O resultado das eleições municipais deste ano foi desastroso para o PT no país, e isso inclui Pernambuco. Na capital do Estado, a legenda tombou com Marília Arraes, que foi derrotada até com certa folga pelo seu primo, o socialista João Campos, contrariando as pesquisas de opinião, que viam um cenário mais acirrado entre os dois na disputa pela Prefeitura do Recife.
A legenda petista terá de se refazer desse duro revés, analisando o que deu errado. Mas pode começar por onde está dando certo, a exemplo de Serra Talhada, uma das cidades mais importantes do Sertão do Pajeú.
Por lá o Partido dos Trabalhadores vem construindo um caminho exitoso na gestão municipal. Começou primeiro com o atual prefeito Luciano Duque, que venceu pela primeira vez em 2012, foi reeleito quatro anos depois e conseguiu emplacar a afilhada política, Márcia Conrado.
O curioso é que, para a casa legislativa, o PT de Serra Talhada fez apenas dois vereadores. A maioria eleita ou reeleita é do PP, mas a legenda é da base de Márcia.
O sucesso da administração de Duque é inegável, já que a prefeita eleita venceu por uma ampla margem. Agora cabe à Márcia dar continuidade ao que já foi feito pelo atual prefeito. Se em Serra Talhada a população vem dando o aval à gestão petista, é porque tem merecido esse crédito. Não custa nada às maiores lideranças do PT no Estado pegar a cidade sertaneja de exemplo.

Fonte blog do Carlos Britto

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar