Posts de Revista Total

Alunos atletas lotaram o Teatro Guararapes durante a solenidade nesta terça-feira

16 04 ABERTURA JEPS 4

Postado por Marcos Lima Mochila

 

 

Há 60 anos promovendo os valores do esporte no Estado, o torneio dos Jogos Escolares de Pernambuco (JEPs), realizado pelo Governo Estadual, foi aberto nesta terça-feira (16.04), no Teatro Guararapes, Centro de Convenções. O governador Paulo Câmara prestigiou a cerimônia de abertura do campeonato, que reúne 60 mil alunos das redes pública e privada de ensino, representando cerca de mil escolas.

“Vai ser uma festa bonita, com a ideia de que o esporte faz parte da formação dos jovens. É muito importante ter a escola, o esporte e a cultura juntos, fazendo o grande exercício de competição, mas uma competição do bem, onde todos ganham, e vai valer muito para o futuro dos alunos”, destacou o governador.

Animados, os atletas lotaram o teatro para assistir à abertura, que misturou a energia do esporte com a magia do circo. “Entre o picadeiro e o pódio, a alegria e a vitória”, foi o tema do espetáculo, ressaltando a felicidade da prática esportiva e destacando os diversos valores positivos que o atleta desenvolve.

16 04 ABERTURA JEPS 3Para Evelin Salustiano, 17 anos, estudante do terceiro ano da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Maria Gayão Pessoa Guerra, de Araçoiaba, a expectativa para este ano é diferente das outras edições. “Fomos tricampeãs nesta modalidade, o futsal. E estamos com um time muito bom. Queremos ganhar mais uma vez. Como é meu último ano, quero ser campeã de novo”, disse, esperançosa.

Depois de cinco anos competindo nos JEPs, é chegada a hora de conquistar outros campos. Depois dessa competição, Evelin pretende seguir carreira profissional, levando consigo tudo o que o esporte lhe ensinou. “Levo muito, além do comportamento que devemos ter, levo também a amizade que a gente conquista quando começa a jogar. Estou jogando na base do time do Náutico, e foi graças aos JEPs que eu consegui chegar onde estou agora. Foi muito treinamento que me proporcionou isso”, expressou, com gratidão, a estudante.

A atleta pernambucana Bárbara, goleira da seleção brasileira feminina de futebol, foi a grande homenageada desta edição dos JEPs. Ela 16 04 ABERTURA JEPS 5deu os primeiros passos da carreira na competição escolar, como goleira de handebol e futsal, defendendo a Escola Estadual Ariano Suassuna e também o Colégio GEO. “Eu já estive aí onde vocês estão. Das 60 edições do JEPs, eu disputei quatro e fui tricampeã. Honrei a camisa das minhas escolas, uma delas a Escola Estadual Ariano Suassuna. Recebi todo o apoio da minha escola para conciliar o esporte e o estudo, e cheguei até a seleção brasileira. Quero agradecer a vocês o carinho e incentivá-los: os JEPs são uma porta para vocês realizarem seus sonhos”, lembrou a medalhista olímpica.

16 04 ABERTURA JEPS

Os jogos da 60ª edição dos JEPs serão disputados até dezembro, em competições individuais e coletivas de 17 modalidades diferentes nas categorias de 9 a 12 anos, 12 a 14 anos e 15 a 17 anos, tanto no masculino quanto no feminino. Além de dirigentes e membros da comunidade esportiva, participaram da cerimônia também a vice-governadora Luciana Santos, o secretário de Educação e Esportes Fred Amâncio e o secretário executivo de esportes, Diego Pérez, entre outras autoridades.

Fotos: Heudes Regis/SEI

IMG-20190416-WA0023
O governador Paulo Câmara se reuniu com o superintendente da SUDENE, Mário Gordilho, no Palácio do Campo das Princesas, para ouvir sugestões para a elaboração do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE). Pernambuco foi o quarto Estado a receber a visita de explanação sobre os principais pontos do PRDNE, documento em fase final de elaboração. O encontro serviu também para ouvir do governador informações sobre as necessidades do Estado e sugestões de obras que devem constar no plano.
Câmara enfatizou que a principal preocupação do Governo de Pernambuco no momento, é a conclusão de diversas obras iniciadas e que visam a solução para os graves problemas de abastecimento dágua e saneamento básico, principalmente nas regiões do Agreste e do Sertão.

Mário Gordilho explicou que a base das conversas com os gestores estaduais é pedir o apoio aos governadores para que a gente consiga montar um plano que efetivamente seja dos Estados para a União”. Ele explicou que a SUDENE faz a coordenação das ações e o PRDNE tem por base todas as informações que interessam aos Estados nordestinos, para serem acoplados ao Plano Plurianual do Governo Federal.

Após as reuniões com os governadores, a próxima etapa será a reunião do Conselho Deliberativo do órgão, que está prevista para o dia 23 de maio, na sede da autarquia, no Recife. Os nove governadores da Região deverão estar presentes para consolidar as informações e dar a forma final ao plano, que será entregue ao presidente Jair Bolsonaro e enviado ao Congresso Nacional.

Mário Gordilho disse que o Plano Regional está dividido em seis eixos estratégicos: Ciência, Tecnologia e Inovação; Desenvolvimento Econômico; Educação; Meio Ambiente e Recursos Hídricos; Desenvolvimento Social; e Governança Institucional e Financiamento. Adiantou que o destaque para o Nordeste é o abastecimento dágua, mote principal do trabalho. Outro ponto importante previsto pelo plano é priorizar a interiorização do desenvolvimento através do fortalecimento dos sistemas inovativos e produtivos locais.

O secretário de Planejamento e Gestão do Estado, Alexandre Rebêlo, que participou da reunião, lembrou que o olhar da Sudene é para a Região Nordeste como um todo, já que os desafios são de todos os Estados. “”Está na pauta da gestão do governador Paulo Câmara um investimento forte na área de saneamento e abastecimento dágua, e essa é uma das maiores prioridades não só nos últimos quatro anos, mas também nos próximos”. Do ponto de vista do orçamento público a primeira peça valerá por quatro anos (2020-2023), e depois será detalhada no orçamento da União e dos Estados a cada ano”.

Em Pernambuco, serão priorizados os projetos de segurança hídrica. No entanto, a contribuição do Estado sobre outros temas mais relevantes ficará pronta até o final do mês de maio, mas o secretário adiantou quais são essas áreas. “Fundamentalmente, recursos de abastecimento hídrico, além de educação e inovação e tecnologia”, apontou.

Também participaram do encontro, os secretários Aluísio Lessa, de Ciência, Tecnologia e Inovação, e Nilton Mota, da Casa Civil, e o assessor especial Antônio Figueira.

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

IMG-20190416-WA0025 IMG-20190416-WA0024 IMG-20190416-WA0026

16 04 GERÊNCIA DE PRIMAVERA P

Postado por Marcos Lima Mochila

 

 

A Cachoeira do Urubu, importante ponto turístico da Mata Sul de Pernambuco, passa, a partir desta terça-feira (16) a ser gerida pela cidade de Primavera. A reivindicação da prefeita Dayse Juliana e que contou com a articulação do deputado federal Fernando Monteiro (PP) foi atendida nesta segunda-feira (15), com a assinatura do decreto pelo governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas. Com a cessão, o município passa a ter total autonomia para gerir o espaço.

O ponto turístico, que fica dentro do Parque Ecológico Cachoeira do Urubu, conta com cerca de 77 metros de queda d’água e piscinas naturais emolduradas pela Mata Atlântica, com bares, área para piquenique e camping. “Com a administração direta pela cidade, o parque poderá ser gerido de forma menos burocrática, cabendo ao município toda a gerência sobre as melhorias necessárias neste ponto turístico tão importante para toda a região. Esse era um pleito antigo nosso”, destacou o deputado federal.

Entre os planos para a melhoria do espaço turístico estão a inclusão de uma tirolesa, um mirante, pequenos shows temáticos, reforma da ponte de acesso, entre outras benfeitorias para atrair mais visitantes, como a criação de passeios ecológicos e novas trilhas monitoradas por guias, tornado o parque um cartão postal de Primavera. Com a mudança de administração, a expectativa é fomentar a economia da cidade e que se gere, inicialmente, cerca de 200 empregos diretos e indiretos. Segundo o deputado federal, incentivar a vocação econômica dos municípios é tarefa primordial para o desenvolvimento regional.

16 04 GERÊNCIA DE PRIMAVERA 1Demandas de Prefeitos – Em outro encontro, também no Palácio, com o governador Paulo Câmara, o secretário da Casa Civil do Estado, Nilton Mota, e Fernando Monteiro, o prefeito Cleomatson, de Santa Filomena, apresentou propostas de melhorias de calçamento para a cidade sertaneja. O prefeito também reforçou o convite para a feira de caprinos e ovinos Caprino Filó, que chega à sua décima edição entre os dias 26 e 28 de abril.

O prefeito de Itamaracá, Mosar Tato, também se fez presente para levar ao governador demandas de infraestrutura para a Ilha, como o recapeamento da PE- 35 e a necessidade de melhorias na iluminação na Ponte Getúlio Vargas. “Estes encontros são fundamentais para que as melhorias para as cidades pernambucanas ocorram. O governador Paulo Câ​mara sabe ouvir as necessidades e executá-las de forma responsável. Levar os pleitos e encontrar caminhos para os avanços urgentes é um compromisso meu”, pontuou Fernando Monteiro.

Fotos: Juana Carvalho/Divulgação

IMG-20190416-WA0015

O Prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos (PSDB) juntamente com os colegas prefeitos do Sertão do Araripe e do Estado de Pernambuco participaram na capital federal XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. O encontro busca captar mais recursos do Governo Federal e fortalecer os municípios.

Segundo o Chefe do Executivo Municipal, a expectativa entre os colegas Prefeitos é grande, uma vez que, em discurso, o Presidente da República Jair Messias Bolsonaro reiterou sobre a dotação financeira dos municípios brasileiros. A pauta também foi abordada pelo Ministro da Economia Paulo Guedes, durante pronunciamento oficial no segundo dia da Marcha. “Nós, brasileiros, precisamos nos unir e ver onde cada um de nós pode contribuir. Temos a certeza de que ocorrerão mudanças e todos seremos convidados a participar”, disse ele.

A programação da Marcha, que iniciou na segunda-feira, dia 8, segue até esta quinta-feira, dia 11. Mais uma vez, a discussão em torno do novo pacto federativo é crucial para garantir a saúde financeira dos municípios e os avanços tão necessários para a garantia da qualidade dos serviços prestados aos cidadãos.

Da Assessoria de Comunicação

IMG-20190416-WA0016IMG-20190416-WA0014
Foto: Reprodução

IMG-20190416-WA0013

A Secretaria de Educação do Município de Ouricuri realizou na manhã da última terça-feira (09) um encontro de socialização de práticas e experiências com os Coordenadores Pedagógicos da Rede Municipal de Ensino. Também participaram os diretores escolares, juntamente com a equipe do Setor Pedagógico da SEDUC e teve também a participação da secretária municipal de educação, a professora Eliana Guedes. O evento foi realizado no auditório do CEREST Regional.

O foco principal do encontro foi discutir a temática: “A organização da rotina e a gestão da aprendizagem no contexto escolar”, que contou com a presença de 50 profissionais que estiveram vivenciando estudos, reflexões e propostas para o empoderamento do Coordenador Pedagógico como formador docente e articulador do trabalho coletivo na escola.

O encontro foi considerado bastante positivo, proveitoso, com participação dinâmica dos educadores e a reafirmação do compromisso em construir laços para promoção de um trabalho cada vez mais significativo e que perpasse os muros da escola.

POR: Setor Pedagógico

IMG-20190416-WA0010

Censurado
Por Arthur Cunha
Estamos em 2019, mas pasmem! Os deuses do serviço público (acima da categoria dos famigerados semideuses) nos remetem aos piores dias da Ditadura Militar, com seu AI5, que suspendeu as liberdades individuais no Brasil. Pois dessa vez eu sinto dizer que quem está fazendo esse papel menor é nada menos que o Supremo Tribunal Federal. Por meio do ministro-Deus Alexandre de Moraes, o STF censurou uma matéria da Revista Crusoé reproduzida também em O Antagonista, que ligava outro ministro-Deus, Dias Toffoli, somente o presidente do corte, às propinas da Odebrecht.

IMG-20190416-WA0008

Alexandre Moraes mandou um oficial de Justiça à redação de O Antagonista levar uma cópia da decisão. O censor, ops, oficial de Justiça ainda intimou os autores da reportagem a prestarem depoimento em até 72 horas. Se ninguém avisasse que a Ditadura acabou, eu acharia que ainda estamos naquele tempo. E olhe que quem leva a pecha é Jair Bolsonaro.

Antes que algum semideus do Judiciário pernambucano me censure, eu vou tratar logo da denúncia feita pela revista. A matéria intitulada “O amigo do amigo do meu pai” cita um documento que consta nos autos da Operação Lava Jato, no qual Marcelo Odebrecht responde a um pedido que queria saber a identidade do codinome. Segundo Odebrecht, o apelido se refere a Dias Toffoli – aquele mesmo que recebe mesada de R$ 100 mil.

Que precedente bárbaro abriu o Supremo Tribunal Federal. A mais alta corte do país – logo ela! – lança uma ameaça dessa magnitude ao Estado Democrático de Direito. É o tipo de coisa que só acontece no Brasil. Nós vivemos na ilha da fantasia mesmo. Que promove esse tipo de censura, do que mais é capaz. Isso é apenas a ponta do iceberg do Judiciário. Se procurarmos mesmo a fundo, a podridão vai nos engolir. É, sem dúvida, o poder mais sujo. E o é, também, porque posa de bastião da moral. Uma hipocrisia que episódios como o de hoje jogam luz em cima.

Canetada relâmpago – Em uma canetada, o ministro Alexandre de Moraes conseguiu censurar a Imprensa e tirar do ar, em tempo recorde, uma matéria jornalística baseada em fatos. Não há outra palavra: isso é censura mesmo. Das mais descaradas! Que serviu, inclusive, para cercear o debate. Não é mistério para ninguém a estreita ligação do presidente do STF com o petismo e as podreiras petistas, como relação para lá de perniciosa com a Odebrecht. Toffoli acha o que? Que censura vai apagar isso da memória do povo? Vai não, fera!

Sem boquinha – Uma ação popular impetrada na Justiça Federal de São Paulo tenta barrar a concessão de passaporte diplomático ao bispo da Igreja Universal do Reino de Deus Edir Macedo, e à sua mulher, Ester Eunice Rangel Bezerra. Quem assina o pedido para que o passaporte seja rejeitado ao dono da TV Record é o advogado Ricardo Amin Abrahão Nacle. A boquinha é antiga; os filhos de Lula também já se beneficiaram. O próprio Edir Macedo já havia recebido o documento nos governos Lula e Dilma.

Orçamento Impositivo – A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal aprovou, ontem, o relatório que cria o Orçamento Impositivo – a matéria será apreciada no Plenário da Casa. O motivo mais relevante da proposição é tornar obrigatória a execução de emendas de bancadas estaduais. Passada essa pauta, o debate sobre a admissibilidade da reforma da Previdência será retomado.

IMG-20190416-WA0009

FBC forte – O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, tem mostrado cada vez mais força junto ao presidente Jair Bolsonaro. Depois de levar, sexta passada, o ministro Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) à Petrolina para anunciar ações de segurança hídrica e pavimentações, o emedebista assegurou a ida de outra ministra à sua terra. Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) debateu, ao lado do prefeito Miguel Coelho, ontem, assuntos ligados à pesquisa, tecnologia, redução da burocracia e da carga fiscal para fortalecer a fruticultura da cidade.

Drops

CANDIDATURA – A oposição em Gravatá ensaia lançar o vereador Marcelo Motos na disputa contra o prefeito Joaquim Neto, ano que vem. Marcelo disputa espaço no bloco de forças com o ex-candidato a prefeito em 2016, João Paulo. O escolhido vai ter que suar a camisa para ganhar do atual prefeito, que sabe fazer eleição na cidade.

SEM CONCURSO – Ontem, o secretário-adjunto de Fazenda nacional, Esteves Colnago, revelou que não há previsão de concurso público no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020.
“A premissa neste momento é a não realização de concurso público”, disse, com toda a razão.

SE POSICIONA, BOLSONARO – Falei, ontem, do climão que está instalado no PSL pelo fato de Jair Bolsonaro não ter se posicionado sobre a questão do ministro Marcelo Álvaro Antônio (Turismo). Pois até agora nada! O parlamentar, o mesmo do Laranjal do PSL, teria ameaçado de morte a deputada Alê Silva.

Uma pergunta: eu nunca vi tão mergulhada quanto essa oposição de Pernambuco?

IMG-20190416-WA0006

O prefeito Ricardo Ramos inaugurou na noite desta sexta-feira,12, o saneamento e a pavimentação da Travessa Amélia Lins Falcão II, no Bairro Cohab. A solenidade contou com a presença dos vereadores, Carlos Nunes e Irmão Daniel, secretários, autoridades e a população em geral. O saneamento e a pavimentação era um sonho antigo da comunidade, agora, enfim, concretizado.

Ao entregar o saneamento e a pavimentação da travessa, o prefeito Ricardo Ramos destacou que a gestão não faz promessa, mas busca firmar compromissos. Eu me comprometi com os moradores e não podia fazer outra coisa se não calçar mais uma rua.

Essa é a 5ª rua que estamos inaugurando aqui no bairro, dentro do Programa Obra da Semana. Ouricuri está vivendo uma nova fase, um novo tempo, graças a um trabalho de equipe.“Quando entregamos obras como estas, percebemos a alegria das pessoas, isso é um bem extraordinário. O calçamento acaba a poeira, a lama e, ainda ajuda a evitar a possibilidade de doenças.

A pavimentação e o saneamento básico são obras importantíssimas que consideramos uma das prioridades da área de infraestrutura do nosso governo”, observou.

O senhor Souzinha, morador do bairro, destacou que a comunidade passou muitos anos sofrendo na rua. Mas graças a Deus chegou o momento de essa rua ser calçada, com o melhor calçamento. Fim da poeira e da lama. Temos um prefeito que tem palavra, sem ter prometido, mas realizou essa obra para o bem de todos os moradores”, enfatizou.

IMG-20190416-WA0007

Dona Aparecida, moradora do bairro, há 13 anos, comentou, “Gostei, há muito tempo esperava. O serviço foi nota dez, fico muito agradecida”. Outra moradora que estava sorridente e satisfeita, foi dona Cicera, agora, adeus lama e poeira, foi o melhor presente que nossa comunidade recebeu.

Por Chico César/Fotos: Hércules Felix

IMG-20190416-WA0005

IMG-20190415-WA0104

Com o objetivo de combater as Fake News, fenômeno que cresceu assustadoramente nas eleições do ano passado e que foi disseminado através das redes sociais, a deputada federal Marília Arraes (PT-PE) apresentou um Projeto de Lei na Câmara dos Deputados, na última terça-feira (9), que prevê que as decisões da Justiça Eleitoral que derrubaram as notícias falsas apenas durante o período eleitoral continuem valendo após o fim das eleições.

O PL 2149 pretende garantir a efetividade das medidas judiciais adotadas no sentido de remover conteúdos inverídicos disseminados na internet. “Tomamos a iniciativa de apresentar o projeto de lei no sentido de ter uma ferramenta legal para combater as fake news e garantir o bem-estar da Democracia”, afirmou a vice-líder do PT na Câmara.

A disputa eleitoral do ano passado foi marcada pela reprodução em massa de notícias falsas que tiveram influência direta no resultado da disputa. O Brasil é o país que mais acredita nesse tipo de notícia. Cerca de 62% dos brasileiros ou 120 milhões de pessoas são alvo da reprodução em massa dessas inverdades. “Já faz algum tempo que nosso País vem sendo vítima das consequências nefastas desse tipo de problema, mas nas eleições de 2018 tivemos o ápice desse fenômeno”, continuou.

“Não há como negar os efeitos negativos, e graves, dessas notícias fabricadas. O combate efetivo a esse mal é uma urgência absoluta”, finalizou a parlamentar.

Procuradoria da Mulher

A deputada federal também foi eleita procuradora-adjunta da Procuradoria da Mulher da Câmara dos Deputados, que tem o objetivo de garantir a participação mais efetiva das parlamentares nos órgãos e nas atividades da Casa, além de cooperar com organismos nacionais e internacionais na promoção dos direitos da mulher.

DA REDAÇÃO
Inácio Melo
Assessoria de Imprensa

IMG-20190415-WA0012

 

Arcoverde: Zeca contra o vice de Madalena
Por Arthur Cunha
Prefeito por duas vezes, tendo feito gestões bem avaliadas, o médico Zeca Cavalcanti vai concorrer novamente à Prefeitura de Arcoverde – ele terminou o segundo mandato, em 2012, com 88% de aprovação. Zeca vai enfrentar o candidato a ser indicado pela gestora da cidade, Madalena Britto, sua ex-cria política. O provável escolhido será o atual vice, Wellington Araújo. Podemos dizer, então, que o município mais desenvolvimento do Sertão do Moxotó viverá um clássico nas urnas em 2020, envolvendo seus dois principais grupos políticos.

Sem mandato desde fevereiro – não conseguiu reeleger-se federal apesar dos quase 58 mil votos que recebeu -, Zeca não tem outra opção senão a de ir às ruas já agora. E é o que ele está fazendo. Sábado passado, ao lado do ex-deputado estadual Júlio Cavalcanti, seu irmão, ele percorreu vários pontos comerciais na área central de Arcoverde. Também visitou o Centro Comercial Regional e o Cecora, local onde acontece a feira livre.

Nos bastidores, ainda não se sabe se Zeca Cavalcanti fica mesmo na oposição ou se disputará a prefeitura na base do governador Paulo Câmara – o ex-deputado era do grupo do ex-senador Armando Monteiro, que tentou, sem sucesso, o Palácio do Campo das Princesas, em 2018. Uma aproximação com a Frente Popular não está descartada, podendo virar realidade já para o próximo pleito.

Do outro lado, Wellington Araújo não tem a mesma visibilidade da prefeita. Se quiser elegê-lo, Madalena vai ter que gastar muita sola de sapato andando pela cidade. Quem também está no páreo é a vereadora Cybele Roa, que quase tinha o apoio da prefeita na disputa pela Alepe, no ano passado. A parlamentar, contudo, corre por fora.

 

Trunfos – Se Zeca Cavalcanti tem no discurso dois bons governos para mostrar, Madalena Britto possui a seu favor uma gestão bem avaliada em linhas gerais; e com boas notícias ainda este ano: a instalação de um shopping que a prefeitura apoia e uma sede do Compaz. O candidato da prefeita também pode ser beneficiado pela melhoria da distribuição de água na cidade, creditada à Madalena.

IMG-20190415-WA0011

Acusação – No ostracismo, o ex-prefeito Elias Gomes quer voltar à cena o quanto antes em Jaboatão dos Guararapes. Para tal, utilizou suas redes sociais para cair de pau no atual prefeito, Anderson Ferreira. O tucano criticou Anderson por ele ter desfeito a cessão de uma área, realizada no seu governo, para o Senac construir uma escola. Fez uma acusação séria ao dizer que o adversário vai privilegiar algum empresário. Em outras palavras, disse que Anderson quer dinheiro em troca de favores na prefeitura.

Requalificação – O povo de Santo Amaro e o vereador Alcides Teixeira Neto agradeceram à Prefeitura do Recife por mais uma conquista. Desta vez, a requalificação do campo da Mala Velha. Atendendo ao clamor do povo, Alcides solicitou, ainda em 2017, por meio de um requerimento, a intervenção. A PCR atendeu a demanda do parlamentar e já começou os trabalhos.

IMG-20190415-WA0010

Haddad homofóbico – Sim, Carlos Bolsonaro, o Carluxo, filho do presidente, só fala e faz besteira. Presta um desserviço ao país com sua postura infantil e perseguidora. Agora, isso não dá direito de Fernando Haddad insinuar, via Twitter, que o vereador tem uma relação homossexual com um primo; como se isso fosse um desqualificador. O debate tem que ficar no campo das ideias. A vida privada de cada um só diz respeito aos envolvidos. Não deve ser instrumentalizada pela política!

Drops

POSICIONAMENTO – Aguardando uma manifestação do presidente Jair Bolsonaro sobre a denúncia feita pela deputada federal Alê Silva, que estaria sofrendo ameaças de morte vindas do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Estranho a inércia do presidente. Se fosse para falar de qualquer cortina de fumaça, Bolsonaro já teria escrito uns dez tuítes.

PARTICIPAÇÃO – Flores recebeu a equipe da Amupe com o projeto Gestão Cidadã; uma iniciativa em parceria com a União Europeia, que tem por objetivo contribuir para consolidação de gestões mais participativas. Do Pajeú, foram selecionados para participar outras cinco cidades: Santa Cruz da Baixa Verde, Calumbi, Carnaíba, Solidão e Tabira.

ACIDENTE – Faleceu, em um grave acidente na BR 232, entre Tacaimbó e Belo Jardim, o ex-vereador de Sertânia Zequinha dos Correios. Sua esposa e outra mulher que se encontrava no veículo foram socorridas. O carro onde eles estavam colidiu com um táxi.

Uma pergunta: a prefeita de Arcoverde lançará mesmo seu vice, em 2020?

O primeiro passo para melhorar a vida financeira, segundo o economista, é simplesmente deixar de fazer o que está errado

Eduardo Moreira, economista (Reprodução)
Eduardo Moreira, economista (Reprodução)

Por Branca Nunes

Postado por Marcos Lima Mochila

 

 

Ex-sócio do Banco Pactual, Eduardo Moreira foi eleito em 2016 um dos melhores economistas do país. Com sete livros publicados, entre eles o best seller Encantadores de Vidas, ele conta por que deixou o mercado financeiro para ensinar às pessoas como economizar dinheiro.

“O que os bancos fazem é uma covardia”, afirma. “Quando você detém o conhecimento e o outro não, torna-se uma relação covarde. Nos meus cursos, mostro que entender o mundo das finanças é cem vezes mais simples do que se imagina. Existem basicamente duas coisas: ou você tem uma participação num negócio ou empresta dinheiro para um negócio”.

Para Moreira, independência financeira não é ter dinheiro para nunca mais trabalhar, mas não depender de ninguém para dizer o que é certo ou não fazer quando investe. “Os cinco maiores bancos do país cobram, só de tarifa, mais de R$ 130 bilhões por ano. Isso equivale ao orçamento da saúde e é maior que o da educação”, conta. “Nunca vi um banqueiro celebrar o lucro de um cliente e perdi a conta da quantidade de vezes que vi banqueiros comemorarem os lucros em cima dos clientes”.

O primeiro passo para melhorar as finanças, segundo Moreira, é simplesmente deixar de fazer o que está errado. “O que se ganha numa aplicação, por exemplo, é bem menos do que o que se paga de tarifas”, ensina.

Em meio à maior crise financeira das últimas décadas, por exemplo, Moreira observa que os bancos tiveram lucros recordes em todos os trimestres. “Você sobe cinco centavos o preço da passagem de ônibus e a população para o país”, diz. “Enquanto isso, os banqueiros continuam felizes. Se os pobres e a classe média soubessem realmente como funcionam as coisas, eles fariam a revolução. O sistema de impostos é um crime. Os ultrarricos, por exemplo, pagam em média 6,9% de imposto de renda. O Brasil é um paraíso fiscal”.

Para Moreira, o primeiro passo é respeitar a verticalidade e a horizontalidade dos impostos. Os seja, pessoas que ganham rendas similares, deveriam pagar alíquotas similares. Parece óbvio? Sim, mas não é o que não acontece no país.

14 04 EDUARDO MOREIRA 1

Os bancos, os ricos, o poder e a pobreza

O jornalista Augusto Nunes entrevistou Eduardo Moreira em seu programa “Perguntar não ofende”, na Jovem Pan News. Ao final da entrevista, Moreira afirmou em alto e bom som:“Se as pessoas soubessem como funcionam as coisas, os pobres e a classe média fariam uma revolução”, disse o economista na entrevista.

Fechar