Após o governador do Rio de Janeiro ser alvo de investigação, presidente diz que mais operações da Polícia Federal vão ocorrer em todo o país.
Como de costume, o presidente Jair Bolsonaro conversa com seus apoiadores diariamente em frente do Palácio da Alvorada. Na manhã desta quarta-feira (27), alguns deles mencionaram a operação deflagrada pela Polícia Federal que investiga o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).

De acordo com Bolsonaro, novas operações da PF deverão ser realizadas durante a sua gestão como presidente.

“Vai ter mais, enquanto eu for presidente vai ter mais, no Brasil todo. Isso não é informação privilegiada, não”, respondeu.

Outro apoiador do presidente pediu “justiça em tempo real para todos que cumpriram crimes contra a população”. Bolsonaro disse: a Polícia Federal está agindo.

Hoje, alguns dos apoiadores de Bolsonaro se tornaram alvo da PF. O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL), o empresário Luciano Hang, o blogueiro Allan dos Santos, do site bolsonarista Terça Livre, e a ativista bolsonarista Sara Winter.

Portal da prefeitura

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar