O órgão também pediu o afastamento do jurista do cargo

O novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, durante cerimônia de posse ( Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil )

Por André Richter – Repórter da Agência Brasil  Brasília

Postado por Marcos Lima Mochila

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta quinta-feira, 19, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, por crime de calúnia por declarações feitas contra o ministro Sergio Moro. O órgão também pediu o afastamento do jurista do cargo. As informações são do Diário de Pernambuco.

Em entrevista à Folha de São Paulo, em junho, Santa Cruz disse que Moro “aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe da quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”. O presidente da OAB se referiu ao foto do ministro ter ligado para autoridades que supostamente tiveram seus celulares hackeados, e ter dito, que o conteúdo aprendido pela Polícia Federal durante as investigações, seria destruído.

Em nota, a defesa do jurista afirmou que a denúncia é um “atentado à liberdade de expressão”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar