O programa é uma ação conjunta entre o Banco Central, o BNDES e o Ministério da Fazenda

Comércio fechado na rua 25 de Março durante a quarentena (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Por Congresso Em Foco

Postado por Marcos Lima Mochila

.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciaram nesta sexta-feira (27) um programa de auxílio a pequenas e médias empresas para financiar o pagamento de salários pelos próximos dois meses. Serão R$ 20 bilhões por mês – totalizando R$ 40 bilhões – disponibilizados a empresas com faturamento entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões.

O programa é uma ação conjunta entre o Banco Central, o BNDES e o Ministério da Fazenda e deve beneficiar 1,4 milhão de empresas e 12 milhões de trabalhadores.

Pelo programa, o governo financia o pagamento de até dois salários mínimos por funcionário. As empresas que aderirem ao programa não poderão demitir pelo período de dois meses. O empréstimo não terá spread, portanto a taxa de juros cobrada pelo empresário será a Selic, atualmente em 3,25% ao ano.

Dos R$ 20 bilhões mensais, R$ 17 bilhões sairão do Tesouro Nacional e R$ 3 bilhões da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

A expectativa do governo é que os recursos estejam disponíveis em até duas semanas.

O programa está sendo discutido no Congresso, neste momento. 

Mais informações em breve.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar