de superação de Antônio Souza – “O menino que se arrastava pelo chão e apreendeu a voar”, foi produzido para motivar as pessoas, mostrar as pessoas que a vida de alguém é recompensada pelas motivações, prolongando a sua existência com uma sensação inequívoca de satisfação, prazer e felicidade. É a promessa de uma nova alegria que dá sentido vida, e de forma magistralmente “ o sentido da vida é descobrir o que mais nos dá alegria”.

Portanto, rezar é meditar, é fortalecer muito a alma do homem É bom para quem tem fé, é bom para quem quer ter fé, é bom para quem quer ter paz, é bom para quem quer ter foco e discernimento no momento de tornar um político.

Pois, quando a pessoa reza ou medida,  foca, concentra, reúne forças, toma o controle da sua vida. Toma o controle da “besta fera”, como a inveja, a usura, o olho gordo, a pequenez, o medo e os instintos animais existente em cada um de nós. Sem a oração e a meditação desembesta a beber, tomar remédio, passar mal, a sofrer, a passar as noites acordado, a pensar com o fígado em vez de pensar com a cabeça, com o coração e com a alma.

Agora, acreditar em “Deus” é bom inclusive porque evita que as pessoas se achem Deus. E evitam que as pessoas sejam movidas pela “besta fera” que estão nos políticos atualmente.

Pois, neste  momento de crise, onde há necessidade de tomadas de decisões inadiáveis, decisões duras, sacrifícios individuais para salvar o coletivo contra a fome, desemprego e insegurança, é preciso da pessoa que motivam outras pessoas mostrando por tudo que passou pela vida, mantendo a sabedoria humana, de ser um líder humano, de ser um empresário humano, de ser  um marido humano e de ser um pai humano.

“O Antônio Souza,  vai fazer o que é preciso fazer para tornar um “Senador” e motivar as pessoas a acreditar em “Deus”.

Professor Clovis Miyachi

Fechar