Arquivos do mês fevereiro 2020

Por Marcos Lima Mochila

O vereador Neto de Dija, pré-candidato a prefeito vicenciense, aproveitou o período momesco e, consequentemente, a folga nas atividades na Câmara Municipal de Vicência, para estar presente ao povo que o elegeu, participando das festas carnavalescas da cidade.

A participação de Neto no carnaval foi bastante positiva. O pré-candidato se fez presente nos mais diversos eventos realizados na sede e nos distritos. Carismático, sempre muito à vontade e interagindo com a população, Neto se mostra um político “bom de rua”, aproveitando cada encontro para estreitar ainda mais os laços com os eleitores e conhecer suas reais necessidades.

A partir de agora, e com fôlego renovado, Neto deve intensificar os trabalhos visando o ato de filiação ao PSB, previsto para acontecer no próximo dia 6 de março.

Resort na praia de Muro Alto (PE) realiza mais uma edição do Gourmet Show com a participação de experts da gastronomia nacional e internacional

Postado por Marcos Lima Mochila

O Summerville Beach Resort, localizado em uma das praias mais paradisíacas de Porto de Galinhas, em Muro Alto (PE), promove nos dias 7, 14 e 28 de março mais uma edição do Gourmet Show. O objetivo do evento, que faz parte do calendário anual do resort, é proporcionar aos hóspedes experiências gastronômicas diferenciadas a cada fim de semana, com pratos assinados por chefs nacionais e internacionais.

Entre o time de brasileiros estão as estrelas César Santos, do restaurante Oficina do Sabor (PE), trazendo uma cozinha com raízes pernambucanas, Fabim Pereira (GO), ofertando uma gastronomia tipicamente regional e Serginho Jucá, do restaurante SuR (AL), oferecendo pratos mais contemporâneos e internacionais. Seguindo para os convidados estrangeiros, estão Luciano Boseggia, que já conquistou prêmios importantes no mundo gastronômico, como a Estrela do guia Michelin, Massimo Barletti e Franco Borello, todos de origem italiana. Os chefs foram selecionados criteriosamente por seus currículos carimbados e pelo reconhecimento profissional.

No dia 07 de março, quem comanda o cardápio do evento são os chefs César Santos e Fabim Pereira. Dia 14, Luciano Boseggia e César Santos assumem a cozinha. No dia 28, o menu fica por conta dos especialistas Franco Borello, Massimo Barletti e Serginho Jucá. 

Os experts da gastronomia vão preparar, ao vivo, os pratos destaques à vista dos clientes na “cozinha show” do principal restaurante do resort, o Sete Mares, das 19h às 22h. Além disso, o Summerville vai ofertar durante o evento rótulos de vinhos que melhor harmonizam com as ceias elaboradas.

Conheça mais sobre os chefs convidados:

César Santos

Consagrado como um dos melhores chefs do Brasil, o Pernambucano César Santos ficou conhecido pela sua criatividade, sofisticação e originalidade na apresentação de pratos que resgatam a cultura nordestina com ingredientes bem típicos da região.

Fabim Pereira

Chef de cozinha e goiano de corpo e alma, Fabim é personal chef, consultor gastronômico, palestrante em workshop, cozinha show, atuante em festivais e temporadas gastronômicas. Tem o turismo gastronômico como inspiração, viajando assim, a quase duas dezenas de países. 

Luciano Boseggia

O chef Luciano tem muita história para contar na gastronomia contemporânea. Nascido na Itália, depois de adquirir bagagem e experiências na Europa, aceitou um convite para o Brasil e comandou o restaurante Fasano de São Paulo durante 14 anos. E foi nesse período que ganhou a cobiçada Estrela do guia Michelin.

Serginho Jucá

A história de Sérgio com a gastronomia começou bem antes de ser chef de cozinha. Ele é neto de Yeda Rocha, uma das quatro ícones da cozinha alagoana até hoje: as Irmãs Rocha. Com essa bagagem de sabores em sua memória, Sérgio embarcou em uma viagem para realizar sua formação como chef de cozinha na renomada Escuela de Hotelería de Sant Pol de Mar em Barcelona.

Massimo Barletti

Nascido na Itália, Mássimo Barletti veio para o Brasil a convite do restaurante Trebbiano, do L’Hotel, em São Paulo. Passou também pelo hotel Transamérica de Comandatuba e voltou à Itália para abrir o próprio restaurante, batizado de La Griglia, que hoje é dirigido por sua irmã. De volta ao país em 2007, Massimo abriu um restaurante com seu nome em São José do Rio Preto, que mantém ainda hoje. Atuando desde os 14 anos nas cozinhas pelo mundo, o italiano é um apaixonado por gastronomia. “Gosto de criar pratos que temos prazer em saborear”, afirma.

Franco Borelle

Franco ingressou oficialmente no ramo Gastronômico em 1985 e se formou na escola hoteleira de Turim, na Itália. A partir deste marco, a paixão pela cozinha completou-se no casamento que ainda hoje está continuando sem crises e interrupções, com o mesmo entusiasmo de sempre.

Serviço – Gourmet Show

Local: Summerville Beach Resort

Data: 7, 14 e 28 de março

Endereço: PE-09, Acesso Muro Alto S/N, Praia de Muro Alto – Porto de Galinhas – Pernambuco

Informações e Reservas: (81) 3302.4446 ou (81) 98252.4446 (Whatsapp) ou no site www.summervilleresort.com.br

Quase R$ 2,3 bilhões serão partilhados entre os 5.568 governos municipais, por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor do terceiro e último repasse do mês já considera o porcentual destinado ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Sem essa retenção, o decêndio chega ao montante de mais R$ 2,8 bilhões.

Os recursos entram nas contas das prefeituras nesta sexta-feira, 28 de fevereiro, e serão 11,76% maiores que as transferências feitas em 2019. Ao somar o repasse deste decêndio com os dois anteriores, o crescimento do Fundo sobe para 19%. Enquanto os Municípios receberam R$ 10,7 bilhões em fevereiro do ano passado, este ano, o mês alcança com R$ 12,8 bilhões em recursos destinados aos cofres municipais.

Conforme mostra levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), com base nos relatórios da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), entre os dias 11 a 20, a última transferência representa 30% do valor total repassado no mês. No entanto, a entidade mostra que o crescimento fica menos expressivo quando se aplica a inflação, respectivamente, 7,21% e 15,44%, em relação ao mesmo decêndio e ao mesmo mês de 2019.

Cautela
Apesar do crescimento do Fundo – indicativo de melhora do cenário econômico – o presidente da CNM, Glademir Aroldi reforça que os recursos ainda não são suficientes para atender as necessidades da população, lá na ponta, onde a vida realmente acontece. Ele aproveita para convocar os municipalistas a se unirem ao movimento para lutarem pela descentralização de recursos, principalmente este ano, em que a reforma tributária promete andar no Congresso Nacional.

“A participação dos Municípios no bolo tributário foi de 19%, em média, mas deveria ser de 23%, 24%, no mínimo, para fazer frente as atuais responsabilidades municipais”, explica o líder municipalista. Além da participação dos governos locais nos tributos ser pequena, a CNM explica ainda, no levantamento, que as localidades de coeficientes 0,6 ficarão com 19,81% do valor. Ao todo, 2.454 Municípios.

Já, Municípios de coeficientes 4,0 – considerados de grande porte – ficarão com 12,81% do que será transferido, o que soma R$ 367 milhões. Por ser, historicamente, o semestre de maiores transferências, a CNM pondera a sazonalidade do Fundo, e por ser último ano de mandato, recomenda planejamento e reestruturação dos compromissos financeiros das prefeituras para que seja possível o fechamento das contas.

“Entre julho e outubro, os repasses diminuem significativamente, com destaque para setembro e outubro”, alerta a publicação da entidade. Por fim, a entidade lembra ainda o desconto constitucional de 1% do Programa de Integração Social e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), além do investimento obrigatório 15% da verba repassada em saúde.

Confira aqui o levantamento completo do terceiro FPM de fevereiro.

Por Raquel Montalvão

Foto: USP/Imagens

Da Agência CNM de Notícias

Maior parte das informações erradas se refere a formas de prevenção

Por Vinícius Lisboa – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Postado por Marcos Lima Mochila

Desde o fim de janeiro, o serviço do Ministério da Saúde que combate a disseminação de notícias falsas já refutou dezenas de mentiras que circulam na internet sobre o novo coronavírus. Entre textos, imagens e vídeos, chama a atenção a quantidade de recomendações erradas para prevenir a doença, de uísque a vitamina D. A velocidade da dispersão de informações equivocadas e sem comprovação científica sobre o vírus preocupa especialistas ouvidos pela Agência Brasil.

No início de fevereiro, a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) divulgou uma nota de repúdio a respeito de um vídeo distribuído via Whatsapp que citava a injeção de vitamina D em doses altas como estratégia preventiva ao novo coronavírus.

O vice-presidente da SBI, Alberto Chebabbo, alerta que altas dosagens dessa vitamina podem ser prejudiciais à saúde e que outros métodos falsos podem prejudicar a real prevenção da doença.

“Há uma quantidade enorme de fake news, de notícias falsas, e a maior parte delas relacionadas a formas de prevenção. Uso de vitamina para melhorar o sistema imunológico, fazer gargarejo com água quente, coisas que não têm nenhum tipo de evidência científica”, diz o especialista que avalia o fenômeno com preocupação.

“São recomendações que não vão proteger o indivíduo e vão dar uma falsa sensação de prevenção.”

Para prevenir o novo coronavírus, o Ministério da Saúde recomenda:

– lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, ou usar desinfetante para as mãos à base de álcool quando a primeira opção não for possível;

– evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– evitar contato próximo com pessoas doentes;

– ficar em casa quando estiver doente;

– usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo após o uso;

– não compartilhar copos, talheres e objetos de uso pessoal;

– limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Outros cuidados importantes são manter ambientes bem ventilados e higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

O ministério explica que não há nenhum medicamento, substância, vitamina, alimento específico ou vacina que possa prevenir a infecção pelo novo coronavírus.

Cuidado com as redes sociais

Chebabbo pede que a população não repasse nem compartilhe em suas redes sociais quaisquer recomendações sem a certeza de que as fontes são confiáveis e de que os conteúdos são verdadeiros.

“Se você não tem certeza de que aquela notícia é verdadeira, é melhor não repassar”, diz o especialista.

Entre as recomendações falsas disparadas via WhatsApp estão: tomar chá de abacate com hortelã, chá de alho, uísque quente com mel ou vitamina C com zinco. Nenhuma dessas medidas ajuda a prevenir o coronavírus.

Chebabbo recomenda buscar informações nas páginas da própria Sociedade Brasileira de Infectologia, do Ministério da Saúde e das secretarias estaduais de saúde.

A SBI também divulga notas técnicas e recebe perguntas por meio de um serviço Fale Conosco em seu site. Já o serviço Canal Saúde Sem Fake News, do Ministério da Saúde, pode ser consultado na internet. Dúvidas podem ser enviadas pelo Whatsapp (61) 99289-4640.

Desinformação

Especialista em fake news sobre saúde, o pesquisador Igor Sacramento, do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Icict/Fiocruz), avalia que as epidemias vieram acompanhadas de boatos e pânico em momentos da história muito anteriores à internet, como a epidemia de peste bubônica que matou milhões de pessoas no século 14. Um exemplo mais recente é o do vírus Influenza, cuja pandemia foi objeto de boatos na internet há cerca de uma década. Apesar dessa recorrência, ele destaca que o momento atual é preocupante pelo descrédito que a ciência vem sofrendo em parte da sociedade.

“As pessoas têm confiado cada vez mais em discursos e informações que não são baseadas em evidências nem na ciência, mas na experiência de pessoas que disseram que isso aconteceu”, alerta. “É muito preocupante quando as pessoas acreditam mais em um testemunho no YouTube do que em um especialista que pesquisou um assunto por anos.”

Primeiro país a ter sido afetado pela doença, a China vem sendo alvo de parte dessas notícias falsas. Em algumas delas, produtos importados do país asiático são considerados possíveis transmissores do vírus, que, segundo um desses textos, poderia ser transportado pelo ar dentro do plástico-bolha.

Ao desmentir essa informação falsa, o Ministério da Saúde destaca que não há evidências de que isso possa ocorrer, “já que vírus geralmente não sobrevivem muito tempo fora do corpo de outros seres vivos, e o tempo de tráfego destes produtos costuma ser de muitos dias”.   

Igor Sacramento lamenta que, além de confundir a população sobre a prevenção, a desinformação sobre o coronavírus também tenha espalhado preconceitos contra chineses e seus descendentes, com fake news que atribuíram à doença uma falsa origem étnica.

“O que a gente vê no processo de construção social de uma doença é o quanto ela revela traços de uma sociedade e de mudanças sociais profundas. No caso do coronavírus, revela o contexto que a gente vive de enorme desinformação”, diz o pesquisador.

Edição: Lílian Beraldo

Desde a implantação do Pacto pela Vida, Pernambuco teve, em 2020, o Carnaval menos violento, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social. Entre o Sábado de Zé Pereira e a Zero hora de Terça-feira, foram registrados 34 homicídios, o que representa uma redução de 45 por cento em relação ao mesmo período do carnaval do ano passado, quando 62 pessoas haviam sido assassinadas. Isso significa que, desde que foi implantada a atual metodologia de coleta e análise dos homicídios no Estado, em 2004, a maior festa pernambucana não havia registrado um número mais baixo de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs).

Outro ponto bastante positivo que verificasse no levantamento da SDS é de que, durante os dias de Carnaval, aconteceu apenas um caso de assassinato de mulher, enquanto no ano passado, foram registrados nada menos de seis feminicídios.

Considerando o mesmo período de comemoração do chamado Reinado de Momo, o carnaval desse ano teve uma redução de violência substancial em relação a todos os carnavais de Pernambuco: 2019 (62), 2018 (62), 2017 (79), 2016 (50), 2015 (66), 2014 (54), 2013 (48), 2012 (53), 2011 (52), 2010 (70), 2009 (69), 2008 (48), 2007 (69), 2006 (77), 2005 (63) e 2004 (66). Em comparação aos dois Carnavais até então menos violentos da série histórica (2013 e 2008), ambos com 48 CVLIs), a diminuição é de 29%.

Os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) também tiveram uma redução histórica. Foi o Carnaval com menos roubos dos últimos 7 anos. Entre a 0 hora do sábado e a meia-noite da terça-feira (25), foram registradas 674 queixas de CVPs, contra 1.135 no mesmo período de 2019 – a diminuição foi, portanto, de 41%. Confira o quantitativo de roubos para os demais anos da linha do tempo, para o mesmo intervalo de tempo: 2018 (1.301), 2017 (1.418), 2016 (1.247), 2015 (925) e 2014 (735).

O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, entende que os resultados mostram que o planejamento operacional para o Carnaval, iniciado em agosto de 2019, foi bem feito. “Ativamos mais de 56 mil postos de trabalho em todo o Estado, com um investimento de R$ 10,2 milhões do Governo de Pernambuco. Quero agradecer ao governador Paulo Câmara, que não mediu esforços na disponibilização dos recursos necessários, e aos servidores que trabalharam enquanto o folião brincava. É preciso salientar que, além de proteger vidas e pessoas da violência, as forças policiais, com sua presença nas ruas, acompanhando quase 3 mil blocos e agremiações e prendendo quem praticou crimes, levou tranquilidade e sensação de segurança aos foliões, como também àqueles que preferiram curtir o período no litoral ou distante dos polos”.

O secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, enfatizou ainda que aconteceram em torno de 600 prisões em flagrante durante a “Operação Carnaval 2020.

Outro ponto positivo ressaltado pelo secretário foi que, no período de sábado a terça, nenhum coletivo foi assaltado, contra 9 no mesmo período de 2019. No mesmo período, houve 349 celulares roubados, 36% menos em relação a 2019, quando foram subtraídos de forma violenta 545 aparelhos (ou 196 menos casos em comparação ao Carnaval passado). Quando analisamos os furtos de aparelhos, a queda chegou a 26%: 861 este ano, contra 1.170 em 2019. Em números absolutos, 309 celulares deixaram de ser levados pelos criminosos.

Mesmo com mais de 2 mil Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) instituídos em todo o Brasil, muitos vereadores ainda desconhecem as exigências básicas na constituição de uma previdência municipal e os efeitos econômicos e financeiros dessas mudanças nas contas públicas locais. A Reforma da Previdência também tem sido um assunto evitado, tanto em razão da complexidade do tema como dos seus efeitos políticos. A Roda de Conhecimento da próxima quinta-feira, 27 de fevereiro, vai tratar dessas temáticas com a professora da Universidade de Brasília, Diana Lima, e com o analista jurídico da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Kim Damasceno.

Na oportunidade, serão esclarecidos o papel da atuação legislativa na previdência e preparar os vereadores na discussão da Reforma da Previdência. Apesar de tramitar no Congresso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 133/2019 que prevê alterações nas regras de aposentadorias para Estados, Municípios e Distrito Federal, esses entes têm até o final de março (180 dias das eleições) para atender as disposições do artigo 9º da Emenda Constitucional 103/2019. Dentre elas, a instituição da alíquota de 14% de contribuição previdenciária para os segurados ativos, aposentados e pensionistas, também prevista na Portaria 1.348/2019 da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Programe-se
A Roda de Conhecimento traz, toda semana, orientações para os gestores municipais que atuam em diversas frentes do Município. São temas diferenciados abordados por técnicos e analistas da Confederação. O programa é transmitido toda quinta-feira, às 10h, ao vivo. Os interessados podem enviar questionamentos e dúvidas que são respondidos em tempo real. Para participar, basta acessar a página da CNM no Facebook ou no Youtube.

Da Agência CNM de Notícias

Durante todo o festejo de Momo, o deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) vestiu literalmente a camisa do Carnaval do interior de Pernambuco, onde fez questão de se fazer presente em celebração ao que ele chama de “Carnaval raiz”. Por onde passou, o parlamentar deixou sua marca comparecendo com camisa destacando os nomes de todos os municípios do Estado.

Numa verdadeira maratona carnavalesca, o deputado federal passou por cidades como Bezerros, onde prestigiou a tradicional folia dos papangus, junto ao governador Paulo Câmara e ao secretário de Turismo e Lazer do Estado, Rodrigo Novaes. Blocos de Buíque e Cachoeirinha, também no Agreste, e de Jaqueira, Ribeirão e Primavera, na Mata Sul, também estiveram na rota da folia. “O Carnaval de Pernambuco é o melhor do Brasil. Faço questão de prestar minha homenagem à tradição do Interior. Visto esta camisa com muito orgulho”, afirmou Fernando Monteiro.

Antes, em Recife, o deputado acompanhou o tradicional Bloco Gota D’água, da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), com a presidente do órgão, Manuela Marinho e a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco, Fernandha Batista, entre outros políticos e autoridades. O Galo da Madrugada e as ladeiras de Olinda também não ficaram de fora do roteiro.

O Carnaval de Todas as Tradições foi um sucesso e público e crítica. O camaragibense e os turistas foram às ruas e desfilaram toda a sua alegria e irreverência, brincando com muita paz na festa organizada pela Prefeitura de Camaragibe em parceria com a Federação das Agremiações Carnavalescas de Camaragibe (FACC) e o bloco Amante das Flores. A folia também contou com o apoio do Governo de Pernambuco, por meio da Fundarpe e das polícias militar e civil.

Em 2020, a prefeitura descentralizou a festa, promovendo um Carnaval econômico e levando a folia a todos os recantos de Camaragibe, mesclando a farra de rua dos blocos tradicionais com shows e apresentações culturais no palco montado na Vila da Fábrica, em frente à Fundação de Cultura.

“Camaragibe deu um verdadeiro show nesse Carnaval! Nosso povo foi às e curtiu muito a folia. Respeitando as tradições de cada localidade, nós optamos por descentralizar a festa de modo que toda a cidade tivesse focos de folia; um modelo que o camaragibense aprovou. Fui às ruas todos os dias e pude sentir essa animação. Toda a minha reverência ao povo da minha cidade, que, assim como eu, ama o Carnaval!”, destacou a prefeita Doutora Nadegi, sempre muito saudada por onde andou.

Passaram por Camaragibe artistas como Jorge Riba, Lucinha Guerra, Quinteto Violado, Zeca do Rolete, Beto Hortis, Cnegão, Seu Malaquias, Coco de Mulheres e Coco Raízes e Arcoverde. Para a criançada, ficou reservada a terça-feira gorda em uma matinê com pintura de rosto, brinquedos, desfile de fantasias, pipoca, picolé, algodão doce e show da atração infantil Pochyua.

Dentre as principais agremiações que desfilaram durante os seis dias de festa, estavam, além do Amante das Flores, que tem à frente Dona Palmira, uma referência da cultura da cidade, o Maracatu Cambinda Dourada, o Caboclinhos Sete Flexas, Urso Mimoso, Boi Camará, Boi Rubro-negro e Boi do Dedê, entre outros. Também tomaram as ruas de Camaragibe blocos como O Corujão, A Chave, A Barca Furada, o Ptsão, As Cachorras do Timbi, O Pato em Folia, Boneca do Boy, Chap Folia, Ceasinha em Folia e O Muro em Folia, entre outros.

De acordo com balanço da Fundação de Cultura, também foram atendidas solicitações diversas entre carros de som, orquestras, utilização de solo, guardas municipais, trânsito, limpeza urbana e saúde. “Primeira vez que venho brincar Carnaval na minha terra. Trouxe minha filha para a matinê e adorei! Estava todo mundo falando o quanto estava bom por aqui; por isso decidi vir. Com certeza, vou voltar em outros anos”, disse a foliã Perla Almeida, que, apesar de ser camaragibense, nunca havia brincado o Carnaval na cidade antes.

SEGURANÇA – Dados da Central de Operações Integradas de Segurança (COI) da prefeitura mostraram que foram registradas 21 ocorrências válidas da Brigada de Trânsito (nove), Brigada Ambiental (quatro), 190 (cinco), Patrimonial (uma) e duas de trotes.

Este ano, o Carnaval de Camaragibe foi todo monitorado por câmeras da Central de Operações da Guarda Civil, em parceria com o bloco O Corujão, que cedeu as imagens das câmeras da IgNet. Além disso, a Central de Operações também contou com imagens da PE-027, cedidas pelo Fórum Socioambiental de Aldeia/Projeto De Olho em Aldeia, em parceria com a BBG Telecom. Todas esta ação fez parte do Carnaval Seguro e foram compartilhadas com a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros pelo número 153.

Fotos: Aline Sales e Victor Patrício

Esta manchete é do Jornal Hora H, de Nova Iguaçu, RJ

Por Marcos Lima Mochila

O Jornal Hora H, de nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, deu ampla divulgação a um texto do compositor, músico e cantor Gustavo Tiné(*), pernambucano que hoje reside em Portugal, por ter viralizado nas redes sociais, após ser posta nas contas de Instagram de Carlos e Eduardo Bolsonaro.

O texto da matéria, na íntegra, é o que segue: 

O vereador Carlos (PSC-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filhos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), usaram seus perfis no Instagram para divulgar uma ilustração que mostra o pai caracterizado como o palhaço Bozo, imagem normalmente usada pelos críticos. Mas trata-se de uma ironia, que é explicada no texto que acompanha a postagem.

Nos desfiles da Marquês de Sapucaí, a Unidos de Vigário Geral (Grupo A) desfilou sábado (22) e mostrou o Palhaço Bozo ostentando a faixa presidencial e fazendo arminha.

Segundo Carlos, primeiro a veicular a postagem nesta terça-feira (25/02/2020), o texto tem como autor um apoiador de Bolsonaro chamado Gustavo Tiné. Trata-se de um apanhado de ações idealizadas pelo presidente (que é chamado de palhaço) e por sua equipe que, de alguma maneira, tiveram dificuldades no Congresso ou foram criticadas por setores da sociedade.

O palhaço queria fornecer carteiras estudantis de graça… O diabo não gostou… O palhaço diminuiu o valor do DPVAT…. O diabo não tolerou…. O palhaço indicou ministros por critérios técnicos… O diabo esperneou… O palhaço tirou impostos de medicamentos contra câncer, HIV… O diabo detestou… O palhaço autorizou 13° para carentes do bolsa família… O diabo quase endoidou… O palhaço descobriu defuntos e ricos recebendo bolsa família… O diabo protestou… O palhaço diminuiu taxa de juros SELIC… O diabo colerizou… O palhaço polemiza nas palavras…. O diabo metia as patas nos cofres… O palhaço disse “FURO”…. O diabo esbravejou “GRELO DURO”…. O palhaço deu nova vida à PETROBRAS… O diabo quase a leva à falência… O palhaço inaugurou a BR 163 depois de 40 anos parada… O diabo se enfezou… O palhaço vai concretizar a transposição do Rio São Francisco… O diabo tá puto da vida…. O palhaço tem base, quartel, esquadra de apoio… O diabo só militância… O palhaço critica e é contra o FUNDÃO… O diabo não vive sem ele… O palhaço vive FELIZ, DIZ BESTEIRAS, TÁ NA LUTA, TENTA FAZER O MELHOR, PULA, SORRI, TIRA 1.000 SELFIES POR DIA, CHAMA O AMIGO DE NEGÃO, É TURRÃO, DESTRAMBELHADO, IMPACIENTE, É SOLDADO, CAPITÃO, RELIGIOSO, DANADO, tá na avenida LIVRE, LEVE E SOLTO…. O diabo…….bem o DIABO É O DIABO, é VERMELHO, EXALA ENXOFRE, BEBE QUE NEM UM GAMBÁ, PENSA QUE É DEUS, TEM SEGUIDORES, ÓDIOS ENTALADOS E AGUARDA CONDENAÇÃO…. (Texto de Gustavo Tiné)

Edição: Jota Carvalho / Hora H

Fonte: Site Metropoles e Instagram dos irmãos Carlos e Eduardo Bolsonaro

Até a manhã de hoje, o texto contabilizava 251.000 curtidas e 27.000 opiniões, comentários, no Instagram de Carlos Bolsonaro e 85.000 curtidas no de Eduardo Bolsonaro. Comentários como os de lincolnsilva28 – “P…. o texto do ano 👏👌” e o de renatacastrocastanho: “Amei esse texto”.

Gustavo Tiné entre uma das coisas que ele mais gosta: violões

Gustavo Tiné é pernambucano (nascido em Recife, no dia 14 de abril de 1960). É músico, cantor e compositor e tem em seu histórico participação em 30 Festivais de Música, sempre obtendo ótimas colocações.

Foi vencedor do Festival de Música do SESI-PE em 1989 com a música “Desabafo de João Ciço Cheiroso da Caatinga”. Com esta música foi representar Pernambuco no Festival de Música Regional do SESI em Natal – RN e conquistou também o primeiro lugar. Em 1991, conquistou o Festival Canta Nordeste promovido pela Rede Globo com a música “Sopa de Aruá”, que foi defendida pelo grande cantor pernambucano Israel Filho.

Em seu currículo musical tem participação no Festival de Música do Carrefour, sendo um dos classificados e o único do Nordeste, entre mais de 5.000 músicas inscritas de músicos de todo o Brasil. É de Gustavo Tiné também o primeiro lugar na escolha do frevo-hino para o bloco “Camburão da Alegria” da Policia Militar de Pernambuco.

Gustavo Tiné tem diversos segundo e terceiro lugares em outros Festivais de Música, com composições em que se destacam os ritmos de Xote, Xaxado, Baião, Frevo, Maracatu e outros.

“Vim para Portugal para reencontrar um amor de 40 anos atrás, como diz a música Cartas Para Jania Lúcia, uma História de Amor, e também para mostrar minhas musicas num mercado novo, já que as canetas azuis, as panelinhas, os donos das mídias aí não me davam espaço. Estou há dois anos aqui, residindo em Lisboa, mergulhando e cavando o meu espaço. Muitas pessoas aqui já me conhecem e, em breve, terá uma entrevista minha feita pela RTP África, que vai para o mundo todo. E sempre que possível eu toco as minhas músicas, além dos sucessos de outros músicos. Estou sempre divulgando minhas músicas, espero ter mais espaços e euros em breve (risos)”, afirmou Gustavo Tiné.

Governador participou, neste Sábado de Zé Pereira, do maior e mais famoso bloco carnavalesco do mundo

Postado por Marcos Lima Mochila

Símbolo tradicional da cultura pernambucana, o 43º Desfile do Galo da Madrugada aconteceu, neste sábado de Zé Pereira (22.02), pelas ruas do Centro do Recife. O governador Paulo Câmara, acompanhado da primeira-dama Ana Luiza, prestigiou o bloco carnavalesco, que neste ano homenageou mais uma vez a cultura popular com o tema “Xilogravuras no Cordel do Frevo”. Anteriormente, como de costume, o governador e sua comitiva participaram do tradicional café da manhã no Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José.

“O Galo da Madrugada cada ano nos emociona mais e consolida uma grande festa popular com muita tradição. A diferença do carnaval de Pernambuco é justamente essa participação intensa da população. É uma festa de muita alegria, com fantasias e irreverência”, frisou Paulo Câmara, citando ainda a estreia do maior bloco do mundo no carnaval de São Paulo, na próxima terça-feira.

No início da manhã, o gestor estadual visitou a sede do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods), também no bairro de São José, onde se reuniu com secretários estaduais, comandantes das polícias Militar e Civil e os chefes de todos os órgãos envolvidos com a segurança pública estadual. Em 2020, o maior e mais famoso bloco carnavalesco do mundo contou com 4.445 profissionais de segurança pública, que atuaram durante o desfile com o compromisso de assegurar a tranquilidade dos foliões.

 “O Galo tem um simbolismo muito grande. É um bloco reconhecido nacionalmente como um momento apoteótico do nosso carnaval. Cerca de um milhão de pessoas estão nas ruas atraídas pela alegria e irreverência do povo pernambucano”, declarou o secretário estadual de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

O prefeito do Recife, Geraldo Júlio, afirmou que em 2020 o Galo da Madrugada fez um dos melhores desfiles de sua história e destacou sua importância para a movimentação econômica do município. “Temos muita gente em nossa cidade. Mais de 110 voos extras nos aeroportos e os hotéis lotados. Todos chegando para prestigiar o nosso carnaval e o Galo”, disse.

Segurança Pública – Dos servidores empregados na segurança do Galo, 3.147 homens e mulheres foram da Polícia Militar. Eles atuaram em toda a extensão do evento e arredores, a pé e em plataformas de observação. O Corpo de Bombeiros contou com 974 profissionais prontos para atuar no salvamento, resgate, ações de incêndio e atendimento pré-hospitalar. A Polícia Civil disponibilizou 289 policiais, distribuídos nas delegacias, Central de Plantões e nos postos do Juizado do Folião. Além disso, especificamente para o Galo da Madrugada, a Polícia Civil disponibilizou duas Delegacias Móveis para atendimento ao folião, localizadas na Central de Registro de Ocorrência, situadas na Rua da Aurora e na Praça do Diário.

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

Fechar