IMG-20191107-WA0069 IMG-20191107-WA0070 IMG-20191107-WA0071 IMG-20191106-WA0047

 

“A OPOSIÇÃO DE BELÉM DE MARIA É 40”, DIZ EUDO .

Grande foi o reboliço após a reunião dos líderes de oposição com Eudo Júnior, em 03/11/2019, no distrito Batateira. Não só a quantidade de líderes, mas também “as caras” deixaram a situação ainda mais preocupada. Expressões ditas em comentários nas redes sociais declaram o quanto Eudo Magalhães cresceu nos últimos dias. Á esta página ele esclareceu algumas dúvidas que pairavam sobre os eleitores antes da reunião com lideranças. Quem é a verdadeira oposição era uma das perguntas que mais incomodavam os eleitores de Belém de Maria. Sobre essa questão ele foi direto: “A oposição de Belém de Maria é 40. Não existirá outro candidato representante da oposição que não seja eu”.

 

Questionado sobre os outros que declaram ser oposição, ele disse o seguinte: “O meu único adversário chama-se Rolph, o secretário de governo”. Disse mais: O povo de Belém de Maria vive amedrontado com a violência. Dezenas de agricultores já abandonaram suas propriedades rurais depois de serem agredidos covardemente pelos meliantes que se sentem à vontade para fazerem o que quiserem. Pais e mães de família, assim como seus filhos e filhas, são baleados, esfaqueados, espancados, têm seus bens saqueados e não se toma qualquer atitude para dar sossego ás famílias trabalhadoras. Arrastões são constantes nas ruas, mas parece não preocupar o secretário que governa. Enquanto isso a prefeitura paga segurança armada pra ele. O povo de Belém é quem precisa de segurança, ele não! Nunca se viu em município algum de Pernambuco a prefeitura pagando segurança armada pra qualquer secretário. Os Belenenses e Batataienses é quem deveriam andar com segurança, não Rolph”.

Ao ser questionado sobre os problemas que lhe causam maiores preocupações na cidade com referência a gestão pública em exercício, Eudo Magalhães Júnior também fez críticas ao baixo salário pago pela Prefeitura a um grupo grande de funcionários. Disse: O mundo inteiro sabe que desenvolvimento humano é sinônimo de segurança e trabalho. Quando não se tem essas duas coisas como princípio básico na economia, quer seja no âmbito municipal, estadual, federal ou até mesmo global, a tendência é chegar-se à pobreza extrema. Aqui em Belém de Maria, por exemplo, o secretário pai do Prefeito paga 400, 500 e 600 reais a um montão de funcionários. E o pior de tudo é as ameaças que eles sofrem de perder essa mixaria caso reclamem. Como temos uma população empobrecida ao longo dos anos os quais ele governou, esses funcionários necessitam do próprio silêncio, caso o contrário logo alguém vai ás suas portas lhes fazer ameaça de demissão. O povo de Belém de Maria está saturado. Vejo um povo sofrido e amedrontado por onde passo. Sinto dó ao olhar nos olhos desses sofridos pais de família que não têm outra forma de sobreviver”.

 

A reunião repercutiu em toda região da Mata Sul de Pernambuco. Até o momento, é um dos assuntos mais comentados em toda a cidade de Belém de Maria.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar