Pelo menos 63 canadenses morreram na queda do avião

Por Redação – Conexão Política

Postado por Marcos Lima Mochila

O desastre ocorreu na madrugada de quarta, logo após o Irã disparar mísseis contra bases militares utilizadas pelos militares americanos.

O Irã admitiu que seus militares abateram o avião ucraniano com 176 civis, que caiu nesta última quarta-feira (8) próximo de Teerã.

De acordo com o comunicado oficial da TV estatal iraniana, o avião estava numa região ‘sensível’ e acabou sendo derrubado por uma falha humana.

Ainda segundo o comunicado, os responsáveis por essa tragédia serão devidamente identificados e punidos.

Civis de 7 nacionalidades diferentes estavam entre os 176 ocupantes do Boeing 737-800 da Ukraine Airlines.

O Irã teve o maior número de vítimas, com 82 mortos. Em seguida, veio o Canadá.

O primeiro-ministro do país, Justin Trudeau, confirmou que pelo menos 63 canadenses morreram na queda do avião.

Em nota, Canadá e Reino Unido já tinham se posicionado em concordância pelo abatimento do Boeing, provavelmente por engano, segundo os dois países.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar