Uma frente de lideranças da direita Pernambucana se reuniu para traçar o perfil da oposição que mais se adeque à visão da pauta da direita conservadora, pois, o Presidente Bolsonaro não se posicionou a respeito de quem apoiará em Recife, e o seu partido Aliança pelo Brasil não saiu, o que impossibilitou a referencia de um nome conservador de fato.

Vale lembrar que o Presidente Bolsonaro teve 436 mil votos em Recife e esse eleitorado provavelmente definirá a eleição 2020. Ficou estabelecido que uma comissão dentre os vários representantes da direita pernambucana (Alexandre Carvalho, Nelson Monteiro, Joaquim Pereira, Onilda Lira, Vilmar Pereira e Jeannine Serrano), conduzirá uma sabatina com a presença de toda direita para entender como é o perfil de cada pré candidato a majoritária recifense.

A sabatina iniciará com o deputado federal Daniel Coelho (Cidadania), nesta segunda-feira (13). Na seqüência, no dia 15, com o pastor Jairinho (PTC). Os demais encontros ainda estão sendo agendados com o deputado estadual Alberto Feitosa (PSC), o ex-ministro Mendonça Filho (DEM), o deputado estadual do Recife Marco Aurélio (PRTB), o procurador Charbel (Novo) e a delegada Patrícia Domingos (Podemos), faltando ainda o contato da comissão com os dois últimos pré candidatos.

Às eleições municipais deste ano, devido à pandemia do Covid, foram adiadas, em uma PEC aprovada no Congresso Nacional, e devem ocorrer nos dias 15 de novembro, primeiro turno, e 27, segundo turno, novembro, caso necessário.

Matéria transcrita do blog do Silvinho.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar