Posts de Revista Total

stf-teori-zavascki-dida-sampaio-estadao-conteudoPara separar os boatos das informações confirmadas e entender tudo o que se sabe e o que falta saber sobre a investigação, veja a lista de perguntas e respostas abaixo.

A Infraero informou que a aeronave prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, na capital paulista. O avião é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas. A queda ocorreu por volta das 13h45, quando o bimotor estava a 4 km de distância da pista do aeroporto da cidade fluminense.

O Ministério Público, a Polícia Federal e um órgão de investigação da Aeronáutica apuram as causas do acidente.

A Polícia Federal iniciou, em Paraty (RJ), buscas por câmeras de segurança que tenham feito imagens da queda do avião em que estava o ministro Teori Zavascki. A PF também quer imagens dos minutos que antecederam o acidente. O objetivo é verificar, com os vídeos, se a aeronave apresentava algum problema quando caiu no mar.

Pergunta: O filho de Teori postou um “recado” sobre “movimentos para frear a Lava Jato” antes do acidente?

Resposta: SIM

Uma mensagem postada em maio de 2016 por Francisco Prehn Zavascki, filho de Teori, voltou a circular nas redes sociais após a morte do ministro. Ele citou “movimentos para frear a Lava Jato” e falou da possiblidade de “algo acontecer com alguém da minha família”.

Em maio, ele escreveu: “É óbvio que há movimentos dos mais variados tipos para frear a Lava Jato. Penso que é até infantil que não há, isto é, que criminosos do pior tipo (conforme MPF afirma) simplesmente resolveram se submeter à lei! Acredito que a Lei e as instituições vão vencer. Porém, alerto: se algo acontecer com alguém da minha família, vocês já sabem onde procurar…! Fica o recado!”

Em maio de 2016 houve um grande avanço na Operação Lava Jato: a Andrade Gutierrez tinha fechado o maior acordo de leniência no caso até aquele momento. A empresa aceitou pagar R$ 1 bilhão em multas, além de garantir a colaboração em todas as investigações de corrupção que possa estar envolvida.

Pergunta: O filho de Teori afirmou que a queda do avião foi um ato de sabotagem?

Resposta: NÃO

Após o acidente, na quinta-feira (19), Francisco Zavascki afirmou à Agência Brasil que descartava, no momento, sabotagem no acidente aéreo. “Eu realmente temia, mas agora isso não está passando pela cabeça de ninguém. Acho que fatalidades acontecem. Paraty, chuva. O avião arremeteu, e é isso aí. Deu zebra”.

Indagado a respeito das especulações sobre a morte do pai pelo G1 na sexta-feira (20), Francisco afirma que “seria leviano” fazer qualquer conclusão, e deixa para a investigação concluir as circunstâncias da queda do avião. Entretanto, afirmou: “não gostaria de ser órfão de um pai assassinado”.

“Seria muito ruim para o país, extremamente pernicioso, que se imagine que um ministro foi assassinado. Que um juiz, seja ele de primeira instância, seja ele do Supremo Tribunal Federal, seja assassinado por causa de um processo que julgue”, afirmou para, então, finalizar com a afirmação que “eu torço para que tenha sido uma fatalidade, que tenha chegado a hora dele”.

Pergunta: Havia documentos da Lava Jato no avião?

Resposta: NÃO HÁ INFORMAÇÃO QUE INDIQUE ISTO

Mensagens em redes sociais dizem que Teori Zavascki estaria levando na aeronave vários documentos da Lava Jato e o acidente teria feito que estes papeis também tenham se perdido, prejudicando o processo. Esta informação não tem nenhuma confirmação em fontes oficiais. Nem as buscas indicaram que foram encontrados ou podem haver documentos no mar e nem o STF disse que documentos foram perdidos.

Pergunta: Uma foto do modelo da aeronave foi acessada várias vezes antes do acidente?

Resposta: SIM

O site Jet Photos, que tem um banco de imagem de aeronaves, indica que uma foto do Hawker Beechcraft King Air C90 foi acessada quase duas mil vezes no dia 3 de janeiro. O número de acessos foge da média dos dias anteriores, de 0 a 3 cliques. Porém, trata-se apenas de um site de fotos, que não indica deslocamentos passados nem futuros das aeronaves. Por isso, não faz sentido dizer que o alto número de acessos indica que alguém estivesse “seguindo” a aeronave. Também não faz sentido dizer que os acessos visavam a conhecer detalhes técnicos do avião, porque o modelo é altamente conhecido no mercado. Para a PF, a possibilidade é que no dia tenha havido algum anúncio ou alguma promoção de voo. Esta tabela está sendo muito compartilhada em redes sociais sugerindo que o avião estava sendo monitorado para uma suposta sabotagem (clique para ver o site).

Pergunta: O que este número de acessos no site indica?

Resposta: ESTÁ SENDO INVESTIGADO. COMO É APENAS UM SITE DE FOTOS, PF INVESTIGA SE HOUVE ALGUMA PROMOÇÃO NAQUELE DIA

O pico de acessos está sendo investigado pela polícia, mas não necessariamente como um fato ligado a um suposto monitoramento do bimotor. A Polícia Federal disse ao G1: “De fato, a foto na base de dados do avião foi acessada várias vezes, mas não dá para dizer que o avião estava sendo seguido. A PF vai investigar o motivo, mas uma das possibilidades pode ter sido a publicação de algum anúncio ou alguma promoção de voo.”

Pergunta: A Polícia Federal recolheu as imagens da câmera de vigilância do hangar?

Resposta: SIM

A informação de que a PF recolheu as gravações do hangar no Campo de Marte, em SP, que abrigava o bimotor, foi compartilhada por alguns internautas em redes sociais em tom de “suspeita”, como se fosse uma retirada irregular. Os policiais realmente desmontaram o sistema de segurança e levaram o gravador, conforme relatado ao Jornal Nacional. Mas as imagens foram recolhidas de maneira legal, pois fazem parte do inquérito policial instaurado em Angra dos Reis, e o material será analisado na investigação.

Pergunta: Teori é citado como “um cara fechado” em áudio da Lava Jato?

Resposta: SIM

O ministro foi citado em uma gravação que faz parte da Lava Jato e mostra um diálogo entre o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. Veja o que eles disseram:

MACHADO – Um caminho é buscar alguém que tem ligação com o Teori [Zavascki, relator da Lava Jato], mas parece que não tem ninguém.

JUCÁ – Não tem. É um cara fechado, foi ela [Dilma] que botou, um cara… Burocrata da… Ex-ministro do STJ [Superior Tribunal de Justiça].

PERGUNTA: O que Romero Jucá disse após a divulgação do áudio?

RESPOSTA: Que a conversa foi mostrada “fora de contexto”.

Em entrevista após a divulgação do áudio, Jucá dise que não tem “nada a temer” e que não deve “nada a ninguém”. Ele disse também que o diálogo faz parte de uma conversa extensa e que o que foi divulgado são “frases soltas”. “Não estou dizendo que houve descontextualização de tudo. As frases que estão ali, são frases que. dentro do contexto da economia e da política, eu tenho repetido isso abertamente”, afirmou.

PERGUNTA: O que ele disse após o acidente?

RESPOSTA: Romero Jucá publicou uma nota de pesar. Leia a nota: “O falecimento do ministro Teori Zavascki é uma grande perda para o País, em especial para a justiça brasileira. O ministro sempre desempenhou um trabalho com precisão técnica e discrição necessária. Todos nós lamentamos a perda e estamos solidários à família, amigos e admiradores”.

Pergunta: Um “sargento” deu orientações erradas ao piloto e foi “solto em tempo recorde”?

Resposta: COMPLETAMENTE FALSO

Uma mensagem compartilhada principalmente no Whatsapp cita um suposto sargento que teria orientado o piloto do avião, em conversa por rádio, a descer a uma altura não recomendável. Esta orientação teria levado a aeronave a cair. Além disso, a mensagem indica que o suposto sargento chegou até a ser preso, mas foi “solto em tempo recorde com base em habeas corpus emitido pelo ministro Lewandowski”. Não há registro da suposta prisão nem do habeas corpus citado.

Além das respostas sobre teorias compartilhadas em redes sociais acima, leia abaixo as principais perguntas e respostas sobre o acidente:

Quem são as vítimas?

– Teori Zavascki, ministro do Supremo Tribunal Federal

– Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, empresário

– Osmar Rodrigues, piloto do avião

– Maira Lidiane Panas Helatczuk, massoterapeuta de Filgueiras

– Maria Ilda Panas, mãe de Maira

As identidades das duas mulheres foram confirmadas pelo Hotel Emiliano, o proprietário do avião, nesta sexta-feira (20).

Quais as circunstâncias da queda?

Ainda não está totalmente claro o que ocorreu. Chovia bastante no momento do acidente, segundo imagens de radar. O mau tempo é um fator que pode comprometer a aproximação do aeroporto de Paraty, em que as aterrissagens só podem acontecer em condição visual.

A engenheira Rachel Schneider, que estava num barco de turismo, disse que viu o avião bater com uma das asas na água. “Nesse momento que a gente viu o avião passando, ele estava fazendo uma curva e uma curva muito acentuada”, afirmou Rachel ao Bom Dia Rio. “Até falamos: nossa, está esquisito, esse avião está muito baixo. […] Não explodiu, só fez uma curva muito acentuada e a asa, foi a asa que bateu [no mar].”

Outra testemunha disse que não ouviu nenhum barulho na hora da queda. “Só senti um cheiro forte de gasolina. Logo que o avião caiu, já estavam fazendo o resgate, e uma pessoa que estava dentro do avião estava viva pedindo socorro. As pessoas tentaram socorrer, mas não deu tempo”, lamentou Rosália Ramos Lima, dona de uma pousada na Ilha Rasa, que fica perto do local do acidente.

Quais as características do aeroporto?

O aeroporto de Paraty é rudimentar quando comparado com aeroportos convencionais. Há no lugar, basicamente, uma pista de pouso. O aeroporto não tem torre de controle nem equipamentos que permitam pousos por instrumentos, condição em que os aparelhos orientam o piloto sobre qual altitude, inclinação e velocidade ter nos momentos anteriores à aterrisagem. Tampouco há carta de navegação, algo obrigatório em aeroportos com auxílio de instrumentos.

Qual era a situação da aeronave?

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a documentação da aeronave estava regular. O certificado era válido até abril de 2022, e inspeção da manutenção (anual) estava válida até abril de 2017.

A aeronave tinha caixa-preta?

Sim. A FAB informou que o avião tinha um equipamento chamado “voice recorder”, ou seja, um gravador de voz. O equipamento foi recuperado. Ele pode ser fundamental para esclarecer o que provocou a queda do avião. O equipamento passará por perícia para que os investigadores descubram se ele estava ligado e registrou conversas durante o voo.

Aviões particulares de pequeno porte, como King Air, não são obrigados a ter esse tipo de equipamento. Tanto que a aeronave não tinha o outro gravador encontrado obrigatório em aviões de grande porte, o Flight Data Recorder (FDR), ou gravador de dados de voo, que monitora o comportamento dos sistemas do avião.

Quem era o dono do avião?

A aeronave estava registrada no nome da empresa Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleira, que pertence a Carlos Alberto Fernandes Filgueiras. O Grupo Emiliano tem uma rede de hotéis de luxo, com uma unidade em São Paulo e outra no Rio. Filgueiras era amigo do ministro Teori Zavascki.

O que dizem especialistas em aviação?

Gustavo Cunha Mello, especialista em gerenciamento de risco, disse ao Bom Dia Brasil que é possível que o piloto tenha sofrido desorientação espacial, fenômeno no qual o comandante perde a noção de onde está a superfície (veja o vídeo abaixo).

“Claro que todo acidente tem uma série de fatores contribuintes, mas o principal, que deve estar no radar do Cenipa [Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos], é a perda de orientação espacial para que ele possa ter tocado a ponta da asa no oceano.”

Especialistas ouvidos pelo Jornal Nacional acreditam que a possiblidade de uma pane é a menos provável. Para eles, a pouca visibilidade por causa do mau tempo pode ter contribuído para a queda do avião.

“Aparentemente, o teto trava acima e a visibilidade trava, devia estar acima de cinco quilômetros. Só que você pode ter uma situação em que você tem chuva. Se uma chuva mais forte, não precisa ser de grande intensidade, mas uma chuva forte, durante pouco tempo, pode fazer com que desapareça o horizonte”, explicou Jorge Eduardo Leal Medeiros engenheiro aeronáutico e professor da Poli-USP.

Uma testemunha contou que o avião chegou a arremeter. O acidente teria acontecido na segunda tentativa de pousar. “O procedimento correto é fazer uma arremetida quando está numa situação onde não está confortável, onde identifica um problema, seja no aeroporto, seja na aeronave, arremete. Agora, o que não se sabe é que dentro desse período da aproximação e arremetida o que aconteceu”, disse o piloto Adriano Castanho, diretor do Sindicato Nacional dos Aeronautas. Veja a reportagem completa do Jornal Nacional

O que se sabe sobre o piloto?

O piloto Osmar Rodrigues era “muito cuidadoso” e chegou a dar palestra para outros pilotos sobre como fazer a rota São Paulo-Paraty, segundo informações do Bom Dia Brasil. Rodrigues tinha 56 anos.

No ano passado, Rodrigues foi palestrante no Campo de Marte, em São Paulo, em um fórum para pilotos de aviação executiva. Fernando Guimarães, dono do Hangar Tag, disse que o piloto conhecido pelos amigos como “Mazinho” foi escolhido por ser o mais experiente para falar sobre os desafios de um voo para Paraty.

“Ele falou pra gente foi isso: ‘O segredo é vocês não abusarem, saibam dizer não pro patrão de vocês, a visibilidade tá ruim, arremeta, não vá. Se tem chuva, desvie…'”, relatou Guimarães.

Quem conduzirá as investigações?

A apuração das razões técnicas que contribuíram para o acidente, como a influência do mau tempo, da aeronave e do piloto, ficam a cargo do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), que esteve no local da queda na quinta-feira.

Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal (PF) irão apurar se houve eventual intenção deliberada de derrubar o avião.

O MPF de Angra dos Reis, no litoral sul do Rio de Janeiro, abriu inquérito a respeito. A responsável é a procuradora da República Cristina Nascimento de Melo.

Na PF, o inquérito está sob responsabilidade do delegado chefe da corporação em Angra, Adriano Antonio Soares. O policial aguarda a chegada em Angra de um grupo da PF de Brasília, especializado em acidentes aéreos.

Qual é o prazo da investigação técnica e quais são as etapas?

O tenente-coronel da reserva da Aeronáutica Luiz Alberto Bohrer disse ao Jornal Nacional que uma investigação não tem um prazo pré-determinado.

“Não existe um padrão, tanto que a legislação antiga nossa estabelecia 30 dias, aí o investigador tinha que pedir renovação, o que era um absurdo. Em 30 dias não se analisa nem declarações de testemunha. Então, as investigações, o prazo legal previsto desapareceu”, disse.

Uma investigação começa com a seleção de testemunhas: coleta de dados no loca e análise dos destroços. Os investigadores buscam indícios de falhas, levantam hipóteses sobre a performance do avião nos momentos finais do voo, fotografam detalhes e retiram partes do avião.

Depois, vem a fase de análise dos dados, de informações médicas e psicológicas dos pilotos, da rota de voo, da meteorologia. Ao longo dos trabalhos, outros profissionais – pilotos, engenheiros, médicos, psicólogos, mecânicos – poderão ser chamados para se juntar à comissão.

“Aí depois que termina isso daí tem que ser feito o parecer, tem que se analisar tudo isso, porque pode ter uma quebra, uma falha, mas que não teve papel importante no acidente. Aí o investigador ou a comissão de investigação junta todos os laudos parciais, faz o laudo final. Aí vem a palavra final que representa o governo brasileiro que diz o acidente aconteceu por causa disto. Aí este relatório depois que é feito, é entregue, podemos dizer: a investigação está concluída”, explicou Bohrer.

Pescoço de texto, geração da cabeça baixa ou pescoço tecnológico…já ouviu falar?! O problema vem se tornando cada vez mais comum e preocupante em todo o mundo; entre jovens e adultos. E o negócio é sério: a Organização Mundial de Saúde já considera a síndrome epidêmica.

Você já parou para prestar atenção como a gente inclina a cabeça para frente quando está usando o celular? Na rua, existe uma legião de cabeças baixas. E é toda hora! Pesquisas recentes indicar que, atualmente, as pessoas consultam seus dispositivos móveis até 150 vezes por dia – o que consumiria quatro horas do dia assim: com o pescoço torto para baixo. Quatro horas por dia? Faça as contas, são 120 horas por mês…mais de 1400 horas por ano de estresse contínuo sobre a coluna.

O número de queixas em todo o mundo é cada vez maior; por isso, ortopedistas, fisioterapeutas e outros profissionais de saúde têm alertado sobre o problema de postura causado por esse uso excessivo do smartphone.

A má postura pode levar a um desgaste da coluna vertebral, sobrecarregando as vértebras cervicais. Mais do que isso, a tensão muscular pode causar a compressão de nervos e até hérnias de disco. O primeiro sintoma é sempre a dor; na região superior das costas e no pescoço. Em crianças e jovens ainda em fase de desenvolvimento ósseo, a postura errada do pescoço pode comprometer até o crescimento…

Um estudo do Centro Médico de Cirurgia Espinhal e Reabilitação de Nova York mostrou que a postura ideal é definida pelo alinhamento das orelhas com os ombros. Mas ao usar o celular com a cabeça baixa, a maioria das pessoas ainda projeta os ombros para frente. Se a gente levar em conta que a cabeça de um adulto pesa entre cinco e oito quilos, à medida que a cabeça dobra para frente e para baixo, a pressão sobre a coluna cervical aumenta. Segundo esse mesmo estudo do instituto americano, se o ângulo de curvatura do pescoço ficar em 15 graus, por exemplo, a carga sobre a coluna será de aproximadamente 12 quilos. Aos 60 graus de inclinação, o peso já chega a quase 30 quilos!

Algumas dicas podem garantir uma postura um pouquinho melhor e menos agressiva para o seu pescoço como, por exemplo, olhar para baixo apenas com os olhos, sem dobrar tanto o pescoço; controlar o tempo de uso do celular também é uma boa.

Com 16 anos de idade, o Vitor confessa que passa praticamente o dia inteiro entre o computador e o smartphone. Ele não liga muito para a posição do pescoço; pelo menos ainda. Apesar de nunca ter sentido dor, por histórico familiar de sucessivos problemas na coluna, ele já se previne e faz sessões de fisioterapia todas as semanas para acertar a postura.

Se você se preocupa com seu pescoço e sua postura, exercícios de alongamento podem ser úteis. É fácil, basta movimentar a cabeça para cima e para baixo e da esquerda para a direita – repita o movimento pelo menos 10 vezes seguidas. Tente encostar o queixo no tórax para alongar. Agora se você já estiver com qualquer sinal de pescoço tecnológico, procure o quanto antes um profissional.

download (11)O prefeito de Vitória de Santo Antão, Aglaílson Junior (PSB), vem tomando uma série de medidas a frente da Prefeitura Municipal, as quais vem recebendo muitos elogios por parte da população e também por parte de diversos personalidades políticas, entre elas, o governador Paulo Câmara (PSB), que o considera uma revelação e já acredita que ele será um dos melhores gestores públicos municipais.
Ao receber a Prefeitura, Aglaílson deparou-se com uma série de irregularidades e com uma imensa relação de contas para pagar, inclusive a funcionários e fornecedores, sem que a Municipalidade dispusesse de recursos suficientes.
As primeiras medidas do prefeito foi verificar onde poderia cortar, tendo de início diminuído o número de cargos comissionados, o que aliviou a folha de pagamento. O problema nesse ponto é crítico, pois os servidores ainda não receberam o mês de dezembro e empresas terceirazadas devem até três meses por falta de repasse da Prefeitura.
Ao verificar os contratos de aluguéis de imóveis, o gestor percebeu que existiam muitas casas alugadas sem necessidade. Sendo assim, transferiu as repartições para prédios próprios da Prefeitura e rescindiu os contratos com as consideradas desnecessárias.
O prefeito disse ao Blog Revista TOTAL que tem se esforçado muito para encontrar as soluções para os inúmeros problemas da Prefeitura, em todas as áreas, principalmente na Saúde e Educação. Também já determinou intensificação dos serviços de limpeza urbana e a elaboração de um programa para recuperar o carnaval de Vitória de Santo Antão, que já foi considerado o melhor de Pernambuco. “Precisamos do apoio dos foliões e dos empresários para fazermos um grande carnaval, com muito brilho e alegria”, resumiu o pefeito.

Por Márcio Maia

Os mais importantes fatos da História de Pernambuco estão comemorados com uma exposição de quadros no Recife Antigo. Trata-se da Independência de Pernambuco que, durante 74 dias, foi um País livre e republicano com Constituição própria, Senado e um embaixador nos Estados Unidos. Foi a primeira manifestação contrária ao Império de Dom Pedro I e a favor da Proclamação da República, acabando com o absolutismo monárquico.
Para acabar com a ousadia dos pernambucanos, o imperador reuniu as tropas do sudeste e juntou-as com as da Bahia para invadir o território independente. Com uma força desproporcional, as forças imperiais invadiram o País de Pernambuco e promoveram grande destruição, matando os principais líderes do movimento: Cruz Cabugá, Vigário Tenório e Leão Coroado, ocasionando ainda morte do Padre Ribeiro Pessoa, que preferiu o suicídio na prisão a ser morto em praça pública como os demais.
Além dessas ações, o imperador tomou de Pernambuco uma extensa área de terra, onde hoje estão as cidades do Sertão próximas da fronteira com a Paraíba e o Ceará e as áreas às margens do Rio São Francisco até as proximidades com Minas Gerais.
Por conta dessa decisão, Dom Pedro I tornou-se “persona non grata” a Pernambuco. Quando o imperador morreu em Portugal, houve uma solicitação para uma parada estratégica no Recife. A população revoltou-se e não permitiu que as autoridades do Porto do Recife autorizassem a atracação do navio em que o corpo de Dom Pedro I estava sendo transportado para ser sepultado.
MOSTRA DE PINTURAS – A mostra de pinturas que está sendo chamada de “17 por 12″, acontece na Arte Plural Galeria, na Rua da Moeda, no Recife Antigo, onde estão doze pinturas. O curador Raul Córdola disse que os quadros mostram diversos momentos da Revolução da República de Pernambuco, como a eleição do Governo, a benção da Bandeira de Pernambuco e ainda o que seria o fuzilamento do Padre Roma. Entre os pintores estão Renato Valle e o holandês radicado em Pernambuco Roberto Ploeg.

paulo-camara-pernambuco_rep_facebook_1280x720

O governador Paulo Câmara (PSB) deu uma grande demonstração de  força e maturidade política na tarde de ontem, no Palácio do Campo das Princesas, durante a posse de três novos secretários, entre eles o vice-governador Raul Henry (PMDB), que assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Centenas de políticos e líderes empresariais estiveram presentes, prestigiando a solenidade que foi rápida e simples.
Câmara explicou que as mudanças não tiveram conotação de mudança e que os novos empossados irão dar continuidade ao que os antecessores tinham planejado e estavam realizando. “Queremos que todos mantenham-se trabalhando com empenho e muita vontade de atender aos anseios do povo pernambucano, pois vivemos um momento grave em todos os setores, inclusive convivendo com cinco anos de seca em nosso Estado”.
Além do governador, o único ao falar no evento foi Raul Henry foi garantiu que vai continuar com a mesma disposição, embora ele e o governador houvessem acordado que ficaria responsável pelas questões institucionais do Governo do Estado. “Não tenho como me negar a atender um pedido de Paulo Câmara que tem se mostrado um gestor de enorme eficiência e coerência com os seus princípios. Sou testemunha de seu compromisso de resolver os graves problemas do Estado”.
Muitas personalidades de diversas linhas políticas, como os ex-governadores Roberto Magalhães e Jarbas Vasconcelos, deputados federais e estaduais. A força que o PMDB ganhou no Governo com a posse foi reconhecida pela maioria, mas todos enfatizaram que os empossados têm capacidade para gerir as pastas para onde foram indicados.
O arquiteto Marcos Baptista vai ocupar a presidência do Complexo Industrial e Portuário de Suape, deixando a Secretaria de Habitação. Baptista é ligado a Raul Henry e Jarbas e
vai com força total comandar um dos mais importantes setores do Governo, tendo a possibilidade de montar uma grande equipe de peemedebistas.

Bruno Lisboa, que trabalhou nos Governos de Carlos Wilson e Jarbas Vasconcelos, saiu de Suape e foi para a Companhia Estadual de Habitação (Cehab). também é ligado politicamente a Raul Henry e é considerado um gestor com boas relações entre os partidos da Frente Popular.

O advogado Roberto Franca com forte atuação na área de defesa dos Direitos Humanos estava dirigindo a Fundação de Atendimento Sócio-educativo (Funase) e assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude.

Os deputados Waldemar Borges e Isaltino Nascimento estiveram presentes à solenidade. Borges reiterou que estava satisfeito com o trabalho que realizou como líder do Governo durante os últimos seis anos, quando conseguiu aprovar a absoluta maioria dos projetos de interesse dos  governadores Eduardo Campos, João Lyra Neto e Câmara. Já Isaltino também mostrou-se satisfeito com a indicação e prometeu trabalhar para manter o mesmo nível alcançado por seu antecessor.

ministroMorreu nesta quinta-feira (19), aos 68 anos de idade, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki após a queda de uma aeronave em Paraty, litoral do Rio de Janeiro. A informação da morte foi confirmada pelo seu filho Francisco Zavascki.

“Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!”, postou Francisco no Facebook.

Teori era o relator da Operação Lava Jato no Supremo. Francisco Zavascki disse, por telefone, que o pai estava indo a Paraty em viagem de férias.

Segundo o STF, o presidente Michel Temer e a ministra Cármen Lúcia, presidente da Corte, já foram informados do acidente, mas ainda não se pronunciaram sobre a morte do ministro.

Segundo o vice-líder do governo no Senado, José Medeiros (PSD-MT), que estava ao lado do presidente Michel Temer quando ele foi informado sobre o acidente, a reação do peemedebista foi “de consternação” ao ouvir que o ministro do Supremo estaria na lista de passageiros.

“Ele disse apenas um ‘meu Deus’ quando ouviu e já pediu, em seguida, que o comando da Aeronáutica tomasse pé da situação. Ficou consternado, mudou mesmo o semblante porque ficou muito impactado com a notícia –além de Teori ser muito respeitado no meio jurídico, o próprio Temer o conhecia desse meio”, disse Medeiros.

O que se sabe sobre o acidente

Os Bombeiros disseram que chovia muito no local do acidente e que tinham conseguido visualizar três vítimas presas no avião, que se encontrava submerso, sem identificá-las.

Segundo a assessoria de imprensa da FAB (Força Aérea Brasileira), o avião de modelo Beechcraft C90GT, prefixo PR-SOM, saiu do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, às 13h (horário de Brasília). De acordo com funcionários do aeroporto de Paraty, a aeronave caiu no mar por volta das 13h30, momento em que chovia na região.

Nem a FAB nem os Bombeiros informaram sobre quantas pessoas estavam a bordo e sobre o estado de saúde das mesmas.

Segundo informações disponíveis no site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o Beechcraft C90GT tem capacidade para sete passageiros, além do piloto. É um avião bimotor turboélice fabricado pela Hawker Beechcraft. A aeronave PR-SOM está registrada em nome da Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras Limitada.

De acordo com a FAB, uma equipe do Seripa-3 (Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) está a caminho de Paraty para iniciar a investigação sobre o acidente.

Segundo a Marinha, 50 militares e três embarcações estavam envolvidos nas buscas, além da equipe do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro e de barcos pesqueiros.

Lava Jato

Teori Zavascki tinha 68 anos de idade. Nascido em Faxinal dos Guedes, em Santa Catarina, ele se formou em Direito pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) em 1972. Teori foi ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) entre 2003 e 2012. Em novembro de 2012, ele tomou posse como ministro do STF após a indicação da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Teori era o relator da Lava Jato no Supremo e estava prevista para fevereiro a homologação dos acordos de delação da Odebrecht.

Investigadores da Lava Jato trabalhavam com a previsão de que todo o conteúdo das 77 delações da empreiteira Odebrecht, considerada a maior delação do esquema, seja tornado público na primeira quinzena de fevereiro. A expectativa de investigadores era de que o ministro retirasse o sigilo dos cerca de 900 depoimentos tão logo as delações sejam homologadas. Isso estava previsto para ocorrer após o fim do recesso do Judiciário, nos primeiros dias de fevereiro.

indexFruto de um entendimento amadurecido ao longo dos últimos meses junto ao governador Paulo Câmara, deixo a Liderança do Governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco a partir desta legislatura.  Há seis anos no cargo, acredito ser saudável que haja um rodízio nessa função que tanto me orgulho de ter desempenhado. A oportunidade de liderar na Assembleia o projeto político iniciado em Pernambuco por Eduardo Campos, e hoje comandado por Paulo Câmara, foi verdadeiramente um privilégio que a história me reservou.

Agradeço inicialmente aos governadores que me confiaram essa missão. A Eduardo Campos, a João Lyra e a Paulo Câmara. Nenhum desses jamais me recomendou nada além de empenho para servir, com o melhor dos meus esforços, a Pernambuco. Agradeço às equipes governamentais com as quais interagi nesses últimos seis anos. Agradeço à Bancada do Governo na Casa, cuja coesão, respaldada pela qualidade dos projetos elaborados pelo Executivo, garantiu a aprovação de todos as mensagens enviadas à Casa ao longo desse período. Faço uma referência à Bancada da Oposição, com a qual sempre estabeleci uma via de mão dupla assentada no respeito recíproco, e cuja intervenção nos debates muitas vezes ajudou a aperfeiçoar propostas governamentais.

 Coloco-me, como sempre, na condição de militante da Frente Popular de Pernambuco, à disposição para desempenhar qualquer missão que, estando ao meu alcance, venha contribuir com a consolidação e o avanço do projeto político que mais fez por Pernambuco, sobretudo pelo segmento da população historicamente menos assistidos pelo Poder Público. Por fim, dou as boas-vindas aos novos colegas que chegam ou retornam à Assembleia. Suas presenças, certamente darão ainda mais ânimo para que consigamos seguir ajudando o nosso Estado a atravessar, sob a liderança do governador Paulo Câmara, esse grave momento que atravessa o País.

Waldemar Borges
Deputado Estadual

imagesO governador Paulo Câmara (PSB) promoveu uma pequena modificação em seu secretariado e também na liderança do Governo na Assembléia Legislativa, trocando Waldemar Borges por Isaltino Nascimento. Borges estava como líder há nada menos de seis anos, tendo iniciado com Eduardo Campos (PSB), passado por João Lyra Filho (PSDB) e Câmara.

A mudança mais inesperada foi a indicação do vice-governador Raul Henry (PMDB) para dirigir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Muito ligado ao deputado federal Jarbas Vasconcelos, Raul tem livre trânsito em todos os setores do Estado e seu nome foi bastante elogiado.

Outra mudança que deu muita força ao PMDB foi a nomeação do arquiteto Marcos Baptista para a presidência do Complexo Industrial e Portuário de Suape, deixando a Secretaria de Habitação. Baptista vai comandar um dos mais importantes setores do Governo e terá a possibilidade de montar uma grande equipe de peemedebistas.

Bruno Lisboa, que trabalhou nos Governos de Carlos Wilson e Jarbas Vasconcelos, saiu de Suape indo para a Companhia Estadual de Habitação (Cehab). É ligado politicamente a Raul Henry e é considerado um gestor com boas relações entre os partidos da Frente Popular.

O advogado Roberto Franca com forte atuação na área de defesa dos Direitos Humanos estava dirigindo a Fundação de Atendimento Sócio-educativo (Funase) e foi designado para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude.

Ao sair do cargo, o deputado Waldemar Borges disse que estava satisfeito com o trabalho realizado durante os últimos seus anos, quando conseguiu aprovar a absoluta maioria dos projetos de interesse dos três governadores a quem serviu como líder na ALEPE. Já Isaltino também mostrou-se satisfeito com a indicação e prometeu trabalhar para manter o mesmo nível alcançado por seu antecessor.

A posse dos novos secretários acontecerá nessa quinta-feira, no Salão das Bandeiras, no Palácio do Campo das Princesas, em solenidade a ser presidida pelo governado Paulo Câmara.

indexO Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco anunciou que será rigorosa a fiscalização nos trios elétricos, camarotes, palcos e barracas instalados durante as festas pré-carnavalescas e nos dias de Carnaval, na Capital e nas principais cidades onde os festejos são intensos, como Vitória de Santo Antão, Bezerros, Triunfo e Pesqueira.

Os empresários de trios e camarotes têm até a próxima quinta-feira (26) para darem entrada na documentação do Atestado de Regularidade Técnica (ART) para liberação do Atestado de Regularidade (AR). Os bombeiros querem adiantar o serviço de fiscalização e por isso, vai vistoriar os veículos para comprovação de que estão de acordo com o que estabelece a legislação.

O major Erick Aprígio, responsável pela fiscalização, reuniu-se hoje (18) com os empresários do setor, inclusive o presidente da Associação de Trios Elétricos de Pernambuco, Fred Leite, que aplaudiu a determinação dos bombeiros, adiantando que a vistoria prévia é bom pra todo mundo.

O oficial ressaltou que a fiscalização na capacidade de ocupação dos trios e dos carros de apoio será rigorosa. “Não vamos permitir que os caminhões circulem com o número de foliões além da capacidade real, pois este é um problema muito sério e pode causar graves acidentes. Nosso pessoal ficará em pontos estratégicos dos percursos das agremiações carnavalescas e os excessos serão combatidos, inclusive com o apoio da Polícia Militar”, enfatizou o major Aprígio.

O coronel Francisco Arruda também participou da reunião e solicitou dos empresários e dos dirigentes das grandes agremiações que entendam o por quê da proibição, pois o objetivo do Corpo de Bombeiros é fazer com que os foliões pernambucanos e os milhares de turistas do Brasil e do Exterior brinquem um carnaval com toda segurança.

Por Márcio Maia

prestaçãoOs prefeitos eleitos e reeleitos têm até o próximo dia 30 de março para entregarem ao Ministério Público de Contas as prestações de contas das Prefeituras sob pena de serem considerados cúmplices dos seus antecessores, caso seja detectada alguma irregularidade na documentação.

O anúncio foi feito pelo procurador geral do MP de Contas, Cristiano Pimentel, que anunciou que nos últimos anos, cerca de 25 por cento da documentação encaminhada pelos prefeitos apresentam problemas ou irregularidades. Nos documentos, devem constar também informações sobre o processo de transição. Após a lei promulgada pelo ex-governador Eduardo Campos (PSB), os prefeitos estão obrigados a nomear comissões para entrega dos documentos exigidos pelos substitutos.

Para o presidente do Tribunal de Contas, Carlos Porto, a obrigatoriedade da Comissão de Transição em todos os municípios pernambucanos foi uma decisão pioneira e importante, pois os novos gestores, principalmente quando são oposicionistas, tinham muita dificuldade para conhecimento da situação financeira, de pessoal e equipamentos das Prefeituras.

As primeiras informações indicam que pelo menos, 80 das 184 Prefeituras Municipais não estão com sua contabilidade regular, devendo ao funcionalismo o 13º salário e, pelo menos, o mês de dezembro, além de ter débitos com fornecedores. Muitas também têm problemas de débitos com as entidades de Previdência dos servidores municipais.

Muitos prefeitos já anunciaram que diminuíram o número de secretarias municipais e a demissão de centenas de comissionados, mas essas providências não têm sido suficientes para regularizar as contas públicas.

O Ministério Público e o Tribunal de Contas estão prometendo rigor absoluto para que os gestores municipais, os novos e os reeleitos, cumpram com o que determina a legislação. Carlos Porto resumiu o que os prefeitos devem fazer: Não podem gastar mais do que arrecadam.

Fechar